Jump to content
Forum Cinema em Cena

All Activity

This stream auto-updates

  1. Today
  2. Titãs | 3º ano trará complicações para o relacionamento de Estelar e Asa Noturna Greg Walker, showrunner da série, disse que temporada jogará bombas sobre o casal NICO GARÓFALO 01.08.2021 15H40 ATUALIZADA EM 01.08.2021 16H00 Com estreia marcada para agosto nos Estados Unidos, a terceira temporada de Titãs promete trazer fortes emoções para os membros da equipe. Showrunner da série, Greg Walker afirmou em entrevista à Central Illinois que o novo ano focará bastante em Koriand'r/Estelar (Anna Diop), incluindo algumas surpresas em sua relação com Dick/Asa Noturna (Brenton Thwaites). “Vamos soltar algumas bombas sobre eles. Quem estiver prestando atenção vai entender onde queremos chegar [na trama]”. A dinâmica do casal, no entanto, deve ficar em segundo plano, já que Walker pretende contar mais sobre a história de Kory. “Nós exploramos seu passado, por que ela é quem é e por que ela foi enviada [à Terra]”. O produtor e roteirista também falou sobre a escolha de Iain Glen como Bruce Wayne, dizendo que o ator é a versão perfeita para o Batman do mundo de Titãs, pois "quando eu olho pra ele, vejo um cara que viveu. Ele passou por muita coisa. Ele não se encaixa no modelo 'perfeitinho' dos outros Batmans". "Muito do que tentamos fazer é questionar o que 'por que eu sou um super-herói?'. Esse Bruce Wayne é um cara que transformou sua tragédia em violência e se tornou um artesão nisso. Ele criou os filhos fazendo a mesma coisa e agora começou a perceber que esse legado não funciona", seguiu o showrunner. "Batman transformou violência em uma arte, mas ele se atrapalha com a paternidade, assim como muitos de nós. Essa luta interna torna a performance do Iain brilhante". FONTE: OMELETE
  3. Mas o cara não é ruim, não. Mandou muito bem em OS 7 DE CHICAGO da Netflix. Mas aqui foi mal aproveitado mesmo.
  4. Aquaman 2: Produtor diz que ignorou fãs de Johnny Depp pedindo a saída de Amber Heard no filme da DC 31 de jul. de 2021 às 18:22 Após divórcio, acusações de agressão e demissão de Johnny Depp em Animais Fantásticos, iniciou-se uma mobilização online contra a atriz Após o caso de agressão de Johnny Depp contra a ex-esposa Amber Heard, os fãs do ator se mobilizaram na internet para impedir que a atriz conseguisse trabalhar. No entanto, os esforços foram em vão e ela segue escalada para Aquaman 2. Em entrevista ao site Deadline, o produtor do longa-metragem, Peter Safran, explicou o motivo pelo qual os protestos online para remover Amber Heard da sequência do super-herói foram rejeitados pela equipe de criação do filme. Amber Heard interpreta a guerreira aquática Mera na franquia da DC e tem sido alvo de uma intensa campanha nas mídias sociais, em grande parte impulsionada por apoiadores de Johnny Depp, após o tumultuoso divórcio dos atores. “Não acho que algum dia iremos reagir, honestamente, à pura pressão dos fãs”, disse Safran ao podcast Hero Nation do Deadline. “Você tem que fazer o que é melhor para o filme. Sentimos que, se fosse o [diretor] James Wan e [o protagonista] Jason Momoa, então deveria ter Amber Heard. Isso é realmente o que era.” Peter Safran continuou: “Ninguém desconhece o que está acontecendo no universo do Twitter, mas isso não significa que você tenha que reagir a isso ou tomá-lo como um evangelho ou concordar com seus desejos. Você tem que fazer o que é certo para o filme, e foi aí que chegamos.” VIOLÊNCIA DOMÉSTICA DE JOHNNY DEPP CONTRA AMBER HEARD Amber Heard e Johnny Depp se divorciaram em 2016 depois de um casamento turbulento e, desde então, têm proferido acusações de violência doméstica um contra o outro. Depp, então, processou o tablóide britânico The Sun, por um artigo de 2018 que chamava o ator de "espancador de mulheres". No entanto, em março de 2021, o protagonista de Piratas do Caribe perdeu a causa. Após o veredito do julgamento, a Warner Bros. pediu que Johnny Depp se retirasse da próxima sequência do Animais Fantásticos, colocando o ator Mads Mikkelsen para assumir o papel de Gellert Grindelwald. A reformulação do elenco fomentou ainda mais a ira de fãs de Depp, que tentaram impedir a participação de Amber Heard no novo filme da DC. Em novembro passado, Amber Heard descreveu os protestos em uma entrevista com a EW como “rumores e campanhas pagas nas redes sociais” que “não ditam [decisões de elenco] porque não têm base na realidade. Somente os fãs realmente fizeram Aquaman e Aquaman 2 acontecerem. Estou animada para começar no próximo ano.” Aquaman e o Reino Perdido está previsto para lançar em 16 de dezembro de 2022. FONTE: ADORO CINEMA
  5. Produtor de O Esquadrão Suicida “celebra” rivalidade entre Marvel e DC no cinema Peter Safran afirma que James Gunn provou que não existe problema em trabalhar nos dois selos Ao longo dos anos, grandes roteiristas e artistas da indústria dos quadrinhos passaram suas carreiras alternando entre Marvel e DC, incluindo Alan Moore, Jack Kirby, Brian Michael Bendis, G. Willow Wilson, George Pérez, Neil Gaiman e Kelly Sue DeConnick. Com a expansão de ambas as marcas no cinema, era uma questão de tempo para que cineastas fizessem o mesmo caminho. E foi com O Esquadrão Suicida que a troca aconteceu pela primeira vez, com James Gunn, responsável por Guardiões da Galáxia na Casa das Ideias, assumindo o comando da franquia iniciada em 2016. Peter Safran, produtor do longa, celebrou o trabalho do diretor pelos dois selos, dizendo que ele é “grande exemplo de que você pode ir e voltar entre as empresas”. Em entrevista ao Deadline Podcast, Safran afirmou que Gunn mostra “você pode trabalhar para Marvel e para a DC e não é nenhum problema”. “Todos nós nesse mundo amamos quadrinhos, essas histórias, personagens e que o que une os fãs [de ambas as editoras] é muito maior do que os separa”. O produtor também afirmou que o sucesso da Marvel inspira a DC a levar seus filmes a um novo patamar. “Eles continuam elevando a qualidade e nós precisamos igualar esse padrão”, disse Safran, que comentou ainda que entregar filmes de diferentes gêneros dependendo dos personagens faz com que as empresas “continuem aumentando as expectativas para o outro continuar atendendo-as”. FONTE: OMELETE
  6. Deve ser que nem Halloween pelo jeito, vão considerar só filme original mesmo.
  7. Você está equivocado, a imagem do Brasil não era cagada. Agora está, é um país que tinha fama de temperamento amigável e feliz que agora tem fama de ser um país nazista e odioso. Claro que a época do brasil amigável e feliz era por conta da nossa alienação quanto as nossas desigualdades e exploração (além do fato de ser espirito vira lata que adora abanar o rabo pra gringo) e hoje é por conta de uma galera que quer se imaginar parte da elite, se tornou extremamente nojenta e odiosa.
  8. Não gosto de fazer nada depois da meia-noite, porque isso é hora de dormir, não de fazer coisas. Aí quando você acordar de dia não vai ter nada pra fazer, porque tudo o que você podia fazer já fez de madrugada. É por isso que não gosto dessas pré-estréias da Marvel, mas nunca gostei de pré-estréias mesmo, prefiro ficar querendo assistir um filme no cinema quando ele estreou oficialmente mesmo.
  9. E essa série, teve bom retorno, tu sabe? Será que vale a pena assistir?
  10. Yesterday
  11. Essa seria mais uma "sequência direta" do primeiro filme, né? Já que além da continuação original com a Linda Blair (que não assisti, mas dizem ser muito ruim), teve a série de TV alguns anos atrás com a Geena Davis como uma Reagan mais velha.
  12. Trailer bem melhor que o primeiro, com certeza. Mas falta algo pra me fisgar (pelo menos em termos de divulgação).
  13. Diretor afirmou que o trailer não deve sair tão cedo😕
  14. A respeito desse futuro lançamento pra Novembro deste ano (no Brasil): Com relação ao terceiro filme (UMA NOITE ALUCINANTE 3, de 1992) vale frisar que a melhor edição é a da Shout Factory, lançada em 2015. http://dvdcompare.net/comparisons/film.php?fid=13572 https://www.blu-ray.com/movies/Army-of-Darkness-Blu-ray/134101/#Review São 3 Blu-rays, sendo que AoD (filme) saiu nas versões de 1) cinema, 2) internacional, 3) diretor/estendida, e 4) televisão. Antes da edição da Shout todas as outras tinham imagem precária e escurecida. Eu já tive DVD importado desse filme, lembro como era ruim. O corte da TV só existe em 1080i 60hz e no formato de tela-cheia, enquanto que os demais são Wide 1.85:1 ou 1.78:1 e 1080p. Sobre a duração: a versão de CINEMA, também chamada de “R-RATED” (com 1h20m), a internacional com 1h28m e a do DIRETOR, com 1h36m. O que muda não é apenas isso – segundo o site Movie-Censorship existem (só pra citar como exemplo) 117 diferenças no decorrer daquelas de cinema e diretor, totalizando 15m19s, havendo 97 cortes na de CINEMA (15m12s), 2 cortes nessa do DIRETOR (+ 10 segundos) e tomadas alternativas nas duas (se entendi direito aqui é quando uma mesma cena se desenrola por outro ângulo, tem duração levemente diferente ou colocam outro material no lugar), além do final que também muda. https://www.movie-censorship.com/report.php?ID=1978003 https://screenrant.com/army-darkness-movie-evil-dead-multiple-cuts-explained/ A versão INTERNACIONAL é basicamente aquela do DIRETOR, porém reduzida, com o final do supermercado (que não está naquela do DIRETOR, e sim na de cinema) e algumas leves diferenças. O corte editado para a TV (que não achei pelo menos pra dar uma conferida) tem 2 cenas estendidas exclusivas pra ele, embora estejam de forma mais “crua” (sem retoques da equipe de produção que indicam que é o produto final, pronto para ser exibido nos cinemas) na forma de extra de “cenas cortadas” em mídia física. Mas na versão pra TV essas cenas estão finalizadas e até a trilha do filme está pronta (não cheguei a ver, mas deve ser semelhante ao que ocorreu com Superman 4 (1987)). – A versão de CINEMA tem o final do supermercado, mais bem recebido pelo público (porém colocado a mando do estúdio e contra a vontade do diretor), e a VERSÃO ESTENDIDA/DO DIRETOR é o inverso, tem aquele mais dramático. Pra quem está se perguntando sobre a dublagem, vale frisar que a clássica que passou na Globo eu só recentemente vi disponibilizarem num site que frequento apenas pra versão internacional (ela não estava sincronizada antes, agora sim é que ajeitaram isso pro rip da Shout), que curiosamente não achei legendas PT-BR (sim, apenas a de cinema e diretor fizeram legendas PT-BR até hoje). Essa é aquela da Herbert Richers com voz do Márcio Simôes e Sylvia Salustti como Ash e Sheila. A qualidade está ruim, som abafado. Já a versão do diretor teve a redublagem da da TNT e Netflix, do estúdio Álamo, com Sérgio Moreno e Marli Bortoletto pra esses dois, entre outras mudanças. A COLECIONE CLÁSSICOS diz ter colocado dublagem, mas infelizmente é apenas pra versão do diretor: https://www.colecioneclassicos.com.br/evildead A de cinema não tem dublagem mesmo nem em site de quem coloca esses áudios pra download. E não vi listarem a versão internacional pra esse box. Também não há informação sobre que fonte usaram pra imagem e som desse filme em particular. Quanto aos extras se estiverem todos legendados já valerá a pena, porque não achei com legendas em lugar nenhum. Nesses casos eu envio pro Youtube e gero automáticas em inglês (eu particularmente não preciso de legendas em português, pois assisto até sem legenda alguma). O que eles dizem: *********** Além de uma faixa extra de áudio, presente no disco Blu-ray, este DVD contém os extras de Uma Noite Alucinante 3, destacando-se: Documentário: Medieval Times: The Making of Army of Darkness (96'); Final Original (4'), Abertura Original (3'); Cenas Deletadas (11'); Trailer de Cinema (2'); Spots de TV (2'); No Set de Filmagens (5'); Por Trás das Cenas (53'); Criando os Diabetes (21'); Especial Uma Noite Alucinante 3 (19'), e muito mais. *********** O que eu não entendo é por que a COLECIONE coloca tudo em DVD, porque esse mesmo material na edição da SHOUT está em discos de Blu-ray mesmo. Isso sinaliza que a qualidade deles foi piorada, e notem que ainda que um ou outro extra só exista em resolução de DVD ele precisa estar em Blu-ray pra não perder mais qualidade ainda. Explico: peguem por exemplo documentários da trilogia DE VOLTA PARA O FUTURO. Alguns foram feitos na época dos filmes, e estão em qualidade SD (720x480). Só que a Universal soca tudo (pra Blu-ray 1080p e UHD/4K) dentro dos discos dos filmes também, então o tamanho deles e o upscale permite que tenhamos TODOS na melhor qualidade que se possa extrair. A COLECIONE jogar tudo num DVD só pra não ter que investir em mais 1 disco Blu-ray já indica que sacrificaram a qualidade de tudo, porque já vi extras somados passarem fácil do tamanho de um DVD de dupla camada, que é em torno de 7 GB. De qualquer forma (sem comentar do valor salgado $) é louvável o interesse em disponibilizar, porque os 2 primeiros filmes: - “A MORTE DO DEMÔNIO” (em inglês: THE EVIL DEAD, de 1981) - UMA NOITE ALUCINANTE 2 (também chamado somente como “UMA NOITE ALUCINANTE”), ou EVIL DEAD 2, de 1987 A gente não consegue achar dublado/legendado em português por aí. "A MORTE" vem dublado com eles, mas não dizem qual dessas duas: Tem o Francisco Brêtas como Ash (Dublavídeo, pra TV) ou o Fábio Lucindo no Blu-ray/Netflix/TVPaga, mesma Dublavídeo (provavelmente esta). O SEGUNDO FILME: Tem 3 dublagens: a da VTI (Globo), a redublagem da Centauro pra DVD e que passou na Record/TV paga, e uma exclusiva pra VHS, sem a informação do estúdio, só vi um trechinho no Youtube. OBS: no caso de Blu-rays existem aqueles de camada simples (BD-25, que como já indica colocam até 25 GB) e BD-50, dupla camada, em que geralmente o filme tem uns 30 GB (se tiver umas 2 horas pode chegar a quase 40). O resto do disco é para os extras. Exemplo: se for um documentário de 1 hora (em qualidade HD) pode ter uns 4, 5 GB (só ele). Quem coleciona há um bom tempo deve se lembrar que na época dos DVDs as distribuidoras brasileiras adoravam colocar tudo em discos de camada simples (DVD-5, 4 GB), e não DVD-9 (8 GB). Isso sacrificava a qualidade tanto da imagem como do som. Aliás, era de praxe capar extras e até limar faixas tipo DTS, a Fox fazia isso direto. É possível que a "COLECIONE" tenha feito justamente algo assm, pois uma quantidade bem pequena de filmes sai em BD-25. A maioria esmagadora saem todos em BD-50. O problema é que essa segunda mídia é mais cara. Só que se a distribuidora tiver colocado em BD-50 (o que duvido) não faz sentido ela ficar colocando discos adicionais em DVD, pois qualquer BD-50 caberia qualquer filme de Evil Dead e outros extras. Se ela colocou todos em BD-25 então independente da fonte já deu uma reduzida na qualidade, pra caber nesses 25 GB.
  15. Acredite, Karol Conka faz parte da trilha com esta música
  16. Filme de Flash Gordon do Taika Waititi será um live-action, revela produtor O roteiro do projeto ainda está sendo escrito Em entrevista para a Collider, o produtor John Davis revelou que o filme de Flash Gordon que, originalmente seria uma animação, será um live-action. O motivo da mudança não foi detalhado, mas foi ideia do próprio diretor Taika Waititi, que está comandando o projeto. FONTE: JOVEM NERD
  17. Durante entrevista ao TMZ, Lewis Pullman (Maus Momentos no Hotel Royale) admitiu que não foi fácil acompanhar Tom Cruise nas filmagens de ‘Top Gun: Maverick‘. O ator vomitou várias vezes no cockpit da aeronave, resultado das manobras arriscadas. Declarou. Em Top Gun: Maverick, depois de mais de 30 anos de serviço como um dos principais aviadores da Marinha, o piloto à moda antiga Maverick (Tom Cruise) enfrenta drones e prova que o fator humano ainda é fundamental no mundo contemporâneo das guerras tecnológicas. Além de Cruise, o elenco também traz Jennifer Connelly, Jon Hamm, Ed Harris, Miles Teller e Glenn Powell. O filme estreia em 19 de novembro deste ano. FONTE: O VÍCIO
  18. somos dois, nunca curti muito esses filmes nao..mas de la pra cá ganharam status de cult do John Carpenter, que tem filmes muito melhores, mas vai saber porque..
  19. FÃS DA MARVEL DEVERIAM TER RECONHECIDO ESPAÇONAVE MOSTRADA NO EPISÓDIO FINAL, DIZ KATE HERRON A cena de abertura do último episódio de Loki levou os fãs a uma viagem pelo multiverso do MCU. Entre uma imagem e outra, uma linha do tempo e outra, os fãs não puderam deixar de notar a aparição de uma misteriosa espaçonave em determinado momento. De acordo com a diretora Kate Herron (via CinemaBlend), os fãs deveriam ter reconhecido a tal nave, pois ela está diretamente ligada ao Universo Cinematográfico da Marvel. “Então, eu diria que a espaçonave foi um aceno divertido da Marvel. Fizemos uma homenagem a Contato (filme de 1997), mas eu pensei ‘Ok, como podemos obter um pouco mais do sabor do MCU?’ Então meio que fomos atrás disso… Eu diria que se as pessoas olharem bem para a neve, elas a reconhecerão. Esteve em algumas coisas.” Claro que ninguém da equipe da Marvel confirmou as origens da aeronave, mas aqueles fãs que adoram teorizar já deram seus palpites, e a opção mais animadora tem a ver com o Quarteto Fantástico. Há quem diga que a nave foi uma referência à Primeira Família da Marvel, equipe que está intrinsicamente ligada a naves espaciais, multiverso e a Kang, o Conquistador. Além disso, é de conhecimento dos fãs que um filme do Quarteto Fantástico está em desenvolvimento na Marvel Studios sob o comando de Jon Watts, o que faz dessa teoria plausível. No entanto, há ainda uma opção não tão empolgante, porém mais realista: pode ser apenas a Quinjet dos Vingadores. A sequência em que a nave misteriosa aparece traz uma enxurrada de referências a momentos anteriores do MCU, o que faz dessa teoria mais provável. De qualquer forma, há bastante espaço para especulação enquanto esperamos pelas consequências que a série do Loki podem trazer ao Universo Cinematográfico da Marvel.
  20. 😢 https://www.facebook.com/dublapedia/videos/230873455577439
  21. Segundo o Deadline, fontes próximas afirmam que Dwayne "The Rock" Johnson e sua produtora Seven Bucks não tem a intenção de entrar em uma briga com a Casa do Mickey, pois “ele estava em sintonia com o estúdio quando foi feito o anúncio de que o filme seria lançado globalmente em um momento em que certos mercados estrangeiros estão offline”. Em seu primeiro fim de semana, Jungle Cruise espera faturar algo em torno dos US $ 65 milhões em salas de cinema dos Estados Unidos e exterior. A Disney deve divulgar os números do Premier Acess do filme em algum momento próximo. Resumindo acima, "sintonia" pro The Rock significa ficou sabendo antes e pediu uma grana. Mas também tem "e sua produtora", ele produz algumas pro D+, como ator talvez até queria processar mas como empresário é mais vantajoso manter a parceria.😉
  22. torcendo pra ela ganhar.. ta melhor que as Olimpiadas..🤣
  1. Load more activity

Announcements

×
×
  • Create New...