Jump to content
Forum Cinema em Cena

Star Wars Ep. IX - A Ascensão Skywalker


Recommended Posts

On 12/20/2019 at 11:40 AM, Jorge Soto said:

Vocês sabem como é prejudicial ver Reylo se tornar cânone? Quão prejudicial é ver uma personagem feminina forte ser abusada? Como alguém em uma casa abusiva, é tão prejudicial ver isso e ver as pessoas apoiá-lo. É horrível pra caralh*. Vocês são nojentos.”

Que tiro no pé. 

Espero que o resultado desse filme influêncie os estuidos a pensar duas vezes antes de sir fazendo fan service.  

E que desperdício esse final de teologia. 

Ainda bem que há esperanças nas séries. 

 

Link to post
Share on other sites
  • Replies 440
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

O pior é que este filme, sim, detonou a família Skywalker, e não o ep VIII. Fuderam com o arco do Anakin. O sacrifício final serviu para nada. A profecia de que ele seria o escolhido para trazer

demorou... Mark Hamill, o Luke de Star Wars, receberá estrela na Calçada da Fama Mark Hamill, o eterno Luke Skywalker da saga Star Wars, vai receber uma estrela na Calçada da Fama de Hol

Vai ser mais uma teoria furada que os filmes vão desmentir lindamente e você depois vai ficar chorando e gritando contra a série por causa disso?   Aguardemos.

Posted Images

A Ascensão Skywalker é a Liga da Justiça de Star Wars

Star Wars: A Ascensão Skywalker está dividindo os fãs, tanto que o filme está sendo comparado com Liga da Justiça (2017), da DC, outro filme controverso dos últimos anos.Se Liga da Justiça existiu para “consertar” o que os fãs não gostam em Batman versus Superman (2016), Star Wars: A Ascensão Skywalker chega para consertar Star Wars: Os Últimos Jedi, que desagradou os fãs.Tanto Star Wars: A Ascensão Skywalker quanto Liga da Justiça são filmes com um tom completamente diferente de seus antecessores. Ambos não correm riscos, se apegam no fan service, trazendo uma história considerada genérica por muitos.O ScreenRant analisou as semelhanças entre Star Wars: A Ascensão Skywalker e Liga da Justiça.

Ambos tiveram problemas de produção
Liga da Justiça começou a ser produzido pouco depois do lançamento de Batman versus Superman, ou seja, a DC teve pouco tempo para mudar o tom de Liga da Justiça seguindo as críticas sofridas por Batman versus Superman.Algo parecido aconteceu com Star Wars: A Ascensão Skywalker. Colin Trevorrow (Jurassic World) seria o diretor de Star Wars: A Ascensão Skywalker, mas ele acabou demitido em 2017. No lugar, J.J Abrams foi contratado.Abrams enviou seu esboço da trama de Star Wars: A Ascensão Skywalker para os executivos da Disney no mesmo dia em que Star Wars: Os Últimos Jedi chegou ao cinema, em 15 de dezembro de 2017. Além disso, por conta da morte de Carrie Fisher (a Princesa Leia), a produção do filme acabou sendo adiada.

Liga da Justiça e Star Wars: A Ascensão Skywalker são reações aos filmes anteriores
Batman versus Superman e Star Wars: Os Últimos Jedi ganharam a rejeição de parte dos fãs pelos mesmos motivos. Ambos os filmes trazem reviravoltas para as franquias, mudando características clássicas de seus personagens, como o Batman (que mata) e Luke Skywalker (que desiste de ser um Jedi).Por isso, a Warner/DC e a Disney/Lucasfilm decidiram “corrigir” as coisas com Liga da Justiça e Star Wars: A Ascensão Skywalker. Star Wars: A Ascensão Skywalker, especificamente, desfaz diversas tramas construídas pelo filme anterior, mudando o status da origem de Rey – que deixa de ser “ninguém” para ser neta de Palpatine – e alterando a personalidade de Luke para a versão mais otimista que ele apresentava na trilogia original.

As correções estragaram tudo
Na tentativa de corrigir o que não agradou os fãs, tanto Liga da Justiça quanto Star Wars: A Ascensão Skywalker se tornaram filmes pouco criativos, que tentam agradar os fãs utilizando nostalgia e apelo emocional. No fim, as correções não funcionaram e os fãs não se sentiram realizados com ambos os filmes.No fim, ambos também tiveram reações ruins por parte da crítica e do público. Star Wars: A Ascensão Skywalker e Liga da Justiça vão na contramão do que a arte deveria representar.
Fazer um filme se baseando nos anteriores é um erro grave que mostra como as empresas envolvidas estão mais interessadas em agradar – e vender – do que em contar boas histórias.Liga da Justiça, que tem alguns dos maiores heróis de todos os tempos, deveria ter sido melhor. Star Wars: A Ascensão Skywalker, que encerra a Saga Skywalker, precisava ser um filme muito mais criativo do que o que acabou sendo apresentado no resultado final. No fim, quem perdeu foi o fã.
Star Wars: A Ascensão Skywalker está em exibição nos cinemas brasileiros.
 

Link to post
Share on other sites

ATORES DE STAR WARS: A ASCENSÃO SKYWALKER QUEREM QUE A SAGA DÊ UM TEMPO DOS CINEMAS

Capa da Publicação

Star Wars: A Ascensão Skywalker estreou já tem algumas semanas, dividindo o público e recebendo duras críticas da imprensa especializada. Já era esperado que o episódio final de uma das sagas mais amadas do mundo não fosse agradar a todos, mas poucos esperavam uma recepção tão difícil, especialmente após Han Solo: Uma História Star Wars.Há quem diga que a saga espacial deveria ficar “na geladeira” por um tempo. Afinal, Star Wars vem ganhando um filme por ano desde O Despertar da Força, em 2015, o que poderia fazer o grande público fora da base de fãs “enjoar” daquele universo. E quem diz isso não está sozinho.
Em uma entrevista ao site Yahoo Entertainment, Daisy Ridley, que viveu Rey nos filmes da nova trilogia, disse que o que ela quer para Star Wars agora é uma pausa:“O que eu quero é um tempo. Todos discutiram isso, mas eu acho que nós precisamos deixar A Ascensão Skywalker ter seu momento e depois só parar para respirar.”Oscar Isaac, que interpreta Poe Dameron nos novos filmes, endossou a opinião da colega de elenco, justificando sua opinião:“Eu gostaria de ver as coisas desacelerando um pouco. Acho que para ser especial quando o próximo sair e não parecer que ele faz parte de uma linha de montagem, mas que são histórias feitas de uma maneira especial, que realmente são sobre alguma coisa… e tirar um tempo para encontrar as pessoas certas para desenvolverem tudo, com um arco claro em mente.”
Não é a primeira vez que se discute sobre Star Wars “tirar férias” dos cinemas por um tempo, mas esse discurso agora ganha ainda mais força depois dos comentários da dupla de atores.
 

Nem precisa de tempo. Era só não trabalhar com tanta incompetência.Solo e TROS foram as duas maiores bombas desse universo. E isso afetou em nada The Mandalorian.🙄
 

Link to post
Share on other sites


Star Wars 9 pode ter revelado um destino trágico para o Bebê Yoda

babyyoda-1068x601.jpg
Cuidado! Spoilers de Star Wars: A Ascensão Skywalker e de The Mandalorian.
Star Wars: A Ascensão Skywalker pode ter revelado um destino trágico para o Bebê Yoda, fofo personagem protegido por Mando (Pedro Pascal) em The Mandalorian.Com o retorno do Imperador Palpatine (Ian McDiarmid) e seus experimentos em Star Wars: A Ascensão Skywalker, o destino do Bebê Yoda ficou em cheque. O CBR fez um artigo explicando o porquê.

O que o Império quer com o Bebê Yoda
Em The Mandalorian, os remanescentes do Império estão caçando o inocente Bebê Yoda por algum motivo.
Apesar de o motivo não estar totalmente claro, alguns indícios foram dados pela série. Apesar do cliente de Mando desejar o Bebê Yoda vivo ou morto em suas mãos, o Dr. Pershing insiste que a criatura seja entregue viva.Pershing exibe emblemas vistos em Kamino, planeta exibido em Ataque dos Clones (2002), que mostra onde os stormtroopers foram criados. Ou seja, é possível que Pershing esteja envolvido com clonagem.É dito que os soldados deveriam “extrair o material necessário e acabar com isso”, o que sugere que o Bebê Yoda pode ser utilizado pelo Império para clonagem, e depois acabar descartado – morto – quando não tiver mais serventia.

Os experimentos de Palpatine
O retorno de Palpatine em Star Wars: A Ascensão Skywalker não foi totalmente explicado, mas o filme sugere que clonagem pode ter tido algo a ver com esse processo.Palpatine criou e clonou Snoke, como o próprio confirma, então é possível que ele tenha clonado a si próprio de alguma forma. Os clones de Snoke exibem marcas e ferimentos, o que indica que esse processo de clonagem pode não ser perfeito – isso explica também porque o corpo de Palpatine está deteriorado em Star Wars: A Ascensão Skywalker.

O Bebê Yoda foi usado no plano de Palpatine?
Se o Bebê Yoda tem Midi-chlorians (células da força) em grande quantidade, é possível que ele tenha sido utilizado não só na criação de Snoke, mas na ressurreição do Palpatine que vimos em Star Wars: A Ascensão Skywalker.
É possível que o Bebê Yoda seja um experimento do próprio Palpatine, que saiu de Exogol de alguma forma. Isso explicaria porque os remanescentes do Império estão caçando a criatura em The Mandalorian, já que eles estariam tentando leva-lo para o seu lugar de origem.De qualquer forma, é seguro dizer que Star Wars: A Ascensão Skywalker se conectou a The Mandalorian, e que as especulações sobre clonagem não soam bem para o destino do amado Bebê Yoda.
Star Wars: A Ascensão Skywalker está em exibição nos cinemas brasileiros. The Mandalorian está disponível no Disney+, que está disponível apenas nos EUA. O serviço chega ao Brasil em 2020.
 

Link to post
Share on other sites

Eu assisti.

Não sou um fã hardcore do universo.  Sou um cara que não odiou o filme, mas não achei nada demais. 

Ritmo horrível, e todos os clichês ruins de sw estão ali e de propósito!

Kylo acho que é um personagem bem complexo, talvez o mais complexo depois de anakin, e driver é fera demais. 

Rey tem força pra carregar sua personagem mesmo não mudando em nada desse sua primeira aparição no VII. Nunca vi alguém tão linear.  Tudo que acontece com ela que importa, não aparece em tela, haha.

Que fase. 

Realmente não fechou do melhor jeito. 

Link to post
Share on other sites

O pior é que este filme, sim, detonou a família Skywalker, e não o ep VIII.

Fuderam com o arco do Anakin. O sacrifício final serviu para nada. A profecia de que ele seria o escolhido para trazer o equilíbrio na força era mentira. A busca do dom de salvar a vida, que acabou levando Anakin para o lado negro da força, é totalmente dominado pela Rey sem mais nem menos. Se Anakin tivesse o conhecimento que a Rey passou a ter do nada (e depois o Ben Solo aprende do nada também), ele não teria sido seduzido pelo lado negro. 

É um amontoado de conveniências e coicindencias que jogam o legado da série no lixo. E a galera chorando porque o Luke morreu numa das cenas mais fodas de toda a saga... É dureza!

Link to post
Share on other sites
51 minutes ago, conan said:

A busca do dom de salvar a vida, que acabou levando Anakin para o lado negro da força, é totalmente dominado pela Rey sem mais nem menos. Se Anakin tivesse o conhecimento que a Rey passou a ter do nada (e depois o Ben Solo aprende do nada também), ele não teria sido seduzido pelo lado negro. 

É complicado mesmo. É um filme passando por cima do outro. hehehe

Mas pelo que eu entendi aqui: a Léia era Jedi porque filme mostrou ela treinando com o Luke (mas ninguém ali sabia, pelo jeito). E ela talvez soubesse sobre esse lance aí de cura (onde ela aprendeu? Não sei, não me pergunte hehehe), e como ela treinou a Rey, ensinou pra ela. E mais tarde, ela não teria morrido totalmente, porque o corpo dela ficou ali ainda, então considero que ela ficou, de alguma forma, passando poder pro Kylo pra ele ajudar a Rey contra o Palpatine (considero que grande parte do poder ali do Kylo veio da Léia). Tanto que é só quando o corpo do Kylo some, é que o da Léia some junto (como a Carrie Fisher morreu, talvez não puderam deixar isso de forma mais explícita, daí deixaram assim), então nisso, considero que teria sido a Léia que usou o poder através do Kylo na Rey pra ela voltar a vida.

Não sei se voei demais aqui, mas acho que foi isso. Sei lá.

Link to post
Share on other sites

 filminho paia viu.

Toda a primeira parte foi um tédio forçado e sem propósito, 

Na verdade, o filme todo foi sme qualquer conexão com os anteriores, o palpatine aparece como o inimigo maior do nada, já no começo do filme, todo mundo indo em busca dos amuletos que indicarão onde está o palpatine (o mesmo enredo do sétimo, onde encontrar luke, que só foi resolvido no final, que era o oitavo).

Não sei se a ideia já era ser o palpatine por trás disso tudo, desde o sétiimo, mas coloca-lo lá, de forma imediata, com todo mundo correndo pra encontra-lo sem ter aquele tempo de choque onde as pessoas se questionam e procuram mais informações para saber a veracidade e tal. Muito mas muito mal feito.

SIm, já de antemão, detestei a ideia do retorno do palpatine, porque reduz o problema de um sistema autoritário a ambição de uma pessoa, todo o problema que envolve a saga é por conta do palpatine. O fantastico trabalho de mostrar como um personagem e o que ele representa pode se perpetuar por futuras gerações com o Ben Solo admirando e se inspirando no Vader (que o fato de ter sido pai dele foi segundo plano,ao meu ver), aqui a mensagem é o inverso, mostra que o que representa um personagem só pode perpetuar por conta do próprio personagem. Personaliza toda uma estrutura que forma o império e a galáxia do SW em uma só figura. É uma simplificação e redução mongolóida que já devia ser superado a muito tempo nos cinemas. 

A redenção do Kylo foi patética. Agora pronto, basta alguém ganhar poder Neo e salvar você da morte que pronto, você se redimirá de uma hora pra outra, largará seu sonho de concluir o que seu ídolo começou para lutar contra. 

E de repente, Kylo e Rey começam a salvar vidas, a se teleportar, teve uma hora que eu pensei que os dois iam ver o mundo através de códigos de computador.  Mais uma vez reduzindo toda a filosofia da saga a respeito do que é o conhecimento da força, em que para conseguir desenvolver uma nova técnica ou habilidade é preciso um profundo conhecimento e relação com essa coisa que ninguém sabe exatamente o que é mas que está em tudo e é o mistério de tudo. 

A batalha final contra o Palpatine foi outra coisa muito ruim. O palpatine com um raio poderia derrubar uma frota quase toda, então rpa que um exército todo? 

A única coisa que restou foi a ideia de díade da força apresentada (só apresentada) no filme. 

Aaah, e as atuações, principalmente do ator que fez o Kylo e da atriz que fez a Rey, que foram muito bons.

Link to post
Share on other sites
3 hours ago, Jorge Soto said:

Até um ator do filme tá alopramdo um certo romance

 https://mobile.twitter.com/JohnBoyega/status/1212090062147637251

 

O pior é que a coisa mais linda que essa nova saga conseguiu desenvolver foi a conexão entre Kaylo e Rey e um romance entre eles viria a ser uma coisa organica e muito bem explicado durante a nova saga, mas esse ultimo episodio fez o favor e cagar todo o clima que havia sido construido entre os dois nos filmes anteriores.

Sim, entendo que passa uma mensagem abusiva, mas a saga dava um outro sentido pra esse apego aos dois, era do que apesar da escrotidão do Kylo, a Rey via nele ainda humanidade e era por essa humanidade que ela havia se encantado. 

Só que a ultima saga cagou tanto que o que restou foi um relacionamento abusivo premiado pela redenção da mulher ao charme do rapaz

Link to post
Share on other sites

era o que faltava, Snyder criando moda..😡

Igual Liga da Justiça: fãs querem corte do diretor para Star Wars 9
A campanha do “Corte de Snyder” da Liga da Justiça gerou uma sucessora.Os fãs de Star Wars estão exigindo uma versão do diretor de Star Wars: A Ascensão Skywalker, novo filme da franquia que tem desagradado os fãs.
Versão do diretor vem aí?
Com a hashtag “Release The JJ Cut” (Lancem a versão de JJ), os fãs de Star Wars querem uma versão do novo filme sem alterações dos produtores da Disney. Uma exigência feita é a presença do fantasma de Anakin Skywalker, que não aparece em nenhum momento do filme.
Como lembrou o ScreenRant, esse pedido é de certa forma vazio, já que não existem evidências de que exista uma versão alternativa de Star Wars: A Ascensão Skywalker dirigida por J.J. Abrams.Resta saber agora se a campanha vai ganhar força, indo além dos assuntos mais falados do Twitter.
Star Wars: A Ascensão Skywalker está em exibição nos cinemas brasileiros.

Link to post
Share on other sites

HAHAHAHA Virou moda agora: #ReleasetheJJCut .......

 

https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2020/01/03/releasethejjcut-fas-pedem-nova-versao-de-star-wars-apos-rumores-de-cortes.htm

 

200.gif

 

Igual Liga da Justiça: fãs querem corte do diretor para Star Wars 9

POR

 VICTOR GAMA

 

 

A campanha do “Corte de Snyder” da Liga da Justiça gerou uma sucessora.

Os fãs de Star Wars estão exigindo uma versão do diretor de Star Wars: A Ascensão Skywalker, novo filme da franquia que tem desagradado os fãs.
 

Versão do diretor vem aí?

Com a hashtag “Release The JJ Cut” (Lancem a versão de JJ), os fãs de Star Wars querem uma versão do novo filme sem alterações dos produtores da Disney.

Uma exigência feita é a presença do fantasma de Anakin Skywalker, que não aparece em nenhum momento do filme.

Como lembrou o ScreenRant, esse pedido é de certa forma vazio, já que não existem evidências de que exista uma versão alternativa de Star Wars: A Ascensão Skywalker dirigida por J.J. Abrams.

Resta saber agora se a campanha vai ganhar força, indo além dos assuntos mais falados do Twitter.

Star Wars: A Ascensão Skywalker está em exibição nos cinemas brasileiros.

https://observatoriodocinema.bol.uol.com.br/filmes/2020/01/igual-liga-da-justica-fas-querem-corte-do-diretor-para-star-wars-9

 -
 02/01/2020
Link to post
Share on other sites

LIVRO DE STAR WARS: A ASCENSÃO SKYWALKER EXPLICA COMO PALPATINE CONSEGUIU FROTA DE NAVES

Capa da Publicação

Star Wars: A Ascensão Skywalker chegou aos cinemas no final do ano passado, prometendo ser a grande conclusão da saga principal de filmes da franquia. Ainda assim, muitos fãs saíram das salas de cinema com mais perguntas do que respostas, graças a pequenos elementos que foram deixados em aberto.Talvez o maior exemplo diga respeito ao Imperador Palpatine, que é o grande vilão do longa. Logo no começo, ele revela possuir uma grande frota de Star Destroyers, naves capazes de destruir mundos. Já ao fim do filme, ele aparece rodeado por milhares de seguidores – o que deixou os fãs muito confusos.Afinal, de onde saiu toda essa gente e todas as naves?
O Dicionário Visual do filme parece responder essas perguntas. De acordo com o livro, o Imperador recebeu a ajuda dos cultistas misteriosos, chamados de Sith Eternos. Eles teriam chegado ao planeta Exogol para reviver Palpatine através de uma combinação de tecnologia e ocultismo. No planeta, os Sith Eternos puderam “contrabandear” engenheiros, escravos e mecânicos, usando suas conexões, e a partir disso conseguiram construir uma grande frota de Star Destroyers – e isso explica não apenas como o Imperador conseguiu as naves, mas também como seus seguidores chegaram lá.

 

Bah, se não explicou no filme não aconteceu, essa é a regra.A cada nova explicação fica mais difícil engolir.Que explicação horrível,teria sido melhor ter ficado sem mesmo.😡

 

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...