Jump to content
Forum Cinema em Cena

Recommended Posts

Este filme estreia em: 22 de março de 2013.

 

Sinopse: Os Croods são uma família que vivem em plena era pré-histórica. Eles sempre viveram dentro de uma caverna, já que Grug (Nicolas Cage), o pai, teme que o mundo exterior de alguma forma os atinja. Só que, um dia, a caverna onde eles moram desmorona e um incrível novo mundo se abre para eles. É a chance que a adolescente Eep (Emma Stone) tanto aguardava, já que desta forma enfim pode conhecer o que mundo tem a lhe oferecer, para desespero de seu pai. Juntos, os Croods precisam se adaptar a esta nova realidade.

 

FICHA TÉCNICA

Diretor: Kirk De Micco, Chris Sanders

Elenco: Vozes de: Nicolas Cage, Ryan Reynolds, Emma Stone, Catherine Keener, Clark Duke, Cloris Leachman.

Produção: Kristine Belson, Jane Hartwell

Roteiro: Kirk De Micco, Chris Sanders

Fotografia: Yong Duk Jhun

Trilha Sonora: Alan Silvestri

Ano: 2013

Orçamento: 120 milhões.

País: EUA

Gênero: Animação

Cor: Colorido

Distribuidora: Fox Film

Estúdio: DreamWorks Animation

Classificação: Livre para todos os públicos.

 

Trailer:

 

Comente aqui sobre a animação após assisti-la!  ;)

Link to post
Share on other sites

Para mim,

 

Após o mediano e fracassado “A Origem dos Guardiões”, a Dream Works Animation aposta grande parte de suas fichas para o ano de 2013 em “Os Croods”, uma animação pré-histórica – temática que, por sinal, nunca fora muito abordada pelo gênero. De fato, acredito que o belo filme possui grandes chances de se tornar um sucesso (entre crianças e adultos) e garantir lugar entre as diversas animações bem sucedidas do estúdio cujas continuações são rapidamente encaminhadas.

 

A principio planejado para ser produzido a partir da técnica stop motion (que, para mim, não daria muito certo aqui), “Os Croods”, como já era esperado, é uma animação tecnicamente perfeita em todos os sentidos (explica-se o orçamento de mais de 120 milhões, gigantesco se tratando de uma animação), porém só isso não seria o suficiente para garantir o êxito do longa, afinal, hoje em dia é difícil ver um filme inconvincentemente computadorizado. Mas, felizmente, a produção comandada por Kirk De Micco e Chris Sanders, sem dúvidas, funciona ao entreter os mais variados públicos (e não somente crianças) com uma estética exuberante que enriquece e alegra a divertida e criativa trama, que conta com simpáticos personagens desenvolvidos por uma narrativa muito bem conduzida.

 

Os Croods são uma família que vivem em plena era pré-histórica. Eles sempre viveram dentro de uma caverna, já que Grug (Nicolas Cage), o pai, teme que o mundo exterior de alguma forma os atinja. Só que, um dia, a caverna onde eles moram desmorona e um incrível novo mundo se abre para eles. É a chance que a adolescente Eep (Emma Stone) tanto aguardava, já que, desta forma, enfim pode conhecer o que mundo tem a lhe oferecer, para desespero de seu pai. Juntos, os Croods precisam se adaptar a esta nova realidade e a um forasteiro (GuyRyan Reynolds), que inusitadamente entra no grupo e começa a mexer com o coração de Eep.   

 

Contando com uma introdução que toda animação deve ter – bela, dinâmica, direta e simpática –, o filme logo cativa o público com seus divertidos personagens, principalmente a protagonista feminina Eep, que enfrenta vários dilemas com seu pai superprotetor. Assim, rapidamente, o enredo do filme constrói uma atmosfera um tanto quando inventiva – embora a premissa não seja original – que assegura o ritmo da narrativa.

 

Mas não demora nada para percebermos o aparente foco principal do filme – além da relação entre pai e filha: um inusitado romance. A primeira vista, quando o personagem Guy aparece em cena, pensamos que o longa se tornará mais uma daquelas animações com uma boa introdução que logo se entrega a uma trama brega e sem nenhuma inspiração; mas, felizmente, o caso entre os dois jovens pré-históricos consegue uma proeza em não resultar irritante e, além disso, não atrapalhar o andamento da trama.

 

Após o primeiro ato, o bom roteiro (também de Kirk De Micco e Chris Sanders), apesar de cometer naturais deslizes em momentos que não funcionam, garante a envolvência do filme, que a cada plano encanta com seu já mencionado incrível visual, muito exuberante e riquíssimo em cores que tira ótimo proveito da temática pré-histórica ao incluir diversas criaturas agradavelmente criativas – que, aliás, também contribuem vitalmente para o humor do longa, já que nenhum dos personagens principais se demonstra convincentemente engraçado.

 

E já que voltei a comentar a respeito da parte técnica da animação, é importante ressaltar o ótimo 3D de “Os Croods”, que, mesmo não inovando, resulta em algo muito bem feito que proporciona uma grande imersão ao filme, criando, assim, uma eficiente interação com o público (destaque para as cenas envolvendo a descoberta do fogo por parte da família). Falando nisso, o excelente desing de produção, além de tudo, acerta em cheio ao utilizar quase sempre uma extensa profundidade de campo que torna o longa ainda mais bonito.

 

Em seu terceiro ato, “Os Croods” ganha muito dinamismo e certo tom dramático acerca das relações familiares exploradas durante todo o filme – sem dizer a moral muito eficiente que aborda a (não) razão humana na pré-história. Apesar de previsível, a parte final do filme convence plenamente ao utilizar clichês que acabam funcionando e, de certa forma, comovendo o público, que, mesmo conseguindo prever tudo momentos antes, fica ansioso pelo reencontro da adorável e aguerrida família.

 

Enfim, uma ótima animação perfeitamente produzida, muito bem conduzida, envolvente e cativante. Ótima pedida que certamente proporcionará uma ótima diversão para todos os públicos.

 

 

[...] Sem dúvidas, estará presente na lista de melhores animações desta safra.

 

 

Nota: 8/10. (****).

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
×
×
  • Create New...