Jump to content
Forum Cinema em Cena

Oscar 2017: Previsões


SergioB.
 Share

Recommended Posts

     Veneza:

 

31st August: La La Land

1st September: The Light Between Oceans
1st September: Arrival

2nd September: Nocturnal Animals

4th September: Hacksaw Ridge

7th September: Jackie
7th September: The Journey

10th September: The Magnificent Seven

 

Não sei se vocês viram mas a Romênia escolheu  "Sieranevada" do Puiu, em vez de "Graduation" do Mungiu - este premiado em Cannes.

 

Passado com comentários de que "Toni Eardmann" é um deleite tão grande para as plateias quanto "Crounching Tiger, Hidden Dragon"!

 

Passado com comparações entre o trabalho de Michelle Williams em "Manchester By The Sea" e Beatrice Straight em "Network". Acrescentam que a última cena dela, ao final, é, tipo, de arrancar a tampa da cabeça de tão maravilhosa. Parece que Roteiro Original também já tem dono.

 

Passado com certos comentários de que Tom Hanks está melhor em "Sully" do que em Captain Phillips". IMO: A parte final de Captain Phillips é das melhores coisas que o Hanks já fez na vida.

Link to comment
Share on other sites

La La Land - Reactions


 


Peter Bradshaw: Wonderfully sweet, sad, smart – and Emma Stone has never been better.


 


CineVue: the fizziness, most achingly romantic of movies. Chazelle does for musicals what Tarantino did for guns.


 


Kate Muir: Loved Gosling & Stone in La La Land: heavenly and earthily comic musical.


 


Nicholas Barber: Chazelle’s romantic tribute to old movies and jazz; La La Land is as sweet, sumptuous and colourful as an ice cream sundae.


 


The Studio Exec: La La Land made me cry with joy. I’m in love with Gosling and Stone.


 


Jason Solomons: I think La La Land might just be my new favourite movie. Utterly adorable, enchanting and so very cool.


 


Robbie Collin: I’m honestly crying with happiness. That film no one makes any more? Damien Chazelle just made it.


 


Jessica Kiang: Unreservedly adored La La Land. A film of such unalloyed pleasures it might yet rescue 2016.


 


David Ehrlich: La La Land is sensational. Jacques Demy for the digital age, Singin’ In The Rain for the gap between romance and reality. 1st shot = all timer.


 


Guy Lodge: So precious it’s *actually* precious: LA Valentine via Cherbourg and New York, New York. Iridescent design, tinderbox stars. We’re talking peak Gosling dreamboatiness here. Thank you, Mary Zophres.


 


Eric Kohn: It’s not on the same level as the great musicals that inspired it, but La La Land is pretty fun.


 


Por enquanto, acima dos 91% de apreciação.


 


"Arrival" , comentários mistos.


Link to comment
Share on other sites

 

Alguém sabe se Aquarius está participando do festival de Veneza? Se não, por qual motivo?

 

 Neste ano, da América do Sul, só argentinos e chilenos. Ultimamente, Veneza anda de costas para o Brasil. "Aquarius" será exibido em Nova York, cara! Boa plataforma para a Sônia. Tá duro é ler toda crítica do filme relacionada a Dilma e Temer. Neste final de semana, será um saco ir ao cinema, e, de quebra, ganhar de brinde palavras de ordem à la anos 1960. Tem gente que daqui a pouco vai protestar contra a Guerra do Vietnã. 

Link to comment
Share on other sites

Vocês viram "Everybody wants Some!!"? Desenho de Produção e Figurino estupendos. Quanto ao Linklater... ele sabe tudo de cinema! Divertido, inteligente, legal, natural! O texto dele nunca parece formulado, é sempre novo aos ouvidos, nunca é para impressionar, para criar comoção, é de um realismo que serve muito ao cinema. Elernco incrivelmente coeso, excelentes todos ( e ainda tem a nova namorada do Mason de Boyhood - Jessi Mechler!) E no final, o básico, o simples, a real: Ninguém quer jamais sair da faculdade. Pois a faculdade significa amizade, novas experiências, descobertas, aprendizado, risco, juventude.

Link to comment
Share on other sites

Arrival - Reactions


 


Robbie Collin: Words fail me. Timely, riveting, dizzying sci-if parable, on the intermeshing of language and life


 


Nicholas Barber: Villeneuve’s sci-fi parable blows the mind and wrings the heart.


 


Jason (@MichaelNotCera): Arrival centres wholly on Adams’ shoulders. A knockout performance showcasing her smarts, capability and sorrow.


 


Peter Bradshaw: dreamy, freaky, audacious, with a big Shyamlan-esque reveal. Very entertaining


 


Time Out London: heavy on the meaningfuls, but it’s schlock really. Sometimes arresting, often dull.


 


Marlow Stern: I liked parts of Arrival, and Amy Adams is great… But I am a bit bothered by how much it borrows from Inception/Tree of Life.


 


Rich Cline: almost literally mind-bending in what it suggests about humanity. Unmissable.


 


Tommaso Tocci: fantastic well beyond its Nolan-esque concept. Hyper elegant design, typically excellent tone/tension from Villeneuve.


 


John Bleasdale: grounded smart sci-fi. Villeneuve continues a winning streak. This time with aliens and Amy Adams.


 


Lieven Trio: it’s like Independence Day for people with brains. Minimalistic sci-fi fable about acceptance. Villeneuve is truly a modern master.


 


Beatrice Behn: great to watch. Not as smart as it thinks but wonderfully naive, curious and hopeful.


Link to comment
Share on other sites

Telluride – Sully- Reactions


 


Eric Kohn: Obvious and sincere, but that famous landing really delivers (again and again).


 


Tomris Laffly: fragmented to a fault. Flight scenes well-done, but devoid of drama. Not enough story here. Kills me, but not a fan.


 


Gregory Ellwood: Sully is very good. Best Clint Eastwood movie in a while. Tom Hanks fringe Best Actor player.


 


Chris Nashawaty: Sully is good, Hanks as Sully is VERY good.


 


Baz Bamigboye: Wow. Tom Hanks at the top of his game. There’s no baggage it just tells an amazing tale of heroic acts.


 


Scott Feinberg: Tom Hanks gives a powerful performance.


 


Robert Abele: quietly powerful. The visual effects are first rate. Aaron Eckhart delivers his best performance in years


Link to comment
Share on other sites

Telluride – Moonlight - Reactions


 


Benjamin Lee: Moonlight just totally floored me. It’s one of the most beautifully made films about being a gay man that I’ve ever seen.


 


Richard Lawson: Moonlight has a third act that’s as exquisitely observed, filmed and acted as anything in years. Stunning.


 


Jason Park: Moonlight is so exquisite and beautifully poetic. What an astounding piece of cinema.


 


Jason (@MichaelNotCera): the notion of identity and its internal poetic chaos captured like never before. Digs deep with a powerful sense of place and time.


 


Patrick (@cotardelusion): Moonlight is a knockout. A delicate coming of age story with tremendous performances from top to bottom. What a treat.


 


Alex Billington: An exceptional work of cinematic beauty, telling a vital story of humanity. Triptych storytelling done right, immensely moving. Every last performance is phenomenal. The score is touching; Jenkins’ choices for every scene are careful and refined. Just wow.


 


David Ehrlich: Moonlight is *MAGNIFICENT*. A specific but utterly symphonic portrait of masculinity in the modern world. Every shot is seared into my brain.

Link to comment
Share on other sites

Finalmente, um ano forte para Atriz. 

 

Amy Adams colhendo muitos elogios por "Nocturnal Animals", assim como o filme em si. Viola, Adams, Stone...

 

Desde que li o livro, já sabia que "The Light Between Oceans" seria "acusado" de sentimentaloide. Mas quem entendeu a questão do melodrama pareceu ter gostado do filme. Muitos elogios à Fotografia e aos atores. Menos elogios do que eu esperava para a trilha sonora do Desplat (ele nem de longe é o meu compositor favorito no cinema, embora seja um "queridinho" geral).

 

Críticas excelentes para o novo Ozon. \ V /

 

Mas quem arrasou mesmo foi o "Moonlight". 

Link to comment
Share on other sites

Bom pra Stone. Eu jurava que a Margherita Buy ia ganhar, por que, afinal, ela sempre ganha tudo na Itália. Na verdade, ela merece prêmios só por existir e por ter feito o maravilhoso "Um amor quase perfeito".

 

"Nocturnal Animals" levou o Grande Prêmio do Júri, mostrando que Tom Ford tem mesmo banca por lá.

 

Amat Escalante, Leão de Prata de Melhor Direção. Já havia levado Direção em Cannes antes por "Heli".

Link to comment
Share on other sites

Ah, vai se f****

 

Aquarius fora da disputa.... :/

 

Diretor de 'Aquarius' liga escolha para o Oscar à 'realidade política' do país Para Kleber Mendonça Filho, decisão do MinC é 'coerente' e 'já esperada'.
'Pequeno segredo' foi selecionado para tentar vaga brasileira na premiação. (...)

 

http://g1.globo.com/pop-arte/cinema/noticia/2016/09/diretor-de-aquarius-liga-escolha-para-o-oscar-realidade-politica-do-pais.html

Link to comment
Share on other sites

 Nunca ouvi falar desse escolhido aí.

 

A confusão já estava dada. Há meses escrevi aqui mesmo acerca disso. Agora acho engraçado o Kleber reclamar da politização da decisão, quando ele, de per si,  politizou a carreira do filme desde o início. Nenhuma das politizações resultou em benefício no que tange à corrida do Oscar.  Mais uma vez o Brasil mete os pés pelas mãos.

Link to comment
Share on other sites

Então fica combinado que cinema e idealismo não se misturam, e vamos fechar os olhos pra um puta filme que ta sendo premiado internacionalmente pq ele "mereceu" essa represália? Independente de filiação político-partidária Cinema tem que ser impessoal, isento,alheio, refratário ....?

 

Enfim. Eu prefiro achar que quando os artistas precisam se manifestar sobre política é pq a porra desandou. E uma coisa não justifica a outra, tudo não é preto no branco, não existe essa história de "eles bem que acharam que iam sair impunes" "agora eles vão aguentar a consequências", etc... não há argumento que se sustente pra justificar/legitimar essa preterição ridícula.

 

 

Esse "pequenos segredos" é o que mesmo? mais uma contribuição pra deixar o Brasil parado em 1998 quando central do Brasil conseguiu figurar como indicado durante um longo jejum; em deixar tudo convenientemente como está; outro 7x1.

Link to comment
Share on other sites

Calvin, não sei se você dialogava com o meu post anterior, mas só para deixar bem claro: acho que idealismo e cinema podem coexistir, apenas escrevi o óbvio ululante de que a politização atrapalharia o Brasil na corrida pelo Oscar. Não importando as razões subjacentes, o fato é: Nosso filme de maior repercussão internacional, possivelmente a melhor escolha, não entra na disputa.  É preterido por um filme não exibido, que o povo brasileiro não teve nem a chance de torcer por ele. Essa regra aí devia mudar. Enquanto isso, "Tony Erdmann" é exaltado lá fora, alguns críticos dizendo que é o melhor filme do ano ou da década ( Sasha Stone detestou).

 

Chama a atenção a composição do órgão contar com muitas pessoas reconhecidamente ditas "de esquerda". Talvez seja um novo modelo de golpe. Cineastas de esquerda contra cineastas de esquerda.

Link to comment
Share on other sites

Calvin, não sei se você dialogava com o meu post anterior, mas só para deixar bem claro: acho que idealismo e cinema podem coexistir, apenas escrevi o óbvio ululante de que a politização atrapalharia o Brasil na corrida pelo Oscar. 

 

Subscrevo, meu caro! hahhaha foi só uma reflexão mesmo.Me causou uma grande surpresa ... e não vi nenhuma reação, fiquei putasso e vejo todos Ok, segue o jogo, nada demais (na internet em geral) haahhaha - O forum hj se comenta mais series do que cinema, nada contra, mas já teve uma época que esse espaço era efervescente, ai fiz esse coment só pra constar mesmo pq tava engasgado. 

 

Sou um grande fã do cinema de KMF, e entusiasta do Oscar então alimentei a ilusão de que o filme ia chegar lá com toda o reconhecimento que o filme vem tomando e tudo mais.  Mas ainda estamos lá em 1998 ainda. Mas servirá para que o BR produza mais filmes. O tempo há de mudar isso. 

Link to comment
Share on other sites

Enquanto isso, "Tony Erdmann" é exaltado lá fora, alguns críticos dizendo que é o melhor filme do ano ou da década ( Sasha Stone detestou).

 

 

Não ouvi falar desse ainda não! O imdb classificou como "comedy, drama". humm... acho dificil essa combinação hahahaha

Vou ficar de olho nesse aí.

O que eu tou curioso pra ver é Manchester by the Sea, que ta sendo comentado pela atuação de Casey Affleck (???)

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...