Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
SergioB.

Oscar 2020: Previsões

Recommended Posts

20 hours ago, SergioB. said:

Abra espaço para "The Lion King".

Por isso sou ruim nessas listas de previsões, hehehe porque acabo colocando um gosto pessoal no meio e acabo deixando de analisar o panorama geral.

 

O Rei Leão, sei lá, considero animação mesmo, e assim estaria de fora de efeitos especiais, por isso nem vi que ele tava ali na relação, meio que apaguei mentalmente ele. Claro que é visão minha. Membros da Academia pode ter outro olhar sobre e ele ter chances, não sei.

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 hours ago, Jailcante said:

Por isso sou ruim nessas listas de previsões, hehehe porque acabo colocando um gosto pessoal no meio e acabo deixando de analisar o panorama geral.

 

O Rei Leão, sei lá, considero animação mesmo, e assim estaria de fora de efeitos especiais, por isso nem vi que ele tava ali na relação, meio que apaguei mentalmente ele. Claro que é visão minha. Membros da Academia pode ter outro olhar sobre e ele ter chances, não sei.

Acredito que ele deve ser até o favorito hoje.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É meio estranho (pra mim, pelo menos). Filme em animação em si é todo um efeito especial, nunca (pelo que lembro) que nenhum foi indicado como tal.

Mas Disney, pelo jeito, tem conseguido desvincular esse Rei Leão como animação (eu continuo achando que é, mas enfim).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meio off:

Globo de Ouro 2020: Era uma Vez em... Hollywood vai disputar nas categorias de comédia
Por Katiúscia Vianna — 28/10/2019 às 12:21
 

Rocketman, As Golpistas, O Escândalo e Judy também se envolveram em decisões polêmicas ao se inscrever para o prêmio.

Todo ano, existe aquele concorrente ao Globo de Ouro que parece não estar na categoria correta. Perdido em MarteCorra! Green Book foram parar em comédia. Nasce uma Estrela Bohemian Rhapsody disputaram drama, mesmo sendo musicais... Quem será o centro das polêmicas em 2020 será Era uma Vez em... Hollywood!

Foi anunciado que o filme de Quentin Tarantino se inscreveu para concorrer nas categorias de comédia e/ou musical do prêmio da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, mesmo sendo visto como um drama pela crítica especializada. Títulos como As Golpistas Jojo Rabbit também penaram para decidir suas posições e vão parar nesse grupo de indicados.

Era uma Vez em... Hollywood vai ganhar versão estendida

Ao mesmo tempo, filmes com um teor mais sarcástico, como O Escândalo Dois Papas entraram em drama, por exemplo. A questão musical também segue sendo um desafio de encaixar: Judy, biografia que traz Renee Zellweger como Judy Garland, foi inscrito nas categorias dramáticas; enquanto a Paramount colocou Rocketman, de Taron Egerton como Elton John, na categoria comédia e/ou musical.

De forma geral, outros nomes que se destacam entre os concorrentes dramáticos até o momento são Coringa, História de um Casamento, Nós, O Irlandês, Ad Astra, A Beautiful Day in the Neighborhood, Downton Abbey, Ford vs. Ferrari, O Farol e Adoráveis Mulheres. Já comédia e/ou musical traz candidatos como Fora de SérieMeu Nome é DolemiteEntre Facas e Segredos, A Lavanderia, Casal ImprovávelLate Night e Uncut Gems.

A cerimônia do 77º Golden Globe Awards acontecerá em 5 de janeiro de 2020. Os indicados serão revelados em 9 de dezembro deste ano.

http://www.adorocinema.com/noticias/filmes/noticia-151448/

Globo de Ouro sempre me passa essa sensação de: Zona. Desculpe.

Eles fazem essa separação, mas no fim, muitos filmes não obedecem. Esses casos citados aí são complicados. Perdido em Marte e Corra! como comédia (?) e Bohemian Rhapsody fora da categoria de musical são meio bizarros mesmo (o do Tarantino entrar como comédia/musical nem acho absurdo, na verdade, até que faz sentido...).

**Mas esse ano estava querendo acompanhar porque seria o único lugar que Rocketman poderia ganhar algo mais relevante com essa separação de comédia/musical e drama, só que filme comédia/musical deve ir pro do Tarantino, e ator, bem possível, que vá pro Eddie Murphy, então, não deve rolar nada lá mais importante pro filme... Enfim.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Oscar deve unificar categoria de som:

https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2019/12/05/oscar-estuda-unificar-premiacao-para-categorias-de-som-a-partir-de-2021.htm

 

É complicado, porque quem não é especialista no assunto, vai confundir mesmo e tende a votar igual nas 2 categorias. Não sei qual seria a solução pro assunto... Unificar talvez seja uma (se membros da academia vão continuar votando de qualquer jeito, simplesmente repetindo voto, melhor deixar só uma mesmo).

**Eu me lembro da época que era unificado e quando resolveram dividir. Na época, pensei "qual diferença de um pra outro?", mas nunca fui atrás de saber qual seria. Até hoje não sei realmente (se fosse membro da academia, acho que teria ido atrás de saber, porque não gostaria de votar assim sem conhecimento).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Globo de Ouro tem que mudar a categoria pra Drama e "Gênero", e aí entra comédia, terror, sci fi... Pra não cometer mais aberrações como Get Out em comédia.

Claro, nem assim Era Uma Vez em Hollywood se enquadraria nisso. Bizarro demais.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Já nos primeiros segundos, quando os tons daquela música-tema esplendorosa começam, os fãs da série já tremem de expectativa/nostalgia. Porque "Downton Abbey" é  simplesmente sinônimo de perfeição. Elegância, refinamento, romance, crítica social, hierarquias corroídas pelo tempo, pelo capitalismo, muito mais eficientes do que pela luta de classes, by the way....

Julian Fellowes ganhou o oscar pela obra-prima "Gosford Park", e decidiu anos depois estender o universo dessa história em uma série, na qual o mundo dos empregados e o mundo dos nobres é mimetizado, e posto num espelho. A série foi um sucesso, mas, confesso, o último ano dela não fechou à altura do seu potencial. O filme então se torna um presentão para os fãs da série, que saem redimidos e entusiamados. E para quem não conhece a história, não tem problema, há pequenas e rápidas explicações, que são suficientes para se entender as relações. Ótimo (e difícil) roteiro, mas, contudo, sem um "problema" forte para ser resolvido. Mas a série é assim: uma questiúncula desenvolvida com charme, graça, e elegância,  pelos adoráveis personagens, interpretados por uma turma de atores ingleses sensacionais.

É muito difícil apontar qual é o melhor ator, e qual a melhor atriz. Apenas, é consenso, Maggie Smith paira sobre todos, porque ela é uma das maiores atrizes de todos os tempos. Vai para o Oscar? Não sei. A cena final dela a coloca na disputa.

Figurinos e Design de Arte são magníficos. Mas pra mim, confesso, não apresenta novidade. Todo capítulo da série era esse mesmo primor. Não sei se os "branches" da Academia vão entender assim também. Como exemplos de finesse, mas sem "novidade" propriamente. Arriscaria dizer que o conceito de derivatido da série possa prejudicar o filme entre os votantes No Oscar.

Para quem assiste, entretanto, não há problema. Pelo contrário. "You don`t care about Donwton!", uma das frases primordiais da série, continua servindo como fronteira entre aqueles que sabem apreciar a riqueza verdadeira.

Maravilhoso! Um deleite!

Downton Abbey (2019)

Share this post


Link to post
Share on other sites

DETROIT FILM CRITICS SOCIETY 2019:

BEST FILM
The Irishman
Jojo Rabbit
Marriage Story
Once Upon A Time In Hollywood
Parasite

BEST DIRECTOR
Noah Baumbach – Marriage Story
Bong Joon-ho – Parasite
Martin Scorsese – The Irishman
Quentin Tarantino – Once Upon A Time In Hollywood
Taika Waititi – Jojo Rabbit

BEST ACTRESS
Scarlett Johansson – Marriage Story
Julianne Moore – Gloria Bell
Lupita Nyong’o – Us
Charlize Theron – Bombshell
Renee Zellweger – Judy

BEST ACTOR
Robert De Niro – The Irishman
Adam Driver – Marriage Story
Robert Pattinson – The Lighthouse
Joaquin Phoenix – Joker
Adam Sandler – Uncut Gems

BEST SCREENPLAY
The Irishman
The Lighthouse
Marriage Story
Once Upon A Time In Hollywood
Parasite

BEST ENSEMBLE
Dolemite Is My Name
The Farewell
The Irishman
Once Upon A Time In Hollywood
Parasite

BEST ANIMATED FILM
Frozen 2
How To Train Your Dragon: The Hidden World
I Lost My Body
Klaus
Toy Story 4

BEST USE OF MUSIC
1917
Once Upon A Time In Hollywood
Rocketman
Uncut Gems
Wild Rose

BEST DOCUMENTARY
Amazing Grace
Apollo 11
Horror Notice: A History Of Black Horror
Knock Down The House
Rolling Thunder Review: A Bob Dylan Story by Martin Scorsese

BREAKTHROUGH
Ana de Armas – Knives Out, The Informer & Yesterday
Jessie Buckley – Wild Rose & Judy
Kaitlyn Dever – Booksmart & Them That Follow
Aisling Franciosi – The Nightingale
Paul Walter Hauser – Richard Jewell, Late Night & Beats
Florence Pugh – Fighting With My Family, Midsommar & Little Women
Lulu Wang – The Farewell
Olivia Wilde – Booksmart

BEST SUPPORTING ACTOR
Willem Dafoe – The Lighthouse
Tom Hanks – A Beautiful Day In The Neighborhood
Joe Pesci – The Irishman
Brad Pitt – Once Upon A Time In Hollywood
Sam Rockwell – Richard Jewell
Wesley Snipes – Dolemite Is My Name

BEST SUPPORTING ACTRESS
Kathy Bates – Richard Jewell
Laura Dern – Marriage Story
Scarlett Johansson – Jojo Rabbit
Anna Paquin – The Irishman
Florence Pugh – Little Women

Share this post


Link to post
Share on other sites
27 minutes ago, SergioB. said:

BEST USE OF MUSIC
1917
Once Upon A Time In Hollywood
Rocketman
Uncut Gems
Wild Rose

"Melhor uso de Música" ???

nazareconfusamatematica.gif

 

Não tem melhor som, nem melhor trilha, nem melhor música, mas tem "Melhor Uso de Música".

Essa categoria sempre existiu ou eles inventaram nesse ano? hehehe

(não estou reclamando, Rocketman tá ali, então ok)

Share this post


Link to post
Share on other sites
34 minutes ago, SergioB. said:

BEST ACTOR
Robert De Niro – The Irishman
Adam Driver – Marriage Story
Robert Pattinson – The Lighthouse
Joaquin Phoenix – Joker
Adam Sandler – Uncut Gems

 

Adam Sandler de novo. Olha, essas premiações de críticos em geral já estão dando recado pra Academia que 5ª vaga, eles querem pro Sandler... Vamos ver se eles vão conseguir isso, ou sei lá.

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 12/5/2019 at 11:49 AM, Jailcante said:

HAHAHAHA Olha só o nível da ameaça:

 

Mas acho que ele vai continuar fazendo mesmo se ganhar. É meio furada essa promessa. hehehe

Capaz se ele tentar fazer um filme ruim de propósito, acabar saindo uma coisa boa😂

Share this post


Link to post
Share on other sites
21 minutes ago, Questão said:

Capaz se ele tentar fazer um filme ruim de propósito, acabar saindo uma coisa boa😂

hehehe

Pois é. Imaginado aqui que quando ele quis fazer filme bom, saiu os ruim, agora ele querendo fazer um ruim, pode acabar tendo o efeito contrário de novo, e sai algo bom.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

"Vou defender sempre com mãos de ferro essa premiação que quase ninguém leva a sério porque faço parte dela? Sim, com certeza!"

"Mas assumo que tem muito filme indicado ali que é ruim de doer, e ninguém sabe o que estão fazendo ali? Sim, também!"

 

Sim, eu interpretei o que ela disse assim. Desculpe. hehehehe

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um filmaço esse "Marriage Story", e, pra mim, é até estranho admitir isso pois o Noah Baumbach não é propriamente um diretor que eu adore. Mas não sou cego. É um filme excelente, realmente, que bebe em "Maridos e Esposas" do Allen, em "Cenas de um Casamento" do Bergman, e principalmente em "Kramer vs Kramer". Ou seja, é um filme de atores e de roteiro, basicamente, mas que tem muita elegância na montagem de Jennifer Lame", nos Figurinos de Mark Bridges, e na linda trilha de Randy Newman. Enfim, toda a parte técnica é eficiente.

Os primeiros 10 minutos são primorosos. Apresentam os dois protagonistas e, ademais, o problema do filme, de uma maneira inteligente e sofisticada. E o texto continua muito afiado, cheio de ironias, humor ácido, delicadezas, humanidade, embora apresentando as características do Baumbach de "superescrever" - o que, entendo, pode ser cansativo para certas pessoas. Só que há um alento: ele nunca escreveu tão bem! Há realmente um equilíbrio de comédia, drama, sofisticação, e cultura pop. É muito difícil escrever assim. Pule de 10 para o Oscar de Roteiro Original! Eu confiava muito na trama inesquecível de "Parasite" e sua organização dramatúrgica; mas esse aspecto do Roteiro ser tradicionalmente uma construção de palavras, uma deixa para atores brilharem, é muito forte, ressoa muito com o "branch" mais populoso da Academia, é dizer, os atores. 

Alan Alda está perfeito, em suas poucas cenas. Aos 80 e poucos anos, com um não escondido Parkinson, atua com muita verdade. Que pena só ter tido uma única indicação na vida, e ter passado em branco por, por exemplo, "Same Time, Next Year", de 1978, no qual estava fantástico. Ray Liotta é outro que sempre foi bom ator, e aqui dá mais uma amostra disso. Mas, entre os Coadjuvantes, Laura Dern está soberba. Deem o Oscar imediatamente para ela! Não há competição. Uma advogada inteligente, destemida, hilária, gananciosa, que está sempre com uma postura corporal pronta para entrar num ringue de palavras. Fantástica atuação! 

Scarlett Johansson está excelente, talvez seu melhor papel na vida. Anne Thompson disse algo que vou ter que concordar, apesar de Scarlett estar excelente, as pessoas não votarão por ela (nada a ver com defender Woody Allen). É que a personagem, de alguma maneira, é a "culpada". Fica difícil votar a favor "do problema" digamos assim. Achei muito curioso como a ótima atriz que faz a mãe de Scarlett - Julie Hagerty - imita a voz peculiar de Jennifer Jason Leight (que foi casada com Baumbach), e como a "esposa" , em certa altura, é acusada de projetar a mãe. Ficou bem clara pra mim a indireta.

Mas...gente...Adam Driver!!! Ele batiza, crisma, casa e encomenda! Até canta (numa cena linda). Mas é no encerramento de uma cena FA-BU-LO-SA de briga entre os protagonistas que ele , acho, garantiu seu Oscar de Ator, até mesmo contra nosso espetacular Joaquin Phoenix. Candidatíssima a melhor cena do ano. Só perdendo, a meu ver, pelo segredo de "Parasite".

Casamento, parece dizer o Baumbach, é para sempre. Não existe separação.

Filmaço!

Scarlett Johansson, Adam Driver, and Azhy Robertson in Marriage Story (2019)

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

NEW YORK FILM CRITICS ONLINE (NYFCO) 2019:

BEST PICTURE: Parasite

FOREIGN LANGUAGE FILM: Céline Sciamma – Portrait of a Lady on Fire (Portrait de la jeune fille en feu)

DOCUMENTARY FEATURE: Todd Douglas Miller – Apollo 11

ANIMATED FEATURE: Jérémy Clapin – I Lost My Body

DIRECTOR: Bong Joon-ho, Parasite

BEST ACTOR: Joaquin Phoenix, Joker

BEST ACTRESS: Lupita Nyong’o – Us

SUPPORTING ACTOR: Joe Pesci – The Irishman

SUPPORTING ACTRESS: Laura Dern – Marriage Story

ENSEMBLE: Knives Out (Chris Evans, Jamie Lee Curtis, Toni Collette, Katherine Langford, Michael Shannon, Ana de Armas, Don Johnson, LaKeith Stanfield, Jaeden Martell, Christopher Plummer, Frank Oz, K Callan)

BREAKTHROUGH PERFORMER: Kelvin Harrison, Jr. – Luce and Waves

DEBUT DIRECTOR: Lila Avilés – The Chambermaid

SCREENPLAY: Bong Joon-ho and Jin Won Han – Parasite

CINEMATOGRAPHY: Roger Deakins – 1917

USE OF MUSIC: Rocketman (Composer Matthew Margeson, Elton John, Bernie Taupin, Giles Martin. Performer Taron Egerton)

Top 10 Films of 2019:

1917
The Farewell
Hustlers
The Irishman
Jojo Rabbit
Joker
Marriage Story
Once Upon a Time…in Hollywood
Parasite
The Two Popes

Share this post


Link to post
Share on other sites


Atlanta Film Critics Circle (AFCC) 2019:
Picture: Parasite
Director: Bong Joon-Ho (Parasite)
Actor: Adam Driver (Marriage Story)
Actress: Renée Zellweger (Judy)
Supporting Actor: Brad Pitt (Once Upon a Time In...)
Supporting Actress: Laura Dern (Marriage Story)
Screenplay: Parasite (Bong Joon-Ho, Han Jin-Won)

 

Cinematography: 1917 (Roger Deakins)
Score: 1917 (Thomas Newman)
Documentary: Apollo 11 
Foreign Language: Parasite (South Korea)
Best Ensemble: The Irishman
Breakthrough Performer: Kelvin Harrison Jr.
Best First Film: Olivia Wilde (Booksmart)
Animated Feature: Toy Story 4

Top 10 Films:

  1. Parasite (NEON)
  2. The Irishman (Netflix)
  3. Marriage Story (Netflix)
  4. Once Upon a Time in Hollywood (Columbia Pictures)
  5. 1917 (Universal)
  6. Little Women (Columbia Pictures)
  7. Uncut Gems (A24)
  8. Knives Out (Lionsgate)
  9. Pain and Glory (Sony Pictures Classics)
  10. Apollo 11 (NEON)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...