Jump to content
Forum Cinema em Cena

Fórmula 1 - Temporada 2010


Recommended Posts

Lewis Hamilton vai receber o troféu Bambi

Plantão | Publicada em 26/11/2008 às 10h45m

Lancepress

O inglês Lewis Hamilton, campeão da temporada de 2008 do Mundial de Fórmula 1, vai receber o troféu Bambi na próxima quinta-feira, durante uma cerimônia de premiação organizada pela mídia alemã. O piloto da McLaren será homenageado pelo fato de ter se transformado no mais jovem campeão da História da Fórmula 1.

A cantora americana Britney Spears também será premiada com o troféu Bambi por causa de seu retorno ao cenário musical internacional após uma série de problemas pessoais.

A cerimônia será realizada na cidade de Offenburg, na Alemanha, e também contará com a presença de outros premiados, como os atores Keanu Reeves e Meg Ryan, o tenor Placido Domingo e os estilistas Karl Lagerfeld e Tommy Hilfiger.

Link to post
Share on other sites
  • Replies 3.6k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Honda deve anunciar na sexta que sai da F-1

 

Warm Up
04/12/2008 - 17:27

 

Um anúncio bombástico é esperado para esta sexta-feira (5) no Japão. A Honda vai informar o fim de suas operações na F-1, como resultado imediato de dois fatores que aparentemente não têm relação direta, mas acabam funcionando como justificativa diante de seus acionistas: 1) os péssimos resultados nos últimos dois anos na categoria, com ridículos 20 pontos somados apesar dos cerca de US$ 400 milhões gastos por temporada; 2) a crise financeira mundial, que resultou numa forte retração nas vendas da montadora, especialmente no recessivo mercado americano, com queda de 32% nas vendas.

O Grande Prêmio soube que a Honda chamou todos os seus funcionários para participarem de uma reunião às 18h (horário inglês), em que foram comunicados dos planos de deserção da montadora. O anúncio deve acontecer às 13h30 de sexta (0h30 de Brasília).

A equipe de F-1, sucessora da BAR, sediada em Brackley, na Inglaterra, não vai necessariamente fechar as portas. Mas, como revelou o site "Grandprix.com" nesta quinta, já há uma frenética atividade no departamento pessoal do time, com muitos de seus funcionários disparando e-mails para outras equipes oferecendo seus préstimos profissionais. Para continuar existindo, a ex-BAR teria de sair atrás de patrocínios para pagar os custos da operação. Ou de um comprador. Nas últimas duas temporadas, a Honda não teve patrocinadores. Correu fazendo campanha ecológica.

A situação do time é parecida com a de Cuba quando da dissolução da URSS. A torneira que despejava milhões de rublos na ilha fechou repentinamente e a pequena nação caribenha teve de se virar com o que tinha em mãos. É mais ou menos esse o clima na fábrica de Brackley. De um dia para o outro, a equipe que hoje se chama Honda e é oficialmente sustentada pela matriz japonesa pode passar a ser membro do cada vez mais enxuto grupo das "independentes" — que hoje, na prática, só tem a Williams. Se continuar na ativa, a "nova Honda" não vai usar os motores japoneses.

O anúncio da Honda afeta diretamente dois pilotos brasileiros, que estavam escalados para os testes de Jerez de la Frontera na semana que vem: Bruno Senna e Rubens Barrichello. O recordista de GPs disputados, que teria sua última chance de permanecer na F-1 a partir dos resultados desses treinos, já teria sido avisado pelo time de que sua participação na sessão coletiva foi cancelada. Bruno espera o desenrolar dos acontecimentos, mas por via das dúvidas já reativou seus contatos com a Toro Rosso.

Também no Brasil, a Petrobras, que assinou com a Honda como fornecedora de combustível e patrocinadora para 2009, espera pelo anúncio da montadora para saber que rumo tomar. Caso o desfecho seja o esperado, o fim das operações oficiais da montadora na categoria, o contrato deve ser rescindido.

A F-1 tem hoje apenas dez equipes disputando o Mundial. Começou a temporada com 11, mas antes do GP da Turquia a Super Aguri, que até 2007 era integralmente financiada pela Honda, fechou as portas e teve todos seus equipamentos vendidos, inclusive através de prosaicos leilões no eBay. Se a Honda fechar de vez, serão nove times, 18 carros, no grid do GP da Austrália que abre a temporada do ano que vem.

Putz, quebrou as pernas do Rubinho e do Senna. 06
Angelo Voorhees2008-12-04 19:03:52
Link to post
Share on other sites
Honda deve anunciar na sexta que sai da F-1

 

Warm Up
04/12/2008 - 17:27

Putz' date=' quebrou as pernas do Rubinho e do Senna. 06
[/quote']

 

Será que nem assim o Barrica larga o Osso?

 

ou será que ele ainda pretende insistir em continuar dando vexame se arrastando pelas pistas em alguma equipe de 7ª categoria pior que a Honda?
Link to post
Share on other sites

 

Lembro-me do Button vencendo (e/ou fazendo pole ??) com a BAR pela primeira - e última (?) - vez e o Galvão pedindo para anotar esse nome' date=' que com a transformação da equipe para Honda tinha tudo para crescer... lol.gif [/quote']

 

Pois realmente tinha, ou vai dizer que não... Uma grande montadora como a Honda, e a Honda com os motores que deram os campeonatos para Senna e Prost... Por favor, né? É lógico que a fé que havia, por parte de todos, é que a Honda, depois de um tempo, se tornaria uma grande equipe dentro da F1, assim como a BMW fez ao comprar a Sauber... Mas, meteram os pés pelas mãos, fizeram carros e motores ridículos... E deu no que que deu... Então, não venha fazer troça de algo que há alguns anos parecia como verdade, e que hoje devido a incompetência de alguns simplesmente não se tornou...

 

E, aproveitando o ensejo... Barrichelo já foi duas vezes vice-campeão mundial de F1, tá sopa?

 

Link to post
Share on other sites

Grid com 18 carros... Tá ficando deprimente. Não me surpreendo se a Toyota cair fora também, gasta como equipe grande e tem resultado de equipe nanica. Quem sair por último apague a luz...

 

Não é por acaso que o Mosley tem lutado por redução de custos, inclusive com projeto de motor único e possibilidade de venda de chassis.
Link to post
Share on other sites

Mas também há chance de outras saírem, daí...

 

__________________________________________________________

 

Mosley admite que, após Honda, outras equipes podem deixar a F1

Das agências internacionais
Em Londres (ING)

A crise que abateu a Honda e a obrigou a retirar-se da Fórmula 1 pode afetar significativamente outras equipes também. A opinião é de Max Mosley, presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo).

Em entrevista à agência internacional Press Association, o cartola admitiu temer que outras escuderias sigam o caminho do time japonês. "Se piorarem as coisas, pode acontecer sim", reconheceu Mosley, que, no entanto, avisou que não tem nenhuma informação concreta e preocupante em relação às outras cinco montadoras da F1: Ferrari, Renault, Toyota, Mercedes-Benz e BMW.

O presidente da FIA também alertou para a oscilação do mercado, alertando que bons e maus momentos podem se alternar freqüentemente neste período de crise.

"Atualmente, ninguém pode dizer que estamos vendo o final do túnel e que as coisas vão melhorar. As ações [dos construtores] estão em alta há cerca de dois ou três dias, e podem pensar que as coisas estão melhorando. Pode ser que tenham razão. Mas talvez estejam equivocados", avisou Mosley. "E se a situação piorar para as montadoras automobilísticas, poderemos perder mais uma".

Nesta quarta-feira, Mosley comandará um encontro entre a FIA e a FOTA (Associação das Equipes de F1) em Monte Carlo, Mônaco, para discutir corte de gastos na categoria já previstos para as próximas três temporadas. Entre os temas em pauta estará a possível adoção de um motor-padrão, medida que tem causado polêmica e não é bem vista pelas principais escuderias.
Link to post
Share on other sites

Seria bom por esse lado.. mas seria péssimo para o desenvolvimentos de novas tecnologias para serem aplicadas nas ruas... Afinal... Mercedes, Toyota, Honda, Ferrari... todos testam os novos motores e afins na Formula 1 antes deles irem aos carros GT, e posteriormente para os carros de rua...

 

Link to post
Share on other sites

Nem todas equipes serão obrigadas a usarem o motor Cosworth:

 

As equipes que não optarem por utilizar os motores da Cosworth poderão desenvolver um motor próprio, que atenda às novas especificações da categoria. No entanto, a transmissão será obrigatória para todos os times. A produção vai ficar a cargo da Ricardo Transmissions, uma empresa britânica.
Link to post
Share on other sites

Peugeot e Citroen entram na luta para comprar a Honda F-1


Montadoras francesas já participam de outras competições automobilísticas






GLOBOESPORTE.COM

Rio de Janeiro




Tamanho da letra











Pilotos de rali da Citroen, Sebastien Loeb e Daniel
Elena festejando a vitória na França




O conglomerado formado pelas montadoras francesas Peugeot e
Citroen pode ser o futuro comprador da recém-fechada
equipe Honda
de Fórmula 1, prejudicada
pela crise financeira que atinge o mundo. Segundo a revista
belga “Autosportnieuws”, o grupo já teria começado as sondagens
para adquirir a fábrica de Brackley, na Inglaterra, sede da
antiga escuderia.


Tanto a Citroen, quanto a Peugeot têm intimidade
com as pistas. A primeira é a atual campeã de pilotos e
construtores do mundial de rali, enquanto a segunda participa da
Le Mans Series. Esta não seria a primeira vez da Peugeot na
Fórmula 1, ela que forneceu os motores da extinta equipe Prost,
do tetracampeão mundial Alain Prost.


Caso a compra pela Peugeot-Citroen se concretize,
Jenson Button, que está a pé desde a saída da Honda, voltaria a
ter emprego. Ao seu lado, pode estar o francês Sebastien
Bourdais, que não está confirmado pela STR para o próximo ano. O
grupo se tornaria o segundo de origem francesa no grid de
largada da Fórmula 1, que já tem a Renault, pilotada por
Fernando Alonso e Nelsinho Piquet.


Link to post
Share on other sites

Massa apóia economia na Fórmula 1, mas rejeita reduzir seu salário

Paula Almeida
Em São Paulo*

O brasileiro Felipe Massa, vice-campeão da temporada 2008 da Fórmula 1, voltou a se declarar a favor da tendência de redução de custos da categoria, nesta segunda-feira, em São Paulo. Ao ser questionado sobre receber menos, porém, o piloto recuou.

Disposto [a ter o salário reduzido] não", assegurou o ferrarista, sem hesitar. "Em um meio competitivo como esse, o piloto é peça fundamental. E o custo com os pilotos nem se compara com o budget (orçamento) total das equipes".

A afirmação de Massa vai de encontro ao que falou também nesta segunda o diretor esportivo da escuderia italiana. À revista Autosprint, Stefano Domenicali declarou que poderia pedir aos pilotos que aceitassem uma redução de salários.

"Todas as equipes grandes e pequenas apertam o cinto e analisam os custos com lupa", justificou o dirigente. "O passo seguinte na F-1 é dialogar com os pilotos sobre os contratos. No atual clima das equipes de topo, não se pode pensar em oferecer quantias de dinheiro aos pilotos".

Sem querer que a crise afete o bolso de sua classe, Felipe Massa mostrou-se favorável às primeiras medidas de corte de gastos aprovadas pelo Conselho Mundial da FIA há duas semanas. "Quanto mais a gente seguir trabalhando para reduzir os custos, melhor vai ser", apontou.

O paulista, no entanto, voltou a criticar veementemente a implementação de um motor único para os times. Segundo as previsões da FIA, a partir de 2010 as equipes que não são montadoras terão a sua disposição um propulsor padrão, mediante o pagamento de 5 milhões de euros. A princípio, aquelas que são fabricantes poderão continuar usando seus próprios motores.

"Não acho isso nada interessante. Lutar para diminuir os custos é importante, mas o motor único foge do que é a F-1, não pode acontecer", reclamou Massa. "Imagina a Ferrari correr com outro motor que não seja uma Ferrari, ou a Mercedes, ou a Toyota, ou a Renault. Isso não cabe dentro da casa automobilística que é a F-1".

Na opinião do piloto, a padronização dos motores poderia até vitimar outra escuderia da categoria, tal como a crise mundial fez com a Honda.

"Acho que com isso [motor único], teria uma chance ainda maior de perdermos outras equipes", avaliou. "Ficamos tristes com a saída da Honda. É importante manter um nível competitivo, e a gente não quer ver uma equipe importante deixando a categoria. É sempre mais legal enfrentar uma Honda, uma McLaren, uma Renault do que uma equipe que não seja de fábrica".

*Atualizada às 13h42

 

Farinha pouca meu pirão primeiro 06
Bronson2008-12-23 09:23:59
Link to post
Share on other sites

Na pressão, Alonso supera Schumacher, diz Briatore

 

Flavio Briatore vê em Fernando Alonso um piloto que sabe lidar melhor com pressão que Michael Schumacher, que está fora da F-1 desde o fim de 2006.

Em entrevista à revista "F1 Racing", o chefe da Renault analisou ambos os pilotos. Ele não disse qual é o melhor, mas ressaltou que o bicampeão erra menos que o heptacampeão, com o qual trabalhou na Benetton.

"São dois pilotos diferentes, de diferentes eras da F-1. Mas, entre os dois, Fernando comete menos erros que Michael. Quanto mais pressão você coloca em Fernando, melhor ele fica. Michael não era tão bom de lidar com pressão", afirmou.

Para Briatore, a ida de Alonso para a McLaren em 2007 melhorou o espanhol: "Fernando é Fernando. Ele veio com mais um ano de experiência. Nesse tipo de alto nível, especialmente em uma equipe muito competitiva, isso é muito importante".

O dirigente italiano ainda afirmou que não ficou feliz quando soube, em dezembro de 2005, que Alonso iria para McLaren em 2007. "Não foi um bom presente de Natal", declarou. "Mas não fiquei bravo ou decepcionado, somente triste."

En 2008, Alonso venceu duas corridas seguidas, os GPs de Cingapura e do Japão.

 

É, e ele sabe melhor do que ninguém.
Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...