Jump to content
Forum Cinema em Cena
GilsonDee

Top Gun: Maverick

Recommended Posts

Top Gun: Maverick | Sequência tem novas imagens e mais detalhes divulgados

Filme estreia em 9 julho no Brasil.

 

Em entrevista à Entertainment Weekly , o diretor Joseph Kosinski, responsável pela sequência “Top Gun: Maverick“, entrou em detalhes pela primeira vez a respeito da produção do filme, revelando ter exigido um intenso treinamento por parte dos atores.

“A experiência é emocionante, mas muito cansativa fisicamente. As manobras pelas quais as colocamos para contar essa história não eram algo que você pode simplesmente entrar e fazer. Todos tiveram que passar por meses de treinamento aéreo. Nós os submetemos a um curso de treinamento que Tom [Cruise] realmente ascendeu. Ele é um piloto acrobático licenciado e foi jogado no fundo do poço quando fez o primeiro ‘Top Gun’ sem nenhum treinamento. Então ele sabia que eles precisariam trabalhar até esse nível. Então eles começaram em Cessnas e depois subiram em aviões acrobáticos e depois em pequenos jatos monomotores antes de entrarem no Super Hornet. Ocasionalmente, isso deixou alguns atores doentes o que acontece até com pilotos de caça experientes”, revelou Kosinski.

Novos detalhes da trama também foram revelados. Segundo Kosinski, os novos personagens não serão jovens e inexperientes pilotos como no primeiro longa de 1986. Ao invés disso, serão todos graduados na escola Top Gun.

“Esses pilotos estavam entrando na escola Top Gun pela primeira vez. No nosso filme, todos são graduados da Top Gun e estão voltando para um destacamento por meio de um treinamento especial – que é outro aspecto do Top Gun, onde eles podem voltar para treinamento especializado depois de se formarem. Eles têm um nível de experiência diferente do que no primeiro filme”, declarou.

Ainda sobre as cenas aéreas, Kosinski afirmou que teve de obter uma licença para realizar uma em particular, no caso, uma em que Tom Cruise faz manobras em voos de baixa altitude.

“Para a sequência em que Tom conseguiu fazer alguns voos de baixa altitude neste filme, tivemos que obter permissão especial da Marinha para fazê-lo. Foi uma das sequências aéreas mais extremas que conseguimos criar. Além disso, fazer um lançamento real de uma operadora e um pouso real de uma operadora – ninguém mais foi capaz de fazer isso em um filme antes. Tom conseguiu realizar todo tipo de sonho de aviação que tinha”, concluiu Kosinski.

Também foram divulgadas imagens dos novos personagens, os graduados da Top Gun. Hangman (Glen Powell) pode ser visto acima. Veja abaixo, em ordem, Rooster (Miles Teller), Phoenix (Monica Barbaro), Bob (Lewis Pullman), Payback (Jay Ellis) e Fanboy (Danny Ramirez):

20200130-maverick3-768x450.jpg

20200130-maverick2-768x518.jpg

20200130-maverick5-623x1000.jpg

20200130-maverick4-623x1000.jpg

20200130-maverick1-768x502.jpg

“Top Gun: Maverick” é uma sequência do longa de 1986. Depois de 30 anos a serviço da Aviação, Pete “Maverick” Mitchell (Cruise) está treinando pilotos e se desviando do promoção que iria forçar ele a ficar em solo, longe dos caças. Maverick então começa a treinar um grupo para uma missão especializada, e acaba encontrando Bradley Bradshaw (Miles Teller), o chamado “Rooster”, filho de seu falecido amigo “Goose” (Anthony Edwards). Maverick e seu grupo têm de enfrentar seus maiores medos a fim de cumprir a missão mais perigosa que qualquer piloto já viu.

O elenco conta ainda com o retorno de Val Kimer como Tom “Iceman” Kazanski e as adições de Jennifer Connelly, Manny Jacinto, Ed Harris, Jon Hamm, Jack Picking, Jean Louisa Kelly, e Lyliana Wray.

A sequência é dirigida por Joseph Kosinski (“Oblivion“). O roteiro é assinado por Christopher McQuarrie (“Missão: Impossível – Efeito Fallout“), Justin Marks (”Mogli: O Menino Lobo“), Peter Craig (“12 Heróis”), e Eric Warren Singer (“Homens de Coragem“). Jerry Bruckheimer, que produziu o primeiro filme, também produz a sequência com Cruise e o CEO da Skydance Pictures, David Ellison.

“Top Gun: Maverick”  estreia em 9 de julho no Brasil.

 

FONTE: CINEMA COM RAPADURA

Share this post


Link to post
Share on other sites

Top Gun: Maverick tem lançamento adiantado nos Estados Unidos

Filme estreia em 9 de julho no Brasil

  •  
  •  
  •  
  •  
NICOLAOS GARÓFALO
03.03.2020
00h56

Um dos filmes mais esperados de 2020, Top Gun: Maverick teve sua estreia adiantada em dois dias nos Estados Unidos. Antes programado para o dia 26 de junho, uma sexta-feira, o novo longa protagonizado por Tom Cruise agora tem sua chegada aos cinemas confirmada para o dia 24 do mesmo mês pela Paramount (via Variety).

A mudança de datas aconteceu para que a estreia do filme não colida com a de Em Um Bairro de Nova York, principal lançamento da Warner para aquele respectivo final de semana. Como os dois filmes têm cerca de um mês de diferença entre suas estreias no Brasil, dificilmente essa mudança se repita nos cinemas brasileiro

 

FONTE: OMELETE

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tom Cruise encanta fãs com atitude nobre com colega de Top Gun 2
Estrela do filme original de 1986, Tom Cruise estará de volta para Top Gun: Maverick, e tem encantado os novatos do elenco da franquia com suas atitudes. Em uma publicação no Instagram, o ator Glen Powell revelou que “depois de se apaixonar” pela aviação ao filmar Top Gun 2, Cruise pagou seu treinamento em uma escola de vôo.
“Tente não se apaixonar pela aviação depois de viver o sonho de todos os pilotos enquanto filma Top Gun. Especialmente quando você vê a maneira como o Tom Cruise pilota.
Depois de encerrar um dia de filmagem, Tom filmava para o pôr-do-sol em sua P-51 enquanto eu entrava na van de elenco. As asas eram muito mais frias que as rodas… e no Natal, Tom me comprou um iPad com minha escola de voo baixada e pré-paga.
E ontem, depois de meses voando, estudando e testando… eu terminei. Este é um vídeo meu depois do primeiro voo solo. É uma tradição na comunidade da aviação que seu instrutor rasgue sua camisa, o que significa que o professor finalmente está “fora de suas costas”.
Meu instrutor @wallysaygers está apenas seguindo a cerimônia, ele não rasga minhas roupas depois de cada voo.
Obrigado Walt por ser o meu pastor do céu, obrigado Shane pela experiência na @corsair_aviation e obrigado Tom por cada passo do caminho.”
Top Gun: Maverick estreia nos cinemas americanos em 24 de junho de 2020. No Brasil, chega em 9 de julho.
 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nos Estados Unidos, a sequência Top Gun: Maverick será lançada em 24 de junho, dois dias antes que o planejado. Por hora, porém, a mudança na data é apenas para a América do Norte. No Brasil, por enquanto, a data segue para 9 de julho deste ano.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tom Cruise de volta: veja os segredos por trás dos codinomes de Top Gun 2
Faz 34 anos desde que o filme de ação Top Gun surgiu no coração da cultura pop americana e agora sua continuação, Top Gun: Maverick, deve trazer de volta todas as acrobacias aéreas espetaculares do seu antecessor e, mais notavelmente, uma nova geração de pilotos com seus próprios codinomes.
O clássico de 1986 Top Gun foi centrado em um grupo de jovens pilotos que competem pela glória em alta velocidade na Escola de Armas de Caça Naval Top Gun, conjunto no apropriadamente apelidado de “Fightertown”. Comandada por Joseph Kosinski, a sequência continuará trinta e poucos anos depois, com Tom Cruise retomando seu papel de Pete “Maverick” Mitchell, agora um dos principais aviadores da Marinha, que permaneceu como um piloto de teste e instrutor de voo na escola de elite Top Gun.
O filme apresentará um novo grupo de recrutas que vão treinar sob Maverick para uma missão perigosa. Um dos novos pilotos é Bradley “Rooster” Bradshaw (Miles Teller), filho do falecido melhor amigo e co-piloto de Maverick, Nick “Goose” Bradshaw (Anthony Edwards). Embora o filme seja composto principalmente por novos personagens, também deve apresentar o retorno de Val Kilmer, que retomará seu papel como Tom “Iceman” Kazansky.
Se o trailer de Top Gun: Maverick é alguma indicação, o filme parece estar capitalizando sua própria marca de nostalgia. Além das impressionantes acrobacias aéreas do filme original, uma das partes mais queridas dos fãs de Top Gun são os codinomes militares dos pilotos.
Esses codinomes não são escolhidos pelos próprios pilotos, mas são dados como parte da camaradagem e do vínculo essencial entre os recrutas que constantemente enfrentam situações de alto risco, vida ou morte. Embora os codinomes possam ser bem-humorados, eles também podem revelar uma parte intrínseca da identidade de um piloto, servindo como um tipo de insígnia pessoal.
Top Gun introduziu ao público não somente os icônicos codinomes “Maverick”, “Iceman” e “Goose”, mas toda uma equipe de pilotos com apelidos como “Viper”, “Cougar”, “Jester”, “Wolfman”, “Sundown”, “Slider” e “Hollywood”. Pelo que parece, os codinomes de Top Gun 2 serão tão divertidos e indicativos das personalidades de seus personagens quanto o filme original.

Miles-Teller-As-Rooster-In-Top-Gun-Maverick-header.jpg?q=50&fit=crop&w=740&h=370

Bradley “Rooster” Bradshaw
Miles Teller interpretará o recruta Bradley “Rooster” Bradshaw. Seu codinome, Rooster, para não mencionar sua escolha interessante de bigode, é um aceno ao legado que ele continuará como filho de Goose. O pai de Rooster, que era o melhor amigo de Maverick e oficial de interceptação de radar, morreu durante uma ejeção fracassada após uma explosão de motor de avião de caça no filme original. Embora Maverick tenha sido oficialmente libertado da culpa por uma comissão de inquérito, a morte de Goose desencadeou sentimentos de conflito em Maverick em relação à misteriosa morte de seu pai, deixando-o lidar com a dor, a culpa e as trágicas repercussões de suas manobras de voo imprudentes. Em uma narração no trailer Top Gun: Maverick, Rooster diz a Maverick: “Meu pai acreditou em você. Não vou cometer o mesmo erro”. É seguro dizer que há uma tensão óbvia borbulhando sob a superfície, e podemos esperar que o complexo relacionamento entre instrutor e estagiário conduza grande parte do drama emocional da sequência. Sem dúvida, os fãs de Top Gun esperam uma reconciliação na forma de um dueto com “Great Balls of Fire”, de Jerry Lee Lewis.

Top-Gun-2-Glen-Powell.jpg?q=50&fit=crop&w=740&h=370

“Hangman”
Não se sabe muito sobre o papel de Glen Powell como “Hangman”, exceto que o tempo de exibição do personagem foi aumentado pelos produtores do filme depois que Powell fez uma audição impressionante para o papel de Rooster, que foi para Teller. Hangman é outro recruta apresentado em Top Gun: Maverick. Seu codinome (que significa “Carrasco”, em tradução livre) tem um toque nefasto, insinuando que o personagem pode possuir uma atitude perigosa e assassina.
O trailer nos oferece um vislumbre de um Powell sem camisa, na praia, gritando no que parece ser um jogo de futebol americano. Dados os rumores de um novo recruta do sexo masculino com uma atitude arrogante e natureza competitiva, os fãs foram rápidos em comparar Hangman ao macho alfa do filme original, Iceman. Por enquanto, resta saber se Hangman e Rooster se envolverão na mesma rivalidade alimentada por testosterona compartilhada entre Maverick e Iceman em Top Gun.

Phoenix-in-Top-Gun-2-Maverick.jpg?q=50&fit=crop&w=740&h=370

“Phoenix”
Uma das maiores vantagens de esperar 34 anos por uma sequência de Top Gun é que os papeis das mulheres mudaram integralmente desde a década de 1980 – o que significa que desta vez as moças estarão entrando no cockpit e participando da ação. Monica Barbaro interpretará uma recruta “inteligente e determinada” com o codinome de “Phoenix”. Nas descrições iniciais dos personagens, Phoenix é descrita como uma mulher “extrovertida e atrevida” que teve que “atravessar todas as barreiras que surgem quando você é uma jovem mulher que quer ser uma aviadora naval”. Com base nessa descrição, o público pode esperar ver uma jovem engenhosa que não se sente intimidada pela competição em um local de trabalho dominado por homens. Se seu apelido se refere a uma cidade no Arizona ou se alude ao pássaro mitológico renascido de suas próprias cinzas, não se sabe, mas Phoenix conta com um dos melhores codinomes da sequência.

Jay-Ellis-payback-Top-Gun-2-Maverick.jpg?q=50&fit=crop&w=740&h=370

“Payback”
Poucos detalhes foram divulgados sobre o papel de “Payback”, interpretado por Jay Ellis. Não se sabe até que ponto o papel será essencial para o enredo de Top Gun: Maverick, mas é provável que esse recruta coloque grande ênfase em se vingar, ou simplesmente não gosta de ficar em dívida.

Danny-Ramirez-Fanboy-Top-Gun-2-Maverick.jpg?q=50&fit=crop&w=740&h=370

“Fanboy”
Ainda não se sabe muito sobre Fanboy, o personagem interpretado por Danny Ramirez, mas foi revelado que ele tem uma “memória enciclopédica”. No entanto, os fãs receberam uma pista inicial no trailer de Top Gun: Maverick. Seguindo seu apelido, o codinome “Fanboy” escrito em seu capacete usa a mesma fonte usada da franquia Star Trek, um aceno inteligente à sua devoção como um fã de outra famosa propriedade da Paramount Pictures.

Lewis-Pullman-Top-Gun-2-Bob.jpg?q=50&fit=crop&w=740&h=370

“Bob”
“Bob”, interpretado por Lewis Pullman, é descrito como “calmo e de natureza direta” e alguém que “não tem o talento esperado de se arriscar como um aviador, mas ele tem o cérebro técnico para construir um foguete”. Apesar de ter um codinome bastante brando (que também pode ser um acrônimo), a descrição de seu personagem para Top Gun: Maverick o designa como um dos melhores oficiais do sistema de armas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Militares dos EUA impedem Tom Cruise de pilotar caça para Top Gun 2
Tom Cruise promete uma situação inovadora para o cinema em Top Gun: Maverick, continuação de Top Gun: Ases Indomáveis. As cenas foram gravadas de dentro dos caças, evitando o uso de computação gráfica. O ator, inclusive, tentou ir ainda mais longe. Tom Cruise queria voar em um caça avaliado em mais de R$ 360 milhões. Para Empire, o produtor Jerry Bruckheimer contou que o exército dos Estados Unidos não deixou o astro usar o caça. Seria uma adição e tanto para o filme. “A Marina não deixou que o Tom voasse em um F-18, mas ele voa em um P-51. O Tom pilota helicópteros e consegue fazer quase de tudo dentro de um avião”, afirmou o produtor.
Top Gun: Maverick marca a volta de Tom Cruise ao papel de Pete, 34 anos depois do lançamento do filme original. No novo filme, o personagem de Tom Cruise, um piloto clássico, prova que o humano é ainda o mais importante dentro da evolução tecnológica – em um mundo onde drones e outros aparatos começam a ganhar destaque. O elenco da continuação ainda traz Jennifer Connelly, Val Kilmer, Ed Harris, Jon Hamm, Miles Teller, Glen Powell e Manny Jacinto. A direção é de Joseph Kosinski, com roteiro de Peter Craig, Justin Marks e Eric Warren Singer. Por enquanto, Top Gun: Maverick tem estreia marcada para 9 de julho.

OS FUZILEIROS TÊM F-18 HORNETS DEMAIS ? | Robinson Farinazzo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bomba! Top Gun 2, com Tom Cruise, pode ser cancelado
Com vários títulos importantes, incluindo Viúva Negra da Marvel, Velozes e Furiosos 9 da Universal, Mulher-Maravilha 1984 da Warner Bros., Minions 2: A Origem de Gru da Universal, Os Caça-Fantasmas: Mais Além da Sony e Morbius da Sony e Marvel, removidos de suas datas de lançamento, a temporada de cinema do meio do ano tem sido sustentada por dois filmes: Top Gun: Maverick da Paramount e Tenet da Warner Bros.
No entanto, com base nos eventos atuais e na natureza não resolvida da pandemia de coronavírus, a Variety acredita firmemente que os dois grandes longas de ação com Tom Cruise (Missão: Impossível) e Robert Pattinson (The Batman), juntamente com Jungle Cruise da Disney, inevitavelmente serão forçados a adiar suas datas de lançamento para o final do ano ou até 2021, cancelando efetivamente a temporada de grandes sucessos no meio do ano.
O relatório também diz que a Warner Bros. pode ter sido um pouco otimista ao mudar Mulher-Maravilha 1984 para agosto, e provavelmente será forçada a adiar o filme ainda mais nas próximas semanas ou meses, a menos que seja descoberta uma cura milagrosa para o coronavírus, o que, infelizmente, neste momento, parece altamente improvável.
Lançamento digital?
Quanto a se alguns desses filmes poderiam chegar diretamente em streaming ou venda digital, isso quase definitivamente não vai acontecer. Todos os filmes acima mencionados têm orçamentos acima de US$ 100 milhões (sem incluir os custos de marketing e distribuição) e podem potencialmente perder centenas de milhões de dólares se não forem lançados nos cinemas. Existe a possibilidade de filmes menores, como O Homem Invisível da Universal (orçamento de US$ 7 milhões) e Magnatas do Crime da STX (orçamento de US$ 22 milhões), serem lançados diretamente para mídias digitais. Os analistas de cinema acreditam que muitos dos recentes filmes de orçamento médio que estrearam digitalmente tiveram um desempenho suficiente para justificar essa mudança para os estúdios, pois trabalham para não perder dinheiro enquanto os cinemas permanecem fechados em todo o mundo.
O desligamento mundial dos cinemas continua sendo a maior razão para adiar vários filmes para o próximo ano, e não para o final de 2020. Ainda que os Estados Unidos, por exemplo, conseguissem resolver grande parte do problema até junho ou julho, a situação ainda estaria crítica em vários outros países, onde estrelas como Tom Cruise, Vin Diesel, Dwayne Johnson e Scarlett Johansson podem garantir grandes arrecadações.
 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Poucos atores retornaram para Top Gun 2 com Tom Cruise; veja por que
Tom Cruise está de volta em Top Gun: Maverick, mas eis por que tão poucos membros do elenco do filme original estão retornando para a sequência. Dirigido por Joseph Kosinski (Tron: O Legado), Top Gun: Maverick é ambientado 34 anos após o filme de ação do piloto de caça de 1986. O Top Gun original, dirigido pelo falecido Tony Scott, é considerado o quintessencial filme de Tom Cruise dos anos 80 e definiu sua personalidade na tela como um arriscado piloto que abriga questões profundas do pai. O sucesso de bilheteria de Top Gun lançou Cruise em sua trajetória para se tornar uma das maiores estrelas do cinema de Hollywood, mas o filme de ação também apresentava um elenco de apoio memorável.
Situado no Top Gun, a Escola de Armas de Caça Naval da Estação Aérea Naval Miramar, o filme original foi centrado no herói de Cruise, Pete “Maverick” Mitchell, e seu melhor amigo/oficial de interceptação de radar, Nick “Goose” Bradshaw (Anthony Edwards), competindo com os melhores pilotos da América para ser “o melhor dos melhores”. Val Kilmer rivalizou com o carisma de Cruise como Tom “Iceman” Kazansky, e os fãs nunca esquecerão o romance de Maverick com sua instrutora de voo Charlie (Kelly McGillis).
O cartão de visita de Top Gun eram seus jovens pilotos de caça, mas o filme também foi recheado com alguns dos melhores atores da época, incluindo Tom Skerritt como comandante Mike “Viper” Metcalf, Michael Ironside como tenente comandante Rick “Jester” Heatherly e James Tolkan como comandante Tom “Stinger” Jardian. Além disso, Meg Ryan encantou em seu papel como a esposa de Goose, Carole, alguns anos antes de sua carreira no cinema decolar. No entanto, muito poucos membros do elenco original se juntarão a Tom Cruise em Top Gun: Maverick. Até agora, apenas Val Kilmer está confirmado para reprisar seu papel como Iceman, que subiu na hierarquia para vice-almirante.

O real motivo
Top Gun: Maverick apresenta uma nova geração de atletas de caça (com indicativos exclusivos), incluindo Miles Teller como Bradley “Rooster” Bradshaw, filho adulto de Goose, Glenn Powell como Hangman, Monica Barbaro como Phoenix, Manny Jacinto como Fritz, Danny Ramirez como Fanboy e Jay Ellis como Payback. Além disso, Ed Harris e Jon Hamm aparecerão e Jennifer Connelly interpreta o novo interesse amoroso de Maverick.
Mas, por que a maioria do elenco original foi ignorada? Basicamente, existem duas respostas: a maioria é muito velha e não foi solicitada a sua volta.
Kelly McGillis, agora com 62 anos, confirmou que nunca recebeu uma oferta para retornar em Top Gun: Maverick. Em Top Gun, Charlie era a mulher mais velha e sábia tentando domesticar o imprudente Maverick, mas depois de três décadas, não é difícil acreditar que Charlie e Maverick se separaram e seguiram em frente com suas vidas.
Obviamente, Goose morreu em Top Gun, o que explica a ausência de Anthony Edwards, e seu legado é continuado por seu filho Rooster. No entanto, a mãe de Rooster, Carole, está prevista para aparecer em Top Gun: Maverick, mas ela será interpretada por Jean Louisa Kelly, o que significa que, como McGillis, Meg Ryan também pode não ter sido convidada de volta.
Quanto a Michael Ironside e James Tolkan, eles foram substituídos como almirantes e mentores em Top Gun: Maverick por Jon Hamm e Ed Harris, que são nomes mais conhecidos para o público moderno.
Já que 34 anos se passaram, faz sentido que a maioria dos personagens originais de Top Gun tenha se aposentado do serviço, enquanto Maverick ainda está nos seus dias de glória, enquanto ele orienta e mede suas proezas e experiência contra os melhores na casa dos 20 anos. Apesar de ter 57 anos, Tom Cruise ainda se considera um símbolo sexual como protagonista, mas Jennifer Connelly, de 49 anos, é uma contraparte romântica na tela para a estrela de cinema.
Por fim, uma das armas do arsenal de Top Gun é o apelo sexual e juvenil, por isso é lógico que Top Gun: Maverick, que acontece atualmente, seja sobre a próxima geração competindo para ser a melhor das melhores enquanto o elenco original está, em grande parte, aposentado.
Top Gun: Maverick chegará aos cinemas em 23 de dezembro deste ano.

Then vs Now: Tom Cruise to Kelly McGillis, see how the star cast ...

anthony-edwards-nick-goose-bradshaw-1485788321.jpg

meg-ryan-carole-bradshaw-1485788322.jpg

Then vs Now: Tom Cruise to Kelly McGillis, see how the star cast ...

michael-ironside-rick-jester-heatherly-1485788322.jpg

tom-skerritt-mike-viper-metcalf-1485788322.jpg

tim-robbins-sam-merlin-wells-1485788322.jpg

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Val Kilmer não queria participar do Top Gun original, mas implorou para estar no reboot

Continuação do filme original tem estreia marcada para este ano

REDAÇÃO PUBLICADO EM 24/04/2020, ÀS 12H02

37
None Val Kilmer em Top Gun: Ases Indomáveis (Foto: Reprodução/Paramount Pictures)

Top Gun: Ases Indomáveis marcou geração quando foi lançado em 1986. Um dos personagens mais memoráveis do longa foi Tom "Iceman" Kazanski, interpretado por Val Kilmer. No entanto, o ator não queria fazer parte do filme, mas implorou para estar no reboot, Top Gun: Maverick. Kilmer revelou essa história na autobiografia, intitulada I’m Your Huckleberry.

"Eu não queria o papel. Eu não ligava para o filme. A história não me interessava", revelou Val Kilmer. "Meu agente, que também representou Tom Cruise, basicamente me torturou para, pelo menos, conhecer Tony Scott dizendo que ele era um dos diretores mais quentes da cidade".

Até na audição para o papel Val Kilmer não se mostrou disposto. Ele tentou se auto-sabotar, "parecendo um bobo ou um tonto". Quando começou o teste, ele leu "as falas de modo indiferente e, surpreendentemente, me disseram que eu o papel era meu. Eu me senti mais desinflado do que inflado".

Anos e anos depois, uma continuação de Top Gun começou a ser desenvolvida. Mas o jogo virou, porque Val Kilmer praticamente implorou para atuar no filme. "Não sou muito orgulhoso para implorar".

 

Por fim, o ator falou sobre a reprise do papel. "Os produtores foram atrás. Cruise também. Ele não poderia ter sido mais legal... Tom e eu retomamos de onde paramos. A reunião foi ótima".

 

FONTE: ROLLINGSTONES

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tom Cruise entrou no grande grupo de atores de Hollywood com Top Gun: Ases Indomáveis, de 1986. Desde então, o artista se popularizou como um grande astro de ação.

 

Fora da franquia de Top Gun, Tom Cruise se tornou conhecido por fazer as próprias cenas perigosas. Em Missão Impossível, principalmente, o astro sempre procura inovar de diferentes maneiras.
 

Ao que parece, Tom Cruise usou essa experiência e coragem no seu retorno para Top Gun: Maverick. O produtor Jerry Bruckheimer fez uma surpreendente revelação sobre o astro.

O treinamento de Tom Cruise para Top Gun: Maverick é, no mínimo, perigoso. Não apenas isso, o ator não precisaria ter o treino, mas pediu para participar com os elencos de colega.

Como explicou Bruckheimer ao Yahoo!, o treinamento serve para que todos possam suportar a força gravitacional quando estiverem em jatos de combate. Parte desse treino envolvia uma atividade de sobrevivência na água.
 

“Foi realmente duro para esses jovens atores, porque eles também tinham que ter esse treinamento de sobrevivência na água, onde eles eram vendados e eram colocados em tanques da água que estavam virados. Eles tinham que descobrir como sair deles. E Tom Cruise passou pela mesma coisa! Me disseram que ele queria ter o treinamento como um garoto de 22 anos – isso é o quanto ele é bom”, elogiou o produtor.

Os treinamentos duraram cerca de 3 meses. Com relatos como esse, Tom Cruise marca cada vez mais o nome dele em Hollywood.

20190719091307_1200_675_-_top_gun__maver

 

FONTE: OBSERVATÓRIO DO CINEMA

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...