Jump to content
Forum Cinema em Cena
Mr. Ibanez

Notícias da TV

Recommended Posts

Globo faz oferta para tirar 'Chaves' do SBT

DANIEL CASTRO
COLUNISTA DA FOLHA

O inimaginável pode ocorrer. A Globo fez uma proposta à rede mexicana Televisa para comprar os direitos de exibição de "Chaves"' date=' seriado com imagem associada ao SBT, que o exibe há quase 21 anos. A intenção da Globo não é exibir o programa, que considera sem qualidade técnica, mas torná-lo mais caro ao SBT.
Como o contrato do SBT com a Televisa vence no próximo dia 31, e Silvio Santos não se propôs a pagar o que foi pedido, os mexicanos estão fazendo uma espécie de "licitação" (como ocorre no Equador) por "Chaves".
Além da Globo, estão na disputa a Record, a Band e a Rede TV!. As negociações continuam nesta semana na feira de TV L.A. Screenings (EUA). A decisão da Televisa deve sair na semana que vem.
A Televisa pede US$ 1,5 milhão por ano por um pacote que inclui cerca de 250 episódios de "Chaves" e quase 600 de "Chapolin" e "Chespirito". É o triplo do que o SBT pagava.
O SBT pode igualar a melhor proposta das concorrentes e levar o pacote. Mas Silvio Santos não estaria disposto a bancar a proposta da Globo, caso ela seja de US$ 1,5 milhão, porque "Chaves" dá audiência, mas não fatura.
Assim, é possível que a Globo compre o seriado. O contrato da Televisa obriga que o programa seja levado ao ar todos os dias, mas não impõe o horário. A Globo poderia esconder "Chaves" de madrugada, por exemplo. [/quote']

acho uma péssima jogada da globo e se ela quiser esconder de madrugada o "chaves" quem vai agradecer é o sbt,pois os fãs vão "incomodar" a globo e não mais o sbt...a televisa pode ter vários pacotes de novelas cancelados pelo sbt,seu principal parceiro no brasil...quem vai ganhar no final acredito seja o sbt,o fã do chaves hoje em dia já gravou vários episódios,comprou dvd , nem assiste mais na tv aberta...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cidade de Deus

Produção nacional aclamada pela crítica e pelo público, Cidade de Deus tornou-se um verdadeiro divisor de águas no cinema brasileiro. Premiado internacionalmente, o filme alcançou 3,3 milhões de espectadores no Brasil, ficando impressionantes 54 semanas em cartaz por aqui. A produção conta a história da Cidade de Deus, uma favela que surgiu nos anos 60 e tornou-se um dos lugares mais perigosos do Rio de Janeiro no começo dos anos 80. Para mostrar a evolução do lugar, vida de diversos personagens é mostrada, todos sob o ponto de vista do narrador, o menino Buscapé. Max Prime, 19/05, 23h00.
.

Amarcord

Obra-prima de Federico Fellini. Na trama, o cineasta italiano relembra passagens de sua infância e adolescência. A&E Mundo, 20/05, 19h00.

Amor, Sublime Amor

Musical que situa a história de Romeu e Julieta no West Side novaiorquino dos anos 50. Muitas músicas conhecidas, Natalie Wood, Rita Moreno e coreografias de qualidade. Se você não viu, é hora de fechar esse buraco na sua lista de filmes. Telecine Classic, 20/05, 21h00.

Noiva em Fuga

O elenco de Uma Linda Mulher volta a se reunir para mais uma história de amor com final feliz, embora sem tanta graça. Julia é, Meg, uma garota que já deixou três noivos no altar, e Gere é um colunista que cai em desgraça depois de escrever a história dela com informações de um dos abandonados. Para tentar reconquistar seu trabalho, o escritor se infiltra na vida de Meg para descobrir porque ela abandona seus noivos. SBT, 21/05, 16h30.

 

 

fonte:omelete.com.br

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nazaré é melhor atriz em premiação de Silvio Santos

 

 

 

 

FABÍOLA REIPERT

 

Colunista do Agora

 

 

 

Clique nos nomes sublinhados para ler tudo que já foi publicado sobre cada personalidade

 

 

 

Renata Sorrah

e a novela "Senhora do Destino" levaram o "Troféu Imprensa", que foi

gravado ontem no SBT. O "Pânico" ganhou como melhor programa de TV e

empatou com "A Diarista", da Globo, na categoria humorístico. Outros

que empataram foram o "Jornal da Globo" com o "Jornal da Band", de Carlos Nascimento. A nova contratada do SBT, Ana Paula Padrão, levou o prêmio de melhor apresentadora de telejornal. Silvio Santos

estava animado e fez piadas o tempo todo. Até tirou uma onda com a

mulher Íris, que é evangélica. "Na minha casa tem Bíblia espalhada por

todo canto. Estou quase seguindo a palavra", brincou o apresentador. O

"Troféu Imprensa" não tem data marcada para ir ao ar. Neste ano, pode

ser exibido em uma quarta e não no domingo como de costume.

 

 

 

Mais uma

 

 

 

Mariana Godoy,

do "Bom Dia São Paulo" e do "Bom Dia Brasil", da Globo, é o próximo

alvo do SBT. Há quem diga que a jornalista já estaria conversando com a

emissora.

 

 

 

Ataque

 

 

 

E, por falar no dono do SBT, ele quer a dupla Vesgo e Ceará,

do "Pânico", para um programa diário, que já teria até nome definido.

Coincidência ou não, ontem a Record estava atrás do número do celular

deles.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

 

Diferença Ana Paula Padrão vai ganhar no SBT entre R$ 400 mil e

R$ 500 mil mensais _e não R$ 250 mil, como se especulou inicialmente.

Na Globo, ela recebia R$ 80 mil. Padrão deverá ser apresentada pela

emissora à imprensa, oficialmente como contratada, até o final da

semana que vem.

 

 

 

 

 

 

 

Desdém A Globo resolveu ignorar a provocação do SBT, que vem

fazendo chamada em sua programação que reproduz um jornal que lembra "O

Globo", com manchetes do tipo "Globo perde padrão".

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Record tenta contratar 20 atores da Globo

 

 

DANIEL CASTRO

 

COLUNISTA DA FOLHA

A Record começa na

próxima semana sua mais agressiva ofensiva a atores da Globo na

tentativa de contratá-los para a novela de Lauro César Muniz que

planeja estrear em novembro, às 21h.

 

 

Pelo menos dois executivos da Record têm "carta-branca" para fazer

propostas "irrecusáveis", com salários acima de R$ 100 mil. A emissora

não atacará apenas atores com contratos vencidos, como fez para montar

o elenco de "Essas Mulheres", mas também estrelas com compromissos de

longo prazo. Está disposta a pagar multas rescisórias de até 20 deles.

 

 

 

A Folha apurou que entre os nomes visados pela Record

estão Eva Wilma, Lima Duarte (que renovou por três anos no final de

2004), Marcos Palmeira e Renata Sorrah. A rigor, nenhum nome é

descartável. A meta da Record é tirar da Globo pelo menos quatro

grandes destaques a curto prazo.

 

 

"Queremos nomes fortes, famosos e de qualidade. Essa novela tem

que ter impacto", confirma Alexandre Raposo, presidente da Record. A

emissora fala agora em estrear a novela de Muniz, que será gravada no

Rio, junto da próxima produção das oito da Globo, "Belíssima", e não

mais em agosto, como estava previsto _até porque, com a saída de Herval

Rossano, ficou sem diretor.

 

 

Avalia a Record que é melhor competir com uma novela que está

começando e pode sofrer alguma rejeição. Muniz foi contratado em março,

após 33 anos de Globo.

 

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Globo só quer uma coisa: permanecer no controle da TV brasileira. O negócio da Globo é poder. O dinheiro é uma consequência. Comprando o Chaves ela tem o que? Poder, poder sobre o SBT.

O SBT só quer uma coisa: dinheiro. Quando eu lembro da famosa pergunta "Quem quer dinheiro?", o primeiro nome que me vem na cabeça é "Silvio Santos".  O cara é EMPRESARIO antes de qualquer coisa, vê o SBT como uma empresa a dar lucros (venderia a rede tranquilamente se tivesse vontade, sem nenhum asentimento de apego pelo seu "imperio"). O Silvio Santos está pouco ligando para fãs de programas, ou para a qualidade dos programas. Se dá dinheiro, então é bom. O publico que se f***.

Diante desse quadro eu só consigo imaginar mesmo o pior: a Globo vai conseguir o quer quer, o Silvio Santos não vai pagar e nãoi está nem aí pra isso, e os fãs do seriado é que vão acabar ficando órfãos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chitãozinho e Xororó não renovam com TV Record

 

 

22/05/2005

 

 

 

 

 

Chitãozinho e Xororó não renovaram contrato com a TV Record para

continuar apresentando o programa “Raízes do Campo”, exibido na

emissora desde abril do ano passado. A assessoria da Record não

informou o real motivo do desligamento e limitou-se a dizer que não

houve acordo entre as partes e por isso o contrato não foi renovado. A

atração deverá ir ao ar somente até 10 de junho. Depois disso, a Record

tem na manga um pacote de filmes que poderão ser exibidos no horário

vago.

 

 

A assessoria da dupla não foi encontrada para comentar o assunto. Em

tempo: o programa “Raízes do Campo” fez sua estréia aos sábados e

atualmente estava sendo exibido às sextas-feiras, a partir das 22h30.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Igual 1 O novo programa de Xuxa na Globo deu em abril a mesma

audiência que o "TV Globinho" registrou em janeiro, fevereiro e março:

11 pontos no Ibope nacional. O "TV Xuxa" entrou praticamente no mesmo

horário que era do "TV Globinho". Cada ponto no Ibope nacional equivale

a 166 mil domicílios.

 

 

 

 

 

 

Igual 2 Mas, com uma produção de quase 50 pessoas, "TV Xuxa" é

muito mais caro do que o "TV Globinho", que só tinha desenhos

apresentados por atrizes jovens.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Expansão 1 O poder de investimento da Record impressiona a

Globo. Na emissora, circula o rumor de que a Record pretende construir

no Rio um complexo de estúdios quase do tamanho do Projac, da Globo,

que ocupa um terreno de 1 milhão de m2, dos quais 600 m2 são área de preservação ambiental.

 

 

 

 

 

 

 

Expansão 2 Nas proximidades dos estúdios que eram de Renato

Aragão, que a Record comprou, há um terreno de 400 mil m2. A Record

sonha com essa área toda, mas não a médio prazo.

 

 

 

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

FILMES

Olha Quem Está Falando

Uma das ressurreições de John Travolta, aqui como um motorista de táxi que conhece uma mãe solteira e acaba se envolvendo com ela e o filho. O melhor do filme, no entanto, são os comentários do bebê, que ganha a voz de Bruce Willis desde o momento antes da concepção.
Hallmark, 23/05, 18h20.

Confissões À Meia-Noite

Rock Hudson e Doris Day numa comédia do tipo que a dupla fazia muito bem. Ele é um produtor na caça à sua terceira esposa e ela uma decoradora. Entre os dois, uma linha telefônica que são obrigados a dividir. Se você gostou de
Abaixo o Amor
, é bom ver de onde saíram as idéias para a tela dividida e os diálogos cheios de duplo sentido.
Film & Arts, 24/05, 20h00.

O Sexto Sentido

Um psicólogo infantil tenta ajudar um garoto que diz ver pessoas que já morreram. Um mistério bem mantido até o final que revelou Haley Joel Osment, que depois desapareceu, e deu impulso ao diretor M. Night Shyamalan.
SBT, 24/05, 22h30.

Os Muppets Conquistam Nova York

Fãs dos bonecos têm programa essa semana. Caco escreve um musical, mas, como não consegue financiamento para encenar o espetáculo, o sapo e toda a turma arranjam emprego em Manhattan.
Record, 25/05, 14h00.

Sangue e Areia

Tyrone Power no auge da beleza como um toureiro ingênuo que se envolve com a mulher errada. Com Linda Darnell e Rita Hayworth, com roteiro que contou com a colaboração do autor do livro, o romancista Vicente Blasco Ibáñez.
Telecine Classic, 26/05, 21h00.

O Pacificador

Nicole Kidman se aventura pelos filmes de ação ao lado de George Cloney. Para tornar tudo mais incomum, a direção é de Mimi Leder, num gênero que geralmente não tem diretoras. Kidman é uma analista que tem de trabalhar ao lado do militar Cloney para impedir um ataque terrorista em Manhattan.
Telecine Pipoca, 27/05, 21h00.

Nova York Sitiada

Outra história envolvendo Nova York e terrorismo, aqui mostrando como o abuso pode tomar conta da situação, com a prisão de pessoas com a mesma etnia dos criminosos. Ficou mais interessante depois que o governo americano usou e abusou do poder quando tentou dar ao povo a certeza de que nunca mais será atacado.
Telecine Pipoca, 27/05, 23h05.

Uma Dupla Quase Perfeita

Tom Hanks numa das comédias com que ele ganhou fama antes de ser a manteiga derretida ganhadora de Oscars. Aqui, ele é um policial certinho, obrigado a ficar com um cachorro bagunceiro e caótico, mas, a única testemunha de um crime.
SBT, 28/05, 14h15

fonte:omelete.com.br

Share this post


Link to post
Share on other sites

"Casal substitui Ana Paula Padrão no "Jornal da Globo"

Publicidade
da Folha Online

Um casal vai apresentar o "Jornal da Globo", após a ida de Ana Paula

Divulgação

20050524-globo.jpg

Os jornalistas Christiane Pelajo e William Waack
Padrão para o SBT. O telejornal será ancorado por Christiane Pelajo e William Waack, informa o colunista da Folha Daniel Castro na edição desta terça-feira.

Pelajo era apresentadora do canal pago GloboNews. Waack era correspondente da Globo em Nova York. O casal estréia na próxima segunda-feira.

O anúncio da saída de Ana Paula Padrão foi feito oficialmente no último dia 13. Ela foi para o SBT para ganhar mais. Nos bastidores, fala-se em R$ 250 mil por mês, enquanto na Globo o salário era de R$ 80 mil. Além disso, ela quer ter mais tempo para um projeto de gravidez."

Share this post


Link to post
Share on other sites

VIÚVA PROCESSA

Alessandra Wagner, viúva do repórter Tim Lopes, torturado e morto em uma favela do Rio, há pouco mais de um ano, resolveu mesmo processar a TV Globo por dano moral e material. Ela acha que a emissora é culpada.

fonte:geraldofreire.

será que a viúva desistiu?

CONTRA-HOMENAGEM À GLOBO NO RJ
por Bruno Zornitta, do Rio de Janeiro

"Se vocês me perguntam quem matou Tim Lopes, eu acho que não foi o Elias Maluco, porque tudo foi mudado nessa história que se conta". Essa é a opinião de Cristina Guimarães, ex-repórter da TV Globo e ganhadora do Prêmio Esso de Jornalismo com a matéria sobre a feira de drogas, produzida em parceria com Tim Lopes. Cristina foi uma das convidadas a falar no debate Globo: 40 anos de manipulação, realizado no auditório do Sindipetro-RJ, no dia 26 de abril, aniversário da emissora. Participaram também Mário Augusto Jakobskind, jornalista e autor do livro "Dossiê Tim Lopes - Fantástico Ibope" e Kleber Mendonça, professor universitário e autor de "A punição pela audiência: o caso Linha Direta".

A contra-homenagem à emissora foi organizada pelos ComunicAtivistas, grupo que luta pela democratização da informação. Além do debate, foram exibidos dois documentários através do sistema multimídia do sindicato. O primeiro foi um vídeo que conta como a Globo manipula as informações, produzido pelo Comitê pela Democratização da Comunicação por ocasião dos 27 anos da emissora. Em seguida, o grupo exibiu o clássico Brazil: Beyond Citizen Kane, documentário produzido pelo Channel Four de Londres e proibido pela Globo no país.

"Quarenta anos de pensamento único fazem com que o povo brasileiro, hoje, esteja desinformado", disse o Jakobskind no debate. O jornalista denunciou a omissão das entidades representativas no caso Tim Lopes: "A Fenaj [Federação Nacional dos Jornalistas] e o sindicato do Rio tomaram as dores da Rede Globo, do patrão". Para Jakobskind, o caso Tim Lopes não foi uma exceção: "Em 14 de abril de 2002, a TV Globo saudava um golpe de Estado na América Latina, o golpe na Venezuela. Esse é jornalismo praticado pela emissora".

De acordo com Cristina Guimarães, a morte de Tim Lopes foi resultado do descaso da Globo com seus repórteres. A jornalista afirmou que Tim foi obrigado a cobrir o tráfico de drogas no Morro do Alemão um ano após ganhar notoriedade pela matéria sobre a feira de drogas: "A TV Globo mandou o Tim pra lá, não pra cobrir o baile funk, como disseram, pois o baile começa às 23h e ele pediu para o motorista buscá-lo às 22h". Cristina disse ainda que, além da manipulação, há censura dentro da empresa: "Muitas das minhas matérias foram censuradas, principalmente a das fraudes nas eleições. As eleições podem ser fraudadas sim, de 22 maneiras diferentes".

Kleber Mendonça destacou o que ele chama de "estratégia de autoridade da Rede Globo". Segundo o professor, a emissora se coloca acima do poder público a pretexto de estar ajudando a população, mas isso gera um problema de distanciamento do cidadão, que não tem mais acesso a esse poder. "Nos dias de hoje, não é mais uma questão de simplesmente manipular a informação, mas de se colocar no lugar de resolver os problemas da população. Talvez isso explique um pouco porque não há mais manifestação na porta da Globo", disse ele, fazendo referência ao protesto dos petroleiros em 95, quando a Globo criminalizou a greve da categoria. Kleber afirmou também que a Globo reconstrói a história do país a seu gosto: "o que está acontecendo hoje é uma briga pela memória". Não por acaso estão sendo lançados vários livros sobre a emissora e seu fundador. Antes de terminar, o professor apontou uma saída: "a gente só vai conseguir reverter esse quadro se conseguirmos criar mecanismos para construir uma memória outra". Exatamente o que faziam as pessoas presentes naquele auditório.

fonte:www.fazendomedia.com

Share this post


Link to post
Share on other sites

Monopólio “GLOBO”<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

 

A todos os assinantes SKY, inconformados com os

preços dos pacotes e a qualidade dos canais.

 

Temos que nos organizar, sozinho não posso nada,

mas se muitos dos assinantes se reunirem, ai sim

teremos Voz de Peso!!! Para exigir mudanças,

melhorias, novos canais com qualidade, pois muitos

dos canais existentes são uma porcaria, inúteis,

fora o valor da mensalidade que esta sendo cobrado um ABUSO!!!!!!!

 

A SKY até hoje não aumentou o seu numero

de canais nacionais simplesmente por que a “GLOBO”

tem poder de veto e não autoriza a entrada de tais,

por serem concorrentes diretos de sua programação.

 

Agora com a Fusão Directv/SKY, onde os acionistas

diretos da empresa serão a Directv Group Inc.

(que tem a News Corp., de Rupert Murdoch, como

a maior acionista), com 72% das ações, e a Globopar,

que terá 28%. Criando assim um cenário de Monopólio

na TV por assinatura via satélite.

 

As duas operadoras controlam hoje cerca de 96% do

mercado de DTH, com 1,23 milhões de assinantes.

 

A grande questão é que em 90% dos municípios brasileiros,

a única possibilidade de expansão da TV por assinatura é

por satélite. Com a quase totalidade desses mercados nas

mãos de um só grupo e a “GLOBOPAR” tendo

poder de veto, imagine um futuro onde a programação

nacional será quase que 100% da “GLOBO”, não havendo

opções, ameaçando a pluralidade e a diversidade.

 

Vamos mais longe imagine o pais sendo dominado pelos

interesses da “GLOBO”, como fica a formação de opinião

Brasileira, nos transformaremos em marionetes da “GLOBAIS”!!!!!!!

 

Um exemplo já recente disto – matéria extraída da

Folha de São Paulo, 11/05/05 – site: www.animerox.clubedohost.com/

 

“MTV do Brasil prepara canal de humor” – Daniel Castro.

 

A MTV do Brasil trabalha em um projeto de um canal de humor.

Com marca provisória de canal de comédia.

Segundo Mantovani, o canal terá conteúdo brasileiro e importado.

‘Será um canal que fará graça 24 horas por dia, com ‘stand up comedies’,

 por exemplo.

A MTV do Brasil pertence à Abril  e a Viacom, dona da MTV dos

EUA e do Comedy Central.

Antes do canal de comédia, a MTV brasileira quer colocar

um novo canal pago de música. Inicialmente, iria se chamar MTV2,

mas o canal deve ser batizado agora como VH1 Brasil. Será uma

MTV mais musical e para o público com mais de 30 anos.

Mantovani, que tem a missão de criar novos canais para o

grupo Abril, reclama da Net Brasil, empresa das Organizações

Globo que negocia conteúdo nacional para as operadoras

Net e SKY. Eles não deixam entrar canais de outros na SKY e na Net.

 

Fragmentos da matéria – “Fusão da SKY e

Directv cria super monopólio” – site: http://lists.indymedia.org/piper

mail/cmi-brasil-editorial/2004-November/1119-6s.html

 

“Conteúdo Centralizado”

 

Em relação ao conteúdo distribuído pela nova Sky, 

os riscos são também enormes. A Globo terá 28% 

das ações, mas poderá vetar os canais que não tive

r interesse em ver transmitidos. Hoje, por exemplo, 

a DirecTV transmite a Band News e a Band Sports.

 O que acontecerá quando a Globo puder dizer se 

esses canais continuarão ou não a ser transmitidos?

Também os canais estrangeiros que não estão na 

Sky, como a HBO, ficarão sujeitos às vontades e 

mandos da Globopar, que controla a Globosat, que 

por sua vez detém os canais Telecine.

 

A Globo, aliás, ganha bastante com essa fusão.

 Mesmo com apenas 28% das ações, terá prioridade

 na definição da programação. Além disso, a 

Globopar não precisará mais apresentar garantias

 para as dívidas da Sky, de cerca de US$ 200 

milhões, que serão assumidas pela nova composição.

 

Do lado brasileiro, caberá à Anatel e ao Cade a

 responsabilidade de julgar a possibilidade e as 

condições da fusão no Brasil. O Conselho de 

Comunicação Social já apresentou a minuta 

de um parecer em que questiona com veemência

 a fusão e solicita providências aos órgãos responsáveis.

Estarão em jogo duas querelas. A primeira, se o

 “mercado relevante” é a TV por satélite ou todo 

o mercado de TV por assinatura. Se for considerado

 todo o mercado, um grupo deter 34% dos 

assinantes pode ser considerado normal – a própria 

NET já tem mais do que isso com a TV a cabo. No 

entanto, se for levado em consideração o papel 

que a TV por satélite no Brasil pode vir a ter, aí serão

mais de 95% do mercado na mão de um único grupo.

 

O segundo aspecto tem diretamente a ver com isso, 

no que se refere aos efeitos da concentração na

 programação. Com 2/3 do mercado de TV por

 assinatura na mão de duas empresas 

(NET Serviços e Sky), com a Globo definindo o 

conteúdo nacional nas duas, estará configurado um 

mercado extremamente concentrado, com sérios 

riscos de haver controle de exclusividade da 

programação, ameaçando a pluralidade e a diversidade.

 

Internacionalmente, a fusão está sendo contestada

 pelo grupo Cisneros, da Venezuela, que detém 

14,1% da DirecTV Latin America. Por um acordo 

fechado no início do ano, o grupo venezuelano teria 

7% da empresa que resultasse de uma virtual fusão 

entre as duas plataformas no Brasil e no México, 

e 10% nos outros países da América Latina. No

 entanto, eles têm sido solenemente ignorados, e

 podem acabar sem nada.

 

Diga basta a esses abusos, agora reaja, pese

 este e-mail para sua lista de contatos, para

fóruns, blogs, e principalmente vamos nos

manifestar para a SKY enchendo a caixa de

mensagem deles com nossas solicitações, só

 assim nos assinantes seremos ouvidos.

Central de Relacionamento SKY:
Grande São Paulo: (0xx 11) 3664-6759
Grande Rio de Janeiro: (0xx 21) 2563-0303
Demais localidades: 0300 789 7759*

Ou então por e-mail acessando ao site www.sky.tv.com.br ,

 vá ate a seção FALE COM A SKY - ENVIAR SUA MENSAGEM.

 

Franca, 24 de Maio de 2005.

 

Luciano Bego.

 

lucianobego38496.60125

Share this post


Link to post
Share on other sites

Over A concorrência da Record considerou forte a reação da

emissora às denúncias feitas pela revista "IstoÉ" ao bispo Marcelo

Crivela e à Igreja Universal. Todos os telejornais da emissora fizeram

cobertura. E reproduziram trecho de comunicado de Crivela e da Igreja,

que também entrou como anúncio nos intervalos.

 

 

 

 

 

 

 

Outro lado O departamento de jornalismo da Record diz que usou o comunicado de Crivela e da Igreja de forma absolutamente jornalística.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Raul Gil negocia renovação de contrato com a Record

 

 

 

O apresentador teve seu primeiro encontro ontem com Alexandre Raposo, presidente da Record, para conversar sobre a renovação de seu contrato, que vence no final do ano. O "Programa Raul Gil" está consolidado aos sábados em segundo lugar no Ibope.

 

 

 

=========================================

 

 

 

Substituta de Padrão deixa marido no Rio

 

 

 

 

DANIEL CASTRO

 

COLUNISTA DA FOLHA

 

A jornalista Christiane Pelajo, 34, assume o "Jornal da Globo" na

próxima segunda-feira vivendo o mesmo dilema de sua antecessora: a

distância do marido.

 

 

Ana Paula Padrão trocou a Globo pelo SBT dizendo que não suportava

mais chegar em casa tarde e não ver o marido. Já Pelajo passará a morar

em São Paulo e só verá seu marido, que continuará no Rio, nos fins de

semana. "A gente vai se adaptar", diz a nova estrela do jornalismo da

Globo.

 

 

Ex-Globo News, Pelajo dividirá a bancada do "Jornal da Globo" com

William Waack, que tem longa trajetória como repórter internacional. O

telejornal terá novo cenário, mais reportagens feitas pelos

apresentadores e mais entrevistas em estúdio.

 

 

"Vamos fazer entrevistas na bancada com mais freqüência. Sempre

que for possível, levaremos alguém para aprofundar o assunto do dia",

anuncia Pelajo, que estreou como repórter de TV em 1992, na TVE, e se

especializou em ancorar transmissões ao vivo.

 

 

 

Segundo Pelajo, ela e Waack irão se revezar nas grandes coberturas: um irá para o local dos fatos e outro ficará em estúdio.

 

 

Ela diz que gostaria de ficar marcada como "uma repórter que

apresenta telejornal". "Não quero ficar estigmatizada como

apresentadora especializada em economia. Gostaria que o telespectador

soubesse que o ‘Jornal da Globo’ terá uma dupla de repórteres", afirma.

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Globo reage a assédio de emissoras

 

 

 

 

 

 

FABÍOLA REIPERT

 

Colunista do Agora

 

 

 

Clique nos nomes sublinhados para ler tudo que já foi publicado sobre cada personalidade

 

 

 

A

política de contrato por obra pode estar com os dias contados na Globo.

Como Record e SBT têm assediado seu elenco e autores, a emissora está

renovando contratos por no mínimo três anos. Os mais recentes foram o

de Carolina Dieckmann, José Wilker, José Mayer e Tarcísio Filho. Malvino Salvador, que se destacou em "Cabocla", também teve seu contrato renovado. O autor Ricardo Linhares fica na Globo até 2010. Ana Paula Arósio deve renovar nesta semana.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Candomblé dá ‘tapa de luva’ na Record

 

 

DANIEL CASTRO

 

COLUNISTA DA FOLHA

 

Vestidos a rigor, cem pais-de-santo gravam hoje (10h) no Tuca (teatro

da PUC-SP) o direito de resposta das religiões afro-brasileiras aos

"ataques" da Igreja Universal em programas exibidos pela Record e pela

Rede Mulher.

 

 

O programa, de uma hora, terá de ser transmitido pelas duas TVs,

nos horários das atrações da igreja, durante sete dias, determina

liminar da Justiça Federal.

 

 

As entidades que assinam a ação com o Ministério Público Federal

pretendem exibir o programa na semana que vem, mas Record já recorreu

da liminar e aguarda uma decisão favorável.

 

 

"Vai ser um tapa com luva de pelica. Não vamos nos defender das

acusações de ligação com o demônio. Vamos fazer um ‘talk show’, que se

chamará ‘Diálogo das Religiões’, para discutir com diversas religiões

uma cultura de tolerância religiosa. A Igreja Universal nem será

citada", diz o cineasta Joel Zito Araújo, que o dirigirá o programa.

Araújo dirigiu o documentário "A Negação do Brasil" (sobre negros na

TV).

 

 

O direito de resposta será ecumênico _80 convidados são de outras

religiões (católicos, protestantes, budistas, judeus e muçulmanos).

Haverá discussão sobre a mídia. O cantor Tony Garrido e a atriz Maria

Ceiça apresentam o "talk show", que terá cinco clipes "mostrando como a

cultura brasileira é africana", produzidos pela DM9, agência de

publicidade da qual Nizan Guanaes é sócio.

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

OUTRO CANAL

 

 

 

 

 

Novela 1 Vice-presidente de vendas internacionais da Televisa,

Oscar Belaich se reuniu anteontem à tarde, no SBT, com um assessor de

negócios de Silvio Santos. As negociações pela renovação do direito de

exibição de "Chaves" foram retomadas. A Televisa quer US$ 1,5 milhão

por ano por "Chaves", "Chapolin" e "Chespirito". O SBT acha muito e

quer desembolsar US$ 500 mil.

 

 

 

 

 

 

Novela 2 A rede mexicana está fazendo uma espécie de leilão por

"Chaves". Até a Globo fez proposta. O SBT não quer perder "Chaves", que

anteontem deu incríveis 14 pontos e está previsto na grade da semana

que vem, mas diz que o produto dá prejuízo.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tom Cavalcante quer brigar com Faustão e Gugu

 

 

 

 

 

 

FABÍOLA REIPERT

 

Colunista do Agora

 

 

 

Tom Cavalcante

ofereceu para a direção da Record o projeto de um programa aos

domingos, ao vivo, para enfrentar o "Domingão do Faustão" (Globo) e o

"Domingo Legal" (SBT). Ele está cansado de fazer programa diário. Além

disso, há a idéia de fazer uma sitcom com atores de peso nas noites de

segunda. Esse projeto tem mais chances de emplacar. Até o cenário já

foi aprovado. Deve estrear em setembro.

 

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Encontro

 

 

 

 

 

Boris Casoy almoçou com Guilherme Stoliar, sobrinho de Silvio Santos, gerando comentários de que estaria sendo sondado para voltar a trabalhar no SBT. Mas Alexandre Raposo, presidente da Record, diz que foi apenas um encontro de amigos e que o jornalista tem contrato até 2006.

 

 

 

 

 

 

 

 

Dramaturgia

 

 

 

 

 

A Band encomendou para a autora Letícia Dornelles uma minissérie de 45 capítulos, que seria lançada em dezembro. Mas por enquanto a estréia foi adiada.

 

 

 

 

 

 

 

 

Data prevista

 

 

 

 

 

O SBT pretende estrear a novela "Os Ricos também Choram" em 18 de julho.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

A novela "Laços de família" na quarta-feira por caisa da chuva deu 26 pontos médios e pico superior a 30 e no feriado deu 24 pontos.

"América" mesmo no feriado deu 45 de média.

Fonte: o planeta tv!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Band terá 2ª novela ou minissérie em 2006

 

 

DANIEL CASTRO

 

COLUNISTA DA FOLHA

 

 

 

 

Presidente da Band, João Carlos Saad disse em convenção de

afiliadas da rede, no último fim de semana, que está "trabalhando" para

inaugurar um segundo horário de telenovelas em 2006.

 

 

A emissora já faz orçamentos para o novo horário de novelas. Também

estuda a alternativa de produzir uma minissérie para exibir por volta

das 22h. Segundo executivos da emissora, "Floribella", adaptação de

original argentino, terá uma segunda temporada no ano que vem, mesmo

dando média de três pontos, o que para a Band não é um mau resultado. A

Band concluiu que fazer novela é fundamental, porque atrai anunciantes

e fideliza a audiência.

 

 

Um projeto de minissérie, com 45 capítulos, já está totalmente

escrito por Letícia Dornelles (ex-colaboradora de Manoel Carlos na

Globo). Batizado internamente de "Projeto Baywatch", a minissérie é

inspirada no seriado americano com Pamela Anderson.

 

 

Trata-se de um grupo de salva-vidas que investiga por conta

própria um crime numa praia do Rio. A sinopse prevê muitas cenas de

ação e sensualidade, com bombeiros exibindo seus músculos. A minissérie

foi escrita com muitas cenas ao ar livre e poucos cenários, para não

ficar cara.

 

 

Letícia Dornelles também propôs à Band três sinopses de novelas.

Duas são remakes de produções já feitas pela Globo: "A Moreninha" e

"Maria Dusá" (na Globo, "Maria, Maria").

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Truque Não existe nada de secreto ou misterioso na seleção de

famílias que o SBT está fazendo em seu site. As inscrições são para o

programa "Family Feud", um "game" popular nos Estados Unidos, em que

duas famílias competem por prêmios. A atração já está em pré-produção,

mas ainda não tem data para estrear.

 

 

 

 

 

 

Provocação O "Show do Tom" volta a gravar em junho uma nova

versão da paródia do "Qual É a Música?", que irritou Silvio Santos e

levou o SBT à Justiça contra a Record. Para driblar liminar favorável

ao SBT, a sátira terá novo formato, não tão parecido com o original.

 

 

 

 

 

 

Espaço A criação de um segundo horário de novelas próprias no

SBT agora é dúvida. Pode até não vingar, depois da contratação de Ana

Paula Padrão, que terá telejornal no horário nobre.

 

 

 

 

===================================================

 

 

 

Sinceramente acredito que o jornal será no horário hoje ocupado por

Roda a Roda concorrendo com parte da novela das 7 e com parte do jornal

Nacional.

 

 

dlacerda38500.0922337963

Share this post


Link to post
Share on other sites

Banheira Autor de "Essas Mulheres"' date=' que estréia hoje na Record, às 19h15, Marcílio Moraes vai colocar cenas de nudez na novela, atendendo a pedido do presidente da emissora, Alexandre Raposo. Mas não haverá banhos de cachoeira, porque a novela se passa no Rio de Janeiro no final do século 19. "Só vai ter banho de tina", diz Moraes. E será um "nu sutil", sem frontais.
__________________________________________________________ ________

O que a audiência não faz?
Até os Bispos da Record tão pedindo nudez!!!!smiley5.gif
[/quote']

Cenas de nudez na Record? Essa eu pago pra ver.

O pessoal aqui adora meter o pau na globo, e eu não vejo um motivo concreto. Não vejo outra emissora no Brasil melhor que a Globo. Tanto é que ela serve de exemplo para as outras emissoras. Você liga na Band e ver o Leão Lobo comentando sobre algo da Globo, você liga na SBT ver a Hebe e o Ratinho comentando da globo. Pelo menos na Globo não tem Gilberto Barros, Jorge Cajuru, João Kleber, Sergio Malandro, Gugu, Sonia Abrão, Hebe Camargo, Lucianta Gimenes, Novelas Mexicanas entre outras porcarias

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×