Jump to content
Forum Cinema em Cena

Ronny

Members
  • Content Count

    3187
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Ronny

  1. ON THE ROAD é aclamado na sessão de gala em Cannes Em sua sessão de gala no Festival de Cannes, On the Road, de Walter Salles, foi ovacionado ao final de sua exibição. Compareceu à sessão todo o júri da edição, que se juntou ao coro de aplausos que duraram cerca de quatro minutos e 38 segundos. O veterano cineasta brasileiro Nelson Pereira dos Santos também compareceu e elogiou o longa: "É belo!". O filme estréia amanhã na França e recebeu elogios de grandes publicações locais: Premiere: "Estimulado pela graça e energia de seu jovem elenco (especialm
  2. Ui, bem relacionada. Thico, tem a conferencia de ON THE ROAD?
  3. Post Tenebras Lux, de Carlos Reygadas, só terá sessão de gala amanhã, mas a imprensa já está tendo acesso ao filme hoje. E muita gente simplesmente não sabe o que achar. Drew McWeeny: "Foi minha primeira desistência este ano em Cannes. Por uma hora, não funcionou pra mim - e eu duvido que se recuperasse". Eugene Hernandez: "Gritos de 'bravo' e vaias em meio a fortes aplausos ao final da sessão para a imprensa do desconcertante novo filme de Reygadas". Noah Cowan: "É uma fábula oblíqua de tirar o fôlego. A Mãe Natureza + o Diabo como grandes forças do ma
  4. Variety: "O filme levou décadas para ser feito, e embora o saldo final não seja completamente triunfante Salles compensa os entraves com seu rigor estilístico, estimulando o ritmo do filme com interlúdios de jazz e sequências de dança. Trata-se de um trabalho de nível e, embora não se adeque completamente à voz de Kerouac, se beneficia do cuidado em evocar o melhor do material original. (...) Interpretado por Garret Hedlund, Dean é a grande força do filme. E o ator está formidável". Screendaily: "Embora bem atuado, excepcionalmente filmado e embalado por uma trilha sonora impecável,
  5. Crítica para On the Road do The Hollywood Reporter: "On the Road é um sonho para muitos realizadores. Nos últimos 55 anos, muitos tentaram levá-lo às telas. Kerouac sonhava em protagonizar o filme ele mesmo, contracenando com Marlon Brando. Francis Ford Coppola, que adquiriu os direitos de adaptação há décadas mas nunca conseguiu levá-la ao cinema, entregou o projeto para o brasileiro Walter Salles, que entrega uma bela e respeitável adaptação. A clássica história é sobre as buscas e anseios de jovens, que numa época conformista abraçam drogas, sexo experimental, cultura negr
  6. Estou sendo acusado de tendencioso, é isso? Ariranha carioca, atenção!!! Eu postei as mais ferrenhas críticas negativas que o filme recebeu. Mas nada supera o filme ser tachado de tenebroso por quem nem o conferiu ainda.
  7. "Na Estrada", de Walter Salles, afirma maturidade do diretor em Cannes Neusa Barbosa, de Cannes Cannes – Na Estrada, do brasileiro Walter Salles, bateu na tela do Grand Thêátre Lumière nesta manhã de quarta (23) com toda a força de um atestado de maturidade, ao adaptar com elegância, grandeza e força de sentimentos – sem contar a habitual qualidade técnica – o livro sagrado do movimento beat, Pé na Estrada, de Jack Kerouac. Concorrendo à Palma de Ouro pela terceira vez, depois de Diários de Motocicleta (2004) e Linha de Passe (2007), o diretor pode considerar-se candidatíssimo a p
  8. De Cannes | On the Road Walter Salles aportou em Cannes com uma das adaptações literárias mais esperadas das últimas décadas e dividiu a crítica. "Não é um filme sobre a geração beat, mas sobre a formação desses jovens que seria da geração beat", disse o diretor. "Frio e cansativo", reclamam alguns. Para outros, é a melhor coisa que se podia esperar - e o melhor trabalho de Salles. Jeff Wells: "É a melhor coisa que se podia esperar de uma adaptação de Kerouac. Magistral e sexy". Eric Vespe: "O filme é realmente impressionante. Hedlund está notável".
  9. Thico, sai da minha frente. Ronny2012-05-22 23:25:52
  10. Voce realmente precisa se auto-afirmar, hein Stradivarius? Opção árdua de caminho a seguir, mas vai lá. uhull! Eu precisei a hora em que ia levantar, Thico? Hmmm. De qualquer maneira, apresse-se. Já é quase meia noite e as esquinas onde voce ganha a vida já devem estar super concorridas, hein? Au revoir, queridos. Ronny2012-05-22 23:23:38
  11. Pensar é uma coisa que não te apetece, queridinho. Cuidado. Muah, baby. Cya! (E boa noite que necessito acordar cedo pra apurar as reações para Salles. Prevejo comparações estapafúrdias ao livro. Ai ai) Obs: Amanhã já tem Reygadas em press.
  12. Cannes 2012 marca a ascenção de uma nova estrela do cinema francês. Voces estão prontos? Ex-BBB Gyselle Soares conhece Robert De Niro e outras astros em premiação em Cannes e ouve elogios: ‘Você tem muita luz’ Ela causou frisson por aqui ao cruzar o tapete vermelho do 65º Festival de cinema de Cannes, na França, no último domingo. Mas sua participação no festival lhe rendeu muitos mais frutos do que flashes. Gyselle Soares, a bem-sucedida participante do “BBB 8”, conheceu e posou ao lado de nomes consagrados do cinema mundial como Robert De Niro e Adrien Brody, e já
  13. Vai da prioridade de cada um. Como ator, Cruise devia tentar se provar na seara artística. Diferente de Pitt, DiCaprio, Clooney e tantos outros "astros", que fazem blockbusters para de alguma forma financiarem projetos mais autorais, Cruise parece simplesmente não ter essa "necessidade", porque cacife ele tem. E eu não discordo que M:I 4 diverte. Diverte sim, mas não empolga. Passa de forma indolor e some. Estritamente pueril. Ser melhor que os dois anteriores não é grande feito porque são ambos bostas tremendas. E o primeiro realmente não é um grande filme - mas permanece
  14. Achei o último Missão Impossível um embuste. Caça-níquel bem feito, mas ainda sem propósito maior e repetitivo. Arrecadou rios de dinheiro mas não fez nada demais pela carreira de Cruise. Voce olha a quantas anda a carreira de Pitt e percebe o quanto Cruise precisa ralar. Digo isso porque os dois sempre foram comparados. E era consenso de que hoje Cruise estaria na posição de Pitt. Não o contrário.
  15. Cruise devia consentir e louvar qualquer coisa que PTA o mostrasse e ao final implorar: SALVE A MINHA CARREIRA, MESTRE! Isso sim! ____ Leo, eu já tinha lido a premissa do novo Carax e visto algumas fotos. Depois do trailer, fiquei ainda mais alucinado. Essas críticas vieram só pra enlouquecer mesmo.
  16. Pelo visto Cruise não vai endossar o filme. O QUE NOS ENCHE DE ESPERANÇA.
  17. Do Carax eu vi Os Amantes da Ponte Neuf, que foi um fracasso retumbante de crítica e público e o levou ao ostracismo. Ele levou anos para voltar a dirigir. Sou doido pra ver Sangue Ruim, seu segundo filme e que o projetou ao estrelato. O interessante é que Carax fez de tudo pra reunir o trio central de seu primeiro sucesso, Lavant, Piccoli e Binoche, em HOLY MOTORS, e só ela, de ultima hora, não pôde participar. O velho tava adivinhando que ia dar a volta por cima. Holy Motors é, literalmente, sua doce vingança.
  18. P.T. Anderson exibiu The Master para Tom Cruise. A idéia do diretor e da Weinstein Co. era ter um dos mais notórios praticantes da cientologia a favor do filme. Cruise foi indicado ao Oscar por Magnólia, de PTA, e ambos permaneceram amigos. O The Wrap informa, no entanto, que Cruise teve vários problemas com a abordagem do filme. A Weinstein ainda espera exibir a fita para John Travolta, outro notório cientologista. http://www.thewrap.com/movies/column-post/master-paul-thomas-anderson-reaches-out-scientologist-tom-cruise-exclusive-41111?utm_source=&am
  19. MADRE DE DIOS!!! Mike D'Angelo: "Puta merda". Cotação: 88 (a maior concedida a um filme em Cannes este ano) Guy Lodger: "Alegrem-se!! HOLY MOTORS é belo, inescrutável, assustador. Um êxtase". Ecran Magazine: "O 'maldito' Carax está de volta - e com tudo. Holy Motors é o filme pelo qual todos esperavam em Cannes". Logan Hill: "Aponta como uma bagunça... mas resulta numa peça de cinema selvagem, surreal e completamente comprometida. Aplausos ensandecidos ao final". David Calhoun: "Não me pegou num bom momento. De cara, achei uma bagu
  20. O intrigante trailer de Holy Motors, de Leos Carax, um dos filmes que mais aguardo de Cannes. http://www.festival-cannes.fr/en/mediaPlayer/12214.html Sua exibição oficial + coletiva só será amanhã, mas o filme terá sessão prévia hoje para os jornalistas. Figas!
  21. The Paperboy, de Lee Daniels, foi exibido para compradores e Jeff Wells informa que as reações iniciais não são nada animadoras. "O filme é um acidente", comentou um comprador. Nicole Kidman, no entanto, parece mesmo ser unanimidade.
  22. Teaser de The Great Gatsby, de Baz Luhrmann: Que coisa over, meu Deus. MEDO!
×
×
  • Create New...