Jump to content
Forum Cinema em Cena

Falcão Negro em Perigo


Travis Bickle
 Share

Recommended Posts

Esse é um dos filmes mais polemicos do Scott. Há aqueles que amam e os que odeiam. Acho que aqui no fórum a maioria deve odiar...

Bom, eu gosto do filme, porque acho o filme tecnicamente impecável, e as cenas de ação são perfeitas. Sei que o filme peca por mostrar somente um lado da história, mas, felizmente, fui ver o filme porque queria ver um filme de ação, não um drama de guerra. Como disse um conhecido meu: "Quem tiver 150 milhões de doletas e se sensibilizar pelos somalis, que vá então fazer um filme

mostrando o lado deles da história".

 

Link to comment
Share on other sites

A parte técnica é muito boa (mas não é tão maravilhosa)' date=' mas o filme como um todo é uma porcaria. Parcial e hipócrita ao extremo smiley11.gif 

Ridley Scott é como Sylvester Stallone, só 99,9% do que faz presta smiley18.gif (peguei pesado, mas é por aí...)

[/quote']

Um filme parcial não tem que ser necessariamente ruim, principalmente em se falando de guerra, que, por si só, já é algo parcial e hipócrita.

Link to comment
Share on other sites

A parte técnica é muito boa (mas não é tão maravilhosa)' date=' mas o filme como um todo é uma porcaria. Parcial e hipócrita ao extremo smiley11.gif 

Ridley Scott é como Sylvester Stallone, só 99,9% do que faz presta smiley18.gif (peguei pesado, mas é por aí...)

[/quote']

Um filme parcial não tem que ser necessariamente ruim, principalmente em se falando de guerra, que, por si só, já é algo parcial e hipócrita.

Exatamente.

"Rastros de Ódio" está ai para provar tua teoria.

Link to comment
Share on other sites

Aonde que "Rastros de Ódio" é um filme parcial? O Ford colocou sutilmente a dualidade do personagem de John Wayne. Além disso, os outros personagens no filme falam por si só: a sobrinha e o cara que acompanha o Wayne simplesmente eliminam a teoria do maniqueísmo do filme. Um filme dúbio.

Ridley Scott é como Sylvester Stallone' date=' só 99,9% do que faz presta smiley18.gif (peguei pesado, mas é por aí...)


[/quote']

O que vc quis dizer com isso? A cada 100 projetos do Scott ou do Stallone 99 prestam? Não entendi think.gif.

Scott é o diretor de "Alien" e "Blade Runner", o que elimina qualquer impressão ruim que os "Cruzada" da vida possam te dar do diretor.

Link to comment
Share on other sites

A parte técnica é muito boa (mas não é tão maravilhosa)' date=' mas o filme como um todo é uma porcaria. Parcial e hipócrita ao extremo smiley11.gif 

Ridley Scott é como Sylvester Stallone, só 99,9% do que faz presta smiley18.gif (peguei pesado, mas é por aí...)

[/quote']

Concordo não, o Scott tem vários filmes legais. E, mesmo sabendo da falta de conteúdo de seus filmes, gosto dos do Stallone. "Você é a doença, eu sou a cura", smiley36.gif.

Link to comment
Share on other sites

Falcão Negro, na minha opinião, tem o efeito de uma faca de dois gumes: se por um lado é dos retratos da guerra mais brutal e convincente que já vi, do outro é uma experiência árido, sufocante e difícil de assistir justamente por causa disso. Seu maior triunfo é sua maior limitação - a despeito disso, tenho o filme em DVD.

 

7/10

 

 

Link to comment
Share on other sites

A parte técnica é muito boa (mas não é tão maravilhosa)' date=' mas o filme como um todo é uma porcaria. Parcial e hipócrita ao extremo smiley11.gif 

Ridley Scott é como Sylvester Stallone, só 99,9% do que faz presta smiley18.gif (peguei pesado, mas é por aí...)

[/quote']

Concordo não, o Scott tem vários filmes legais. E, mesmo sabendo da falta de conteúdo de seus filmes, gosto dos do Stallone. "Você é a doença, eu sou a cura", smiley36.gif.

Nossa, o Cobra é clássico. A boca do Stallone entortou por causa desse filme.smiley36.gif

Link to comment
Share on other sites

Ops, eu quis dizer que 99,9% do que Ridley Scott e Sylvester Stallone NÃO prestam. Malz... smiley4.gif

Um filme pode ser parcial e bom, sim (não tenho nenhum exemplo em mente, agora), mas esse não é o caso de Falcão Negro em Perigo, a parcialidade excessiva me irritou. Fez parecer que os americanos são anjos policiadores do mundo, que graças a deus existem para matar milhares de somalis malvados smiley11.gif

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

Um filme pode ser parcial e bom' date=' sim (não tenho nenhum exemplo em mente, agora), mas esse não é o caso de Falcão Negro em Perigo, a parcialidade excessiva me irritou. Fez parecer que os americanos são anjos policiadores do mundo, que graças a deus existem para matar milhares de somalis malvados smiley11.gif

[/quote']

Os americanos são os anjos policiadores do mundo, pelo menos na cabeça deles. O filme do Scott é apenas mais um a retratar isto e não será o último... esqueça esse lado do filme, que no fim não o desmerece (existem dezenas de filmes que fazem isso de maneira tão mais porca...) e assista-o pelo que ele é: Um competente filme de ação... revi pela segunda vez em 2 semanas...

 

Link to comment
Share on other sites

Aonde que "Rastros de Ódio" é um filme parcial? O Ford colocou sutilmente a dualidade do personagem de John Wayne. Além disso' date=' os outros personagens no filme falam por si só: a sobrinha e o cara que acompanha o Wayne simplesmente eliminam a teoria do maniqueísmo do filme. Um filme dúbio.

[/quote']

 

Edwars, ao final, não se redimiu de ódio aos indigenas. Ele só deixa sua sobrinha viva por que ela é...a sua sobrinha.

Link to comment
Share on other sites

Um filme pode ser parcial e bom' date=' sim (não tenho nenhum exemplo em mente, agora), mas esse não é o caso de Falcão Negro em Perigo, a parcialidade excessiva me irritou. Fez parecer que os americanos são anjos policiadores do mundo, que graças a deus existem para matar milhares de somalis malvados smiley11.gif

[/quote']

Os americanos são os anjos policiadores do mundo, pelo menos na cabeça deles. O filme do Scott é apenas mais um a retratar isto e não será o último... esqueça esse lado do filme, que no fim não o desmerece (existem dezenas de filmes que fazem isso de maneira tão mais porca...) e assista-o pelo que ele é: Um competente filme de ação... revi pela segunda vez em 2 semanas...

 

Pra mim não cola dar desconto pro filme porque os americanos realmente se acham anjos policiadores do mundo; ainda mais porque muitos americanos já fizeram filmes criticando a guerra e a sociedade!
E o filme em si não é a última bolacha do pacote, é um filme de ação médio com a parte técnica boa. Mas é aquele lance: bom pra quem gostou!

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Uma coisa que prejudica o filme tb é a semelhança entre quase todos os personagens...talvez o único que se destaca seja o Eric Bana, pelo seu sotaque (e não pelo talento). E ao contrário de Além da Linha Vermelha, onde esse fato TEM uma função, aqui acaba prejudicando, vc não sabe direito quem morreu e quem ainda tá vivo...

 

Mas tenho que admitir que a direção é ótima, ele tem o dom, só precisa mudar os seus conceitos.
Link to comment
Share on other sites

Oi Turma!Boa tarde!

 

 

 

Antes de tudo, para não ficarem me..., respeito todas as opiniões.

 

 

 

- Roteiro fraco e sem criatividade, mesmo tendo um pré-roteiro pronto (a história).

 

- Mal interpretado, não consegui notar um grau de interpretação dos atores, seria melhor ter colocado um monte de bonecos de chumbinho.

 

- Mal dirigido.

 

- Péssima trilha sonora.

 

 

 

Foi um dos piores filmes que vi em toda minha vida, politicamente então eu quase vomitei, um filme claramente feito de maneira encomendada, como boa parte do cinema estadunidense!

 

 

 

T+! 12.gif

Link to comment
Share on other sites

Aonde que "Rastros de Ódio" é um filme parcial? O Ford colocou sutilmente a dualidade do personagem de John Wayne. Além disso' date=' os outros personagens no filme falam por si só: a sobrinha e o cara que acompanha o Wayne simplesmente eliminam a teoria do maniqueísmo do filme. Um filme dúbio.

[/quote']

 

Edwars, ao final, não se redimiu de ódio aos indigenas. Ele só deixa sua sobrinha viva por que ela é...a sua sobrinha.

 

e desde quando o filme toma partido do Edwards? Ford e Wayne deixaram bem claro que ele não era o mocinho da história.

 

sobre "falcão": a lógica de numa missão de resgate e "não deixar ninguém para trás", matando quantos somalis forem necessários é a mesma lógica que move uma guerra. acho que a culpa não é do filme...
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...