Jump to content
Forum Cinema em Cena
Jailcante

Mad Max - Estrada da Fúria

Recommended Posts

Imaginem o Nolan dirigindo esse filme tenso que explicar tudo, todos os povos, as drogas o que faz cada motor, como vão arrumar, etc etc etc.

Que preguiça.

 

Se bem que o problema não é explicar, mas o modo escolhido para explicar. O problema é o tal do didatismo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa...! Uma das coisas que mais fiquei "maluco" ao ver esse filme é a figura do "Guitarrista"... Que PORRA DOIDA É AQUELA???! É bacana, é cool, é insano, é trash, é ducaralho e...faz todo o sentido!! Ele parece ser um daqueles caras que nas guerras antigas vinham tocando tarol marcando o ritmo do avanço das tropas...   

 

 

Nops, a Furiosa é um puta personagem que o roteiro preescrevia e que a inexpressividade do Hardy apenas realçou. Não que com Gibson fosse diferente, pois ela estava pro mesmo patamar que o Wez, do Vernon Wells, estava pro Mad Max 2. Um vilão que, mesmo aparecendo esporadicametne, roubava a cena.

 

Primeiro que Hardy nem de longe foi inexpressivo.

 

Segundo que a Furiosa apareceu mais até do que os Gibsons dos outros Mad Max, com sua expressão séria, sisuda, mas sem perder a delicadeza, forte o suficiente para segurar uma pessoa pesada estando ela em frangalhos. 

 

Os Mad Max do Gibson eram personagens expressivos, mas se misturavam aos demais, no segundo o ator principal era a cidade e sua fuga com os barrís de petróleo, no 3 o Mad era um abobalhado que virou babá de criança. 

 

Já Furiosa era uma identidade própria, destaque próprio, sem necessariamente ofuscar os demais.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hardy é tão expressivo qto um pires, só perdendo pro Steven Seagal ou pro Danny Trejo. É um ator físico q ainda tem suas limitações dramáticas. Sofre, ama, padece e enfurece com a mesma expressão facial. Quem sabe melhore com o tempo. Seu personagem não diferia do da Furiosa, q era sua versão femenina, mas a Theron soube sim impôr essa identidade e dureza ao personagem. Coisa q Hardy sequer passou perto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bane discorda...

 

 

Quem é Bane? um vilão meia-boca q tinha a obrigação de superar o de TDK, mas q teve o azar de aparecer no mais fraco filme da trilogia do Nolan.TDKR tem seus ptos positivos, claro, mas Bane está longe de ser um deles.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quem é Bane? um vilão meia-boca q tinha a obrigação de superar o de TDK, mas q teve o azar de aparecer no mais fraco filme da trilogia do Nolan.TDKR tem seus ptos positivos, claro, mas Bane está longe de ser um deles.

 

O Bane É um desses pontos positivos, foi um baita vilão!

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Bane É um desses pontos positivos, foi um baita vilão!

 

Ok, e viva a diversidade! Mesmo assim não bastou pra fazer do TDKR ser a merreca q é, oras! :ph34r:  Até o Nicholson do Burton faz ele passar vergonha, misfio! Mas supera ,com larga vantagem, o Caps Frio do Shwarzza e a Hera Venenosa da Thurman do Schumaquer, faça-se justiça! :D Embora o Duas Caras do Tommy Lee e Charada do Carey não. :P

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não Gustavão, vc não entendeu...são apenas comparações paralelas. No fundo quis dizer foi q o que prestou em TDKR foi apenas a Mulher Gato, quinem Batman Returns. E o Bane do Hardy só não se igualou ao do Schumaker unicamente pela direção do Nolan. Alias, fora sua performance mascarada no Bátima, quais foram as demais referências dramáticas do Hardy? "Warrior"? Aí q quero chegar..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não Gustavão, vc não entendeu...são apenas comparações paralelas. No fundo quis dizer foi q o que prestou em TDKR foi apenas a Mulher Gato, quinem Batman Returns. E o Bane do Hardy só não se igualou ao do Schumaker unicamente pela direção do Nolan. Alias, fora sua performance mascarada no Bátima, quais foram as demais referências dramáticas do Hardy? "Warrior"? Aí q quero chegar..

 

Mad Max 4  :P  :D

 

Sinceramente, as duas atuações que vi gostei muito, o TDKR não falhou por conta do Bane, que foi um baita vilão, falhou pelas Nolisses básicas ao exagero, se perdendo em pequenisses.

Share this post


Link to post
Share on other sites

MAD MAX: ESTRADA DA FÚRIA | BILHETERIA BRASILEIRA CRESCE GRAÇAS AOS FÃS
Boca a boca nas redes sociais faz com que filme mantenha sucesso.


A bilheteria brasileira de Mad Max: Estrada da Fúria continua crescendo. Em sua segunda semana em cartaz, o filme chega a quase 1 milhão de espectadores no país e está próximo de passar de R$ 15 milhões em arrecadação total no Brasil.

Nas bilheterias brasileiras, o filme atingiu R$ 10 milhões entre sua estreia na quinta, 14 de maio, e domingo, 17. Comparativamente, na Austrália, país natal do diretor George Miller, Mad Max arrecadou $ 6,19 milhões de dólares australianos.

Mesmo com a desvalorização do real em comparação com a moeda australiana, os números implicam que mais pessoas foram aos cinemas ver Mad Max no Brasil do que na Austrália. O sucesso deve-se em grande parte aos fãs, que estão engajados com o filme nas redes sociais, fazendo com que o boca a boca seja um dos principais fatores do sucesso do longa[/media]

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bilheteria norte americana também foi boa.

 
 

Mad Max Fury Road pegou mais 24Mi, caindo 45% do sua semana de lançamento. No global, chegou em 219Mi, deve finalizar em 350-400 Mi. Sucesso, pode assinar sequencia. Se Miller tiver sorte e filme pernas longas, pode até chega a 600-700 como Interstellar, que abriu por números semelhantes (mas aí tem o impulso do nome Nolan)

 

Interessante essa grande ressonância com mercados fora da américa do norte. Eu tinha achado que iria acontecer exatamente o contrário...

 

Agente podia começar um bolão de bilheteria aqui no fórum, só pra divertir. :lol:

Share this post


Link to post
Share on other sites

LIGA DA JUSTIÇA | FILME NÃO PRODUZIDO DE GEORGE MILLER VAI GANHAR DOCUMENTÁRIO
 
Longa seria estrelado por Armie Hammer, Adam Brody e outros
25/05/2015 - 15:13 - NATÁLIA BRIDI
 
ligajustica.jpg
 
O falecido filme da Liga da Justiça, que George Miller( Mad Max: Estrada da Fúria) dirigiria para aWarner Bros. em 2008, vai ganhar um documentário nos moldes de The Death of "Superman Lives": What Happened?, que mostra os bastidores do filme cancelado de Tim Burton.
 
Ryan Unicomb dirigirá o longa, que mostrará o desenvolvimento, a pré-produção e o cancelamento do projeto, além do seu impacto na indústria cinematográfica australiana. A ideia é entrevistar a equipe que trabalhou no longa e mostrar artes conceituais e figurinos nunca vistos antes.
 
Planejado entre 2007 e 2009, o filme teve entre seus problemas a greve dos roteiristas de Hollywood e restrições de orçamento. O elenco incluía Adam Brody (The Flash), Common (Lanterna Verde), Armie Hammer (Batman), Teresa Palmer (Talia Al Ghul) e Megan Gale (Mulher-Maravilha)
 
Unicomb, porém, ainda precisa entrar em contato com Miller e seu parceiro, o produtor Doug Mitchell. Agora com direção de Zack Snyder, o filme da Liga da Justiça chegará aos cinemas em 2017.
 

Share this post


Link to post
Share on other sites

George Miller quer versão em preto e branco e sem voz no Blu Ray:

 

 

Mad Max: Estrada da Fúria vai ganhar versão em preto e branco

De João Vitor Figueira ▪ segunda-feira, 25 de maio de 2015 - 14h02 

"A melhor versão deste filme é a versão em preto e branco, mas pessoas reservam este recurso para filmes de arte hoje em dia", afirmou o diretor George Miller.


074286.jpg
 
Talvez não seja cedo demais para afirmar que Mad Max: Estrada da Fúria merece o status de clássico moderno. Uma das principais características do filme de George Miller é o visual vibrante, que investe em cores saturadas para reforçar o ar extravagante do longa-metragem de ação. Entretanto, de acordo com o site SlashFilm, o público verá uma versão muito diferente da saga de Max (Tom Hardy) e Furiosa (Charlize Theron).
 
Miller afirmou que pediu à Warner Bros que o blu-ray de Mad Max: Estrada da Fúria traga também a versão em preto e branco do filme. Essa variação do longa viria com a opção "cinema mudo", em que todos os diálogos e efeitos sonoros seriam substituídos pela trilha sonora apenas.
 
O cineasta — que também dirigiu Mad Max (1979), Mad Max 2 - A Caçada Continua (1981) e Mad Max Além da Cúpula do Trovão (1985) —, comentou quis evitar os clichês para encontrar a identidade visual de Estrada da Fúria. "Eu percebi que é um lugar comum realizar filmes pós-apocalipticos com cores menos saturadas. A partir daí, só havia dois caminhos que eu poderia seguir. Uma opção era fazer o filme em preto e branco. A melhor versão deste filme é a versão em preto e branco, mas pessoas reservam este recurso para filmes de arte hoje em dia. A outra opção é abusar das cores", afirmou.
 
 
Miller também disse que foi durante a produção de A Caçada Continua que ele percebeu que o universo Mad Max fica melhor níveis de cinza do que em cores. Ele afirmou que enviou uma versão em preto e branco do filme para Brian May, famoso guitarrista do Queen que assinou a trilha sonora. A cópia em preto e branco feita para o músico foi realizada por ser uma opção mais barata e foi assim que o diretor percebeu a força daquele jogo de contrastes, que considerou "muito, muito poderoso".
 
Para ajudar a ter uma noção de como Mad Max: Estrada da Fúria[/size] seria em p&b, um fã publicou no YouTube uma versão editada do trailer do filme. Veja abaixo.

 

 

http://www.adorocinema.com/noticias/filmes/noticia-113525/

 

 

Curiossísimo pra ver essa versão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não Gustavão, vc não entendeu...são apenas comparações paralelas. No fundo quis dizer foi q o que prestou em TDKR foi apenas a Mulher Gato, quinem Batman Returns. E o Bane do Hardy só não se igualou ao do Schumaker unicamente pela direção do Nolan. Alias, fora sua performance mascarada no Bátima, quais foram as demais referências dramáticas do Hardy? "Warrior"? Aí q quero chegar..

 

Momentos muito elogiados do Hardy são Bronson e Locke, além é claro do Inception.

 

Eu já achei uma das muitas partes desconexas do TDKR foi a Mulher Gato.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um diretor de cinema das antigas, que conseguiu ressuscitar de forma decente um clássico de ação pós apocalíptico BIZARRO. Decepção do pessoal do Jurassic Cast que tem memoria curta e odeia esses filmes do George Miller. Sempre revejo Mad Max e para mim ainda não datou é uma franquia muito boa mesmo com a Cúpula o Trovão (Garotos Perdidos da terra do Nunca). "Que adorável dia" foi ontem por esse e outros motivos. Estou sorrindo de um canto a outro do rosto era o que eu queria ver e fui ver no cinema o que esperava. Trilha sonora emocionante, eu valorizo demais isso no momento certo aplicado em tela. Timing adequado da cena, que fenomenal. Ação quase ininterrupta e bem arranjada com PROPÓSITO. Fotografia belíssima efeitos práticos e de computação gráfica bem aplicados. Enfim um deleite de emoção e imagem e com uma boa história de busca por esperança em meio ao inferno, destruição e tirania. Que final de redenção. Não teve o Mel Gibson, mas com tudo em tela de uma forma tão bem feita e arranjada, que eu até já aceitei Tom Hardy (Bane do Batman) como o novo Mad Max.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu ainda não aceitei Hardy como Max... bem, até pq não tinha como destoar perante a Furiosa da Theron ali, ne? A muié é mais uma força da natureza no filme, coisa q só se compara as foderosas do cinema, tipo a Ripley de "Aliens". Enfim, ofuscou todo mundo e carrega o filme nas costas..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...