Jump to content
Forum Cinema em Cena

Oscar 2006


Sync
 Share

Recommended Posts

Pablo publicou a crítica de Brokeback Mountain e aumentou uma estrela .<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Agora ' date=' eu não me enganei não  ...Quando ele publicou a sua lista de filmes vistos em 2005 BBM contava com 4 estrelas .

O filme vai passar em shoppings , imagine a reação do povo desavisado . smiley36.gif 

[/quote']

Ele aumentou uma estrela mesmo. Ele reviu Brokeback Mountain e Good Night And Good Luck, mas só a nota do filme do Ang Lee aumentou.

Vai ser hilário presenciar a reação do "povo desinformado". smiley36.gif

Vcs acham mesmo que tem alguém desinformado sobre este filme? Acho que não...

Link to comment
Share on other sites

Pablo publicou a crítica de Brokeback Mountain e aumentou uma estrela .

Agora ' date=' eu não me enganei não  ...Quando ele publicou a sua lista de filmes vistos em 2005 BBM contava com 4 estrelas .

[/quote']

Desculpem a ignorância, mas onde estão essas críticas dele sobre os 2 filmes? ele já fez a de Capote tbm??

Não eram críticas,eram "impressões" que ele escreveu quando assitiu aos filmes na Mostra de SP.Foi no blog dele,eu vi,ele deu 4 estrelas para os dois e agora aumentou a de BBM para 5.

Link to comment
Share on other sites

Existe algum tipo de conspiracao para que eu não assista ao filme novo do Steven Spielberg. Já faz uma semana que eu, simplesmente não consigo assistir MUNICH. smiley19.gif

 

Ontem estava certo que eu iria, ate que de repente eu fui convidado para a pre-estreia do CHATIIIIIIIIIIIIISSIMO MEMOIRS OF A GEISHA (odeio ter que usar um termo empregado pela Isabela Boscov, mas não cabe outra definicao smiley5.gif ).

 

Que filme cansativo. Ao final da exibicao, uma amiga nos perguntou se por acaso esse filme seguia a linha de BEFORE SUNSET, que foi realixado como se fosse em tempo real. Sim, porque MEMOIRS deve ter, mais ou menos 2 horas e meia (menos ate) mas parece que nos ficamos uns 11 anos sentados na sala de cinema. Acho ate que nasceram fios de cabelo branco em mim. smiley36.gif

 

 

 

Enfim, o filme do Rob Marshall eh de uma falta de emocao absurda, ele NUNCA consegue fazer com que voce entre na historia. Eh chato, sem graca, tem uns dialogos vergonhosos. Os acontecimentos simplesmente acontecem e acabam...uma coisa não importa muito para o restante da historia. Um saco!

 

 

 

Nem mesmo a parte tecnica, que eh bem executada, salva o filme. Eh bem feito, mas não eh nada de espetacular. O melhor mesmo eh a trilha de John Willians e ainda assim não chega a ser excelente.

 

 

 

Sobre as atuacoes, os trabalhos são, no maximo, corretos. Ziyi Zhang não faz nada demais e nem mostra seu habitual carisma. A melhor eh mesmo Gong Li, ainda que sua Hatsumomo se mostre uma megera chata e caricata!

 

 

 

Enfim, MEMOIRS OF A GEISHA eh otimo...caso voce possa evitar (meu professor que usa essa frase) smiley36.gif

 

 

 

E MUNICH...esse tah dificil. Hoje devo assitir BROKEBACK MOUNTAIN e GOOD NIGHT, AND GOOD LUCK. Amanha WALK THE LINE...nem sei quando vou poder!

 

smiley18.gif

Link to comment
Share on other sites

Olha,eu ainda não vi Memórias...mas não é a primeira vez que leio más impressões sobre ele.Já não gosto muito do tema e não estou tendo nehum incentivo prá assistí-lo.

Quanto à Munique,posso garantir que quando voce for vê-lo,vai se odiar por não ter ido antes,é excelente!!!!

Link to comment
Share on other sites

UOL CINEMA

 

01/02/2006 - 21h19
Ang Lee alinha desejo e natureza em "O Segredo de Brokeback Mountain"

THIAGO STIVALETTI
Da Redação

 

brokeback1_nota.jpg

Jake Gyllenhaal e Heath Ledger em O Segredo de Brokeback Mountain

x.gif
Um filme sobre caubóis gays tinha tudo parar virar filme cult no circuito alternativo, mas se tornou muito mais: o grande drama do ano encampado pela Academia de Hollywood com oito indicações ao Oscar. Em vez da esperada polêmica em torno de um romance homossexual baseado em um conto publicado na revista "The New Yorker", encontra-se aceitação e elogio unânimes.

A resposta do mistério, como quase sempre em cinema, está no tempo construído por seu diretor, o taiwanês Ang Lee, autor de diversos filmes célebres como "O Tigre e o Dragão", "Razão e Sensibilidade" e "Hulk".

Ele emprega sua sensibilidade oriental para criar uma visão contemplativa da natureza que domina a primeira meia hora do filme, em que os peões Ennis del Mar (Heath Ledger) e Jack Twist (Jake Gyllenhaal) vão trabalhar juntos em um remoto rancho no Wyoming, lugar tomado por um verde exuberante. O ano é 1963.

Só quando tem certeza que mergulhou o espectador no ritmo sereno do tempo, do sol e das tempestades, dos cavalos e das ovelhas é que Lee apresenta o desejo sexual de Twist por Del Mar, e o amor que vem da convivência logo em seguida. Uma coisa é ler em textos de psicologia que o homossexualismo é uma coisa natural. Outra bem diferente (e de muito mais efeito) é marcar esse "natural" no tempo, devolvendo-o ao seu sentido original --parte da natureza.

Assim, de maneira quase subterrânea, Lee tem ajudado a quebrar preconceitos dos espectadores mais irredutíveis. O diretor já havia feito "O Banquete de Casamento" (1993), uma sensível comédia sobre um gay que se casa com uma mulher para agradar aos pais. O artifício de associar o movimento dos personagens ao da natureza também é a espinha dorsal de seu melhor filme, "Tempestade de Gelo" (1997), em que a borrasca do título vai acompanhando a derrocada moral de duas famílias americanas nos anos 70, na época do escândalo Watergate.

A continuação da história só vem confirmar a força da primeira parte. Cada caubói toma seu rumo, se casa, e as restrições sociais pesam cada vez mais na vida dos dois. Os personagens passam do espaço aberto da primeira parte para lugares fechados --casas, escritórios, salas de jantar, trailer-- que ficam claustrofóbicos com a impossibilidade do amor. No melhor estilo "Pontes de Madison", "Brokeback Mountain" prova mais uma vez que o amor mais sublime é sempre o amor impossível. Pelo menos na arte.
Elessar7738751.4308333333
Link to comment
Share on other sites

Pablo publicou a crítica de Brokeback Mountain e aumentou uma estrela .<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Agora ' date=' eu não me enganei não  ...Quando ele publicou a sua lista de filmes vistos em 2005 BBM contava com 4 estrelas .

O filme vai passar em shoppings , imagine a reação do povo desavisado . smiley36.gif 

[/quote']

Ele aumentou uma estrela mesmo. Ele reviu Brokeback Mountain e Good Night And Good Luck, mas só a nota do filme do Ang Lee aumentou.

Vai ser hilário presenciar a reação do "povo desinformado". smiley36.gif

Vcs acham mesmo que tem alguém desinformado sobre este filme? Acho que não...

Tem sim. A comunidade gay não, quem curte cinema também não, mas do público em geral, conheço muita gente que acha que o filme é um suspense... (o título tosco ajuda...) smiley36.gif

 

Link to comment
Share on other sites

Sou de Brasilia...

Também? smiley2.gif

Mais um? smiley4.gif Daqui um pouco teremos quorum para um encontro...

O Boa Noite e Boa Sorte poderia ser visto em sessão conjunta, por exemplo. Tô a fim de conferi-lo nesse final de semana. Ambos estão oficialmente convidados! Olhem as sessões e as salas (pra mim serve qualquer uma):

Academia 5 17:40 19:40 21:40
Cinemark 10 13:10 15:20 17:25 19:35 21:50
Park 11 14:00 16:10 18:20 20:30

Nacka e Elessar, se tiverem interesse, mandem PM! smiley4.gif

Link to comment
Share on other sites

É' date='já imaginou aparecer o Jason prá matar as duas bichas trepando? smiley36.gifsmiley36.gifsmiley36.gif[/quote']

Do geito que tem gente cruel nesse mundo, iam pensar que era comédia...

Mas não duvido nada...com aquela montanha...a palavra segredo...se não pensarem no Jason vão pensar na invasão alienigena sobre as ovelhinhas...smiley36.gif

Link to comment
Share on other sites

Sou de Brasilia...

Também? smiley2.gif

Mais um? smiley4.gif Daqui um pouco teremos quorum para um encontro...

O Boa Noite e Boa Sorte poderia ser visto em sessão conjunta' date=' por exemplo. Tô a fim de conferi-lo nesse final de semana. Ambos estão oficialmente convidados! Olhem as sessões e as salas (pra mim serve qualquer uma):

Academia 5 17:40 19:40 21:40
Cinemark 10 13:10 15:20 17:25 19:35 21:50
Park 11 14:00 16:10 18:20 20:30

Nacka e Elessar, se tiverem interesse, mandem PM! smiley4.gif

[/quote']

Alexei (não é prática comum smiley4.gif) vou assistir esse aí em casa, um amigo baixou e gravou em dvd... mas não faltará oportunidade.

 

Link to comment
Share on other sites

Beleza, Nacka.

Elessar, eu verei o Boa Noite... hoje, no Cinemark, sessão das 19:35. Se não puder ou não quiser, não tem problema. A gente pode marcar uma outra sessão conjunta pra outro filme, talvez Memórias de uma Gueixa, quando entrar em cartaz, ou mesmo Wolf Creek, que já estreou e parece ser muito bom. Desta vez com o Nacka também, provavelmente.

Link to comment
Share on other sites

REVISTA SET - FEVEREIRO

 

ESTRÉIAS

O Segredo de Brokeback Mountain

Por: Anna Bels
Publicado em:
3/2/2006

FILME: 9.5

Encontrei um colega jornalista na entrada para a sessão de imprensa de O Segredo de Brokeback Mountain que veio logo explicando que só estava ali porque não iria de jeito algum ao cinema para assistir a esse filme. Meu colega é hétero e não é preconceituoso. E esse não se trata de um filme gay esterotipado. Não ponho minha mão no fogo pelas afirmações feitas sobre o meu colega, mas pelo novo filme de Ang Lee, com certeza. O Segredo de Brokeback Mountain é uma história de amor, independentemente do gênero dos seres que a vivem na tela, de uma veracidade espantosa. Quando dois tipos másculos, parceiros no duro trabalho braçal de pajear ovelhas nas montanhas rochosas do noroeste americano, descobrem a atração mútua e a impossibilidade de realizar essa relação de forma plena nos idos dos anos 60, a emoção não é dissimulada, a atuação é sublime, as reações são humanas e cotidianas. Meu colega saiu desnorteado ao fim da sessão. Esperava cenas de sexo selvagem, corpos musculosos, drama que provoca empatia com a "causa". Deu de cara com o verdadeiro e sofrido amor gay. Ficou constrangido de ver e acredito que está sem entender até agora: quem disse que o diretor chinês de Hulk teria razão e sensibilidade para lhe jogar assim, sem pudor, a possibilidade de que não são só os brutos héteros que também amam.

 

ESTRÉIAS

Memórias de uma Gueixa

Por: Sérgio Rizzo
Publicado em:
3/2/2006

FILME: 6.0

Se você por acaso pensa que japoneses, chineses, coreanos e outros povos asiáticos têm a mesma cara e falam do mesmo jeito, está na duvidosa companhia dos responsáveis por Memórias de Uma Gueixa. Com a desculpa esfarrapada de que não havia atrizes japonesas para interpretar papéis de gueixa em uma produção internacional, eles recrutaram as chinesas Gong Li (Adeus, Minha Concubina) e Ziyi Zhang (O Clã das Adagas Voadoras), além da malaia Michelle Yeoh (O Tigre e o Dragão). Opção de mercado, nada mais - e nem mesmo é a pior das soluções usadas nessa adaptação do best-seller escrito por Arthur Golden. Todos os personagens falam inglês macarrônico, e não fica muito claro o que move as personagens, exceto o que diz respeito ao sentimento de vingança que uma gueixa veterana (Gong) devota a uma estrela em ascensão (Ziyi). O diretor Rob Marshall (Chicago) dá bons tratos ao visual, mas parece pouco à vontade ao lidar com a cultura japonesa.

 

 

ESTRÉIAS

Boa Noite e Boa Sorte

Por: Sérgio Rizzo
Publicado em:
3/2/2006

FILME: 9.0

Já era possível notar que George Clooney, para todo o sempre o Dr. Ross da série E.R. (ou Plantão Médico, para os menos avisados) , levava jeito para a direção em Confissões de Uma Mente Perigosa (2002), seu primeiro longa como realizador. Agora, não há mais dúvida: Boa Noite e Boa Sorte demonstra talento inquestionável não só para extrair do elenco ótimas interpretações, algo a se esperar de um ator, mas também para conduzir a narrativa com impressionante segurança. Foi corajoso, também, ao rodar o filme em preto-e-branco sem fazer concessões às regras de dramaturgia de Hollywood. A trama apresenta uma espécie de herói, sem dúvida, mas ele é tratado como um homem comum que, diante de certas circunstâncias, revela seu caráter firme: o apresentador de TV Edward Murrow (David Strathairn), que enfrentou nos anos 50, em rede nacional, o temido senador Joseph McCarthy, conhecido pela perseguição que moveu a supostos comunistas. Clooney põe o espectador no centro nervoso da emissora CBS, usando os conhecimentos que trouxe de casa (seu pai foi âncora de TV) para dar verossimilhança à rotina tensa do departamento de jornalismo quando Murrow decide, sob ameaças, lembrar a McCarthy que o país não pertencia a ele.

 

EM CARTAZ

Munique

Por: Roberto Sadovski
Publicado em:
27/1/2006

FILME: 9.5

Esqueça, por um momento, toda a polêmica, todas as implicações e toda a bagagem que acompanha este novo trabalho de Steven Spielberg. Embaixo de toda a carga, Munique ainda é um thriller anormal de bom, tenso ao extremo, e com um perfeito equilíbrio entre drama político e filme de ação, tecido com habilidade e - principalmente - respeito. E ninguém pode acusar o diretor de parcialidade: ao retratar a suposta retaliação do Estado de Israel ao massacre de onze atletas na Olimpíada de 1972 por terroristas do Setembro Negro, Spielberg trata de não demonizar nenhum dos lados, e sim de tentar entendê-los, de refletir sobre causas e conseqüências, intolerância, medo e religião. Uma cena encapsula esse impasse com perfeição: Eric Bana, no papel do líder da equipe de assassinos que caça os supostos responsáveis por arquitetar a ação em Munique, conversa com um palestino, e cada um expõe suas motivações para a guerra por aquela faixa de terra. Ambos estão errados, e ambos têm razão - um paradoxo que conduz Munique e ousa deixar com a platéia uma tarefa das mais raras: a de tirar suas próprias conclusões.

Link to comment
Share on other sites

Existe algum tipo de conspiracao para que eu não assista ao filme novo do Steven Spielberg. Já faz uma semana que eu' date=' simplesmente não consigo assistir MUNICH. smiley19.gif
Ontem estava certo que eu iria, ate que de repente eu fui convidado para a pre-estreia do CHATIIIIIIIIIIIIISSIMO MEMOIRS OF A GEISHA (odeio ter que usar um termo empregado pela Isabela Boscov, mas não cabe outra definicao smiley5.gif ).
Que filme cansativo.

Sobre as atuacoes, os trabalhos são, no maximo, corretos. Ziyi Zhang não faz nada demais e nem mostra seu habitual carisma. A melhor eh mesmo Gong Li, ainda que sua Hatsumomo se mostre uma megera chata e caricata!

Enfim, MEMOIRS OF A GEISHA eh otimo...caso voce possa evitar (meu professor que usa essa frase) smiley36.gif 

smiley18.gif [/quote']

Putz , e ainda queria ver por causa da Gong Li ! Mas estou muito cansado , nao posso gastar dinheiro no cinema dormindo ! smiley36.gif Estou em dúvida se espero pelo DVD ! smiley36.gif

E vá assistir Munique ! O filme é ótimo , um dos melhores do Spielberg ! smiley32.gif 

Link to comment
Share on other sites

Brokeback Mountain nem estreou na minha cidade.smiley19.gif

Nem Boa Noite e Boa Sorte.smiley19.gif

Apenas um filme Chamado Wolf Creeksmiley11.gif e outro chamado Edison - Poder e Corrupção (que Pablo deu 1 estrela).smiley11.gif

Depois de um final de semana com Muniquesmiley32.gif, esse vai ser ruim.

Há, pelo menos eu vou para a pré-estréia de Walk The Line e ver se Reese merece ganhar o Oscar.

Link to comment
Share on other sites

Brokeback Mountain nem estreou na minha cidade.smiley19.gif

Nem Boa Noite e Boa Sorte.smiley19.gif

Apenas um filme Chamado Wolf Creeksmiley11.gif e outro chamado Edison - Poder e Corrupção (que Pablo deu 1 estrela).smiley11.gif

Depois de um final de semana com Muniquesmiley32.gif' date=' esse vai ser ruim.

Há, pelo menos eu vou para a pré-estréia de Walk The Line e ver se Reese merece ganhar o Oscar.

[/quote']

Aqui também não entrou em cartaz. Mas também tem pré-estréia de Walk The Line.

Link to comment
Share on other sites

Enquanto nossas cidades ficam subjugadas pelas distribuidoras.... Pablo aumentou a estrela que faltava de Brokeback Mountain. Agora são 5 estrelas (na sua revisão de 2005, ele colocara só 4, como alguns aqui comentaram)!!!!

Como não vi o filme ainda, nem li. Vão lá e confiram ....

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...