Jump to content
Forum Cinema em Cena

Recommended Posts

Menos... Melhor filme é osso, hein? Melhor ator RDJ?  Menos ainda.. Mesma coisa quando tentaram emplacar algum premio com o Panteroso e sua lacracao político correta. Se for indicado pra alguma categoria  técnica ok... mas se a moda pega de indicar blockbusters de alta bilheteria já já rola o nome Velozes & Furiosos nesse balaio..🤣

 

Disney faz campanha para Vingadores: Ultimato no Oscar 2020 – mas merece?
Estamos entrando no outono americano, e isso significa algo importante para a indústria de Hollywood: a temporada de prêmios. E ainda que cerimônias como o Oscar demonstrem uma certa resistência a obras populares, filmes de quadrinhos têm cada vez mais se mostrando presentes na festa. No Oscar deste ano, Pantera Negra fez história ao ser o primeiro longa de super-heróis concorrendo na categoria de Melhor Filme, saindo bem representado também com três vitórias em categorias técnicas. Já tendo quebrado essa barreira, naturalmente a Marvel Studios e a Disney colocam as fichas em Vingadores: Ultimato, maior lançamento do estúdio (e também de todos os tempos) e uma das obras mais populares do ano. O estúdio deve pegar pesado na campanha, já que hoje mesmo o estúdio começou a marcar sessões especiais do filme para membros da Academia, no processo chamado de “For Your Consideration”, que visa ganhar o amor dos votantes. Está bem claro que a Disney vai perseguir duas categorias em especial: Melhor Filme e Melhor Ator Coadjuvante para Robert Downey Jr., que trouxe sua performance final (pelo menos até a estreia de Viúva Negra) como o herói Homem de Ferro, e conquistou o público pelo desfecho trágico e nobre de Tony Stark.

Não merece
Mas, sendo bem sincero, Vingadores: Ultimato não merece nenhuma dessas indicações. Downey Jr. sempre trouxe um ótimo trabalho com Tony Stark, mas se havia uma hora para lembrar de sua performance, era em 2008 com o primeiro filme. Mais de uma década depois, a magia não bate tão forte, por mais que o ator traga bons momentos dramáticos em sua performance derradeira. Sem falar que colocar Robert Downey Jr. como ator COADJUVANTE é uma grande trapaça; é literalmente o maior rosto no pôster e o primeiro nome na chamada dos créditos.
Quanto a Melhor Filme, temos ainda mais o que falar. Vingadores: Ultimato é sim um ótimo filme, extremamente divertido e que traz uma bela celebração dos 11 anos do MCU. Mas pensem nele como um filme isolado, sem o universo da Marvel a seu redor. É um longa que literalmente depende de seus anteriores, sendo também a “Parte 2” de uma história, e a Academia raramente lembra de continuações na categoria principal; geralmente indicando a franquia toda – como foi o caso de O Poderoso Chefão e O Senhor dos Anéis. A indicação de Pantera Negra faz muito mais sentido, não só pelo impacto cultural nos EUA, mas também por estarmos falando de uma história isolada.
O que certamente dará força à campanha de Ultimato é sua bilheteria, naturalmente. Antigos reis do pódio da bilheteria, Avatar e Titanic também foram indicados ao Oscar de Melhor Filme – com o segundo se tornando um dos campeões de vitórias por muitos anos. Será que o maior filme de todos os tempos passará sem uma indicação na categoria central? A Disney certamente tentará emplacar o filme ali.
Quanto a Melhor Direção e Roteiro Adaptado… Sem chance.

Categorias que o filme merece (e deve ser indicado)
Não que Ultimato não mereça sua parcela de indicações, algo que indubitavelmente vai acontecer em um setor técnico. Como Vingadores: Guerra Infinita foi lembrado em Melhores Efeitos Visuais, certamente podemos apostar na dobradinha de Ultimato aqui – e até venceria, não fosse a competição extremamente pesada do remake digital de O Rei Leão, um filme feito unicamente para ganhar essa categoria.
Aposto também que o filme será lembrado em Edição de Som e Mixagem de Som, categorias que a Academia gosta de entregar para filmes blockbusters bem-sucedidos – e Ultimato faz um bom trabalho nesse departamento. Uma área que tenho minhas dúvidas, mas não ficaria surpreso, é na Montagem, já que temos aqui um filme de 3 horas que construiu um ritmo sólido e empolgante – vale lembrar que a Academia já lembrou de filmes de ação como Batman: O Cavaleiro das Trevas e Star Wars: O Despertar da Força nessa categoria, mesmo sem estarem concorrendo à categoria principal.
Mas se há uma categoria que o filme realmente merece é Melhor Trilha Sonora. Alan Silvestri é um veterano, e trouxe um tema musical verdadeiramente icônico com Os Vingadores, e neste novo filme, ele é usado de forma impactante e que garante os melhores momentos do longa – a cena dos portais não teria metade de sua força sem a música sensacional de Silvestri.
Claro, só saberemos como a brincadeira vai terminar em janeiro de 2020, quando as indicações ao Oscar serem anunciadas. Você indicaria Vingadores: Ultimato ao maior prêmio do cinema?
 

Link to post
Share on other sites
  • Replies 1.4k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Na real esse papo do Moore surpreende pouco e o motivo é claro: ele não assiste. Se assistisse não falaria tanta bobagem. O Questão já apontou o discurso de alguns filmes mas nem precisava ir tão long

Eu entendo o posicionamento tanto do Moore, quanto do Scorcese, em que pese eu não concorde 100% com eles, por que ambos os comentários, são válidos, mas carecem de uma avaliação um pouco mais abrange

Sei que estou atrasadérrima pra falar sobre "Avengers: Endgame", mas, bicho... QUE FILME!!! ❤️  Sei que tem gente que não gostou, mas eu achei muito foda, sabe... O fim de uma era, uma homenagem fod

Posted Images

On 9/21/2019 at 3:10 AM, Jorge Soto said:


Quanto a Melhor Filme, temos ainda mais o que falar. Vingadores: Ultimato é sim um ótimo filme, extremamente divertido e que traz uma bela celebração dos 11 anos do MCU. Mas pensem nele como um filme isolado, sem o universo da Marvel a seu redor. É um longa que literalmente depende de seus anteriores, sendo também a “Parte 2” de uma história, e a Academia raramente lembra de continuações na categoria principal; geralmente indicando a franquia toda – como foi o caso de O Poderoso Chefão e O Senhor dos Anéis. A


 

Poderoso Chefão não ganhou pela 'franquia toda'. O primeiro foi ótimo, ganhou seu Oscar, o segundo foi ótimo também e levou, o terceiro, não foi tão bom, não levou nada. Cada filme ali ganhou seu Oscar merecido. Já SDA 3, sim, considero que levou pela "franquia toda", talvez por ser uma história dividida em 3 partes, então primeiro e segundo filme talvez sofreram em levar porque ainda estava em dúvida se a trilogia chegaria a alguma coisa no final. O terceiro fechou otimamente bem, então levou muita coisa pela "franquia toda" (acho que foi 11 Oscar, pelo que me lembro).

Ultimato poderia levar pelo "conjunto da obra", mas não creio que a Academia respeite os filmes anteriores do MCU para ele levar por isso. SDA já tinha 2 filmes respeitáveis antes do terceiro fechar tudo, já o MCU não creio que tenha esse respeito da Academia (que pouco indicou os filmes do MCU pra algo mais relevante fora da parte técnica).

Link to post
Share on other sites

😂

Thumbnail

 

Thor numa passeata contra o aquecimento global

legiao_p9PJ_5aisDARtTvfYMK6zn7xrkySNCOucZIoj2gbh8.jpg.jpeg

 

😂

 

 

FURO DE ROTEIRO EM “ULTIMATO” PODE TRAZER CAPITÃO AMÉRICA DE VOLTA NO FUTURO!

Em Vingadores: Ultimato nos despedimos de três grandes heróis do MCU: Viúva Negra, que se sacrificou para conquistar a Joia da Alma e salvar a vida de todo o universo; Homem de Ferro, que se sacrificou destruindo Thanos; E Capitão América que se aposentou depois de voltar no tempo e viver junto de Peggy Carter. Mas e se houvesse uma forma do Capitão voltar? O CB apontou que existe um furo de roteiro que permite o retorno de Steve Rogers, caso tanto o MCU quanto Chris Evans queiram isso, e tudo isso graças ao Professor Hulk.
Como lembramos, no começo do filme, quando Hulk ainda está trabalhando na viagem do tempo sem Tony Stark, vemos o Homem-Formiga tendo alguns imprevistos depois da primeira tentativa. Como posteriormente foi apontado pelo Homem de Ferro, o erro dos heróis estava sendo passar o tempo através do Homem-Formiga e não o contrário. O resultado disso foi envelhecer demais o herói, ou rejuvenescer ele demais. De acordo com o site, essa é justamente a forma que podemos ter o Capitão América de volta, caso a história necessite disso no futuro. Tudo que é preciso fazer é colocá-lo em uma jornada para que o tempo passe através dele, fazendo com que ele volte a ser jovem. Claro, parece pouco provável que isso realmente venha a acontecer no futuro, mas é uma possibilidade, graças a esse furo de roteiro.

 

Ué, mas onde ta esse furo?🙄
 

Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Jorge Soto said:

😂

Thumbnail

 

Thor numa passeata contra o aquecimento global

legiao_p9PJ_5aisDARtTvfYMK6zn7xrkySNCOucZIoj2gbh8.jpg.jpeg

 

😂

 

 

FURO DE ROTEIRO EM “ULTIMATO” PODE TRAZER CAPITÃO AMÉRICA DE VOLTA NO FUTURO!

Em Vingadores: Ultimato nos despedimos de três grandes heróis do MCU: Viúva Negra, que se sacrificou para conquistar a Joia da Alma e salvar a vida de todo o universo; Homem de Ferro, que se sacrificou destruindo Thanos; E Capitão América que se aposentou depois de voltar no tempo e viver junto de Peggy Carter. Mas e se houvesse uma forma do Capitão voltar? O CB apontou que existe um furo de roteiro que permite o retorno de Steve Rogers, caso tanto o MCU quanto Chris Evans queiram isso, e tudo isso graças ao Professor Hulk.
Como lembramos, no começo do filme, quando Hulk ainda está trabalhando na viagem do tempo sem Tony Stark, vemos o Homem-Formiga tendo alguns imprevistos depois da primeira tentativa. Como posteriormente foi apontado pelo Homem de Ferro, o erro dos heróis estava sendo passar o tempo através do Homem-Formiga e não o contrário. O resultado disso foi envelhecer demais o herói, ou rejuvenescer ele demais. De acordo com o site, essa é justamente a forma que podemos ter o Capitão América de volta, caso a história necessite disso no futuro. Tudo que é preciso fazer é colocá-lo em uma jornada para que o tempo passe através dele, fazendo com que ele volte a ser jovem. Claro, parece pouco provável que isso realmente venha a acontecer no futuro, mas é uma possibilidade, graças a esse furo de roteiro.

 

Ué, mas onde ta esse furo?🙄
 

é né... não é furo... faz parte do roteiro.... só isso.

Link to post
Share on other sites

Fã cria time de "Vingadores FC" no FIFA 20

Equipe conta até com o brasileiro Hulk

POR EQUIPE THE ENEMY23.09.2019 17H42

 

Com FIFA 20 já disponível por acesso antecipado via EA Access, Origin Access ou edições especiais, jogadores já estão bolando equipes no modo Ultimate Team, tanto sérios como inusitados.

No reddit, por exemplo, o usuário Disloyal35 decidiu formar sua própria formação dos Vingadores nos gramados, utilizando nomes do futebol internacional.

f12k8ex0ijn31.jpg

Logicamente, o time de Maiores Heróis da Terra conta com o brasileiro Hulk na lateral direita, o meio-campo com o sueco Niklas Busch Thor e o finlandês Oliver Antman (Homem-Formiga).

Já a retaguarda conta com o goleiro Finley Iron jogando como zagueiro, ao lado do romeno Denis Man para formar o combo Iron Man.

No tópico do reddit, usuários sugeriram mais nomes para o Vingadores FC, incluindo outro Homem de Ferro na forma do alemão Niklas Stark, a lenda do Liverpool John Barnes (sobrenome do Soldado Invernal, Bucky Barnes) e o americano Tim Parker.

É importante notar que, pelo menos inicialmente, o time dos Vingadores tem uma péssima química entre eles - o que não é muito diferente de como a equipe das HQs e do cinema começou, para ser justo.

FIFA 20 será lançado oficialmente para todas as plataformas em 27 de setembro no PC, PS4 e Xbox One. Os Vingadores, por sua vez, contarão com seu próprio jogo em maio de 2020, desenvolvido pela Crystal Dynamics, de Tomb Raider.

 

Link to post
Share on other sites

 

Martin Scorsese critica filmes da Marvel: “Não é cinema”

POR

 LUCAS NASCIMENTO

 -

 03/10/2019

 
O Universo Cinematográfico da Marvel Studios é atualmente a maior franquia de Hollywood, sendo o ápice da popularização do cinema de quadrinhos. Naturalmente, isso causa polêmicas.
 

Durante uma entrevista com a Empire, o lendário cineasta Martin Scorsese, que atualmente promove seu épico de crime O Irlandês para a Netflix, trouxe uma declaração controversa ao revelar que não considera os filmes do MCU como cinema de verdade.
 

“Eu não os assisto. Eu tentei, sabe? Mas isso não é cinema. Sinceramente, o mais perto que eu consigo pensar sobre eles, por mais que sejam bem feitos, com os atores fazendo o melhor que podem sob essas circunstâncias, é parque temático. Não é o cinema de seres humanos tentando passar experiências psicológicas e emocionais para outro ser humana”, diz o cineasta

https://observatoriodocinema.bol.uol.com.br/filmes/2019/10/martin-scorsese-critica-filmes-da-marvel-nao-e-cinema

Link to post
Share on other sites

Da minha parte, não tenho que nem concordar e nem discordar dele, porque se ele não sentiu emoção com os filmes da MCU, tudo bem com isso, ninguém é obrigado. Eu só não curto quando ficam nessa de  "isso aqui é filme e isso aqui não é" "isso aqui é cinema e isso ali não é". Acho meio elitista (desculpe), e ele meio que generalizou (sim, acho que generalizou, desculpe de novo). Pra mim, é filme bom, ou filme ruim, filme que te passa algo e filme que não.

Mas essa é minha visão da coisa. Enfim e fim.

Link to post
Share on other sites

Concordo plenamente e ja tinha dito isto . Marvel não é cinema, marvel é "cinesérie" e brincadeira para crianças de 5 anos.

Isso que ele falou que os atores do MCU não conseguem passar emoções..é exatamente isto. Devido ao excesso de CGI e zueira dos roteiros , o máximo que eles conseguem fazer é "divertir" o espectador como o humorista Robert Downey Junior que faz hilárias caras e bocas para entreter o público. Agora, nos momentos dramáticos não convence nem criança, morreu meio universo, porém todos sabem que vão voltar...morre Ironman mas todos sabem que vão voltar...ai o ator não consegue passar emoção

Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Jailcante said:

Postei e saí correndo:

Martin Scorsese critica filmes da Marvel: “Não é cinema”

 
“Eu não os assisto. Eu tentei, sabe? Mas isso não é cinema. Sinceramente, o mais perto que eu consigo pensar sobre eles, por mais que sejam bem feitos, com os atores fazendo o melhor que podem sob essas circunstâncias, é parque temático. Não é o cinema de seres humanos tentando passar experiências psicológicas e emocionais para outro ser humana”, diz o cineasta

 

"Aquilo não é cinema [...] Não é o tipo de cinema com seres humanos tentando transpassar experiências emocionais e psicológicas para outro ser humano.”

Thumbnail

Adoro o Scorcese. Muito difícil negar que é um puta diretor. Mas aqui na boa, ele ta com a mesma birra do Cameron ao diminuir filme de super-heroi. Acho um equívoco definir cinema como algo que tem, como que por obrigação, que passar uma mensagem ou transpassar as citadas experiências emocionais e psicológicas. Não acho os filmes da Marvel nenhuma obra prima, de fato não ao nível Scorcese que considero um gênio. Mas o que essa gente precisa entender é que, lá no fundo, num mundo tão conturbado como o nosso, tudo que precisamos em certos momentos é de um parque de diversão.

 

1 hour ago, @rick said:

Concordo plenamente e ja tinha dito isto . Marvel não é cinema, marvel é "cinesérie" e brincadeira para crianças de 5 anos.

Isso que ele falou que os atores do MCU não conseguem passar emoções..é exatamente isto. Devido ao excesso de CGI e zueira dos roteiros , o máximo que eles conseguem fazer é "divertir" o espectador como o humorista Robert Downey Junior que faz hilárias caras e bocas para entreter o público. Agora, nos momentos dramáticos não convence nem criança, morreu meio universo, porém todos sabem que vão voltar...morre Ironman mas todos sabem que vão voltar...ai o ator não consegue passar emoção

 

Coincidentemente, o cinema nasceu como diversão de massas lá nos idos de mil novencentos e bolinha. Algo que o próprio Scorcesse contou muito bem naquele seu filme A Invenção de Hugo Cabrito.😉 Querer torná-lo algo obrigatoriamente cerebral é pretensão de pseudo-cult. Nao acho que seja preciso a cada filme que se for ver no cinema eu ter de sair refletindo sobre a vida ou meu espaço no mundo ou nas minhas relações para com o próximo. As vezes so queremos nos divertir e na outra nos aprofundar um pouco mais na vida. Ha espaço para todos, só basta saber explorar e de se encaixar neles devidamente. E viva as diferenças!

Acho que é como negar o cinema de ação, fantasia, sci fi, mas entendendo que as pessoas mais velhas são mais conservadoras é razoável ele pensar assim. Por exemplo, Star Trek é sci fi e tem profundidade. E Star Wars, é também coisa de criança? Não, é diversão de primeira! E Liga da Justiça? Queria ser diversão de primeira, mas termina sendo o contrário...😂

Imagem relacionada

Link to post
Share on other sites
6 hours ago, Jorge Soto said:

Coincidentemente, o cinema nasceu como diversão de massas lá nos idos de mil novencentos e bolinha. Algo que o próprio Scorcesse contou muito bem naquele seu filme A Invenção de Hugo Cabrito.😉 Querer torná-lo algo obrigatoriamente cerebral é pretensão de pseudo-cult. Nao acho que seja preciso a cada filme que se for ver no cinema eu ter de sair refletindo sobre a vida ou meu espaço no mundo ou nas minhas relações para com o próximo. As vezes so queremos nos divertir e na outra nos aprofundar um pouco mais na vida. Ha espaço para todos, só basta saber explorar e de se encaixar neles devidamente. E viva as diferenças!

Acho que é como negar o cinema de ação, fantasia, sci fi, mas entendendo que as pessoas mais velhas são mais conservadoras é razoável ele pensar assim. Por exemplo, Star Trek é sci fi e tem profundidade. E Star Wars, é também coisa de criança? Não, é diversão de primeira! E Liga da Justiça? Queria ser diversão de primeira, mas termina sendo o contrário...😂

 

Soto, realmente o cinema nasceu como entretenimento porém este entretenimento a qual ele foi criado não tem nada haver com os "filmes" do MCU e Disney em geral. O entretenimento daquela época era voltado 100% para adultos. Até os anos 70 o cinema era apenas para adulto. Foi Star wars (depois renomeado episódio IV) quem criou a ideia de "jovens ou adolescentes" como protagonistas e como público alvo, tanto que os produtores da Fox não queriam financiar o filme do George lucas de jeito nenhum(existe um documentário que conta esta história). Depois de Star wars, começaram uma série de filmes de aventura/ação com jovens e ou voltados para eles.  Antes de Star wars, você pega os protagonistas de filmes , as pessoas tinham no mínimo 40 e poucos anos(de média), trinta e pouco ou vinte e pouco era jovem demais, a média era 40 e pouco inclusive os atores começavam a serem conhecidos somente a partir dos 30 e pouco, não é como hoje que com 27 o cara já cansou da fama e morreu de overdose.

A Disney(conhecida por entretenimento infantil) começou com animações e ai comprou a Marvel e Star wars e começou a infantilizar isto ai também. O MCU hoje não é mais "entretenimento", é como bem definiu o nosso amado Scorsese : "um parque de diversões".

Link to post
Share on other sites

Alguém realmente não se deu ao trabalho de olhar no dicionário e ver o significado de entretenimento.

 

Em tempo, Scorsese é um gênio, mas falou besteira. Ele pode achar que não é bom cinema (o que é discutivel por si só), mas dizer que não é cinema já é demais, pois é querer definir o que é arte, o que foge da propria subjetividade.

Link to post
Share on other sites
12 hours ago, @rick said:

Soto, realmente o cinema nasceu como entretenimento porém este entretenimento a qual ele foi criado não tem nada haver com os "filmes" do MCU e Disney em geral. O entretenimento daquela época era voltado 100% para adultos. Até os anos 70 o cinema era apenas para adulto.

Entretenimento é entretenimento, ué!  E parece que você não tem pleno conhecimento do cinema, pois antes dos 70 todos os nichos etários eram devidamente preenchidos. Inclusive o infanto-juvenil. Ou será que nunca assistiu A Noviça rebelde, A Fantástica Fábrica de Chocolate, O Pássaro Azul, O Mágico de Oz, os filmes do Jerry Lewis e tantos outros? Isso sem falar na própria Disney, que soube atender esse público como ninguém. Além das clássicas animações que dispensam apresentações, ela produzia filmes regularmente, como Mary Poppins, A Montanha Enfeitiçada, Robinson Crusoé, Ilha do Tesouro, 20 Mil Léguas Submarinas, entre outros. Sem falar nos trocentos filmes da franquia do fusquinha Herbie.

 

12 hours ago, @rick said:

Foi Star wars (depois renomeado episódio IV) quem criou a ideia de "jovens ou adolescentes" como protagonistas e como público alvo, tanto que os produtores da Fox não queriam financiar o filme do George lucas de jeito nenhum(existe um documentário que conta esta história). Depois de Star wars, começaram uma série de filmes de aventura/ação com jovens e ou voltados para eles.  Antes de Star wars, você pega os protagonistas de filmes , as pessoas tinham no mínimo 40 e poucos anos(de média), trinta e pouco ou vinte e pouco era jovem demais, a média era 40 e pouco inclusive os atores começavam a serem conhecidos somente a partir dos 30 e pouco, não é como hoje que com 27 o cara já cansou da fama e morreu de overdose.

Star Wars apenas estabeleceu o conceito de filme-evento, do blockbuster, como o conhecemos hoje (arrisco até dizer que foi o Spielberg, com Tubarão, um ano antes). Como consequência houve maior abrangência da faixa etária, visando faturamento maior no licenciamento de produtos relacionados ao filme. O tal merchandising, como camisetas, brinquedos e demais badulaques. Da mesma forma que o Batman do Burton, que no final dos 90 trouxe de volta a "Batmania" elevando o status do morcego, que andava em baixa desde o seriado sessentista. Foi um filme-evento tal qual Star Wars, com direito a figurinhas e action-figures. E ele é por isso menos cinema que o Batman do Nolan? É menos entretenimento? Não. O Superman do Donner idem.

E repito, cinema é a arte de entretenimento disponível para todos os públicos com diferentes formatos. O cinema não é só filmes reflexivos sobre a realidade. Diversão para descontrair também é cinema, pois ele leva também o mesmo processo de fazer um filme sério. No final, tudo envolve o dinheiro, e se o consumidor está preferindo assistir filmes de super heróis, é escolha dele. Não tem motivo nenhum para rebaixar o trabalho do outro. Ninguem é obrigado a ir pro cinema para ver filmes reflexivos. Cada gênero é uma opção, cada formato é uma opção, o consumidor vai escolher o que ele mais gosta. Então por quê filmes de heróis não são considerados uma arte do cinema? Por não passar uma mensagem? Todo filme passa uma mensagem, independente se ela é grande ou não, boa ou não.
 

 

Diretor de Vingadores responde críticas de Martin Scorsese sobre filmes da Marvel
O premiado diretor Martin Scorsese disparou contra os filmes da Marvel em entrevista para Empire. O cineasta afirmou que o que o estúdio faz “não é cinema”.  Nesta sexta, 4, os diretores do MCU (sigla em inglês para Universo Cinematográfico da Marvel) responderam Scorsese. Um deles foi Joss Whedon, que comandou Os Vingadores e Vingadores: Era de Ultron.  “Eu penso em James Gunn, como o coração e a coragem dele estão colocados em Guardiões da Galáxia. Eu reverencio Marty e vejo o ponto dele… Bem, há uma razão de ‘eu estar sempre bravo'”, publicou Whedon no Twitter, com a fala clássica de Hulk. 
Gunn, citado pelo colega, também usou o Twitter. O diretor se disse chateado com as declarações.  “Martin Scorsese é um dos meus 5 diretores favoritos. Eu fiquei indignado quando as pessoas criticaram A Última Tentação de Cristo sem terem visto o filme. Estou chateado que ele está vendo os meus filmes da mesma forma”, afirmou o cineasta da Marvel.  “Dito isso, eu sempre vou amar Scorsese, ser grato pela contribuição dele ao cinema e mal posso esperar para ver O Irlandês”, completou o diretor.  Em mais um tuíte, Gunn esclareceu que a publicação sobre A Última Tentação de Cristo não tem relação com religião, mas sim sobre dar a opinião sobre um filme sem vê-lo. 

 

Link to post
Share on other sites

Marvel lança coleção completa da Saga do Infinito por 2 mil reais
A estreia de Vingadores: Ultimato e Homem-Aranha: Longe de Casa dão o ponto final na chamada Saga do Infinito, coletânea dos primeiros 11 anos da Marvel Studios nos cinemas. E isso merece uma celebração. Nesta sexta-feira (4), o site da Best Buy acabou revelando a coleção completa da Saga do Infinito em blu-ray e 4K HD, que vem em um box caprichado com todos os filmes, cartões e outras lembrancinhas. A coleção inclui 23 filmes: Homem de Ferro, O Incrível Hulk, Homem de Ferro 2, Thor, Capitão América: O Primeiro Vingador, Os Vingadores, Homem de Ferro 3, Thor: O Mundo Sombrio, Capitão América 2: O Soldado Invernal, Guardiões da Galáxia, Vingadores: Era de Ultron, Homem-Formiga, Capitão América: Guerra Civil, Doutor Estranho, Guardiões da Galáxia Vol. 2, Homem-Aranha: Longe de Casa, Thor: Ragnarok, Pantera Negra, Vingadores: Guerra Infinita, Capitã Marvel, Vingadores: Ultimato e Homem-Aranha: Longe de Casa. A coleção fica por US$550, o que equivale a R$2.231,40. Prepare a carteira. A Saga do Infinito chega em blu-ray nos EUA em 15 de novembro.

marvel-infinitysaga-boxset.jpg

 

Fãs da Marvel lançam petição pedindo Oscar para Robert Downey Jr
A campanha para o Oscar 2020 começou e a Marvel já está investindo em Vingadores: Ultimato, seu maior filme no ano.
Um dos nomes mais citados na corrida pelo Oscar é o nome de Robert Downey Jr, o Homem de Ferro de Vingadores: Ultimato. Nessa semana, os fãs da Marvel decidiram apoiar ainda mais a indicação do astro.Uma petição pedindo para que Robert Downey Jr ganhe o Oscar foi iniciada por Diana Whatley no Change.org.
“Nós que assinamos a petição, fomos tão tocados pela performance do Sr. Robert Downey Jr como Tony Stark em Vingadores: Ultimato que acreditamos que ele merece, inquestionávelmente, o Oscar de Melhor Ator. As escolhas criativas que ele fez e a profundida emocional que ele colocou em Tony Stark criaram uma experiência inesquecível para os espectadores”, diz a descrição da petição.

 

tirem as crianças da internet! 😂

Thumbnail

Link to post
Share on other sites

Não sei se a Marvel faria algum tipo de filme como Coringa (não a curto ou médio prazo), a não ser que alguém viesse com um projeto pra ela (o próprio Coringa acho que foi o Todd Philips que veio com o projeto pra WB/DC, não foi o estúdio que concebeu o filme inicialmente), mas se ela for querer fazer, sugiro esse aqui:

51oN7qqiE0L._SX319_BO1,204,203,200_.jpg

Link to post
Share on other sites
On 10/4/2019 at 1:22 PM, Jailcante said:

 

Martin Scorsese critica filmes da Marvel: “Não é cinema”

 

 

mais uma que resolve criticar a Marvel... Ou será isso é recalque dela por nao fazer parte de uma grande franquia como o MCU. Ou será que o recalque dela é a Angelina Jolie?🤣

JENNIFER ANISTON DIZ QUE PRODUÇÕES DA MARVEL INFLUENCIARAM SUA DECISÃO DE VOLTAR À TV!

Capa da Publicação

 Jennifer Aniston é uma das atrizes mais bem pagas de Hollywood. Após estourar como Rachel Green nos anos 90 com a série Friends, sua popularidade ficou grande demais para as telinhas da TV, alcançando as telonas do cinema.Desde então, a atriz participou de várias produções de sucesso, como Quero Ficar com Polly, Marley e Eu e Quero Matar Meu Chefe. Agora, ela prepara seu retorno à TV em The Morning Show, série desenvolvida pela plataforma Apple TV Plus.Na série, Aniston vive Alex Levy, uma famosa âncora do telejornalismo americano, que vira o centro das atenções após seu colega Mitch Kessler (Steve Carell) ser demitido sob acusações de assédio sexual.
Mas o que teria convencido uma atriz do calibre de Jennifer Aniston a voltar a fazer séries de TV? Em uma entrevista ao site Variety, ela revela que as produções da Marvel a influenciaram em sua decisão:“Não foi até os últimos anos, quando esses serviços de streaming estavam meio que explodindo com toda essa qualidade, que eu comecei a pensar: ‘Nossa, isso é muito melhor do que eu acabei de fazer.’ E então você está vendo o que está disponível [no trabalho] e está apenas diminuindo, e diminuindo, por conta dos filmes da Marvel. Ou coisas que eu não sou chamada para fazer ou realmente tão interessada em viver em frente a uma tela verde.”A atriz não é a única a criticar a Marvel. Na última semana, o lendário diretor Martin Scorsese causou furor em fãs de quadrinhos e atores do Marvel Studios por suas críticas pesadas aos filmes produzidos pelo estúdio.
 

😂

Thumbnail

Thumbnail

 

cada uma...

baa8e4d8ff55b6d01eeef8faa071f50679b1f02393d190b075dd50b1b3c0c90f.jpg

 

Link to post
Share on other sites
16 hours ago, Jailcante said:

Ela fazia mais comédias e nos cinemas este gênero decaiu muito de público (até porque outros gêneros absorveram esse), e rendendo mais nos streamings da vida. Até Adam Sandler teve que se refugiar no NetFlix...

Ela fez um drama bem legal, Cake (2015) onde fazia uma deprê que não superava o luto da perda do filho, mas realmente é mais conhecida por comédias mesmo..  mas acho q nem pra isso chamam ela, por estar "velha" demais..

 

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...