Jump to content
Forum Cinema em Cena

Veludo Azul (David Lynch)


rubysun
 Share

Recommended Posts

Um dos filmes esquisitões do Lynch. O que vcs acham?

É realmente perturbadora a maneira exorbitante como aquela "simples orelha" pode jogar a um cara de uma pacata cidade um choque tão grande como ele presencia dentro da casa da cantora. Estava amando até chegar aquele final ridículo. Li por aí que foi uma ironia, e pensando bem, faz sentido; vou precisar rever.

No mais, in dreams... your mine... aaaallllllllll the time... posso dizer que Lynch me fez virar fã do Roy Orbison.

Além do mais... a Laura Dern e a Isabella Rossellini estão incrivelmente feias nesse filme smiley36.gif.

Link to comment
Share on other sites

Blueeeeeeeeeeeeee Velveeeeeeettttttttt' date=' owwwwwwwww....owwwwwwwwww...

A música é foda!

[/quote'] Adoro a do Roy Orbison: In Dreams.( acho que é esse o nome)

esse mesmo.

"she wore bluuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuueeeeeeeeeeee velvet"...

o lynch seleciona trilhas tão bem quanto tarantino.

Link to comment
Share on other sites

É mesmo. A Estrada Perdida tem, se não me engano, Song to the Siren, do This Mortal Coil. De muito bom gosto as trilhas dos filmes do Lynch.

Sobre Veludo Azul, o filme é bom e perturbador na mesma proporção. E Rossellini está realmente muito linda, apesar do filme ser do Dennis Hopper, sem discussão.

Link to comment
Share on other sites

  • 7 months later...

Gostei muito desse filme, apesar de achar que não o capitei por inteiro...

 

Mas gosto dessa "montanha russa" que o filme faz ao levar tudo até embaixo, todas as situações até o fundo do poço, e depois mais ao final resgata tudo. O final é lindo. Um final feliz que não soa piegas.
Link to comment
Share on other sites

Blueeeeeeeeeeeeee Velveeeeeeettttttttt' date=' owwwwwwwww....owwwwwwwwww...

A música é foda!

[/quote'] Adoro a do Roy Orbison: In Dreams.( acho que é esse o nome)

esse mesmo.

"she wore bluuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuueeeeeeeeeeee velvet"...

o lynch seleciona trilhas tão bem quanto tarantino.

 

A cena inicial é foda. Homenageando aqueles filmes bonitinhos em technicolor dos anos 50 e 60. Aí a câmera focaliza rosas, o senhor lavando seu cadillac, a grama, a terra, as formigas, um pedaço de dedo...hahahahaha
Link to comment
Share on other sites

  • 4 years later...

 

Vi pela primeira vez nesse ano, mas já revi há pouco tempo. Me senti muito envolvido pelo filme, uma

obra-prima de David Lynch, diretor cuja maior parte de sua filmografia ainda não vi (só vi esse, Império dos Sonhos e Coração Selvagem, e, apesar de gostar muito desses dois últimos, Veludo Azul é meu favorito). Enfim, trata-se de mais um filme instigante de Lynch.

 

A experiência de assistir Veludo Azul

é magnífica, visto o tamanho desejo de revê-lo, de

falar sobre ele e de ouvir as belíssimas canções que compõem a

coletânea. O filme também entrega personagens encantadores (o trio Kyle MacLachlan,

Isabella Rossellini e Dennis Hopper muito provavelmente têm aqui os

melhores papeis de suas carreiras).

 

Kyle MacLachlan é o jovem Jeffrey, que ao encontrar um orelha próxima à

sua casa, decide resolver o mistério por trás dela, não apenas com o

objetivo de possivelmente ajudar alguém que precise, mas também o de se

envolver em algo novo, arriscado. Não sabia ele o que lhe esperava. Isabella

Rossellini, que vive a vulnerável Dorothy Vallens, e Dennis Hopper, no

papel do violento Frank Booth, explodem com personagens brilhantemente

construídos. Defini-los em uma palavra como as que eu usei pode parecer

algo definitivo, mas certamente isso não é o suficiente tamanha

magnitude que esses personagens adquirem. Laura Dern, parceira habitual de Lynch, também marca presença de forma inspirada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Still%20of%20Dennis%20Hopper%20and%20Isabella%20Rossellini%20in%20Veludo%20Azul

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Still%20of%20Isabella%20Rossellini%20and%20Kyle%20MacLachlan%20in%20Veludo%20Azul

 

 

MV5BOTY4NTIwNDYyM15BMl5BanBnXkFtZTcwNDE1MzgxNA@@._V1._CR175,0,672,672_SS80_.jpg

MV5BMTcwNjI2NTEzNV5BMl5BanBnXkFtZTcwNTE1MzgxNA@@._V1._CR0,0,686,686_SS80_.jpg

MV5BODI3NzMwMjUxMl5BMl5BanBnXkFtZTcwNjE1MzgxNA@@._V1._CR168,0,687,687_SS80_.jpg

MV5BMTM3MTQzNDY3NV5BMl5BanBnXkFtZTcwNzE1MzgxNA@@._V1._CR161,0,701,701_SS80_.jpg

MV5BMTU0NTA1MjIwMF5BMl5BanBnXkFtZTcwODE1MzgxNA@@._V1._CR174,0,674,674_SS80_.jpg

MV5BMjAxMTg2MzIzOV5BMl5BanBnXkFtZTcwMDI1MzgxNA@@._V1._CR169,0,684,684_SS80_.jpg

MV5BMTczMDA2MDU1M15BMl5BanBnXkFtZTcwMTI0OTk2Mg@@._V1._CR0,0,511,511_SS80_.jpg

 

 

 

David Lynch prova mais

uma vez por que é um dos maiores e mais autorais diretores de sempre ao

realizar um filme brilhantemente escrito e conduzido, e de técnica

encantadora. A fotografia é uma obra de mestre. E cito novamente as canções, inesquecíveis.

 

She wore blue velvet

 

In dreams I walk with you

In dreams I talk to you

In dreams you're mine all the time

We're together in dreams, in dreams

 

Sometimes a wind blows

 

And the mysteries of love

 

Come clear.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...