Jump to content
Forum Cinema em Cena

Noite Passada em Soho (Edgar Wright)


Questão
 Share

Recommended Posts

  • 4 weeks later...
  • 2 weeks later...
  • 2 weeks later...

Noite Passada em Soho: Primeiras reações destacam atuação de Anya Taylor-Joy e criticam narrativa repetitiva

Noite Passada em Soho está prestes a chegar aos cinemas brasileiros — e as primeiras reações da crítica são mistas

VITÓRIA CAMPOS (SOB SUPERVISÃO DE YOLANDA REIS) PUBLICADO EM 29/10/2021, ÀS 21H30

 
None Anya Taylor-Joy em Noite Passada em Soho (Foto: Divulgação)

Estrelado por Anya Taylor-Joy e Thomasin McKenzie, Noite Passada em Soho (2021) é o primeiro filme de terror psicológico de Edgar Wright. A produção promete ser uma louca viagem entre realidade e alucinação — e as primeiras reações da crítica são mistas. 

As críticas positivas destacam o desempenho de Anya Taylor-Joy e Thomasin McKenzie e a capacidade do longa em entregar uma experiência divertida com cara dos anos 1960. Segundo o Metro, “o tão elogiado filme e seu elenco empolgante tinham muito o que viver, e cumpriram amplamente o que foi prometido.”

Para a Empire, Noite Passada em Soho é um ponto de partida para o diretor. “A ambição de Wright sempre foi seu trunfo mais louvável, e aqui, de costas para as comédias de seu passado, é onde tudo brilha mais, trazendo uma energia propulsora a este novo território desconhecido.”

Contudo, o ritmo impede o filme de ser aclamado pelos críticos. Há flashbacks intercalados com a história atual, e isso torna a narrativa repetitiva e cansativa para quem assiste: “Noite Passada em Soho é meramente febril: insistente, sobrecarregado, enlouquecedoramente repetitivo e — como as febres mais intensas — alternadamente suado e frio, e profundamente desagradável de experimentar,” segundo crítica do NPR

Para o EW, o longa se perde nas alegorias: “É um inferno da metade de um filme: um devaneio de néon descontroladamente estilizado cujo deslumbramento assustador só cai na terra quando sucumbe ao terror padrão do pântano no ato final.” 

 

FONTE: ROLLING STONES

Link to comment
Share on other sites

Last Night of Soho é um simpático thriller psicológico que é um deslumbre visualmente falando, e  se apoia muito no carisma e talento de sobra de suas duas protagonistas principais, o que é ponto positivo. Bebendo da fonte do Hitchcook, do giallo de Argento  e principalmente da psicodelia do Lynch (Cidade dos Sonhos!!) o diretor constroi uma boa película de mistério, que pode confundir pelo excesso de informacao. E certas paragens até da pra lembrar De Volta pro Futuro.. Mas o filme parece derrapar de leve no terceiro ato, onde se apressa (e coloca rápido nisso!) em amarrar pontas deixadas. Ainda assim vale a bizoiada, principalmente pela gostosa trilha sonora sessentista e linda sequencia de danca, onde as duas protagonistas se intercalam com o Matt Smith. Ah, e na performance da baladinha Downtown. É daqueles filmes que quanto menos se souber, melhor...que foi meu caso. 8,5-10

Poster: LAST NIGHT IN SOHO (Thomasin McKenzie, Anya Taylor-Joy) MOVIE –  Lost Posters

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...