Jump to content
Forum Cinema em Cena

Beale

Members
  • Content Count

    204
  • Joined

  • Last visited

Posts posted by Beale

  1. Eu também não duvido da capacidade do cara, ele tem feito questão de dizer que a fase atual é determinante para sua carreira, o que é favorável desde já, sem dizer que Cronenberg é um ótimo começo. Nunca vi um filme dele, então fica mais fácil falar assim também. Se bem, aquele outro cara do Crepúsculo parace ser muito pior, muito inexpressivo mesmo, quem conferiu vai saber dizer.

     

    E 10 Coisas que eu Odeio em Você é um filme bobo que eu adoro até hoje. Pesa a nostalgia, pois eu vi com uns doze anos, mas devo dizer que nunca imaginava dois grandes atores ali. A Julia Stiles infelizmente acabou se perdendo pelo caminho.

     

    ...

     

    Pelo que eu li sobre Cosmopolis, eu o incluiria nessa relação de fortes candidatos para vencer a Palma, mais chances que On the Road.

     

    Alguém encontrou alguma coisa sobre Hemingway e Gellhorn?

     

  2. On the Road com 31% no Rotten e The Paperboy 50%. Seja lá o que isso signifique, a nota de On the Road é bastante baixa.

     

    Amanhã tem Cronenberg e já foi anunciado o segundo projeto com Robert Pattinson. Um filme que é uma critica à indústria de Hollywood com o astro de Crepúsculo é bem irônico. Vale dizer que o Cronenberg está tentando fazer esse filme desde a época de Marcas da Violência.

     

     

     

  3. O Brad Pitt realmente é muito exigente em suas escolhas. O Tom Cruise está em dívida com PTA, melhor atuação sua disparado. Falando no Pitt, devo dizer que a recepção efusiva do novo Andrew Dominic me surpreendeu demais.

     

    ...

     

    Não acredito em On the Road para prêmio nenhum, tem gente falando em Palma, duvido, principalmente depois da receptividade desse Holy Motors que parece ser muito foda. Tomara que surpreenda.

     

    ...

     

    Meeedo desse filme do PTA nas mãos da Weinstein Company. Mesmo.

     

  4. Não sei se gostei do trailer de Gangster Squad. Parece uma mistura de Os Intocáveis e Los Angeles - Cidade Proibida, maaaaas, não sei se tem pegada.

     

    E fiquei boquiaberto com a opinião do colega que achou o Gosling meio fraco, pois eu tive a mesma impressão. Não me lembrou o cara que fez Tudo pelo Poder e Drive ano passado, enfim.

     

     

     

  5.  

    Eu queria era ter visto a Eva Green como Mulher gato. É uma pena que a carreira dela seja tão irregular...

     

     

     

     

    Somos dois. Antes de escalarem o elenco eu queria muito a Eva Green e a Marion Cotillard no filme. Mesmo a Marion como a Mulher Gato daria certo. Fato é que a sutileza da Eva Green em Cassino Royale, mais notadamente na cena do trem é a Mulher Gato perfeita para o universo de Gotham City criado pelo Nolan. Enfim, não tem como voltar atrás. Quanto a sua carreira irregular... Lá vem ela em 300 - O retorno, uma pena.

     

  6. Essa mulher merece todos os louros por apostar nos filmes independentes de maneira tão engajada, como já a vi declarando no Biography Channel sobre sua carreira. Maio estreia na HBO, vou aguardar.

     

    ...

     

    E o Tarantino, hein? Como ele pode? Wtf? É o filme que o DiCaprio precisava fazer! As escolhas dele tem sido muito repetitivas, agora o cara saiu da zona de conforto, finalmente. Tarantino e Coen Brothers, não tem erro, eles tiram interpretações fodas de qualquer um. Sem mais.

     

     

     

  7. Hoje no New York Times foi publicada matéria sobre The Master. Logo hoje.

     

    Annapurna Pictures postando no twitter a respeito de Cannes.

     

    Se não for o filme do PTA, será o de John Hillcoat ou de Andrew Dominic. Ou quem sabe dois deles, ou talvez os três.

     

    Cruzando os dedos por The Master.

     

     

     

  8.  

    Finalmente Drive e O Espião que Sabia Demais vistos.

     

    Minha nossa, não tem como dizer que o ano passado foi fraco. Caras como Colin Firth e Owen Wilson podem ser ótimos atores. 13 Isso já é uma proeza.

     

    Essa Carey Mulligan é incrível, não vejo a hora de assistir Shame. Ryan Gosling e Tom Hardy dois dos grandes dessa nova geração e Gary Oldman, bem, o que dizer sobre esse cara. O perfeccionismo, a frieza, a forma com que o personagem anula todo aquele turbilhão a sua volta é de arrepiar.

     

    Logo vou providenciar Bronson com Refn + Hardy. Curiosíssimo para saber o que saiu dessa parceria. Depois de Valhalla Riging com o grande Mads Mikkelsen e Drive fiquei mais curioso sobre o trabalho do cara.

     

    E Tomas Alfredson então, demonstrou a que veio nesse filme. Deixa Ela Entrar não foi um acidente.

     

    EDIT: Não posso deixar de citar a moça russa que interpreta Irina em O Espião que Sabia Demais. Que mulher linda, tomara que apareça em outros filmes no futuro.

     

     

     

    Beale2012-03-29 00:10:14

  9. Eu gosto muito da Jessica Lange, mas ainda preferiria a Glenn Close. Espero que seja sinal de que ela esteja em outro projeto e não queira um papel tão parecido com a Marquesa de Merteuil.

     

    ...

     

    E o James Gray declarou que Low Life é o seu melhor filme até aqui. Se for... 13

     

     

     

  10. É verdade. Está na primeira página do site MSN. O melhor para Glenn Close nesse período de premiação foi o seu retorno aos holofotes. Quase nunca era lembrada nos grandes veículos da internet apesar de Damages. Esse negócio é realmente cruel. De repente tudo que é site e blog passou a saudar a carreira de uma grande atriz e tals. Aí está o poder do Oscar. Mas existem as exceções, tem um fórum americano em que torcem para atrizes como a um time de futebol. 06 E parece que existe uma onda anti-Close por lá. Vá entender a utilidade disso.

     

    Eu só espero que Théresè Raquin seja um novo Ligações Perigosas no seu currículo, apesar do ilustre desconhecido na direção. Eu adoro esse filme. Aí está uma adaptação excelente de um drama de época.

     

     

     

  11.  

     

     

    DiCaprio e Scorsese confirmam quinta parceria nas telas

    O diretor Martin Scorsese e o ator Leonardo DiCaprio (ambos de Ilha do Medo) acabam de se comprometer para sua quinta parceria nas telas. O site Deadline afirma que a dupla irá realizar The Wolf of Wall Street, com as filmagens previstas para começarem em agosto, em Nova York.

    Com roteiro de Terence Winter (da série Boardwalk Empire, produzida por Scorsese), o filme será baseado nas memórias de Jordan Belfort, ex-corretor

    de ações de Wall Street, durante seus dias de baladeiro e viciado em

    drogas, em 1998. Ele passou 22 meses em uma prisão Federal por fraude e

    lavagem de dinheiro.

    A notícia é inesperada, já que os próximos filmes previstos para Scorsese eram a biografia Sinatra e o drama Silence,

    mas, de acordo com o site, a dupla sempre quis filmar este livro e

    achou que agora é o momento certo. Os dois também irão produzir o longa.

    Com esta quinta parceria com o diretor,

    DiCaprio caminha para bater o recorde de Robert De Niro, que foi

    dirigido oito vezes por Scorsese. O cineasta realizou seu primeiro longa

    em 3D recentemente: a aventura A Invenção de Hugo Cabret, vencedora de cinco Oscars.

    DiCaprio poderá ser visto em breve em Django Unchained, de Quentin Tarantino, com estreia prevista para dezembro de 2012, e em O Grande Gatsby, de Baz Luhrmann, que deve chegar aos cinemas em janeiro de 2013.

    Fonte: Cinema em Cena

     

    Depois da bilheteria aquém de Hugo Cabret era de se esperar que Scorsese não resolvesse se arriscar. Assim o aguardado Silence é adiado mais uma vez e The Irishman fica cada vez mais distante. Cara, sempre quis ver o Scorsese dirigindo o Al Pacino, muito antes de anunciarem The Irishman. Espero que surja um financiador no futuro próximo.

     

  12.  

    A Torre Negra | Adaptação ao cinema vai ganhar uma nova chance, agora na Warner

    Filmagem pode acontecer daqui a um ano

    A adaptação ao cinema de A Torre Negra (The Dark Tower) encontrou uma nova casa. Dispensada pela Universal em julho passado, ela deve continuar na Warner Bros. Segundo o Deadline, o estúdio está perto de fechar contrato com a produtora Imagine Entertainment, do diretor Ron Howard, pelos direitos do megaprojeto baseado nos livros de Stephen King.

    De acordo com o blog, o acerto dará a chance de Howard dirigir

    pelo menos o primeiro filme (originalmente o projeto envolve uma

    trilogia no cinema e uma série de TV), provavelmente no primeiro

    trimestre de 2013. O roteiro de Akiva Goldsman passará por uma revisão e a participação de Javier Bardem (que antes estava acertado no papel do pistoleiro Roland) agora dependerá da disponibilidade do ator.

    A parceria faz sentido, já que a HBO, emissora que faz parte do mesmo grupo da Warner, a Time/Warner, em outubro demonstrou interesse em bancar a série de TV de Dark Tower. Vamos ver agora como essa nova relação avança.

     

    Fonte: Omelete

     

     

    Agora só falta trocar o diretor.

     

     

     

    Beale2012-03-13 00:01:37

  13. Isso é verdade cara, quanto a isso não há dúvidas. Me refiro aos que dizem que a atriz acabou, que não tem retorno. Ela precisa é trabalhar com Todd Haynes ou PTA de novo. O problema são os filmes fracos, papéis menos interessantes. Enfim, continua sendo excelente atriz.

     

     

  14.  

    Carnage é uma beleza. O elenco todo está incrível.

     

    ...

     

    E acho Ensaio Sobre a Cegueira um filme muito bom. O Meirelles não soube aproveitar o material de origem em sua plenitude mas fez um trabalho bastante competente. Me lembro de assistí-lo no cinema e ter me queixado quanto à escolha do cão, fica subentendido no livro que faria mais sentido a escolha de um vira-lata ou um cão destentado de perfil mais assustador. Quando o Saramago reclamou justamente disso após a exibição fiquei embasbacado por ele ter apontado exatamente isso. Enfim, é meu livro favorito e o Cão das Lágrimas é um personagem excelente no livro, entendam a razão da minha indignação. 06 Além do mais, eu sei separar livro de filme, mas nesse caso, diante do contexto da história seria uma escolha mais acertada.

     

    O Meirelles quis economizar na sujeira e poupar o público de cenas fortes e na estreia tinha crítico reclamando de que era um filme muito pesado, que não condizia com uma festa e tals. Ainda mais por ser o filme de abertura, disseram. Parece que os repórteres do E! escreveram os textos, só pode ser.

     

    Enfim, sei que o filme poderia ter uma edição mais adequada, o último ato poderia ter sido melhor, mas o saldo foi positivo na minha opinião.

     

    Edit: Esqueci de mencionar a narração, não precisava dessa muleta, funcionou em Cidade de Deus, mas aqui não era hora nem lugar. Espero que o Padilha não faça isso em Robocop.

     

     

     

    Beale2012-03-10 23:50:53

  15. Em The Master como eu já suspeitava desde o início, parece que o protagonista é o Joaquin Phoenix. À primeira vista, pelo título, a tendência é imaginar o PSH, o aludido mestre como o protagonista (algo como O Diabo Veste Prada). Entretanto, pela sinopse, tudo indica ser mesmo o Phoenix o protagonista, sendo a sua aderância à crença e os posteriores questionamentos quanto a ela, o sustentáculo da trama. Enfim, conjecturas.

     

    Quero saber mesmo é o papel da Laura Dern, imaginem se ela for uma fanática religiosa, dirigida pelo PTA é indicação na certa. 06

     

    Ela, Amy Adams, Olivia Williams, Kristin Scott Thomas e Judy Davis são as atrizes mais interessantes com potencial de indicação na categoria de atriz coadjuvante.

     

     

     

  16. Moonrise Kingdom abrindo Cannes. Cosmopolis, Rust and Bone e On the Road ao meu ver são presença garantida, as datas de lançamento na França indicam isso. Só falta anunciarem The Master para esquentar mais. A produtora falou que a estreia deve ser em outubro, então pode ser que o filme apareça em Veneza. Talvez o filme italiano do Woody Allen pinte por lá também, a estreia do filme é antes de Veneza, ou seja...

     

     

  17. Show. Estava ansioso por esse trailer. Tomara que a Disney já esteja trabalhando em algum novo projeto com o Henry Selick.

     

    ...

     

    Tem gente apostando na Isabelle Huppert em Amour para o próximo Oscar. Será que ela pode ser fisgada por essa onda francesa de o Artista? Um filme de Haneke no Oscar? Teria que causar um estrondo daqueles em Cannes, supondo que o filme será selecionado e provavelmente vai.

     

×
×
  • Create New...