Jump to content
Forum Cinema em Cena

Israel: Guerra Aberta?


Fulgora
 Share

Recommended Posts

Mas é uma puta sacanagem os caras chegarem lá e construírem kibutzes onde só amiguinhos trabalhariam, segregando totalmente os árabes. Literalmente eles tomaram as terras dos caras. Detalhe: a ONU, quando foi "dividir" as terras, deixou uma parcela cerca de 40% maior de terra para aproximadamente 800.000 judeus, enquanto mais ou menos 1.300.000 de palestinos receberam uma parcela pequenina...

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 73
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

se nao tem nada a ver diretamente porque vc tá sugerindo que a guerra é causada pelas religioes?

Eliminar religião não seria nem tapar sol com peneira' date=' nem cortar o mal pelo raiz; visto que o que causa os conflitos não é a religião, e sim a intolerância.

[/quote']

fomentada pelas religiões

As religiões (a judaica e a cristã, especificamente), por si só, não fomentam intolerância...

não??? depois do joão paulo segundo (q depois do meu avô, é o católico q eu mais respeito no mundo) ter pedido desculpas pela morte das "bruxas" na idade média, um cretino la da india, diz q paga naum sei quantu pra quem matar o Dan Brow por conta daquele livro, q convenhamos, é maneiro mas tb naum é lá essas coisas...

Link to comment
Share on other sites

outra coisa q eu fiquei muito puto, foi uma vez q eu vi no jornal, vcs sabiam q quando a funai descobre uma tribo isolada q ninguem conhecia (óbviosmiley5.gifsmiley36.gif), pra "integrar" essa tribo na nossa "sociedade" tem um padre q serve pra catequisar os indios, catequisar!!!! isso é prática da é poca do descobrimento, quando os jesuitas esploravam os indios e isso ta sendo feito em pleno século 21, porra os caras ja tem a religião deles, pra q isso, os indios saum batisados e tudo smiley7.gif, se alguem acha q isso naum é desrespeito...
Link to comment
Share on other sites

Não é esse o cerne da questão, LEospider. Catequisação é um ato de desrespeito? Depende do ponto de vista e da forma como se faz. Se o padre dá a opção de recusar a catequisação, não é desrespeito.

As religiões (a judaica e a cristã' date=' especificamente), por si só, não fomentam intolerância...


[/quote']

Eu tenho umas ressalvas... A guerra na Irlanda é um exemplo de conflito interno cristão, católicos vs protestantes.

Eu tenho uma parte da família protestante. Conheço muitos deles e posso dizer que a única religião que eles se criticam publicamente é o catolicismo.

Por outro lado, tenho família católica. Os mais fervorosos ficaram extremamente satisfeitos com o que "A Paixão de Cristo" diz sobre os judeus. Cheguei até a questionar isso com uma pessoa, se o filme não era muito duro, podendo até a ser anti-semita. A resposta que eu obtive é "o filme mostra exatamente o que aconteceu". Não que a resposta tenha soado anti-semita, mas foi muito breve...

Não que necessariamente o cristianismo e o judaísmo sejam intolerantes, mas acho errado relegar esse posto exclusivamente aos muçulmanos...

Link to comment
Share on other sites

Tadinho dos judeus, os nazistas fizeram coisas horriveis com eles, vocês nao assistiram "A Lista de Schindler", "O Pianista" e "A vida é Bela" não? Eles podem fazer o que quiserem agora, podem sair matando inocentes e roubando território alheio, e quem ser contrário a isso é anti-semita e tem que ser apedrejado e esfolado vivo.

Link to comment
Share on other sites

OLha só quem está pedindo paz, na boa haja hipocrisia, os caras estão fazendo diversas atrocidades no Iraque e Afeganistão, e agora tem a cara de paú de pedir um cessar fogo.Acho que eles deveria olhos pro seu próprio rabo e ver que eles são um dos culpados por essa guerra pq Israel só tem todo esse poder bélico devido a um ''pequeno'' apoia norte-americano

 

A secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, disse nesta terça-feira que os Estados Unidos querem a paz no Oriente Médio de "forma urgente e duradoura". Rice afirmou, após encontro com o presidente da Palestina, Mahmoud Abbas, que "deve existir uma forma de as pessoas se reconciliarem".

 

< content=no name=index>



Leia abaixo o textoseta_leia.gif

 

transp.gif

transp.gif

< content=yes name=index>

Mais cedo, em um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, Rice disse que chegou a hora para um "novo Oriente Médio". Rice reiterou a posição do governo dos Estados Unidos de que um cessar-fogo imediato apenas adiará uma solução a longo prazo do conflito.

Olmert recebeu Rice de forma amistosa, mas afirmou que "Israel está determinado a manter sua luta contra o Hezbollah". Ele afirmou que seu governo "não irá hesitar em tomar medidas severas contra aqueles que miram milhares de foguetes e mísseis contra civis inocentes".

Rice trabalha em duas frentes em sua visita ao Oriente Médio - a tensão israelense com os palestinos na Faixa de Gaza e a guerra contra o Hezbollha na fronteira com o Líbano. No encontro entre oficiais palestinos e norte-americanos, Rice e Abbas conversaram sobre a possibilidade do envio de recursos ao debilitado governo da Palestina.

A secretária de Estado do EUA disse a Abbas que, mesmo que os EUA e seus aliados estão envolvidos na resolução do conflito do Líbano, eles não se esqueçaram do sofrimento dos palestinos. "Eu disse ao presidente que nós nos preocupamos com o sofrimento das pessoas inocentes em toda a região. Mesmo com um possível cessar-fogo no Líbano, nós devemos nos mater focados com o que acontece na Palestina", disse.

Após a reunião, Abbas renovou seu pedido por uma trégua entre Israel e Palestina, após a ofensiva Israelense na Faixa de Gaza completar um mês em busca de um soldado israelense capturado pelo Hamas. "Nós estamos tentando com todas as nossas forças libertar o soldado israelense", disse Abbas, ressaltando que também espera que milhares de prisioneiros palestinos sejam libertados por Israel.

Link to comment
Share on other sites

Não me impressiono com isso. Conflitos naquela região existem desde os tempos bíblicos. Mas fico impressionado ao ver a força de Israel. Um país com mais ou menos 60 anos, com tanta força. Lembremo-nos da guerra dos seis dias, de 1967: vários países árabes, fortes e antigos, contra Israel, pequeno e novo. ISRAEL VENCEU! Os árabes tomaram um couro dos israelitas. Aqui alguns dados de Israel que me deixaram de boca aberta, vindos do meu melhor amigo, o wikipedia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Economia_de_Israel

Link to comment
Share on other sites

Não me impressiono com isso. Conflitos naquela região existem desde os tempos bíblicos. Mas fico impressionado ao ver a força de Israel. Um país com mais ou menos 60 anos' date=' com tanta força. Lembremo-nos da guerra dos seis dias, de 1967: vários países árabes, fortes e antigos, contra Israel, pequeno e novo. ISRAEL VENCEU! Os árabes tomaram um couro dos israelitas. Aqui alguns dados de Israel que me deixaram de boca aberta, vindos do meu melhor amigo, o wikipedia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Economia_de_Israel

[/quote']

Sim, tomaram um couro. Lembre-se que há judeus milionarios enviando bilhões pra lá e lembre-se que os EUA apoia Israel e lembre-se tambem que Israel tem poder atomico que provavelmente veio dos Eua. Quanto aos arabes? Well, o mundo inteiro acha que são loucos fanaticos e o mundo inteiro ajuda quem entra em guerra contra eles. E outro fato: Irã tá tentando (se ja nao tem) ter tecnologia nuclear... Note que os EUA e alguns paises europeus sao totalmente contra, porque não fizeram o mesmo quanto a Israel?smiley2.gif

Link to comment
Share on other sites

 

Sim. Defensores que me perdoem' date=' mas foi uma das grandes merdas do século XX a criação do Estado de Israel. Ressurgido o anti-semitismo, os judeus fizeram a estupidez de criar um Estado só para eles. E que lugar melhor que o Oriente Médio pra escolher hein smiley36.gifsmiley18.gif?

[/quote']

 

É depois se fazem de coitados...smiley19.gif 

Eu concordo .

Por quê os judeus tem um país para si e  os hare-krishna não ?

Não demora muito o bispo Macedo vai querer um também .

 

Link to comment
Share on other sites

Eu tenho umas ressalvas... A guerra na Irlanda é um exemplo de conflito interno cristão' date=' católicos vs protestantes.

[/quote']

A questão entre católicos e protestantes na Irlanda é também desculpa religiosa. Já que desde de a idade média que os irlandeses e ingleses não se davam bem e olha que ambos eram católicos.

Link to comment
Share on other sites

recebi este mail

 

                       

                     Prestem atenção a esta apresentação. Vejam o que é representa um ESTADO TERRORISTA, que é Israel.

 

                     Uri Avnery, jornalista israelense e judeu, disse que a razão para a covarde e selvagem agressão de Israel ao Líbano não é o caso dos dois soldados "sequestrados", mas derrubar o govêrno libanês, para instalar um fantoche a serviço dos interesses de Israel e dos Estados Unidos.

 

                     Vejam que nem Estados Unidos, nem Inglaterra, fizeram coisa alguma para deter esse genocídio. Apenas, estão retirando os seus cidadãos do Líbano, para que não sejam mortos pela sanha israelense.

 

                      O explosivo encontrado no carro de Rafiq Hariri NÃO era da Síria, que se utiliza de produtos russos. Aquele tipo de explosivo só está disponível para a CIA e o Mossad. Após a morte de Hariri, os Estados Unidos fizeram um enorme esforço para culpar a Síria, e remover o exército sírio que permaneceia no Líbano, e era garantia de integridade daquele país contra invasões, como essa perpetrada por Israel.

 

                      NÃO É por coincidência, mas alguns meses após os sírios deixaram o território libanês, Israel comete essa agressão inominável contra um país desarmado e que NÃO estava em estado de guerra contra o estado hebreu.

 

                       Por fim, os dois soldados israelenses NÃO FORAM sequestrados pelo Hizbullah. Eles compunham um grupo de soldados do exército hebreu que invadiu o território libanês para fustigar o Hizbullah, a 2 km da fronteira. Foram rechaçados, bateram em retirada (cinco deles foram feridos)  e esses dois foram CAPTURADOS DENTRO DO LÍBANO.

 

                      Portanto, eu estou com Uri Avnery, e não acredito em nada do que a imprensa amestrada diz.

 

                      Divulguem essa apresentação, para que o mundo fique sabendo o que a imprensa NÃO MOSTRA, e quão SELVAGEM e COVARDE é a agressão do estado TERRORISTA de Israel.

 

                      Salám !

 

Link to comment
Share on other sites

30/07/2006 - 09h34

Ataque de Israel mata ao menos 50 no Líbano; Hizbollah faz nova ameaça

da Folha Online

Pelo menos 50 pessoas, das quais cerca de 20 crianças, morreram neste domingo nos bombardeios de Israel contra o vilarejo de Qana, sul do Líbano. O ataque, de madrugada, destruiu dezenas de edifícios.

"Não quero que me perguntem sobre números. Todos sabem que servimos de cobaias para as armas deles, as bombas de implosão. É a única coisa que se vê", declarou, entre lágrimas, Naim Rakka, um dos coordenadores da equipe de emergência da Defesa Civil libanesa, com os corpos de duas crianças nos braços.

O ministério israelense das Relações Exteriores lamentou a morte dos civis. "Israel lamenta a morte de inocentes. Não queremos que civis sejam afetados pela guerra entre Israel e o Hizbollah", declarou o porta-voz do ministério, Mark Reguev. "Israel faz todo o possível para evitar essa situação e fez muitos pedidos aos civis para que abandonassem a zona de combate."

O primeiro-ministro do país, Ehud Olmert, disse que o vilarejo servia de esconderijo para o grupo terrorista islâmico Hizbollah e que era uma base para o lançamento de foguetes contra Israel. "Todos os habitantes da região foram avisados e convidados a partir", afirmou.

Ele rejeitou a idéia de uma trégua. "Apesar desse penoso incidente, não pedirei às forças de defesa que cessem o fogo ou que modifiquem suas operações. Continuaremos agindo sem hesitar contra o Hizbollah", disse.

Mudança na guerra

"Esse massacre bárbaro, que representa uma mudança grave e perigosa no curso da guerra, pode levar a reações contra o mundo mudo e cúmplice, que deve assumir suas responsabilidades, porque esse massacre horrível, como outros, não permanecerá impune", ameaçou o Hizbollah em comunicado.

Pouco depois do ataque, o primeiro-ministro libanês, Fuad Siniora, descartou a possibilidade de qualquer negociação, pediu uma investigação internacional sobre o bombardeio e exigiu um cessar-fogo imediato e incondicional.

O estopim do conflito foi o seqüestro de dois soldados israelenses levado a cabo pelo Hizbollah, no dia 12. Desde o início dos confrontos, a violência já deixou cerca de 490 mortos no Líbano, entre eles mais de 430 civis, 20 soldados libaneses e 35 terroristas, e mais de 52 mortos em Israel, sendo 19 civis. Entre os mortos no Líbano, há sete cidadãos brasileiros, dos quais três crianças.

Manifestação

Milhares de manifestantes se reuniram no centro de Beirute para protestar contra o ataque. A chamada "Casa da ONU (Organização das Nações Unidas)" foi saqueada por um grupo de centenas de pessoas, que invadiu o edifício, arrancou portas, quebrou janelas e incendiou bandeiras da instituição. Uma funcionária da ONU, entrevistada por telefone, afirmou que os funcionários se esconderam no sótão do edifício.

Os manifestantes gritavam frases hostis à ONU e aos Estados Unidos. Quando o número de pessoas aumentou, o protesto se tornou mais pacífico.

Resgate

Em Qana, a Defesa Civil prosseguia com as operações de resgate, dificultadas por uma série de bombardeios esporádicos executados ao longo da manhã pela aviação israelense nas imediações do vilarejo.

"Além de 36 vítimas que já foram retiradas dos escombros, entre 15 e 20 pessoas permanecem sob as ruínas de um edifício. A maioria é considerada morta, mas ouvimos alguns gemidos", disse Salam Daher, coordenador da Defesa Civil para a região de Tiro. Ele se refere a um prédio de três andares situado em uma das colinas da localidade e que abrigava um abrigo no qual estavam famílias que haviam fugido de outras cidades do sul do Líbano bombardeadas nos últimos dias pelo Exército israelense.

Segundo um sobrevivente, havia 63 pessoas no edifício no momento do ataque.

"Havia poeira por todas as partes. Não se via nada. Consegui sair e tudo desabou. Vários membros da minha família estavam lá dentro e não acredito que existam sobreviventes", afirmou Ibrahim Chalhoub.

"Consegui sair com meu filho e meu marido, que fraturou um joelho, mas quando voltei para tentar retirar minha filha era muito tarde: o edifício desabou", contou, desconsolada, Rabab.

Os voluntários usavam as mãos para para desenterrar as pessoas presas nos escombros.

Outros ataques

O ataque contra Qana, que durou aproximadamente duas horas, aconteceu no mesmo momento em que uma dezena de vilarejos da região de Tiro, quase todos ao sul da cidade costeira, também eram submetidos aos bombardeios da aviação, da marinha e da artilharia israelense.

As tropas de um corpo de elite terrestre israelense executaram uma operação perto de Taibeh, na área central da fronteira com o Líbano, e enfrentaram membros do Hizbollah.

Cinco membros da mesma família, incluindo duas crianças, morreram hoje em um ataque aéreo israelense que destruiu sua casa no vilarejo de Yarun, no sul do Líbano. "Muitos bombardeios foram registrados na localidade, e uma casa de dois andares desabou totalmente, soterrando a família Janafer, que nela vivia", informou a polícia local.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u98463.shtml

------------------

Novamente Israel mostra ser o país mais covarde da face da Terra. O parasitismo predomina e ninguem faz nada.

Travis Bickle2006-7-30 12:56:37
Link to comment
Share on other sites

Os judeus estão fazendo, ironicamente, uma limpeza étnica aberta no Oriente Médio. Prova disso é o ataque a esse vilarejo, cheio de civis inocentes.

Estranho: os mesmo que sofreram da limpeza étnica agora fazem o mesmo.

Só espero que, assim como os nazistas, os israelenses também sejam estudados em livros de história como monstros malvadões sem sentimentos, e que sejam assim retratados em filmes e romances.

Pena que isso não vai acontecer. Pena que daqui há um ano ninguem mais se lembre disso que está acontecendo. Pena que eles continuarão sendo os coitadinhos do mundo.Travis Bickle2006-7-30 13:2:1

Link to comment
Share on other sites

Os judeus estão fazendo' date=' ironicamente, uma limpeza étnica aberta no Oriente Médio. Prova disso é o ataque a esse vilarejo, cheio de civis inocentes.
Estranho: os mesmo que sofreram da limpeza étnica agora fazem o mesmo.
Só espero que, assim como os nazistas, os israelenses também sejam estudados em livros de história como monstros malvadões sem sentimentos, e que sejam assim retratados em filmes e romances. [/quote']

Isso jamais acontecerá. A cultura deles é tão influente na nossa como foi a cultura greco-romana. O pensamento capitalista deles, de certa forma, originou o nosso. Sem falar que no ocidente os judeus são considerados pessoas de importância. Por trás dos maiores bancos do mundo está um judeu. Gênios como Eistein, Freud, Fleeming, Spielber são judeus ou descendentes de. Eles já sofreram muito, desde o feudalismo até hitler.

Link to comment
Share on other sites

Travis, acho exagerado da sua parte falar em limpeza étnica, está havendo uma guerra contra um grupo terrorista, mas quem está pagando com a vida são civis inocentes, nada justifica isso. Mas não tem nada haver com limpeza étinca, nem um holocausto 2.
Link to comment
Share on other sites

Os judeus estão fazendo' date=' ironicamente, uma limpeza étnica aberta no Oriente Médio. Prova disso é o ataque a esse vilarejo, cheio de civis inocentes.
Estranho: os mesmo que sofreram da limpeza étnica agora fazem o mesmo.
Só espero que, assim como os nazistas, os israelenses também sejam estudados em livros de história como monstros malvadões sem sentimentos, e que sejam assim retratados em filmes e romances. [/quote']

Isso jamais acontecerá. A cultura deles é tão influente na nossa como foi a cultura greco-romana. O pensamento capitalista deles, de certa forma, originou o nosso. Sem falar que no ocidente os judeus são considerados pessoas de importância. Por trás dos maiores bancos do mundo está um judeu. Gênios como Eistein, Freud, Fleeming, Spielber são judeus ou descendentes de. Eles já sofreram muito, desde o feudalismo até hitler.

Isso nao justifica. Essa pose de coitadinhos é que me preocupa.

 

Travis' date=' acho exagerado da sua parte falar em limpeza étnica, está havendo uma guerra contra um grupo terrorista, mas quem está pagando com a vida são civis inocentes, nada justifica isso. Mas não tem nada haver com limpeza étinca, nem um holocausto 2.[/quote']

Exagerei um pouco, mas acho estranho eles atacarem uma vila onde só haviam inocentes e ninguem (leia-se EUA e ONU) fazer nada.

Link to comment
Share on other sites

no meio daquele bololô que é o oriente médio, é de extremo interesse para eua, onu, etc. que tenha israel, um país fundamentado na cultura ocidental no meio de tantos orientais. é quase como um país espião. a terra prometida deles é cercada por todos os lados de desafetos. brilhante idéia a criação de israel. agora eles se metem em briga com grupos terroristas e usam como desculpa pra gastar o arsenal da 2ª maior potência bélica do mundo.

o pior é que tem caras como yitzhak rabin, que tentam assinar um tratado de paz e... levam chumbo de um judeu extremista.

não acho que os judeus devam pagar como os nazistas pagaram. acho inclusive, que a alemanha pagou muito mais do que ela mereceu, em virtude de muitos coitadinhos por aí.

mas pior que tudo, é a situação de árabes negarem o holocausto, pelo fato dos outros apelarem pra ele como qualquer desculpa. é deprimente.

Link to comment
Share on other sites

 

Sim. Defensores que me perdoem' date=' mas foi uma das grandes merdas do século XX a criação do Estado de Israel. Ressurgido o anti-semitismo, os judeus fizeram a estupidez de criar um Estado só para eles. E que lugar melhor que o Oriente Médio pra escolher hein smiley36.gifsmiley18.gif?

[/quote']

 

É depois se fazem de coitados...smiley19.gif 

Eu concordo .

Por quê os judeus tem um país para si e  os hare-krishna não ?

Não demora muito o bispo Macedo vai querer um também .

 

e por q nau poderiam?? a igreja católica tem o vaticano...

Link to comment
Share on other sites

se nao tem nada a ver diretamente porque vc tá sugerindo que a guerra é causada pelas religioes?

Eliminar religião não seria nem tapar sol com peneira' date=' nem cortar o mal pelo raiz; visto que o que causa os conflitos não é a religião, e sim a intolerância.

[/quote']

fomentada pelas religiões

As religiões (a judaica e a cristã, especificamente), por si só, não fomentam intolerância...

não??? depois do joão paulo segundo (q depois do meu avô, é o católico q eu mais respeito no mundo) ter pedido desculpas pela morte das "bruxas" na idade média, um cretino la da india, diz q paga naum sei quantu pra quem matar o Dan Brow por conta daquele livro, q convenhamos, é maneiro mas tb naum é lá essas coisas...

Diga onde na Bíblia está a justificativa dos atos praticados pela Igreja Católica e pelos intolerantes? Se vc conseguir responder essa ao invés de vomitar asneiras como é o seu costume, aí eu considero a possibilidade de acreditar que são as religiões (e não aqueles que se utilizam delas) que fomentam intolerância. 

Link to comment
Share on other sites

Travis' date=' acho exagerado da sua parte falar em limpeza étnica, está havendo uma guerra contra um grupo terrorista, mas quem está pagando com a vida são civis inocentes, nada justifica isso. Mas não tem nada haver com limpeza étinca, nem um holocausto 2.[/quote']

Independentemente da intenção de Israel (lutar contra terroristas), temos que nos ater aos fatos: quase 1000 mortos... desses, quantos são terroristas?

Link to comment
Share on other sites

Não é esse o cerne da questão' date=' LEospider. Catequisação é um ato de desrespeito? Depende do ponto de vista e da forma como se faz. Se o padre dá a opção de recusar a catequisação, não é desrespeito.

As religiões (a judaica e a cristã, especificamente), por si só, não fomentam intolerância...


Eu tenho umas ressalvas... A guerra na Irlanda é um exemplo de conflito interno cristão, católicos vs protestantes.

Eu tenho uma parte da família protestante. Conheço muitos deles e posso dizer que a única religião que eles se criticam publicamente é o catolicismo.

Por outro lado, tenho família católica. Os mais fervorosos ficaram extremamente satisfeitos com o que "A Paixão de Cristo" diz sobre os judeus. Cheguei até a questionar isso com uma pessoa, se o filme não era muito duro, podendo até a ser anti-semita. A resposta que eu obtive é "o filme mostra exatamente o que aconteceu". Não que a resposta tenha soado anti-semita, mas foi muito breve...

Não que necessariamente o cristianismo e o judaísmo sejam intolerantes, mas acho errado relegar esse posto exclusivamente aos muçulmanos...

Por isso que eu digo que a intolerância é obra de pessoas que se utilizam da religião (qualquer que seja ela) para justificar seus atos... As religiões, por si só, nada tem a ver com isso...

Católicos criticam evangélicos; evangélicos criticam católicos... Ambos acreditam num mesmo Deus, num mesmo Salvador... a diferença é a perspectiva com que cada um olha para a sua crença.

P.S.: pergunte para aquele católico que baba por A Paixão de Cristo dizendo que o filme foi fiel e tal, onde está, na Bíblia, a parte que enfiaram uma bolhadeira em Jesus ou onde está escrito que o braço dele foi quebrado para que conseguissem pregá-lo na cruz ou ainda onde está escrito que um corvo comeu o olho de um dos bandidos pregados à cruz?

Link to comment
Share on other sites

se nao tem nada a ver diretamente porque vc tá sugerindo que a guerra é causada pelas religioes?

Eliminar religião não seria nem tapar sol com peneira' date=' nem cortar o mal pelo raiz; visto que o que causa os conflitos não é a religião, e sim a intolerância.

[/quote']

fomentada pelas religiões

As religiões (a judaica e a cristã, especificamente), por si só, não fomentam intolerância...

não??? depois do joão paulo segundo (q depois do meu avô, é o católico q eu mais respeito no mundo) ter pedido desculpas pela morte das "bruxas" na idade média, um cretino la da india, diz q paga naum sei quantu pra quem matar o Dan Brow por conta daquele livro, q convenhamos, é maneiro mas tb naum é lá essas coisas...

Diga onde na Bíblia está a justificativa dos atos praticados pela Igreja Católica e pelos intolerantes? Se vc conseguir responder essa ao invés de vomitar asneiras como é o seu costume, aí eu considero a possibilidade de acreditar que são as religiões (e não aqueles que se utilizam delas) que fomentam intolerância. 

vou te dizer:

                                        1. Não terás outros deuses diante de mim.
                                    
                                        2. Não farás para ti imagem esculpida de nada que
                                         se assemelhe ao que existe lá em cima, nos céus,
                                         ou embaixo, na terra, ou nas águas que estão
                                         debaixo da terra.

                                       3. Não pronunciarás o Santo nome de Deus em vão.

                                       4. Lembra-te do dia de sábado, para santificá-lo.

                                       5. Honrarás pai e mãe.

                                       6. Não matarás.

                                       7. Não cometerás adultério.

                                       8. Não roubarás.

                                       9. Não apresentarás falso testemunho  contra o
                                           teu próximo.

                                     10. Não cobiçarás a casa do teu próximo, não
                                           cobiçarás a sua mulher, nem o seu escravo,
                                           nem a sua escrava, nem o seu boi, nem o seu
                                           jumento, nem coisa alguma que pertença a
                                           teu próximo.

eles acreditavam e seguiam tão a risca os mandamentos 01, 09 e a 10 q esqueciam a mais importante a numero 06.

vomitei bonito agora babaca???smiley11.gif

Link to comment
Share on other sites

Onde está escrito nos dez mandamentos que fomenta intolerância? Os dois mandamentos CONDENAM a inquisição. O que ela te perguntou é: está escrito algo que justifique a INQUISIÇÃO?

Aliás, está escrito na bíblia sim algo que condena bruxaria, mas não sei o versículo-livro-autor. Mas o meio de interpretar as bruxarias que era estúpido. Estúpido não, era uma vergonha. Exemplo: verruga.

rubysun2006-8-1 15:41:27
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...