Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
CACO/CAMPOS

Nós, Dir: Jordan Peele

Recommended Posts

Nós | “Jordan Peele é o novo Spielberg”, dizem primeiras reações

us-trailer-jordan-peele-1068x713.jpg

Nós, o novo terror de Jordan Peele (Corra!) terá sua primeira exibição pública nos EUA no Festival South by Southwest nesta sexta-feira (8).

 

As primeiras reações começaram a sair, tanto do público quanto da crítica, e parece que o novo filme de Peele será um dos grandes filmes do ano.

Confira algumas reações abaixo.

 

Nós, de Jordan Peele, é insano! Um delírio horrível, incrivelmente inventivo, tem elementos de invasão domiciliar, filmes de zumbis, mas é diferente de tudo o que eu já vi. Totalmente cativante do começo ao fim”

Nós é uma tremenda experiência. Engraçado o bastante para te fazer rir, assustador o bastante para te assustar, genuinamente desolador em momentos e ancorado por performances duplicadas incríveis, especialmente a de Lupita”

“É oficial: Jordan Peel é o novo Spielberg. Nós será um dos maiores filmes do ano”

“Posso dizer sinceramente que nunca vi nada parecido com Nós, de Jordan Peele. É incrivelmente violento, cheio de coisas que eu não esperava que acontecesse, e completamente original. O público estava apavorado em algumas vezes. Se você espera outro Corra!, não é isso. Mostra que Peele tem muito a dizer”

Share this post


Link to post
Share on other sites

menos, bem menos.... o pessoal ta jogando confete demais nesse filme...logo, vou ir com muita expectativa achando que vou assistir mais um clássico do cinema e vou achar uma bosta.... da mesma forma que foi esse mesmo Corra, It Follows e A Bruxa... onde saí quase dando porrada na bilheteria exigindo meu dinheiro de volta!

us-artwork-alex-lanier-1-272x420.jpgus-artwork-daniel-norris-272x420.jpgus-artwork-danny-schlitz-282x420.jpg

us-artwork-everett-aldrich-272x420.jpgus-artwork-gustavo-cordero-272x420.jpgus-artwork-john-hayes-272x420.jpg

us-artwork-mark-ashburne-272x420.jpgus-artwork-mikhail-sebastian-272x420.jpgus-artwork-eileen-steinbach-1-272x420.png

us-artwork-dylan-liddiard-272x420.jpgus-artwork-beatriz-righetti-272x420.jpgus-artwork-walker-cates-conger-272x420.jpg

us-artwork-svenja-dembowski-272x420.jpgus-artwork-tevin-johnson-272x420.jpgus-artwork-scott-saslow-272x420.jpg

us-artwork-ryan-shumate-272x420.jpgus-artwork-colby-c-mitchell-272x420.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nossa Soto, eu acho a Bruxa e Corra sensacionais, fogem um pouco da linha narrativa do suspense e terror que já conhecemos, e não sei oque esperar ainda de Nos, mas Jordan Pelee tem surpreendido muito com sua criatividade autoral. E se seguir um plot da serie Alem da Imaginação, tem tudo para acerta em cheio os expectadores, e fico feliz de ver Lupita e o promissor Wintson Duke (Pantera Negra) como protagonistas. Estamos vivendo a era da diversidade, com ideias e conceitos novos de artistas contanto suas historias, sou negro estou adorando ver que abriu a porta de outras etnias terem seu devido espaço. Seja negra, asiática ou latina, o importante e ter qualidade e novas historias para contar, sem militância politica ou lacração, e sim a mais pura arte visual do entretenimento 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Big One said:

Abra seu coração @Jorge Soto  rsrsrs

 

11 minutes ago, CACO/CAMPOS said:

Nossa Soto, eu acho a Bruxa e Corra sensacionais, fogem um pouco da linha narrativa do suspense e terror que já conhecemos, e não sei oque esperar ainda de Nos, mas Jordan Pelee tem surpreendido muito com sua criatividade autoral. E se seguir um plot da serie Alem da Imaginação, tem tudo para acerta em cheio os expectadores, e fico feliz de ver Lupita e o promissor Wintson Duke (Pantera Negra) como protagonistas. Estamos vivendo a era da diversidade, com ideias e conceitos novos de artistas contanto suas historias, sou negro estou adorando ver que abriu a porta de outras etnias terem seu devido espaço. Seja negra, asiática ou latina, o importante e ter qualidade e novas historias para contar, sem militância politica ou lacração, e sim a mais pura arte visual do entretenimento 

calma gentem, mas é questão de superespectativa mesmo... prefiro nem ver essas opiniões e críticas pra não esperar aquela cocada toda que andam falando.. a última decepcão foi aquele tal de Hereditário, que falaram era o supra sumo do terror...pelamor, né..menos!? E viva as diferencas!?

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 3/9/2019 at 12:57 PM, CACO/CAMPOS said:

Estamos vivendo a era da diversidade, com ideias e conceitos novos de artistas contanto suas historias, sou negro estou adorando ver que abriu a porta de outras etnias terem seu devido espaço. Seja negra, asiática ou latina, o importante e ter qualidade e novas historias para contar, sem militância politica ou lacração, e sim a mais pura arte visual do entretenimento 

Meu caro, isso: "com ideias e conceitos novos de artistas contanto suas historias, sou negro estou adorando ver que abriu a porta de outras etnias terem seu devido espaço" é política,

 

portanto, não se deve lutar pra que seja adotado essa política, e não a política vigente de marginalizar a cultrua não eurocentrica e explorar sua mão de obra?

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ate acredito que o filme será muito bom, mas toda esta babação de ovo em cima do Peele pode ter o efeito Shyamalan.

Não que eu duvide da capacidade do Peele, mas que a cobrança e a pressão em cima dele para fazer algo semelhante ao que já tinha feito fica cada vez maior

Em tempo, adoro os filmes do terror contemporâneo (exceto o Babadok). Em termos de qualidade e profundidade, acho que são até melhores que grande parte dos adorados filmes de terror da década de 80. Mas não que os filmes de 80 não sejam mais divertidos na diversão tosqueira ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 3/9/2019 at 9:53 AM, Jorge Soto said:

menos, bem menos.... o pessoal ta jogando confete demais nesse filme...logo, vou ir com muita expectativa achando que vou assistir mais um clássico do cinema e vou achar uma bosta.... da mesma forma que foi esse mesmo Corra, It Follows e A Bruxa... onde saí quase dando porrada na bilheteria exigindo meu dinheiro de volta!

Segredo é sempre ir sem expectativa mesmo. hehe Até se ver comentários falando maravilhas e etc, o melhor é sempre ser meio cético ao ir ver qualquer filme.

Opinião dos outros nem sempre converge com a da gente (aliás, a maioria da vezes não converge mesmo).

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 hours ago, conan said:

Ate acredito que o filme será muito bom, mas toda esta babação de ovo em cima do Peele pode ter o efeito Shyamalan.

Única coisa que cobro do Peele agora é que faça um novo 'Além da Imaginação' primoroso. No resto, se ele falhar, eu nem ligo. hehehe

Share this post


Link to post
Share on other sites

Filme tem easter eggs de Goonies e Garotos Perdidos

Resultado de imagem para us film lost boys goonies
Nós, novo filme do diretor Jordan Peele, conta com uma história aterrorizante de uma família e seus sósias. Segundo informações do site Movieweb, o filme conta com easter eggs de Goonies e Garotos Perdidos.“Existe algo de Goonies lá. Tem uma icônica fala de Goonies no filme”, afirmou o diretor Jordan Peele.A fala em questão é “It’s our time now” (Agora é a nossa hora).“Existem três referências a Corey Feldman nesse filme, e elas se alimentam entre si”, revelou Peele.
As outras referências são do filme Garotos Perdidos.“Garotos Perdidos, é! Nós filmamos em Santa Cruz, e a primeira cena do filme é lá. É a mesma praia. É o mesmo parque de diversões. E é até 1986”, afirma o diretor.Jordan Peele confessou que Corey Feldman foi uma grande influência para o filme.“Corey Feldman, como vocês sabem, é uma figura muito importante em nossa geração. E Haim também.  Esses caras são a epítome do legal. Eles eram crianças, mais legais possíveis”, afirmou o diretor.

 

Utilidade Pública... o filme não tem cena pós créditos!?

 

divulgando filme no melhor estilo Jack Nicholson

 “Só trabalho e sem nenhum diversão”

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Visto NÓS

 

Resultado de imagem para Nós filme

 

  Na trama, a família Wilson, formada pela mãe Adelaide (Lupita Nyong'o), o pai Gabe (Winston Duke), a filha pré adolescente Zora (Shahadi Wright Joseph) e o filho caçula Jason (Evan Alex) vão passar alguns dias em sua casa de praia. As férias transcorrem normalmente, embora Adelaide se sinta incomodada em voltar á praia onde sofreu uma experiência traumática quando criança. Mas quando a noite chega, uma família exatamente igual aos Wilson invadem a sua casa, jogando Adelaide e sua família em uma luta pela sobrevivência que é muito maior do que eles imaginam.

  Após o sucesso de crítica e público de CORRA, de 2017, que conseguiu abocanhar o oscar de melhor roteiro original (um feito raríssimo para um filme do gênero) havia muita expectativa para o próximo projeto do diretor e roteirista Jordan Peele. Embora tenha gostado de CORRA, não o achava tão bom como diziam, e tinha problemas pela forma como o humor e o terror eram articulados, sendo assim, não fui com tanta expectativa assistir NÓS. E que bom, pois adorei o filme. NÓS, mantém todas as características narrativas e estéticas que Peele já havia apresentado em seu filme de estréia, mas que surgem aqui de forma muito mais madura. A direção de Peele é fantástica, mostrando um diretor, que ainda mais do que em CORRA, domina a linguagem do gênero, sabendo quando subvertê-la nos momentos certos. O roteiro possui personagens cativantes, e articula muito bem os momentos de humor e horror da trama, fazendo com que convivam harmonicamente mesmo dentro do absurdo. O caráter alegórico da obra surge de forma contundente, mas não invasiva, de modo a fazer pouco da inteligência do espectador. Destaco ainda a excelente trilha sonora, que casa perfeitamente com o clima da obra, seja o macabro canto de coral presente nos créditos de abertura, ou o remix sinistro de "I Got five on it" que toca nos trailers. Enfim, Jordan Peele acertou em cheio comigo com NÓS. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 Ninguém conferiu?

 

Em tempo

 

 

Nós': Jordan Peele fala sobre o significado da tesoura no filme; Confira!

Por Nefferson Taveira 
Publicado em 01/04/2019 às 11:28
 

O terror 'Nós' ganhou um novo vídeo com Jordan Peele explicando o significado da tesoura no filme.

Confira:

Superando todas as expectativas, o longa arrecadou surpreendentes US$ 70.2 milhões em sua estreia nos EUA. O resultado representa a MAIOR abertura de um filme original live-actiondesde 'Avatar' (que estreou com US$ 77 milhões há 10 anos).

A produção também conquistou a maior estreia da história de um filme para maiores de 18 anos, superando 'Um Lugar Silencioso' (US$50.2 milhões).

 

FONTE: CINEPOP

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Questão e o Sergio viram..segue quote do tópico O Que Você Anda Vendo e Comentando?

 

On 3/29/2019 at 10:16 AM, SergioBenatti said:

Admiro a Direção, a autenticidade, e a Trilha Sonora de Michael Abes, mas, sinceramente, a história não me cativou. Sei dentro de mim a razão: não gosto quando uma história aponta para múltiplos lados. Não é que goste de filme fechado. Mas é que quando um filme vira uma estrela de 12 pontas...me desanima. Parecem buracos. Aparecem buracos. Me desliga.

Esperava mais.

Lupita Nyong'o in Us (2019)

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tem vídeo do Pablo e ele teve a mesma reação que a minha (Pablo formou minha forma de ver o cinema, então quase sempre coincido com o mestre): de admiração, mas notando os buracos.

Lupita, pelo que estou sentindo, confirmada na competição de Melhor Atriz 2020, heim?!

Filme, muito forte também.

Eu amei a trilha.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

53 minutes ago, SergioBenatti said:

Tem vídeo do Pablo e ele teve a mesma reação que a minha (Pablo formou minha forma de ver o cinema, então quase sempre coincido com o mestre): de admiração, mas notando os buracos.

Lupita, pelo que estou sentindo, confirmada na competição de Melhor Atriz 2020, heim?!

Filme, muito forte também.

Eu amei a trilha.

Gostei da crítica do Pablo, mas diferente dele, gosto do fato do Peele deixar as metáforas ganharem vida, não as deixando tão engessadas, e não acho que isso cria incoerência temática. E quanto a reviravolta final, acho coerente, e confesso que eu meio que a antecipei na primeira cena (embora o filme me leve a crer que não fosse por tal caminho em certo ponto).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Curti muito. 

Só acho que com o Get Out, o Jordan tava mais livre, aqui depois do sucesso do Get Out, ele já achou que tinha que provar algo, fazer um filme tão bom quanto o outro, aí ele quis "engrandecer" o filme demais, e aí deu umas exageradas aqui e acolá (ator tem o 'overacting' quando exagera, diretor seria o quê? 'Overdirect'? hehe Era algo assim). Mas ok. O filme sobrevive a isso, já que tem muita parte tensa, atuação ótimas, e uma história perturbadora.

 

Sobre o twist: SPOILER

Eu tinha captado isso na cena que a mãe fala que a menina estava diferente, mas depois meio que esqueci isso (por o filme joga outras coisas na sua cara) e só fui lembrar no final quando a personagem tá revivendo a história, e falei, "Ah, sim, esse twist, tava esquecendo dele...". Acho que analisando esse twist, a cena da clone do mal contando a história pra personagem ali, não faz muito sentido já que ambas sabiam da história, e filme não coloca que as duas (ou uma delas) tenha esquecido do que rolou pra justificar essa fala extensa dela. E também não faz sentido a clone do mal se preocupar em ficar explicando a história dos clones ali, já que ela deveria estar cobrando da outra a vida que perdeu por causa dela, faria mais sentido, mas o filme tinha que explicar os clones e tals...

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 4/9/2019 at 11:02 AM, Jailcante said:

 

Sobre o twist: SPOILER

Eu tinha captado isso na cena que a mãe fala que a menina estava diferente, mas depois meio que esqueci isso (por o filme joga outras coisas na sua cara) e só fui lembrar no final quando a personagem tá revivendo a história, e falei, "Ah, sim, esse twist, tava esquecendo dele...". Acho que analisando esse twist, a cena da clone do mal contando a história pra personagem ali, não faz muito sentido já que ambas sabiam da história, e filme não coloca que as duas (ou uma delas) tenha esquecido do que rolou pra justificar essa fala extensa dela. E também não faz sentido a clone do mal se preocupar em ficar explicando a história dos clones ali, já que ela deveria estar cobrando da outra a vida que perdeu por causa dela, faria mais sentido, mas o filme tinha que explicar os clones e tals...

 

 Mesma coisa aqui. Logo, que a menina tem o encontro com o clone, eu fiquei pensando "Hmmm, elas trocaram". Mas depois, com a personagem da Lupita encontra a Red, e a Red comea a explicar tudo o que rolou, fiquei pensando "Não. O clone é o clone e a Lupita é a Lupita". Mas eu entendo que a Red, depois de viver tanto tempo entre os clones, meio que se sentia um deles, e como era "diferente" conseguiu organizar a revolta. E dizem que o clone da Lupita também era diferente, e por isso conseguiu escapar. Pelo menos fui o que eu entendi.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...