Jump to content
Forum Cinema em Cena

Cidade dos Sonhos - (Mulholland Drive)


ltrhpsm
 Share

Recommended Posts

Sim' date=' mas Foras, se eu não lê-se eu não teria digerido nda... seriam apenas um amontoado de imagens... mto pouco saquei a primeira vista. sobre a crítica.... vc tem definição pra mulher de cabelo vermelho? alguém ai teria alguma teoria?

Líder da Semana BBBCeC
[/quote']

 

 

Se você está se referindo a última pessoa que aparece no filme, e fala "Silêncio", eu tenho uma teoria:

Tipo primeiro queria falar dakele mendigo que aparece segurando a caixa azul, na minha interpretação é a "Morte", literalmente com a vida de Diane em suas mãos e coloca ela num saco e joga fora (repare que ele está cheio de fumaça em sua volta(mesma fumaça de quando Diane morre)), ou seja, aquela fumaça ao redor de Diane representa a Morte recolhendo sua alma, e no começo do filme aquele cara bizarro, vai atraz da lanchonete, ve o mendigo e morre, e seu amigo nem se assusta(ele nao viu o mendigo, pq na verdade o mendigo é a morte que nesse momento pegou a alma do cara)?

 

E a mulher do fim do filme pra mim é tipo um "Anjo" dela, mais ou menos a mesma função da Morte, mas como se fosse sua Defesa e a Morte só quer sua alma, e fala Silêncio no sentido de:
Não posso fazer nada, suas atitudes que te levaram a esse caminho (Mais ou menos oq o Caubói fala naquela cena pro diretor).

 

Essa é provavelmente a coisa mais dificil de interpretar no filme, no imdb diz isso aki:

She is normally portrayed as a gatekeeper, a person who guides human spirits through alternative planes of reality.(mas é apenas interpretação)

 

Ainda prefiro minha interpretação 02.

 

Anyway isso é oq eu acho, não estou falando que é isso e pronto, pra mim o legal desse filme é isso, cada um interpreta de um jeito.
Link to comment
Share on other sites

Ah' date=' Ed, esta é A atuação da Watts. Depois dela vem O Despertar de Uma Paixão.[/quote']

 

Com ctz esta é A atuação dela, pra mim dpois dessa fica 21 gramas até pq n vi esse filme ai, você já viu 21 gramas? 

 

São esses momentos que comprovam acho que o Oscar é injusto, nem indicado ela foi.11

 

Sabe como é esse Despertar de Uma Paixão, em inglês?

 

Outos Detalhes que só reparei na 2a vez que vi o filme:

Trilha Sonora Fodástica.

Letra da Música "Chorando", que a mulher canta no teatro, fiquei mais emocionado nessa cena do que na primeira vez que vi o filme, mas ainda não se compara com a cena final que achei perfeita, sonoramente visualmente e emocionalmente 10.

E os efeitos do diretor pra fazer parecer um sonho é no mínimo espetacular.

Não é atoa que ganhou Cannes (valorizo mais que Oscar).

 

ENFIM, amo esse filme :D

 

Semana que vem vo reajeitar ele no meu top, provavelmente fica entre os 3 primeiros, ta em 3º atualmente.

 

PS:O nome do Tópico ta com um erro, é MulhoLLand Drive 06.

 

Outra coisa;
Sou só eu ou essa Loira é o clone da Charlize Theron:05

th_mulhollanddrive.jpg

 
EdTheTrooper2007-08-08 22:44:33
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Cidade dos Sonhos - David Lynch<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><?:NAMESPACE PREFIX = O />

O mais fantástico aqui é termos acesso tão ilimitado às ambições, fraquezas, nuances; às mais estreitas frestas de um  personagem como jamais fora feito antes. Cada gota de verdade em Diane é extraída através de um espelho que reflete o que ela nunca teve com o que sempre quis ter. Troço de gênio mesmo. E é cruel, triste, angustiante, perturbador, lindo. Impossível não carregar por dias os gritos da bestial Naomi Watts e o clima assombroso do Clube do Silêncio. Poucos filmes têm este poder transcendental, essa transfusão de sensações metafísica servida num gole só por David Lynch, este motherfucker chocante, que te testa e te sacode por dentro, submetendo-o ao quase sadismo dos seus enigmas devassos, mas sempre inebriantes, viciantes. O cara devia ser proibido de fazer cinema...

Link to comment
Share on other sites

Cidade dos Sonhos - David Lynch<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><?:NAMESPACE PREFIX = O />

O mais fantástico aqui é termos acesso tão ilimitado às ambições' date=' fraquezas, nuances; às mais estreitas frestas de um  personagem como jamais fora feito antes. Cada gota de verdade em Diane é extraída através de um espelho que reflete o que ela nunca teve com o que sempre quis ter. Troço de gênio mesmo. E é cruel, triste, angustiante, perturbador, lindo. Impossível não carregar por dias os gritos da bestial Naomi Watts e o clima assombroso do Clube do Silêncio. Poucos filmes têm este poder transcendental, essa transfusão de sensações metafísica servida num gole só por David Lynch, este motherfucker chocante, que te testa e te sacode por dentro, submetendo-o ao quase sadismo dos seus enigmas devassos, mas sempre inebriantes, viciantes. O cara devia ser proibido de fazer cinema...

[/quote']

 

não costumo utilizar "bonequinhos", mas... 10

 

e é meu Lynch preferido, meu preferido da década e uma das melhores coisas que já assisti, sem dúvidas.
Link to comment
Share on other sites

Eu acho esse filme meio "cabeçóide".

 

Defina "cabeçóide" 17.

 

Hahaha.

 

Meio que incentiva a masturbação mental, tornando-se passatempo pra nerds e pessoas que precisam fazer mais sexo. Na verdade, esta é apenas a superfície de Cidade dos Sonhos. Ser complexo é simples, difícil é fazer desta complexidade algo funcional e coerente, como o Lynch conseguiu aqui. O Nolan não montou Memento ao contrário pro filme ficar diferentão, aquela narrativa tem uma função fundamental. O importante, tanto num exemplo como no outro, é não considerá-los como simples quebra-cabeças, espalhando as peças assim que conseguir montá-lo. Mágico é admirar o resultado.
Link to comment
Share on other sites

8451476.jpg

Cidade dos Sonhos (Mulholland Drive - 2001 - Dir.: David Lynch)

Subjetiva por si só, o surrealismo sempre foi uma manifestação artística que me fascinou muito e, por ora, o automatismo psíquico, a qual esta se propõe, pode ser considerado perturbador, magnífico, prazeroso. Cidade dos Sonhos é a típica produção que se (perdoem-me o trocadilho) enquadra em tal movimento. E como qualquer obra surrealista, nem tudo deve ser explicado, mas sim sentido de maneira acentuada. Aliás, tão brilhante quanto o filme é a câmera de Lynch. Tensão? Imagine..

Veredicto: star.jpgstar.jpgstar.jpgstar.jpgstar.jpg
Link to comment
Share on other sites

Meio que incentiva a masturbação mental' date=' tornando-se passatempo pra nerds e pessoas que precisam fazer mais sexo.[/quote']

 

Eu não consigo admirar alguma coisa que não entendo, mas não me arrisco a falar mal também.

 

procure ler algo sobre o filme se você não entendeu, ou espere pela divulgação da minha resenha :D

 

PS: Memento é muito foda :D
EdTheTrooper2007-08-25 23:53:01
Link to comment
Share on other sites

  • 8 years later...
  • 4 weeks later...
  • 10 months later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...