Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
Big One

O Homem Duplo

Recommended Posts

O filme já estreiou nos EUA, está previsto para estreiar aqui em agosto/06, e como não tinha nenhum tópico deste filme, que parece ser bem interessante, resolvi abrir um. Primeiro por ser uma adaptação de um livro de Philip K. Dick, o mesmo autor de Blade Runner, Vingador do Futuro e Minority Report, segundo pela técnica utilizada na confecção das cenas, onde primeiro foram gravadas as cenas com os atores e depois as cenas passaram por um processo de animação, o resultado é incrível, conferiu um realismo aos movimentos, e terceiro o elenco, Keanu Reeves, Robert Downey Jr., Woody Harrelson e Winona Ryder.

O CeC News divulgou que foi disponibilizado os 24 minutos inciais do filme.

Sinopse:  Usando técnicas de animação parecidas com Waking Life, este é o novo projeto do mesmo diretor, Richard Linklater. Situado em um mundo futurista, no qual os EUA definitivamente perdeu a guerra contra as drogas, um policial disfarçado (voz de Keanu Reeves) é um dos muitos agentes viciados na popular droga Substância D que, dentre muitas outras coisas, causa dupla personalidade nos usuários.

Estréia: 7 de Julho de 2006 (EUA); Agosto de 2006 (Brasil)

Trailers do filme.


scannerdarkly_01.jpg

scannerdarkly_31.jpg

scannerdarkly_30.jpg

scannerdarkly_02.jpg

Poster:

362834-6215-in.jpg


Bruno Carvalho2007-02-25 16:58:00

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu adorei o trailer, e que bom que a Winona tá voltando, eu gosto dela como atriz, merece uma outra chance. Mas é Ironico mesmo, O robert Downey Jr ta aí tb smiley36.gif

p.s : Tá fazendo bastante sucesso lá fora, deve vir pra ca.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Sim, a bilheteria está bem baixa, mas é uma produção da Warner Independent, que significa baixo orçamento, saiu em circuito limitado, estreiou semana passada em apenas 17 salas e agora está em 216.

 

 

BOX OFFICE HISTORY
Week Rank Wkd. Gross Theaters Per Theater Cumulative
Week #1 19 $391,672 17 $23,040 $391,672
Week #2 10 $1,185,000 216 $5,486 $1,787,000

 

 

 

No Rotten está a 61%, as críticas não estão muito boas não.

 

 

Reviews Counted: 112

 

Fresh: 68 Rotten: 44

 

Average Rating: 6.5/10

Big One2006-7-16 22:30:52

Share this post


Link to post
Share on other sites

O filme estreou semana passada em apenas 17 cinemas e nesse final de semana expandiu para 216, já entrando no Top Ten. Isso sem contar que é um filme de censura 18 anos, baseado na mais depressiva obra de Phillip K Dick, com um orçamento de apenas 8 milhões.

E em relação às críticas, mesmo as negativas são quase unânimes em relação à atuação do elenco e visual do filme. Alguns criticos tiveram problemas com a lentidao com que se desenvolve, ou com a paranóia da história, mas é um filme absolutamente fiel ao livro. Por isso é que nao gosto de tirar o Rotten Tomatoes como base para as criticas, muitas delas nem sao absolutamente negativas e ganhan um rotten por la. O Metacritic é muito melhor para avaliação (e la Scanner tem 73% positivo), sem contar que a media do filme no IMDB e mesmo do publico no RT é altissima.

Metacritic - A Scanner Darkly

Sem duvida o mais criativo e provocador filme de 2006, basta ver os 24 minutos que estão online.  Se pensarmos que muita gente pensa em Phillip K Dick e já acha que é filme de ação o tempo todo, como Minority Report ou Paycheck e que a audiencia americana odeia ter que "raciocinar" durante um filme, e Scanner basicamente é um filme que exige isso, vai ser um milagre se fizer muito dinheiro. A isso podemos creditar a curiosidade pelo visual e pelo elenco, por que se ndo o livro tão dark e paranóico, duvido que muita gente estaria indo ver se nao fosse por esses dois motivos. Definitivamente nao é um filme para as massas, mas parece que está caindo no gosto de muita gente, mesmo no de não fãs do livro ou de PKD. 


scanner_cannes.jpg

 

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Legal este seu comentário Ocean, este filme promete mesmo, só o Rotten me deixou com um pé atrás, mas não dá pra levar em consideração antes de ver o filme. Eu estava curioso para saber do orçamento, foram só $8 milhões? Inacreditável, em termos de Hollywood isso é uma ninharia mesmo, eu sabia que era baixo, mas foi ainda menos do que eu esperava.

 

Eu li alguns criticos reclamando de que para assistir á um filme sobre drogas, não é preciso se sentir como um, o filme deve ter umas alucinações visuais. Ainda não vi os tais 24 minutos.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Foram pouco mais de 8 milhões mesmo. No artigo da revista Wired fala-se em 8,7 milhões, muito pouco. O primeiro a se juntar ao elenco foi o Keanu, o que atraiu os outros. Todos os atores trabalharam por escala, ganharam apenas o mínimo que o SAG exige, em locações pra lá de precárias em Austin. Keanu disse em uma entrevista que se a casa de Arctor é um horror com a animação, melhor que ninguém nem a visse de verdade.  

O filme também está sendo exibido em poucos cinemas e mesmo com a expansão nao deve atingir muitos não. Tommy Pallota, um dos produtores, disse um tempo atrás que eles estimavam chegar a pelo menos 800 salas nos EUA. Então não se pode esperar um super faturamento. Isso, obviamente, por que eles sabem que o filme não é material para lotar cinema com adolescentes. E lendo os boards no IMDB e no Yahoo a gente vê bem por que. Ou é post tipo Odiei ou então Amei. Nao tem meio termo.

Quanto às críticas, bem, é tudo tão subjetivo. Não é todo mundo que gosta de PKD puro, or então do efeito de rotoscopia pelo qual Linklater optou. Ele disse que decidiu usar o efeito desde o início por na verdade nós estarmos vendo os eventos pela ótica de Bob Arctor (Keanu), e sabemos que Arctor tem uma visão totalmente distorcida da realidade devido ao uso de drogas, então ele queria passar essa sensação de flutuação, de suspensão da realidade através da rotoscopia. Sem contar a "scramble suit" que o personagem de Keanu usa no filme. Linklater fez exatamente como Dick descrevia no livro e fico aqui imaginando o tanto de grana que eles iriam ter que investir para criar aquilo em CGI, o que impossibilitaria Linklater executar o tipo de filme com orçamento baixo que ele queria, livre das exigências de um grande estúdio. Tanto que ele manteve o final exatamente fiél ao livro, o que (pode-se comparar com o final de Requiem for a Dream), deixa um gosto bem amargo no espectador.

Eu vi os 24 minutos iniciais, e é genial. Ah! O site do NY Times também tem um slideshow bem legal, narrado pelo próprio Linklater, explicando o processo de animação. Está no link abaixo.

http://movies2.nytimes.com/2006/07/07/movies/07scan.html

scanner_anime01.jpg


 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nossa, você está super bem informado mesmo. O que seria rotoscópia? Vc tem razão, se não fosse animação, seria muito caro, efeitos, cenário, locação, e como vc disse, o final seria mais ao gosto para agradar á todos.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então... sou fã fo Keanu e também já li o livro,  tenho acompanhado esse projeto desde 2004, quando foi filmado. O filme foi todo rodado com câmeras digitais, editado e enviado pronto para a equipe de animadores. Eles utilizaram o software que facilita o trabalho de Rotoscopia, que é uma espécie de pintura sobre cada frame do filme. Esse software permite que os artistas pintem menos frames e então automaticamente faz a ligação entre eles.  Acho que o máximo que eles tiveram trabalhando ao mesmo tempo foram 50 animadores. Eram 5 equipes, uma delas toda dedicada somente para a scramble suit. Em algumas entrevistas eles disseram que foram necessárias 500 horas de trabalho para cada minuto de filme.

Nos sites do NY Daily News e da revista Wired   tem ótima informação sobre a animação, bem como o site oficial dos artistas que fizeram parte das equipes (ascannerdarklyartists). Muito interessante. Sem contar o Site Oficial do filme, que é uma verdadeira viagem.

scanner_wiredlarge.jpg

scanner_wiredint.jpg

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu tinha visitado o site oficial em busca de informaçõers  e é realmente uma viagem, muito bom.

 

Segue reportagem, nada de novo, mesmo porque o Ocean já falou tudo...heheh..mas é bom estarem comentando o filme com tanta antecedência por aqui.

Do UOL:

 

20/07/2006 - 19h12

 

Keanu Reeves e Winona Ryder voltam em animação para adultos


ico_assistir.gif Veja o programa "Em Cartaz" em vídeo

 


Da Redação

 


Keanu Reeves, Winona Ryder e

Robert Downey Jr. estão reunidos na ficção científica "A Scanner

Darkly", novo filme do diretor Richard Linklater, que também pode ser

descrito como uma animação para adultos. O longa foi destaque no

programa "Em Cartaz" desta quinta-feira.

 

O jornalista Marcelo

Negromonte, editor de UOL Cinema, explicou como Linklater transformou

as cenas gravadas da atuação dos atores em uma sofisticada animação.

"Foi usada uma técnica bastante meticulosa chamada rotoscopia. Com ela,

as imagens dos atores ganham cores e efeitos."

 

Segundo

Negromonte, as filmagens demoraram seis meses, mas foi necessário um

ano e meio para fazer a animação, mesmo contando com a ajuda de um

programa de computador. "Cada minuto levou 500 horas para ser

concluído".

 

"A Scanner Darkly", que ainda não tem título para o

Brasil, se passa na Califórnia, num futuro próximo. Keanu Reeves faz um

policial em Orange County, onde a batalha contra o narcotráfico foi

perdida. Ele é recrutado para monitorar um traficante consumidor de uma

substância que provoca esquizofrenia e desenvolve múltiplas

personalidades em quem a ingere. Detalhe: o perseguido traficante é, na

verdade, alter-ego do policial.

 

O filme estreou no começo do mês

nos Estados Unidos, mas ainda não tem data prevista para chegar aos

cinemas brasileiros. No bate-papo com os internautas, Negromonte

comentou mais sobre a atração (leia as perguntas e respostas).

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Saiu hoje uma notícia que fala do PDK na Folha. Infelizmente, A Scanner Darkly virá direto pro DVD.

Não consegui pegar pro ctrl c ctrl v, mas aqui está o trecho:

"(...) O novo filme é "A Scanner Darkly", dirigido por Richard Linklater ("Antes do Amanhcer", "Escola de Rock") e estrelado por Keanu Reeves, Winona Ryder, Woody Harrelson e Robert Downey Jr. Ainda sem previsão de estréia no Brasil, deverá ser lançado diretamente em DVD, sem projeções na tela grande.(...)".

FONTE: Folha de São Paulo - Caderno Ilustrada

Meus comentários: P`*&%fdcvgfn caraj¨#&¨*%

Grato.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Poutz, que saco isso.

Justiceiro quando vi que ia vir direto em DVD eu baixei..Não estou afim de fazer isso com esse filme, que saco..

 

 

mdg2006-8-26 1:40:27

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse filme receberá o título de "O Homem Duplo" aqui no Brasil e é uma pena que seja lançado diretamente em DVD, apesar que ainda não entendo qual é o do Richard fazer um filme utilizando esse filtro de animação "em cima" do filme propriamente dito ... preciso conferir ( Não vi "Walking Life" ), mas espero que se justifique.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só agora vi que o KMF também escreveu uma crítica. Ele gostou.

 

Scanner Darkly, A

Quatro estrelas

ESTADOS ALTERADOS

Por
Kleber Mendonça Filho
Quarta, 24 de Maio 2006

Outra estréia mundial hoje foi o muito interessante A Scanner Darkly, de Richard Linklater, que passou na mostra paralela Un Certain Regard. É o segundo filme de Linklater em Cannes, o outro passou há uma semana na competição, Fast Food Nation. É material certo para culto esse filme, que expande a estética de animação vista em Waking Life (2001), longa experimental sobre filosofia e imagens que deixou muita gente coçando a cabeça, e outros encantados com a experiência.

Desta vez, não há a sensação de fluxo contínuo de pensamento do primeiro filme, mas uma adaptação do livro de Philip K. Dick, um dos autores de ficção científica mais festejados pelo cinema (Blade Runner, Minority Report, Total Recall). Fascinado com o cérebro, a memória e a percepção cognitiva, Dick (falecido em 82) aborda a manipulação desses elementos com idéias fascinantes que, a cada ano, soam mais e mais críveis com o avanço da tecnologia e a maneira como a tentamos entendê-la.

Situado "daqui a sete anos" na Califórnia, temos Bob (Keanu Reeves, finalmente como um rascunho artístico dele mesmo) é um policial que luta na guerra dos EUA contra as drogas. Instala um scanner especial na própria casa para vigiar os amigos drogaditos James (Robert Downey Jr, logo quem), Ernie (Woody Harrelson, logo quem), Donna (Winona Ryder, logo quem) e Charles(Rory Cochrane). A platéia descobre junto com ele que a sua percepção da realidade está seriamente comprometida pelo seu próprio uso de drogas.

Fique ligado num filme onde há desorientação linguística do personagem lhe deixa em estado de alerta, e onde o nosso herói é vítima de um cabo de guerra entre o lado direito e o lado esquerdo do seu cérebro, vivendo, literalmente, numa camada mais baixa da realidade, algo que o visual anormal da animação acrescenta perfeita sintonia.

A Scanner Darkly e Bug, de William Friedkin, exibido na Quinzena dos Realizadores, fazem a sessão dupla soberba sobre os estados alterados da mente humana, sejam eles alimentados pela loucura, ou pela dependência química. Bem interessante, muito embora a Warner deva esperar públicos restritos. Acompanhar os diálogos (sempre vivos e repletos de referências e informações instigantes) não é para pipoqueiro desavisado.

Filme visto na Sala Bazin, Cannes, Maio de 2006

Share this post


Link to post
Share on other sites

To tentando ver, mas as legendas do meu alternativo tão muito mal traduzidas, o q complica ainda mais o entendimento, mas to achando + ou - até agora...parece ser menos viajante do q Waking Life, q é show de bola.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu não sei o que dizer do filme.

já se passaram 2 semanas que eu vi e não tenho opinião.

sobre a história, claro, porque graficamente ele é foda. só deve em não melhorar a expressão facil do keanu.

começa um pouco confuso, vc é jogado na vida dele e só depois de 20 minutos é que entendemos a situação.

eu não sei se é filosófico, se é de ação, policial...

 

mas o melhor do filme é o personagem viciado e paranóico. as alucinações são as melhores. melhor parte do filme fica para a tentativa de suicídio.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...