Jump to content
Forum Cinema em Cena

Batman Begins


clark
 Share

Recommended Posts

Vamos aos números:

 

1

N

Batman Begins

WB

$46,935,000

-

3,858

-

$12,165

$71,087,000

$150 / -

1

2

1

Mr. and Mrs. Smith

Fox

$27,300,000

-45.8%

3,451

+27

$7,910

$97,961,000

$110 / -

2

3

2

Madagascar

DW

$11,100,000

-35.4%

3,533

-396

$3,141

$147,195,000

- / -

4

4

3

Star Wars: Episode III - Revenge of the Sith

Fox

$9,700,000

-34.7%

2,923

-399

$3,318

$347,802,000

$113 / -

5

5

4

The Longest Yard

Par.

$8,000,000

-42.4%

3,312

-342

$2,415

$131,905,000

$82 / -

4

6

5

The Adventures of Shark Boy and Lava Girl (3D)

Dim.

$6,633,000

-47.3%

2,655

-

$2,498

$23,955,000

- / -

2

7

N

The Perfect Man

Uni.

$5,478,000

-

2,087

-

$2,624

$5,478,000

$10 / -

1

8

6

Cinderella Man

Uni.

$5,233,000

-46.2%

2,610

-210

$2,004

$43,554,000

$88 / -

3

9

7

The Sisterhood of the Traveling Pants

WB

$3,170,000

-44.5%

2,206

-377

$1,436

$30,203,000

$25 / -

3

10

8

The Honeymooners

Par.

$2,570,000

-53.6%

1,912

-

$1,344

$9,473,000

$25 / -

2
Link to comment
Share on other sites

Batman Begins smiley10.gifsmiley10.gifsmiley10.gifsmiley10.gifsmiley10.gif

Depois de tanta espera, eis que fui conferir Batman Begins neste sábado.

Não poderia ser diferente. Sala lotada, filas crescentes e é claro, muita expectativa ate por parte dos "não- fãs" de HQ.

Batman Begins comecou como qualquer outro filme de Nolan: confuso, misterioso, mas que vai, aos poucos,  nos transportando para a mente de um personagem atormentado por seus medos interiores, pela culpa e pela sede de justiça, não de vingança, pois é exatamente esse o ponto chave do filme.

A remontagem em torno do passado de Bruce Wayne não poderia ser mais crivel e comovente. É no inicio do filme que o espectador passa a interagir com o personagem, a conhecer suas motivacoes, partilhar de sua angustia e principalmente, explorar a trajetoria de Wayne a caminho de seu posto como o justiceiro Batman.

O elenco de apoio é soberbo. Michael Caine surge com humor e simpatia, sendo responsavel por boa parte da emocao presente na trama. Katie Holmes está bem como Rachel Dawes e desenvolve aqui uma personagem realista, segura e que deixa pra tras as figuras femininas tradicionais na franquia, como a espalhafatosa Mulher Gato, cuja ausencia deve ser no minimo, aplaudida.

Mas o show realmente fica com Christian Bale. O ator que havia impressionado Hollywood uma vez em O Imperio do Sol (quando tinha apenas 13 anos!), faz sua volta triunfal como Batman, dando ao personagem tudo que lhe havia faltado até hoje. Bale faz do Homem Morcego um ser de multiplas personalidades, caracteristica que fica clara na mudança de voz do ator, sacada mais interessante do filme.

Batman Begins é racional. É virtuoso. É, acima de tudo, crível e coerente.

Alguns comentam a rapidez das cenas de luta entre Batman e seu oponentes. Mas, afinal, não era a agilidade e a desteza suas principais  qualidades como super herói?Não foi esse o maior legado deixado a Bruce pela Liga das Sombras ? A invisibilidade diante dos inimigos?

Quem fez essa critica certamente teve dificuldades em encontrar defeitos no filme. Eles existem, como em qualquer outro filme, mas são minoria se comparados a magnitude do roteiro e a atuacao firme e competente de Christian Bale.

Os fãs de Spider Man que me perdoem, mas Batman Begins já é a melhor adaptacao de um HQ para o cinema e, sem dúvida, o melhor filme do ano ate aqui.smiley32.gif

Bilheteria: Pra mim é fator irrelevante. Fiquei tao satisfeita com o filme que já saí pensando em uma possivel sequencia. A queda nas bilheterias é geral, nao afetou só BB. Deve ser temporario. O cinema vive de tendencias...e tendencias mudam.

scarlet_rose38522.6503356481
Link to comment
Share on other sites

Bom ai vai meu review.

 

Acompanho notícias relacionadas a esta produção desde a confirmação da contratação de Christopher Nolan e David Goyer. Por isso' date=' desde quando anunciaram que o novo filme não teria nada dos anteriores e se aproximaria mais da fonte eu estava confiante. Em teoria tudo parecia perfeito, a cada nova notícia era só alegria. Mas quando começaram a liberar fotos e trailers... algo não estava cheirando bem. Se a proposta era não ter nada dos anteriores porque o visual era praticamente o mesmo? Porque Christian Bale usava aquela mesma borracha horrível que Clooney usou em Batman e Robin? Está na cara que isso foi um dos (muitos) motivos do fracasso de bilheteria até aqui, o povo que não vinha acompanhando os bastidores tinham a nítida impressão de ‘mais do mesmo’. Tudo que era mostrado realmente não empolgava.[/quote']

 

Darth, vc tá parecendo o Bart ... se algo não estava cheirando bem era a sua disposição com o filme ... sabe-se lá pq ... o visual idêntico aos outros ???????? A roupa do Batman igual a dos outros ?????? Se o filme está mal de bilheteria se deve principalmente a tudo o que foi feito antes do que necessariamente foi mostrado sobre esse ...

 <?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Disse que algo já não cheirava legal. Pois bem. Isso se confirmou depois que vi o filme. Eu já havia assistido aos excelentes Amnésia e Insônia do ótimo diretor Christopher Nolan. Mas ao invés de trabalhar com liberdade e pouco orçamento (graças a isso pudemos perceber todo seu talento nestes dois filmes menores) aqui foi nitidamente ‘limitado’ e ‘podado’ pelos executivos da Warner (interessados apenas em grana) e pelo fraco roteiro do nada humilde David Goyer (o responsável pelo sepultamento da série Blade com o horroroso Triniti). Insuportável a primeira metade do filme (parece até um guia de auto-ajuda) com frases pretensiosas para tentar efeito' date=' mas que apenas soam piegas.[/quote']

 

Era de se esperar que se confirmasse mesmo, afinal vc já foi capaz de tirar tantas "conclusões" antes de ver o filme. Limitado e podado são coisas que definitivamente Nolan e Goyer não podem ser acusados, afinal eles entregaram nas mãos deles uma de suas franquias mais poderosas e permitiram que se imprimissem uma visão totalmente distinta e muito mais realista reformulando tudo aquilo que fora criado para o personagem no cinema até então ... Aquilo que soa piegas a vc, eu chamo de desenvolvimento.

 

Os atores de modo geral fazem sua parte. Mas sinceramente agora vejo que' date=' apesar de bom ator Christian Bale não é o Batman. Mais baixo que todo o resto do elenco, queixo fino demais para o personagem, péssima voz (que ficou pior ainda modificada por computador): não chega a ser um Vigo Mortensen, mas lhe falta o carisma de um Hugh Jackman que o personagem requer. Há, e Katie Holmes fraca como sempre. Não há a menor química entre os dois, e o romance consegue atrapalhar (também) a trama.[/quote']

 

Na minha opinião, Bale é o melhor Batman ... esqueça Keaton, Kilmer e Clooney ... ele é o Batman perfeito ... ah tá ! É por causa do queixo fino e da voz ... ah tá !!!!! Katie Holmes é uma atriz fraquíssima, mas ela aqui mostra uma segurança surpreendente ...

 

A ação também deixa a desejar' date=' as lutas não empolgam. E sinceramente, o que o novo batmovel faz (que eu apelidei ‘carinhosamente’ de O Trombolho) não justifica sua feiúra e péssimo design. E que porra de realismo é esse, onde vemos um tanque pular de prédio em prédio? A cena ficou pau a pau com a de Batman Eternamente em que o batmovel sobe verticalmente um prédio.[/quote']

 

A ação deixa a desejar ? Não concordo.

As lutas não empolgam ? Não concordo.

Será que devemos cobrar realismo dessa cena em questão ? E todo o resto não serviu de nada ????? Sabemos que o seu "batmóvel" não surgiu do nada, sabemos para qual a finalidade que ele foi criado, será que não poderíamos algo extraordinário ao ponto de ele executar tal feito ? Eu sei que tanques não voam ...

 

Os vilões... sinceramente... até a série animada Batman Animated Séries explorou melhor o Espantalho e Ra’s All Gull. Cillian Murphy (do exelente Extermínio) bem que tentou. E o maior ponto fraco do filme: sua reviravolta final. Pra mim simplesmente não funcionou.

 

Peraí ... não funcionou. Deixe-me ver ... o que não funcionou ? Ducard estava prestes a morrer, Wayne o salvou ... ele reaparece no final e se mostra como sendo o "fodão" da história ... sabemos como o tido Ra's All Gull havia sido derrotado ... puts ... será ?????

 

Mesmo com a bilheteria fraca é quase certo que teremos uma continuação. O problema é que essa bilheteria irá fazer a Warner forçar um próximo filme mais light para faturar mais. Não que eu esteja preocupado afinal este filme não me instigou a ver mais um. E é nítido o desconforto dos realizadores com este filme, uma vez que é incerto a volta deles.

 

Torço para que novo filme seja lançado independente da bilheteria ... mas torço ainda mais que mantenham o mesmo espírito dessa produção ... eu não vi a "pequena" aparição de Nolan no filme para ver nitidamente o seu desconforto ... o Goyer apareceu reclamando ? Tb não vi ... eles apenas realizaram um ótimo trabalho ... é isso que se mostrou nítido pra mim ...

 

Filme do ano? Por favor. Os melhores filmes do ano foram Closer' date=' O Clã das Adagas Voadoras e Sideways. A melhor adaptação de quadrinhos até aqui é Sin City (que conseguiu ser um excelente filme e ultra fiel a fonte, coisa que este Batman falhou em ambos quesitos). O melhor Batman do cinema pra mim foi o desenho longa metragem Batman A Máscara do Fantasma. E o grande Pipoca do ano de 2005 até aqui ainda é Star Wars Episódio III A Vingança dos Sith. 

Darth Maul – 04/10

[/quote']

TOP 5 DO ANO ( até então ):

1) CLOSER

2) O CLÃ DAS ADAGAS VOADORAS

3) BATMAN BEGINS

4) MENINA DE OURO

5) HORA DE VOLTAR

- Batman não falhou em não ser fiel a HQ, mas acertou ao ser uma ótima adaptação !!!!!!!;

- eu não vi "Sin City";

- o melhor "Batman" do cinema é "Batman Begins";

- FILME DO ANO: "BATMAN BEGINS"

Link to comment
Share on other sites

Os atores de modo geral fazem sua parte. Mas sinceramente agora vejo que' date=' apesar de bom ator Christian Bale não é o Batman. Mais baixo que todo o resto do elenco, queixo fino demais para o personagem, péssima voz (que ficou pior ainda modificada por computador)

[/quote']

Darth em momento REF... smiley36.gif

Link to comment
Share on other sites

- Aliás' date=' odiei o texto em geral do filme. Batman falando para a Dawsons Creek: "Fique calma, vc foi envenenada"  smiley36.gif[/quote']

Realmente SW tem um rival a altura!smiley36.gif

Editando:

O ugarde foi o primeiro a comentar o pior defeito do filme. Terça eu direi qual é.

Acho que ficou claro que o que te incomodou bastante foi a voz grave do Batman.

Se for isso' date=' falando por mim:

Sobre a voz do Wayne quando ele é Batman, gostei muito. Primeiro porque pra mim o Nolan quis filmar o Batman como se fosse um ser desconhecido, com altos tiques de filmes de horror (o que é a sua primeira aparição? Fantástico!). Segundo porque Wayne é uma figura absurdamente pública, conhecida mundialmente e principalmente em Gotham, então vai ficar dando bandeira vocal pra que?

[/quote']

Aqui cabe aquilo que eu frizava sobre o uniforme: se hipoteticamente ele usasse tecido (igual as hqs) ao inves de armadura ele ñ iria necessariamente morrer.

Sendo mais direto: um misero óculos esconde alguma idêntidade?

PS.: eu tbm não gostei da voz modificada de Bale (parece que foi alterada na edição). se ele alterasse naturalmente ainda ia...

Particularmente, acho que num filme que se propõe a levar o personagem a sério seria ridículo e até burro colocar uma pessoa absurdamente endinheirada, capaz de comprar um prédio com um papel e uma caneta sem o menor dos problemas, mas que prefere trajar pano em vez de investir seu rico dinheirinho num material que lhe dê proteção e agilidade ao mesmo tempo.

Já cansei de falar isso aqui Serge, mas vou dar uma resumida: como vc sabe que numa adaptação eu prefiro o meio termo (filme bom e fiel á fonte até onde der) eu esperava um Batman com o tecido das HQs (a prova de fogo),não só pela fidelidade mas tbm para dar uma diferenciada no visu dos anteriores. É praticamente o mesmo uniforme usado pelo Cloonney pô.

Fora que (de novo) o Batman mete medo na bandidagem agindo na espreita, nas sombras, com estrategia e rapidez, nao precisa peitar as armas que nem o Robocop (odiei a cena que ele fica paradão e leva um tiro da Rachel so pra provar que a armadura funciona).

O unifome (e não armadura) sempre funcionou nas HQ's e desenho animado. E não me venha com a conversa pra boi dormir que no mundo real não funcionaria. Cinema não é mundo real.

Negrito 1) Discordo totalmente.

2) Isso ardeu meus olhos. Parece até que você não viu o filme ou sequer as fotos. Tem pouco a ver com todos os uniformes já feitos.

3) Ela atirou. Queria que ele fizesse o que? Ele fez uma armadura que protege de tiros; se ela atirou, tem mais é que ficar parado mesmo. Afinal, essa é uma das funções da armadura, pô.

4) FODA-SE HQ e o desenho animado. "Batman Begins" é um filme, e eles quiseram colocara armadura, estão cagando para o que a HQ ou o desenho dizem sobre isso, e eu dou total apoio.

Sobre a segunda parte desse parágrafo, vou recolocar o que eu disse anteriormente:

Particularmente, acho que num filme que se propõe a levar o personagem a sério seria ridículo e até burro colocar uma pessoa absurdamente endinheirada, capaz de comprar um prédio com um papel e uma caneta sem o menor dos problemas, mas que prefere trajar pano em vez de investir seu rico dinheirinho num material que lhe dê proteção e agilidade ao mesmo tempo.

"Cinema não é real", mas "Batman Begins" busca com enorme dedicação uma realidade e contexto plausível para a existência de seu herói. Nossa, que "legal" seria ver um Batman vestido de tecido, um cara que defeca dinheiro, num filme absurdamente sóbrio, e parar pra pensar: "Peraí, mas... se alguém der um tiro no Batman? Ele morre? O Batman pode morrer com um tirinho perdido qualquer? Quer dizer que se o cercarem com 3 metralhadoras, acabou? Mas, se ele usa dinheiro até como papel higiênico, capaz de desenvolver ATÉ UM CARRO-TANQUE, porque diabos então ele não desenvolve algum tipo de colete, algo que lhe dê mais proteção?"

Em outras palavras: para esse filme do NOLAN, seria um furo pornográfico.

Link to comment
Share on other sites



The Ugly

- O filme mais "realista" tem numa de suas cenas primordiais bastante "irrealismo". Por quê qualquer pessoa' date=' quanto mais um bilionário, resolve sair de uma ópera por uma porta lateral que dá num beco sujo e escuro ao invés de simplesmente usar a porta da frente é a pergunta que fica no ar.

- Foi desperdiçada a chance de desenvolver melhor o conflito entre as filosofias de combate ao crime. Contaminado pela correção política, o filme mostra simplesmente que o herói é mais nobre, seja lá o que isso for. E o pior, essa idéia ridícula de destruir Gotham idiotiza a Liga das Sombras, que aparenta ser interessante mas no final fica apenas como mais um bando de "caras maus". Treinam para enfrentar individualmente 600 homens de uma vez, para serem furtivos, etc, mas na hora de trabalhar preferem apelar feio e mandar a coerência pro espaço.

- Não fecha na minha cabeça como o Bruce Wayne sai matando todo mundo ali na casa da montanha, ato que vai de encontro ao que ele tinha acabado de dizer. O mais idiota ainda é ele salvar o personagem do Liam Neeson, claramente mais forte que ele e que certamente ia querer se vingar. Clichê.

- Realmente comprar 10.000 unidades de um equipamento militar caríssimo não chama a menor atenção, saída genial.

- Alguém viu alguma razão para o clichê da libertação dos presos? A Liga das Sombras, que prima por se fazer invisível, ao invés de executar o seu plano discretamente prefere fazer um estardalhaço.

- O que o Ra's Al Ghul precisava fazer sozinho no trem mesmo?

- Lucius Fox e Bruce Wayne fazem um teste daquele carro pouco chamativo na empresa, mas ninguém deve ter reparado.

- Alguns se decepcionaram com a aparência do Bat-Móvel, mas se tem alguma coisa decepcionante ali é a potência né, porque apesar daquele barulho impressionante de arrancada, tinha sempre um carro de polícia bem na traseira.
[/quote']

Uly, minhas interpretações para esses pontos:

1) Não sei como é em Gotham, mas no principal teatro daqui, quando a peça começa, a porta de entrada não pode mais ser aberta até que a peça acabe. Para qualquer emergência ou caso que alguém precise sair, existem duas outras portas, uma de cada lado do teatro, que dão para a parte de trás deste.

2) De início, admito que pensei a mesma coisa. Só que a motivação da Liga das Sombras é outra: ela não quer exterminar Gotham, mas sim fazê-la começar do zero, porque aparentemente é uma cidade que não tem mais para onde ir, chegou em seu dead end. Achei ótimo, e um plano que (POSSÍVEL SPOILER DE UMA HQ) me faiscou na memória nada menos do que "Watchmen"!

3) E que outra escolha ele teria? Não havia mais nada a fazer a não ser partir pro pau. Se simplesmente não topasse matar o cara, acha que a Liga inteira ali iria falar "ah, ok, tudo bem, é a sua opinião, subjetividade, a gente discorda, mas você está livre, pode ir embora de boa para usar o seu conhecimento que aprendeu conosco para o que bem entender"?

Quanto a salvar o Ducard: Bruce teve uma relação bem próxima com ele; poxa, Ducard o tirou da prisão, foi seu mentor, o treinou física e psicologicamente... chega a ser natural que Bruce ainda o preze, julgue-o com esperança dele ainda ter bom senso, a única pessoa ali que acha que vale a pena se arriscar para salvar a vida. Além do mais, quando entrega Ducard ao "curandeiro", Bruce faz questão de pedir a este que diga ao seu ex-mentor que foi ele quem o salvou. É um esfrega-na-cara bonito, já que, em reverse, por tudo o que havia acontecido, Bruce poderia muito bem ter deixado Ducard morrer, EXATAMENTE um raciocínio que ele, Ducard, membro da Liga, segue. Pra mim, isso faz um arco muito bom com a derradeira cena no metrô (não vou contar pra não fazer super spoiler, mas é uma situação de extrema semelhança, executada em novas - ou apenas levemente modificadas, de acordo com esta situação específica - perspectivas de princípios e valores).

4) Existem as empresas Wayne, que administram inúmeros investimentos. Uma fácil desculpa como estar comprando aquilo para testes e desenvolvimentos destinados a busca de avanços tecnológicos na área de proteção militar (ou simplesmente proteção) já funcionaria.

5) Para a Liga, Gotham inteira iria se foder. Soltar os criminosos não só aumentaria o caos do extermínio como também os colocaria devidamente expostos para também serem mortos. (Mas, na verdade, vou prestar mais atenção nessa parte ao rever)

6) Ir embora?

7) Pareceu-me que aquele grande salão foi feito para testes. É grande, espaçoso, certamente um espaço criado para o Fox ou qualquer um que exercesse função semelhante. Não acho nada difícil que seja uma sala com forte isolamento de som.

8) CARA, AQUI SE TA SENDO MUITO CRI CRI! (copyright by Marcelo Masagão :')

Link to comment
Share on other sites



The Ugly

- O filme mais "realista" tem numa de suas cenas primordiais bastante "irrealismo". Por quê qualquer pessoa' date=' quanto mais um bilionário, resolve sair de uma ópera por uma porta lateral que dá num beco sujo e escuro ao invés de simplesmente usar a porta da frente é a pergunta que fica no ar.

- Foi desperdiçada a chance de desenvolver melhor o conflito entre as filosofias de combate ao crime. Contaminado pela correção política, o filme mostra simplesmente que o herói é mais nobre, seja lá o que isso for. E o pior, essa idéia ridícula de destruir Gotham idiotiza a Liga das Sombras, que aparenta ser interessante mas no final fica apenas como mais um bando de "caras maus". Treinam para enfrentar individualmente 600 homens de uma vez, para serem furtivos, etc, mas na hora de trabalhar preferem apelar feio e mandar a coerência pro espaço.

- Não fecha na minha cabeça como o Bruce Wayne sai matando todo mundo ali na casa da montanha, ato que vai de encontro ao que ele tinha acabado de dizer. O mais idiota ainda é ele salvar o personagem do Liam Neeson, claramente mais forte que ele e que certamente ia querer se vingar. Clichê.

- Realmente comprar 10.000 unidades de um equipamento militar caríssimo não chama a menor atenção, saída genial.

- Alguém viu alguma razão para o clichê da libertação dos presos? A Liga das Sombras, que prima por se fazer invisível, ao invés de executar o seu plano discretamente prefere fazer um estardalhaço.

- O que o Ra's Al Ghul precisava fazer sozinho no trem mesmo?

- Lucius Fox e Bruce Wayne fazem um teste daquele carro pouco chamativo na empresa, mas ninguém deve ter reparado.

- Alguns se decepcionaram com a aparência do Bat-Móvel, mas se tem alguma coisa decepcionante ali é a potência né, porque apesar daquele barulho impressionante de arrancada, tinha sempre um carro de polícia bem na traseira.
[/quote']

Uly, minhas interpretações para esses pontos:

1) Não sei como é em Gotham, mas no principal teatro daqui, quando a peça começa, a porta de entrada não pode mais ser aberta até que a peça acabe. Para qualquer emergência ou caso que alguém precise sair, existem duas outras portas, uma de cada lado do teatro, que dão para a parte de trás deste.

2) De início, admito que pensei a mesma coisa. Só que a motivação da Liga das Sombras é outra: ela não quer exterminar Gotham, mas sim fazê-la começar do zero, porque aparentemente é uma cidade que não tem mais para onde ir, chegou em seu dead end. Achei ótimo, e um plano que (POSSÍVEL SPOILER DE UMA HQ) me faiscou na memória nada menos do que "Watchmen"!

3) E que outra escolha ele teria? Não havia mais nada a fazer a não ser partir pro pau. Se simplesmente não topasse matar o cara, acha que a Liga inteira ali iria falar "ah, ok, tudo bem, é a sua opinião, subjetividade, a gente discorda, mas você está livre, pode ir embora de boa para usar o seu conhecimento que aprendeu conosco para o que bem entender"?

Quanto a salvar o Ducard: Bruce teve uma relação bem próxima com ele; poxa, Ducard o tirou da prisão, foi seu mentor, o treinou física e psicologicamente... chega a ser natural que Bruce ainda o preze, julgue-o com esperança dele ainda ter bom senso, a única pessoa ali que acha que vale a pena se arriscar para salvar a vida. Além do mais, quando entrega Ducard ao "curandeiro", Bruce faz questão de pedir a este que diga ao seu ex-mentor que foi ele quem o salvou. É um esfrega-na-cara bonito, já que, em reverse, por tudo o que havia acontecido, Bruce poderia muito bem ter deixado Ducard morrer, EXATAMENTE um raciocínio que ele, Ducard, membro da Liga, segue. Pra mim, isso faz um arco muito bom com a derradeira cena no metrô (não vou contar pra não fazer super spoiler, mas é uma situação de extrema semelhança, executada em novas - ou apenas levemente modificadas, de acordo com esta situação específica - perspectivas de princípios e valores).

4) Existem as empresas Wayne, que administram inúmeros investimentos. Uma fácil desculpa como estar comprando aquilo para testes e desenvolvimentos destinados a busca de avanços tecnológicos na área de proteção militar (ou simplesmente proteção) já funcionaria.

5) Para a Liga, Gotham inteira iria se foder. Soltar os criminosos não só aumentaria o caos do extermínio como também os colocaria devidamente expostos para também serem mortos. (Mas, na verdade, vou prestar mais atenção nessa parte ao rever)

6) Ir embora?

7) Pareceu-me que aquele grande salão foi feito para testes. É grande, espaçoso, certamente um espaço criado para o Fox ou qualquer um que exercesse função semelhante. Não acho nada difícil que seja uma sala com forte isolamento de som.

8) CARA, AQUI SE TA SENDO MUITO CRI CRI! (copyright by Marcelo Masagão :')

smiley32.gifsmiley32.gifsmiley32.gif Exatamente...essa do uniforme foi hilaria mesmo. Seria um furo imperdoavel no filme... Que povo mais cri cri! Que diabos interessa por onde o casal saiu?

A porta principal sempre fica fechada. Isso é regra em qualquer teatro que se preze.

Tem que ter brigado com o vizinho pra  enxergar uma picuinha dessassmiley36.gif

scarlet_rose38522.6785300926
Link to comment
Share on other sites

Qto. ao exemplo de Kill Bill 2, eu quis comparar com a luta no trem :quem assistiu sabe q ali não tinha como se esconder,agir nas sombras e ainda assim a cena ficou confusa. Qto. a agir furtivamente, nas sombras posso citar outro exemplo : o filme CAÇADO, onde o personagem de Benício Del Toro age de forma parecida, e ao assistir ao filme só as vítimas é q não consegue vê-lo e não o espector como ocorreu em Batman Begins.

Dito isto, gostaria de dizer (pra q vcs não pensem q eu sou um "Darth Maul" da vida) q fora esse aspecto q a mim desagradou muito, do mais o filme, por tudo o q já foi exposto aqui neste fórum, é sem dúvida a melhor adaptação do Morcego nas telonas, deixando os outros filmes a anos-luz de distância. Destaco os seguintes pontos (na minha opinião, é lógico):

- Christian Bale é Batman/Bruce Wayne;

- The Tumbler é o Batmóvel definitivo (deu um show na telona );

O traje para mim, é um capítulo à parte : Batman foi criado há 66 anos atrás e creio eu q se fosse criado hoje com certeza o uniforme seria + parecido com o q foi utilizado no filme. Batman= homem-morcego. Eu particularmente nunca vi um morcego com um emblema no peito ( Sim, pra mim em Begins eles poderiam ter tirado a insígnia peitoral).

Achei genial a releitura da capa, sendo usada para planar ( afinal todo morcego voa ).

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Serge Hall e demais.

A questão de ser extremamente rápido e efetivo' date=' visando anular cada adversário, se possível, com um único golpe, eu tb acho coerente com a figura de Batman.Inclusive, pelo q eu li na matéria da SET, essa é a proposta do sistema Keysi de luta. Pra mim, o grande problema é q a edição do filme deixou tudo isso confuso demais !!!

vou citar um exemplo : lembram-se daquela cena do filme O TROCO, em q o Mel Gibson vai ao encontro de um dos chefões da quadrilha q ele queria q lhe devolvessem o dinheiro ??? ele entra desarmado e em fração de segundos, põe os 2 capangas fora de ação. Eu esperava algo nesse sentido, porém ainda + refinado, já q Batman é um exímio lutador.

Outro exemplo : a luta da NOIVA e Elle Driver em KILL BILL 2 : apesar de ter acontecido dentro de um trailer apertado, ficou muito bom!!! Resumindo, o q estou criticando não é a luta em si e sim os cortes rápidos de uma câmera para outra, q na minha opnião, ficou tão vertiginosa qto aquela luz pulsante q usam nas danceterias.

 

[/quote']

Os dois exemplos que citados por você são de filmes onde a ação é nitidamente planejada para ser bem elaborada, para ficar bonita nos enquadramentos (e ficam).

"Batman Begins" busca uma coisa bem mais crua, um total clima de briga de rua. Tem meu total apoio.

De certo modo, é um choque muito grande, porque hoje em dia a ação cinematográfica está cada vez mais a procura de coreografias dançantes (nada contra - quando dá certo eu adoro): Kill Bill, Matrix, Homem-Aranha, Demolidor, X-Men, Star Wars, Tróia, O Senhor dos Anéis, etc.

Adoro todos estes, e não vou citar os orientais porque eles vivem dessa ação desde que o cinema deles existe. E eu mencionei só os mais renomados (ainda tem os do Vin Diesel, do The Rock, etc). "Begins" rema em sentido contrário, escolhe um caminho à moda antiga, tanto é que custou "só" 130 milhões, quantia relativamente barata se pensarmos que este é um summer movie que tras de volta um dos maiores ícones dos quadrinhos, conhecido mundialmente. "Sahara" saiu pelo mesmo preço, por exemplo.

Pois é: eu gostei muito desse choque. É um efeito quase nostálgico, briga na tora, como realmente é: carne batendo em carne. As brigas aqui resumem-se basicamente em "porrada-som-montagem". É de uma simplicidade que, sinceramente, dá gosto de ver numa superprodução, num blockbuster. É um blockbuster atípico. Bato palmas: smiley32.gif

Link to comment
Share on other sites

Fã do Morcego' date=' eu gostei das lutas e de como foram montadas. É de uma objetividade perfeita para o clima real adotado por Nolan; é pá!, pum! e a-ca-bou.


Um cara que nem se dá ao trabalho de terminar um diálogo (Batman chega, pega a informação que lhe interessa e se manda) quer mais é finalizar um problema físico (briga) em no máximo um ou dois tempos. Mais do que isso é desvantagem, é exposição demais para quem prefere, e com razão, ataque às escuras, ocultabilidade.


A montagem, pra mim, reflete cuidadosamente essa objetividade da agressão. Eu sei, eu sei mesmo, sei que pode soar ridículo o que eu vou falar, mas a montagem que a princípio me pareceu estranha nas primeiras cenas passou a ter significado dentro da história mostrada no presente momento, como se cada corte acompanhasse um soco, um golpe, como se a montagem também fosse agressor e agredido.


Acho que seria legal observar também que o filme quase não possui câmera lenta, ou mesmo qualquer outra ferramenta mais afoita da montagem. É quase tudo na base do corte ligeiro, inesperado, simples, estruturado mais à moda antiga.

[/quote']
Concordo. Bruce Wayne treinou para que Batman fosse letalmente rápido, furtivo, "invisível", isto é, mesclado às trevas. As lutas refletem isso; seria de todo descabido filmá-las em câmera lenta e às claras, como queriam alguns fãs.
O defeito que posso apontar reside, portanto, na primeira luta, ainda na cadeia. Ali Nolan deveria ter marcado bem as diferenças entre Bruce antes e depois do treinamento. Claro que ele mostra diferenças (a briga é menos técnica, quase de rua), porém a montagem, tão brusca e ligeira, como você tão bem explanou, quanto nas cenas do Batman, faz com que não as percebamos. Aqui, na briga com os seis presos, seria o caso de mostrar uma luta sem cortes, mais cansada e extenuante, por assim dizer, o que estabeleceria cinematograficamente, quando fossem mostradas as cenas de ação posteriores, a técnica que Bruce Wayne, como um ninja, adquiriu no treinamento a que foi submetido.

Sim, talvez ficasse interessante, mas penso da seguinte maneira:

Na prisão, Bruce JÁ É o Batman. Ou melhor: já tem muito de Batman, provavelmente a maior parte. Na verdade, o filme inteiro mostra a transformação de Bruce em Batman, até quando ele já fez o uniforme e tal. Acredito que ele só se transforma inteiramente em Batman na última cena do filme, quando Gordon lhe entrega aquele objeto específico.

A cada cena, a cada plano, a cada fotograma, Bruce é mais Batman e menos Bruce Wayne. Sendo assim, ali na prisão já era um Batman lutando, só que um Batman sem muito desenvolvimento de técnica. Bruce diz para o grandalhão que é "alguém para ele praticar". Ele tem razão - é Batman quem está praticando ali.

Link to comment
Share on other sites

Obs: Esse "ledo engano" citado acima foi por causa dos filmes do Joel Schumacher. O filme Batman Begins não tinha sido filmado na época dessas matérias.

Eu consigo embarcar perfeitamente na fantasia delirante do Tim Burton em seus dois Batmans. Acho "Batman" e "Batman - O Retorno" dois filmes maravilhosos.

Link to comment
Share on other sites

Ha Thiago, não tem jeito, sou fã do morcego mas o filme é fraco fraco... os do Burton são deficientes, mas possuem uma coisa primordial que falta a este: personalidade. Ha, esqueci de criticar a fraquíssima trilha sonora (feita a duas mãos só podia dar nisso).

Darth, vc tá parecendo o Bart ... se algo não estava cheirando bem era a sua disposição com o filme ... sabe-se lá pq ... o visual idêntico aos outros ???????? A roupa do Batman igual a dos outros ?????? Se o filme está mal de bilheteria se deve principalmente a tudo o que foi feito antes do que necessariamente foi mostrado sobre esse ...[/quote']

A borrachona horrível estava lá firme e forte. Só faltou os biquinhos nos peitinhos.

 <?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Era de se esperar que se confirmasse mesmo' date=' afinal vc já foi capaz de tirar tantas "conclusões" antes de ver o filme. Limitado e podado são coisas que definitivamente Nolan e Goyer não podem ser acusados, afinal eles entregaram nas mãos deles uma de suas franquias mais poderosas e permitiram que se imprimissem uma visão totalmente distinta e muito mais realista reformulando tudo aquilo que fora criado para o personagem no cinema até então ... Aquilo que soa piegas a vc, eu chamo de desenvolvimento.[/quote']

 

Não concordo. Reafirmo: se Nolan estivesse fazendo este filme de forma independente e com pouco orçamento, sem executivos precionando (afinal a Warner só vinha errando, errou com os batmans, Matrix, Blade e Mulher Gato) o filme seria completamente outro.

Na minha opinião' date=' Bale é o melhor Batman ... esqueça Keaton, Kilmer e Clooney ... ele é o Batman perfeito ... ah tá ! É por causa do queixo fino e da voz ... ah tá !!!!! Katie Holmes é uma atriz fraquíssima, mas ela aqui mostra uma segurança surpreendente ...[/quote']

 

Bale é melhor que os anteriores, o que não quer dizer nada. Pra mim o melhor Batman, por enquanto é o do desenho.

 

A ação deixa a desejar ? Não concordo.

As lutas não empolgam ? Não concordo.

Será que devemos cobrar realismo dessa cena em questão ? E todo o resto não serviu de nada ????? Sabemos que o seu "batmóvel" não surgiu do nada, sabemos para qual a finalidade que ele foi criado, será que não poderíamos algo extraordinário ao ponto de ele executar tal feito ? Eu sei que tanques não voam ...[/quote']

 

Sorry, mas discordo completamente de vc aqui. Fraco fraco....

Peraí ... não funcionou. Deixe-me ver ... o que não funcionou ? Ducard estava prestes a morrer' date=' Wayne o salvou ... ele reaparece no final e se mostra como sendo o "fodão" da história ... sabemos como o tido Ra's All Gull havia sido derrotado ... puts ... será ?????[/quote']

Ñ necessita de comentários aqui.

Torço para que novo filme seja lançado independente da bilheteria ... mas torço ainda mais que mantenham o mesmo espírito dessa produção ... eu não vi a "pequena" aparição de Nolan no filme para ver nitidamente o seu desconforto ... o Goyer apareceu reclamando ? Tb não vi ... eles apenas realizaram um ótimo trabalho ... é isso que se mostrou nítido pra mim ...

 

Talves surpreendam num segundo... mas quer saber? Pra mim a marga já se desgastou' date=' e é indiferente pra mim um novo Batman.

- FILME DO ANO: "BATMAN BEGINS"

smiley36.gif Tá bom vai....

Link to comment
Share on other sites

E é nítido o desconforto dos realizadores com este filme' date=' uma vez que é incerto a volta deles.

[/quote']

Salvo engano, nas SET eles informam que os principais envolvidos (elenco, diretor, roteirista, etc) assinaram para três filmes.

O Darth deve ser intimo dos caras pra afirmar com tanta certeza q eles nao estarao nas sequencias. É muito, mas muito provavel mesmo q hajam um segundo e terceiro filmes da franquia.

Link to comment
Share on other sites

 

E é nítido o desconforto dos realizadores com este filme' date=' uma vez que é incerto a volta deles.

 

[/quote']

 

Salvo engano, nas SET eles informam que os principais envolvidos (elenco, diretor, roteirista, etc) assinaram para três filmes.

 

Mas acredito que de acordo com a bilheteria desse filme a Warner pode desistir das continuações a qualquer momento...

Link to comment
Share on other sites


E é nítido o desconforto dos realizadores com este filme' date=' uma vez que é incerto a volta deles.


[/quote']


Salvo engano, nas SET eles informam que os principais envolvidos (elenco, diretor, roteirista, etc) assinaram para três filmes.


Mas acredito que de acordo com a bilheteria desse filme a Warner pode desistir das continuações a qualquer momento...

Talvez. Mas acho que vai acontecer sim, porque acredito que Begins vai se pagar tranquilo (130 milhões). Deve chegar a uns 250 sem surpreender, e de resto é lucro a mais.

Mas se você me perguntar, sim, estou consideravelmente preocupado.

Link to comment
Share on other sites

Que povo mais cri cri! Que diabos interessa por onde o casal saiu?

A porta principal sempre fica fechada. Isso é regra em qualquer teatro que se preze. Tem que ter brigado com o vizinho pra  enxergar uma picuinha dessassmiley36.gif

Bandidos do mundo, aguardem naquele beco escuro e sujo atrás do Carnegie Hall que um dia o Donald Trump aparece e vocês estão ricos! Sério agora, nem existe esse beco. O problema é que a concepção da cena é totalmente absurda. É uma cidade de primeiro mundo e violenta e um teatro de altíssimo nível, aquilo simplesmente é ridículo. O pior entretanto é a total desconsideração do pai do Bruce Wayne pela segurança da sua família. Eu poderia dar milhares de argumentos, dentre os quais o mais óbvio: o cara é bilhonário e no mínimo deveria ter milhares de seguranças particulares.

Stalker38522.7672222222
Link to comment
Share on other sites

Esses caras de Hollywood são muito perdulários e o Batman continua sendo muito mais forte do que essas várias adaptações que andam fazendo por aí. Com o perdão do trocadilho, tendo um Coringa na manga acredito que o próximo está mais do que garantido.

Link to comment
Share on other sites

Qto a possibilidade de uma continuação de "Batman Begins", ela seria muito bem-vinda. Conforme o Serge comentou, boa parte da produção tem contrato para 3 filmes, mas infelizmente isso não garante nada.

Os números de bilheteria realmente não são muito animadores, o que é uma pena ...

Link to comment
Share on other sites

Que povo mais cri cri! Que diabos interessa por onde o casal saiu?

A porta principal sempre fica fechada. Isso é regra em qualquer teatro que se preze. Tem que ter brigado com o vizinho pra  enxergar uma picuinha dessassmiley36.gif

Bandidos do mundo' date=' aguardem naquele beco escuro e sujo atrás do Carnegie Hall que um dia o Donald Trump aparece e vocês estão ricos! Sério agora, nem existe esse beco. O problema é que a concepção da cena é totalmente absurda. É uma cidade de primeiro mundo e violenta e um teatro de altíssimo nível, aquilo simplesmente é ridículo. O pior entretanto é a total desconsideração do pai do Bruce Wayne pela segurança da sua família. Eu poderia dar milhares de argumentos, dentre os quais o mais óbvio: o cara é bilhonário e no mínimo deveria ter milhares de seguranças particulares.

[/quote']

A questão é: existe a possibilidade ?

Quanto a desconsideração quanto a segurança da família e a inexistência de milhares de seguranças particulares vejo isso de maneira justificável a partir do momento que conhecemos o cárater e a personalidade do pai de Wayne ... se vc parar para pensar ... eles foram de trem ao teatro ... penso que a Gothan naquela época não era uma metrópole tão neurótica e amedrontada quanto a violência como ficara posteriormente. Essa discussão é estabelecida pelo filme ...

Eu ainda prefiro a idéia de que eles fossem induzidos a ir até o beco, mas essas considerações não podem relevadas ... racionalmente elas podem até não ser válidas, mas será que não estamos induzidos a não crer nessa possibilidades ???

Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

×
×
  • Create New...