Jump to content
Forum Cinema em Cena

Homem-Formiga - (Ant-Man, 2015)


joao_spider
 Share

Recommended Posts

formiga-scottlang-750x380.jpg

‘Homem-Formiga': Você nunca viu um herói tão grande!

Publicado em 15/07/2015 por Renato Marafon
 

A próxima evolução do Universo Cinemático Marvel traz um dos fundadores dos Vingadores para a telona pela primeira vez com Homem-Formiga (Ant-Man) dos Estúdios Marvel. A revista em quadrinhos da Marvel com Hank Pym/Homem-Formiga foi lançada em 1962 em “Tales to Astonish #27”, e depois Pym foi visto com “Os Vingadores” na estreia da equipe em “Avengers #1” no ano de 1963. Pym se tornou Homem-Formiga depois de descobrir uma substância química — a Partícula Pym — que permite a ele alterar seu tamanho e ter força sobre-humana. Com o desenvolvimento de outras tecnologias Pym, o Homem-Formiga também tem a habilidade de controlar exércitos de formigas.

A nova aventura de ação do Universo Cinemático Marvel traz o mestre dos ladrões Scott Lang como o Homem-Formiga dos dias atuais. Depois que o dr. Hank Pym deu a ele a incrível habilidade de encolher em tamanho, mas aumentar em força, Lang tem que aceitar seu herói interior e ajudar Pym a proteger o segredo por trás do espetacular traje do Homem-Formiga de uma nova geração de enormes ameaças. Enfrentando obstáculos que parecem insuperáveis, Pym e Lang precisam planejar e levar a cabo um roubo que salvará o mundo.

homemformiga_23.png

O UNIVERSO CINEMÁTICO MARVEL

Em 2015, o Estúdio Marvel continuou no caminho de agradar os fãs e a crítica especializada com o lançamento da sequência campeã de bilheteria Vingadores: A Era de Ultron (Avengers: Age of Ultron). O filme estreou faturando mais de US$ 191 milhões e seguiu para totalizar mais de US$ 1,2 bilhão em bilheterias no mundo todo.

Em 2014, o Estúdio Marvel lançou Capitão América: O Soldado Invernal (Captain America: The Winter Soldier) e Guardiões da Galáxia (Guardians of the Galaxy), o filme campeão de bilheteria nos EUA em 2014 com US$ 333,2 milhões e US$ 772,8 milhões mundiais. Capitão América: O Soldado Invernal (Captain America: The Winter Soldier), que quebrou o recorde de abertura para um lançamento em abril, faturou US$ 95 milhões no primeiro fim de semana e mais de US$ 711 milhões mundialmente.

Em 2013, a Marvel produziu os megassucessos Thor 2: O Mundo Sombrio (Thor 2: The Dark World) e Homem de Ferro 3 (Iron Man 3). Os dois filmes faturaram mais de US$ 644 milhões e US$ 1,2 bilhão mundiais respectivamente desde o lançamento. Em 2012, o filme aclamado pela crítica Os Vingadores – The Avengers (The Avengers), da Marvel, estabeleceu o recorde de bilheteria de todos os tempos nos EUA em um fim de semana de 3 dias com um total de US$ 207,4 milhões. O filme faturou mais de US$ 1,5 bilhão em bilheterias mundiais, tornando-se o maior faturamento bruto da Disney de um lançamento global e nacional de todos os tempos.

homemformiga_19.jpg

Completando a lista de filmes que compõem o Universo Cinemático Marvel estão os sucessos de bilheteria, Thor, Capitão América (Captain America: The First Avenger), Homem de Ferro (Iron Man), Homem de Ferro 2 (Iron Man 2) e O Incrível Hulk (The Incredible Hulk).

O presidente do Estúdio Marvel e produtor de Homem-Formiga (Ant-Man) Kevin Feige, explica por que a Marvel seguiu com sucessos de bilheteria sem precedentes dentro de universo de personagens sempre em expansão.

“Para todos nós na 
, sempre teve a ver com os personagens, e também com garantir que a essência do filme tenha a ver com você conseguir se identificar e conectar a esses indivíduos incríveis, mas com defeitos”, diz Feige. “Temos muita sorte e somos agradecidos pelo fato de o público ter continuado a seguir esses personagens e se divertir com eles.”

Ele continua,

“Outra coisa bem legal é que nós queremos que nossos filmes se destaquem por si só, e adoramos o fato de 
 
ser meio que um filme de fantasia de ficção científica; 
 (Guardians of the Galaxy)
 ser um filme de aventura e ação de ficção, e ainda temos elementos de suspense tecnológico nos filmes da franquia 
 (Iron Man)
 (Captain America: The Winter Soldier)
 é um suspense político típico dos anos 1970 e 
 (
)
 é um filme sobre um roubo. Então, nós não achamos que filmes de super-herói são um gênero em si. Adoramos reunir subgêneros e depois acrescentar os elementos de super-heróis em outros gêneros de filmes.”

homemformiga_34.jpg

O copresidente do Estúdio MarvelLouis D’Esposito, explica por que é crucial manter o Universo Cinemático Marvel evoluindo em direções diferentes.

“Queremos conferir frescor a cada uma das nossas franquias já estabelecidas, mas, ao mesmo tempo, também precisamos continuar a introduzir novos personagens e franquias ao mix”, diz D’Esposito. “Acho que tivemos muita sorte de encontrar esse equilíbrio ao manter as coisas indo a novas direções para dar às pessoas mais das franquias e personagens dos quais elas aprenderam a gostar. Há muitos personagens no Universo 
, então é divertido quando alguém consegue levar um novo personagem dos gibis para a telona.”

O primeiro passo no processo de criar uma nova franquia foi decidir como a história do Homem-Formiga se encaixava no Universo Cinemático Marvel – que está sempre em expansão. Lançar outro personagem e franquia é um processo que é auxiliado pela boa-vontade do público que foi conquistado ao longo de anos de produção de filmes de sucesso junto à crítica e aos fãs.

“O sucesso de 
 (Guardians of the Galaxy)
 nos mostrou que o público não precisa estar familiarizado com os personagens para recebê-los bem, se o filme for bom”, diz o produtor 
. “O público está pronto para novos materiais e quando vê o logotipo da 
, sabe que é parte do Universo Cinemático. O público pode até não conhecer os personagens, mas sabe o que aquele logotipo significa — algo novo, algo reconhecidamente bom, com qualidade, frescor e o inesperado. Com 
 (
)
, nós temos o melhor dos dois mundos. É completamente original e novo, e ele é um dos fundadores dos Vingadores. Nós quisemos brincar com essa história e com o passado com Hank Pym, e mostrar como o bastão está sendo passado para Scott Lang, e como eles se conectam nesse filme e no futuro.”

Link to comment
Share on other sites

(continuação)

 

homemformiga25052.jpeg

 

DIRETOR A BORDO

Conduzindo a história e a nova franquia do Universo Cinemático Marvel está o diretoPeyton Reed. Um grande fã dos filmes e das revistinhas da Marvel, Reed explica o que gostou no material-fonte deste filme:

 é interessante porque ele foi um dos Vingadores originais, o que muitas pessoas podem desconhecer”, diz Reed. “Eu também gosto porque tem uma passagem de bastão de Hank Pym para Scott Lang que estabelece uma ótima dinâmica mentor-pupilo entre os personagens. Essa é uma dinâmica clássica das revistinhas da 
, e é algo que ainda não vimos no Universo Cinemático 
 até agora.”

O diretor continua:

“Eu sou da geração que cresceu na era de ouro dos gibis da 
 e passava muitas horas lendo-os. Eu sempre gostei dos primeiros gibis dos Vingadores com o 
 porque havia uma verdadeira mitologia envolvida. São contos incríveis e as histórias que foram criadas naquela época se destacaram e resistiram ao teste do tempo. A 
 sempre fez um ótimo trabalho de atualização desses personagens desde a década de 1960, mas cada década tinha sua própria versão desses heróis.”

Para o diretor Reed, a encarnação no filme de 2015 de Homem-Formiga (Ant-Man)vai surpreender o público.

“O 
 é um personagem incrivelmente poderoso”, diz Reed. “Ele é capaz de encolher e ficar minúsculo, e comandar exércitos de diferentes tipos de formigas – o que, a princípio, parece ser um poder bobo, mas o melhor sobre os gibis e sobre esta história é que você tem a oportunidade de ver as muitas coisas que as formigas conseguem fazer e as várias maneiras interessantes por meio das quais elas podem ajudar Scott.”

 

homemformiga_20.jpg

 
Link to comment
Share on other sites

(fim...aff)

 

O ELENCO DE HOMEM-FORMIGA

Os temas de paternidade, orientação e abandono têm papel crucial nos relacionamentos dos protagonistas em Homem-Formiga (Ant-Man) da Marvel. Com a história do filme girando em torno da recém-formada parceria e amizade entre Hank Pym e Scott Lang, os personagens enfrentam os desafios diários de ser bom pai e bom mentor.

“Nós sempre achamos que esta história e filme falavam de dois personagens, onde um personagem mais velho entrega o bastão a outro mais jovem”, elabora
. “Tem tudo a ver com as revistinhas, e o personagem mais velho, claro, é Hank Pym, e o mais jovem é Scott Lang, e esse relacionamento é de fato a história do filme.”

O produtor continua,

“Scott Lang é um cara bem-humorado e de bom coração que foi colocado numa sinuca por conta de seu passado e tenta desesperadamente fazer a coisa certa para sua filha Cassie, que ele tanto ama. Ele se divorciou da mãe dela por causa de suas trapalhadas, mas ele só quer fazer mais um único trabalho para acertar as coisas e poder sustentar as duas, e ser o pai que ele acredita que pode ser. Infelizmente, ele acredita que a única forma de fazer isso é praticando roubos. A casa pertence a Hank Pym, que prepara uma armadilha, e depois dá a ele a oportunidade de usar suas habilidades em benefício da humanidade.”

homemformiga25051.jpeg

Para o papel de Scott Lang, os cineastas escolheram Paul Rudd. Para Rudd, fazer parte do Universo Cinemático Marvel era uma perspectiva empolgante para o ator.

“O histórico da 
 com seus filmes é incrível. Se tem uma coisa que eu descobri foi que 
 é um cientista louco que tem instintos incríveis para o gênero e que parece tomar sempre as decisões certas”, diz Rudd. “Todas as pessoas que encontrei na 
 realmente amam o que fazem e são verdadeiros fãs dos gibis. Elas sabem o que gostam e sabem o que os fãs de outros gibis gostam. Eles realmente se preocupam com os personagens e a história, acima de tudo. Acho que é isso que faz tudo dar certo.”

Ao descrever seu papel, Rudd diz,

“No início do filme, meu personagem Scott Lang acabou de sair da prisão. Ele não sabe nada sobre o 
 e não tem nada a ver com Hank Pym. Por outro lado, Pym o escolheu, ciente de sua notoriedade e vem observando-o com um objetivo em mente. Ele arma um cenário onde Scott tem que usar seus velhos métodos. Ele invade a casa de Hank para roubar dinheiro e pagar a pensão da filha, a única pessoa com quem ele de fato se preocupa. Sem o conhecimento de Scott, Hank planeja todo o cenário. Isso leva Scott ao mundo de Pym, onde ele pode vir a ensinar a Scott a usar o traje adequadamente e roubar algo de que Pym precisa muito.”

Para Rudd, o filme também possibilitou que ele exercitasse suas habilidades como escritor ao se juntar a Adam McKay para reescrever o roteiro. Ao fazer isso, o ator também pôde mergulhar mais fundo no personagem.

“Uma coisa importante que ser roteirista em 
 (
)
 me proporcionou foi ter uma percepção muito maior de todos os personagens”, informa 
. “Refleti sobre todas as motivações e narrativas dos personagens e como cada decisão que meu personagem toma afeta os outros. Então isso me deu um conhecimento muito mais amplo da história, e eu conseguia ter um entendimento bem profundo de qualquer cena.”

 

homemformiga_22.jpg

Para Michael Douglas, entrar para o elenco de Homem-Formiga (Ant-Man) daMarvel foi algo que o transformou em um cara muito legal dentro da própria casa. Ele admite,

“Antes de 
 (
)
 eu não tinha uma carreira aos olhos dos meus filhos. Para eles, eu nunca tinha feito um filme antes. Dois prêmios Oscar® não significavam nada. Agora eu sou legal. Sou legal para os meus filhos e para os amigos deles também. É a primeira vez que ouvi meus filhos perguntarem, ‘Podemos ir à pré-estreia?’. Então eles irão”.

 

Douglas diz que seu personagem Hank Pym “tem senso de humor; uma atitude meio brincalhona e gosta de testar um pouco as pessoas”. Continuando, ele acrescenta, “Obviamente, ele é um cientista brilhante, mas também teve treinamento militar em armamento. Devido às situações que existem, ele está procurando alguém que possa assumir seu papel, e escolhe o ex-presidiário Scott Lang, e agora vai ensinar a ele todos os truques do Homem-Formiga.”

Por mais bem-sucedido que Hank Pym tenha sido ao longo dos anos à frente de sua empresa de tecnologia parece que a única coisa que ele nunca foi capaz de dominar foi seu tumultuado relacionamento com a filha, Hope van Dyne, interpretada por Evangeline Lilly.

”Quando Hank Pym era o 
, sua esposa era a Vespa e nós trabalhávamos juntos em muitas missões secretas para o governo e para outros, cuidando de muitos bandidos”, conta Douglas. “Nós tivemos uma filha, Hope”.

“Hope agora está trabalhando na antiga empresa de Hank, a Pym Tech, e ela é uma cientista muito inteligente, com treinamento em artes marciais. Conforme as coisas vão ficando mais difíceis e complicadas, ela se envolve mais e me ajuda a treinar Paul a se tornar o novo 
. É claro, é um papel que Hope queria desempenhar porque sua mãe era a Vespa, e ela é capaz; então há uma frustração no fato de Hank ter escolhido esse ex-presidiário para ser o 
, e não sua própria filha.”

homemformigajaquetaamarela.jpg

Para o diretor Peyton Reed, os relacionamentos pessoais e as dinâmicas no filme foram algo com que ele conseguiu se conectar e quis explorar mais profundamente.

“Quando Peyton embarcou no projeto, a ideia que mais chamou sua atenção foi a de que Hank Pym e Scott Lang lutavam com seus respectivos passados e eles não eram os melhores pais do mundo”, diz o coprodutor Brad Winderbaum. “Eles não foram capazes de dar às filhas o que elas precisavam, e suas escolhas na vida refletem isso.”

Homem-Formiga será lançado em 16 de julho de 2015.

Link to comment
Share on other sites

Filme-delícia demais. Tudo funciona agradávelmente bem. Elenco, história, personagens, humor. Curti MUITO.

 

E é lançado num momento oportuno. Depois do Vingadores 2, ter tropeçado nas pretensões, é bom ver a Marvel novamente entregando algo sem pretensões, simples e eficiente. Sem guerras, sem disputas mundiais, e etc. Só uma "pequena" história de origem bem contada, aí quase que funciona como um reboot (me senti um pouco vendo um reboot, porque o universo Marvel já se expandiu tanto, mas aqui, tudo retorna ao mais simples). Show.

 

Arrisco colocá-lo no top 4 da Marvel, depois do Capitas 2, Guardiões e Vingadores 1. Melhor que Vingadores 2 é. E eleva o nível do estúdio novamente.

 

*Tem 2 cenas pós-creditos, uma no meio e outra no final. A do final já faz ligações importantes pro próximo filme da Marvel...

Link to comment
Share on other sites

Filme-delícia demais. Tudo funciona agradávelmente bem. Elenco, história, personagens, humor. Curti MUITO.

 

E é lançado num momento oportuno. Depois do Vingadores 2, ter tropeçado nas pretensões, é bom ver a Marvel novamente entregando algo sem pretensões, simples e eficiente. Sem guerras, sem disputas mundiais, e etc. Só uma "pequena" história de origem bem contada, aí quase que funciona como um reboot (me senti um pouco vendo um reboot, porque o universo Marvel já se expandiu tanto, mas aqui, tudo retorna ao mais simples). Show.

 

Arrisco colocá-lo no top 4 da Marvel, depois do Capitas 2, Guardiões e Vingadores 1. Melhor que Vingadores 2 é. E eleva o nível do estúdio novamente.

 

*Tem 2 cenas pós-creditos, uma no meio e outra no final. A do final já faz ligações importantes pro próximo filme da Marvel...

 

você viu em 3d ou 2d?

Link to comment
Share on other sites

ô loco..uma cena bem legal...lembrei imediatamente "Querida, Encolhi as Crianças"

 

 

Considero que esse seja o filme mais "acessível" da Marvel. Falo mais no sentido daqueles pais que levam os filhos pra ver filmes e no fim só os filhos gostam. Mas nesse, vejo que mães e pais vão curtir também o filme. Vai agradar a gurizada e nerdaiada, mas tem material suficiente pra pegar um pessoal mais adulto que não tá tão ligado assim no universo Marvel.

Link to comment
Share on other sites

vingadores_310-750x380.jpg

Refazendo a Linha do Tempo da Marvel

Publicado em 16/07/2015 por Georgenor Franco Neto
 

Neste final de semana, mais um herói da Marvel estará nos cinemas, o Homem-Formiga (Ant-Man). Para alguns, ele abrirá a terceira fase da Marvel nos cinemas, para outros, encerrará a segunda fase. Para mim, cada Vingadores encerra uma fase. Mas, não estou aqui para discutir isso, quero aproveitar o novo filme para levantar outra falsa polêmica: os eventos de Homem de Ferro 3 (Iron Man 3) são posteriores aos evento de Capitão America: O Soldado Invernal (Captain America: The Winter Soldier). Essa é a melhor forma de explicar certos aspectos do último filme solo de Tony Stark (Robert Downey Jr.) Ou, ao menos é uma forma de deixar a linha do tempo do Universo Marvel mais lógica.

Para quem não viu o filme, alerto para spoilers cabeludos nos próximos parágrafos. Assim, se prosseguir, a responsabilidade é sua e você abre mão do direito de reclamar no espaço de comentários!

homemdeferro3_69.jpg

 

Homem de Ferro 3 foi lançado em 2013 e Soldado Invernal em 2014. Se tivesse sido o inverso, o Universo Marvel não teria um furo lógico. Na época do lançamento, Homem de Ferro 3 gerou certa polêmica entre os fãs por causa do rumo que deram ao personagem Mandarim (Ben Kingsley). Muitos também notaram a total ausência da S.H.I.E.L.D. ou de qualquer companheiro de equipe de Stark; nem mesmo o Hulk/Bruce Banner (Mark Ruffalo), que aparece no pós-crédito, deu as caras.

Nos dois primeiros filmes do Homem de Ferro, a S.H.I.E.L.D. era presença garantida, especialmente no segundo filme. Contudo, as ameaçadas que Tony sofreu no terceiro Homem de Ferro foram muito, muito, muito maiores, mas da S.H.I.E.L.D. não apareceu nem o escudo! Gente, detonam toda a casa do Tony e Nick Fury (Samuel L. Jackson) nem manda lembranças.

Samuel-L-Jackson-Nick-Fury.jpg

Claro que a S.H.I.E.L.D. não precisa aparecer em todos os filmes da Marvel, mas sua ausência no Homem de Ferro 3 ficou muito estranha, especialmente pelo histórico dos filmes anteriores. Neste filme, ficou claro que a Marvel ainda precisa azeitar melhor suas engrenagens, tomando cuidado com os pequenos detalhes.

Em Soldado Invernal, a S.H.I.E.L.D. foi protagonista da história. Por de trás do ataque do Soldado Invernal/Bucky Barnes (Sebastian Stan), estava a HIDRA. Toda a (excelente) narrativa gira em torno do plano da HIDRA de, secretamente, estimular conflitos para justificar o uso pela S.H.I.E.L.D. de armas de destruição em massa. Ao final, a S.H.I.E.L.D. acaba dissolvida.

imagem-filme-capitao-america-o-soldado-i

Não podemos mudar as datas de lançamento, mas podemos alterar a linha do tempo e estipular que, os acontecimentos do Homem de Ferro 3 transcorrem depois dos eventos do Soldado Invernal. Ora, não há nenhuma novidade nisso. Muitos filmes e livros já tiveram as suas cronologias narrativas dissociadas das cronologias de lançamento. O que são os prequels se não dissociações entre ordem cronológica e ordem de lançamento? Ao menos, com essa interpretação, torna-se plausível a total ausência da S.H.I.E.L.D. no momento em que Tony Stark passa por um de seus piores momentos.

E ai, o que acham dessa reinterpretação da linha do tempo do Universo Marvel?

robert_downey_jr_bracomecanico.jpg

Link to comment
Share on other sites

vespa_1-750x380.jpg

Vespa terá papel importante na Fase 3 da Marvel Studios

Publicado em 17/07/2015 por Renato Marafon
 

Com ‘Homem-Formiga‘ nos cinemas, Kevin Feige já começa a falar sobre a Fase 3 da Marvel Studios. Segundo ele, a Vespa – que aparece brevemente no filme do herói diminuto – terá uma grande importância nos próximos filmes da Marvel.

 

[spoilerS]

“Ela certamente será um papel muito importante da nossa Fase 3; inclusive em alguns dos filmes que já anunciadas da Fase 3″, revelou Feige ao Yahoo.

 

Em uma das duas cenas pós-créditos, Hank Pym (Michael Douglas) dá a Hope van Dyne (Evangeline Lilly) o uniforme da Vespa, amarelo e com suas asas, e conta para ela o que aconteceu de verdade com sua mãe, a Janet van Dyne.

 

O filme do herói diminuto já está em exibição nos cinemas nacionais.

Sucesso! ‘Homem-Formiga’ deve arrecadar US$ 65 mi em sua estreia

Link to comment
Share on other sites

Assisti ao filme. E sobre aquela tal peça, que ele resgata desse tal lugar, pra que diabos serve aquilo?  :D

heheh nem sei direito. Acho que era pra desativar lasers ou algo bem genérico assim. rsrs

Revi o filme agora e ainda não saquei direito o lance rsrs

 

Mas pelo que entendi era pra desativar sinais da câmara onde estava a roupa do Jaqueta Amarela.

Link to comment
Share on other sites

Revi hoje, e provável que vá ver uma 3ª vez, porque vi dublado nas 2 vezes. Quero ver legendado...

 

Cinema aqui perto só tem sessão dublada, p.q.p. e nas 2 vezes não dava pra ver se não fosse por aqui. Devo ir em outro cinema da próxima vez (mas talvez vá ver legendado só blu ray mesmo).

Link to comment
Share on other sites

vespa_1-750x380.jpg

Vespa terá papel importante na Fase 3 da Marvel Studios

Publicado em 17/07/2015 por Renato Marafon

 

 

 

 

Com ‘Homem-Formiga‘ nos cinemas, Kevin Feige já começa a falar sobre a Fase 3 da Marvel Studios. Segundo ele, a Vespa – que aparece brevemente no filme do herói diminuto – terá uma grande importância nos próximos filmes da Marvel.

 

[spoilerS]

“Ela certamente será um papel muito importante da nossa Fase 3; inclusive em alguns dos filmes que já anunciadas da Fase 3″, revelou Feige ao Yahoo.

 

Em uma das duas cenas pós-créditos, Hank Pym (Michael Douglas) dá a Hope van Dyne (Evangeline Lilly) o uniforme da Vespa, amarelo e com suas asas, e conta para ela o que aconteceu de verdade com sua mãe, a Janet van Dyne.

 

O filme do herói diminuto já está em exibição nos cinemas nacionais.

Sucesso! ‘Homem-Formiga’ deve arrecadar US$ 65 mi em sua estreia

 

Devo assumir que tô mais com tesão de um Homem-Formiga 2, do que necessariamente a participação do elenco nos demais filmes da Marvel. Mas vamô q vamô.  :D  

Link to comment
Share on other sites

Devo assumir que tô mais com tesão de um Homem-Formiga 2, do que necessariamente a participação do elenco nos demais filmes da Marvel. Mas vamô q vamô.  :D  

Hahahahahaha!Eu acho é pouco, tomara que seja um sucesso e tenha Homem Formiga 2,3,4 e por ai vai e se possível caso não consigam contar muito do passado no cinema,a Marvel Studios se una com algum canal como a Netflix ou ABC pra fazer uma série do Hank Pym e da Janet Van Dyne como Homem Formiga e Vespa contando desde a década de 60 até a década de 80.E pra aqueles que no começo desse tópico só subestimavam o personagem e tal,e falavam que ele ia enfrentar o Homem Tamandua e tal :rolleyes: ,chupem  :P.

Link to comment
Share on other sites

Segue uma crítica quase despretensiosa, mas que acabou citando pontos importantes que não vi em outras:

 

A Gente Vimos: Homem-Formiga, por Maximus

 

 

Nesta quarta-feira saiu aquele que pode ser considerado o “menor” filme da fase 2 do Universo Marvel, Homem-Formiga, e, fora a crítica do Algures, fica a impressão que o MDM anda cagando e andando pro filme. Pra retificar esta situação, resolvi contar nesta crítica o que eu achei do filme, mesmo sem ninguém ter perguntado.

Esta crítica tem spoilers, e é focada em quem já viu o filme, então não espere uma crítica que dê uma visão geral do que é o filme, mas sim meus principais pontos de interesse ao ver o filme.

 

 
O Bom

Ant-Man-7.jpg?resize=618%2C342

O filme é, estruturalmente, muito similar ao primeiro Homem de Ferro. Começa mostrando o Scott Lang como um cara safo mas de bom coração que, devido a vários problemas, acaba tendo que se tornar um herói com seu traje especial, para termos um segundo ato de treinamento e uso de poderes, para fechar o filme com um grande empresário ficando louco, usando um traje de poderes similares e terem uma batalha curta.

O Paul Rudd ficou um bom Scott Lang. Apesar de o personagem não ser um Tony Stark que rouba a cena sempre que aparece, achei o estilo “cara que está entrando numa parada muito acima do nível dele” condizente com a história do personagem.

Hank Pym do Michael Douglas também ficou um personagem muito bom,e com um pouco da personalidade dele nas HQs. O Douglas passa bem a imagem de alguém que foi um herói um dia mas hoje está velho e o pinto não sobe mais. Um cara com o coração no lugar certo, mas que acaba agindo de forma meio escrota por causa disso, fazendo o que ele considera certo sem contudo levar em conta como isso afetaria as pessoas a sua volta, e que fica se remoendo pelos erros do passado.

Ant-Man-1.jpg?resize=618%2C450Você é um rapaz simpático, agradável, pena que perde tempo com bobagem.

Mas o grande destaque vai para a (sampa) crew do Scott Lang, em especial para o Luis, que rouba a cena no filme, tendo um papel similar ao da Kat Dennings no filme do Thor, só que muito menos agradável aos olhos.

Kat-Dennings4.jpg?resize=618%2C494Bem Menos.

São deles os melhores momentos do filme, e eles garantem que um filme que poderia ser esquecível por não fazer nada de muito novo se tornar memorável. Quem sabe um dia a Marvel percebe o potencial deles e faz um seriado Spinoff só com eles. Provavelmente faria tanto sucesso quanto a série dos Pistoleiros Solitários.

O Mau

Apesar do Michael Douglas e do Paul Rudd estarem bem no filme, o mesmo não se pode dizer da Evangeline Lily. A “Kate” não parecia muito a vontade no papel de Hope, especialmente na primeira metade do filme. Dava um pouco a impressão de que ela estava constrangida com o papel que ela teve no filme, e o romancezinho entre ela e o Paul Rudd pareceu meio jogado. Ela melhora um pouco perto do fim do segundo ato, mas ainda assim é o elo fraco do filme.

4551768-6290241984-ant-m.jpg?resize=618%Apesar de ainda estar linda.

Falando em fraco, e esse vilão hein? O Jaqueta Amarela, vulgo Darren Cross, ficou muito jogado na trama, especialmente depois de por a armadura. Não ajudava em nada ficarem falando que foram as “particulas Pym” que mexeram na cabeça dele, sendo que ele não se diminui nenhuma vez antes do final do filme. Então onde caralhos ele foi “exposto” às particulas? A Hope não foi exposta junto?

ant-man-trailer-2-analysis-3-darren-crosCalma sua piranha, calma.

Esse problema do vilão se exacerba no terceiro ato do filme, onde ele deveria se consolidar como ameaça. O problema é que é tudo muito corrido, muito jogado. Apesar da luta no helicóptero ter sido bem legal, tudo se resolve muito rápido. O fim do golpe para acabar com os dados sobre Jaqueta Amarela se misturam com a luta final, misturando o fim do segundo ato com o terceiro.

yellowjacket-1434973817.gif?resize=600%2

 

A luta final do filme me fez lembrar bastante da luta final do primeiro Homem de Ferro, que está lá apenas para constar, já que seria estranho um filme de herói sem uma luta final no seu desfecho. O final do filme teria um ritmo muito melhor se, por exemplo, o Darren Cross fugisse, e só depois viesse se vingar do Pym e do Lang usando a família dele, com um plano maior de vingança, por exemplo, e não fosse simplesmente as coisas acontecendo na doida. Sim, esse sou eu fazendo melhor então o roteiro do filme.

Outra coisa inesperada é que, apesar do que se dizia do roteiro desde o tempo do Edgar Wright, é que o filme não é tão engraçado quanto se imagina. Salvo o Luis, o humor e as piadinhas do filme muitas vezes me levavam apenas a um sorriso de canto de rosto. Por exemplo, a montagem de treinamento com ele aumentando de tamanho e ficando preso na areia foram um tanto quanto repetitivas. Apesar de ser um filme engraçado, no geral ele não é um filme divertidíssimo como Guardiões da Galáxia, por exemplo.

VIBnDQERYWjsGC_2_hd.jpg?resize=618%2C348

O Feio

Apesar de ser até esperado, o filme em alguns momentos parecia mais uma sequência de Querida Encolhi as Crianças do que qualquer outra coisa, especialmente nas cenas com as formigas gigantes. Mas confesso que o fato de fazerem o Scott se apegar às formigas (como a “Anthony”, por exemplo) foi legal.

ant-man-4.jpg?resize=618%2C333

Algo que me incomodou bastante foi a tentativa de sanitizar o passado do Scott Lang, dizendo que ele só roubou coisas de uma única companhia, em um estilo meio Robin Hood. O problema disso é que o filme tenta nos vender ele como um superladrão, que conhece tudo quanto é tipo de cofre e estratégias de roubo, quando na verdade ele só teve experiência com sistemas de segurança de uma única empresa.Seria melhor se tivessem deixado ele simplesmente ser um ladrão foda porém de bom coração. Acho inclusive que possivelmente este pode ter sido um dos pontos de discussão entre o Edgar Wright e a Marvel.

Apesar de ser uma luta legal, a cena com o Falcão foi visivelmente enxertada no filme para fazer o link com os Vingadores, já que fora isso ela não serve a nenhuma razão no roteiro, com o McGuffin (não clique nesse link, não tem volta) que ele vai pegar na base dos Vingadores ser facilmente substituível por uma bomba comum, por exemplo.

Falando em cenas descartáveis, a inclusão do Reino Quântico, apesar de ser um easter egg legal para quem já conhece o personagem, é completamente irrelevante no filme. Prestem atenção: ele entra no Reino Quântico, espera um minutinho, usa o disquinho e volta. Sem tensão, sem drama, sem função, sem nada. Se não tivesse havido, pouco mudaria o roteiro (tanto que não estava no original).

Concluindo

antman0007.jpg?resize=618%2C412

Homem-Formiga é um filme bacana, porém comum. Acho que esse filme é um dos maiores expoentes daquilo que o Nerd Reverso fala sobre os filmes da Marvel: “É um bom filme medíocre”. Não adiciona nada de novo ou pioneiro, mas não chega nem perto de ser ruim. Como citei no começo, é um filme muito similar ao primeiro Homem de Ferro, só que sem o efeito novidade e sem o Robert Downey Jr.

Única parte triste é só poder imaginar que tipo de filme Homem-Formiga seria na mão do Edgar Wright. Será que seria um filme que quebraria o molde da Marvel, como foi Guardiões da Galáxia, por exemplo?

 

Nota 7,5
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...