Jump to content
Forum Cinema em Cena

Daryl Dixon

Members
  • Posts

    3318
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Daryl Dixon

  1. DOMINGO TEM CLÁSSICO TOLIDER X TOLIMINADO
  2. "COM 99% DE VOTOS O ELIMINADO EH.... Corinthians, vem sonhar Libertadores aqui fora, vem." (Pedro Bial)
  3. Qual a diferença de uma criança de seis anos e o corinthians?? A criança passa pelo pré, o curintia nao!
  4. Argentina_1x2_Brasil Vitória_2x1_Bahia Boavista-RJ_0x2_Flamengo Vasco_2x1_Americano-RJ Fluminense_2x1_Botafogo Figueirense_2x0_Avaí Grêmio_1x0_Caxias Veranópolis_1x2_Internacional Atlético-MG_2x0_Tupi Villa Nova-MG_1x3_Cruzeiro Rio Branco-PR_1x2_Coritiba Atlético-PR_2x1_Paraná Clube Santo André_0x2_Santos Palmeiras_3x0_Corinthians (Fora o Show) Botafogo-SP_1x2_São Paulo
  5. "Ainda bem que Cristovão Colombo não era corintiano se não nunca teria consquistado a América!"
  6. SCCP = Somos Coitados Caimos na Pré
  7. E esse episódio é novo: "Toliminado na pré-libertadores" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
  8. Bangu_1x2_Botafogo Flamengo_2x0_Nova Iguaçu Vasco_2x1_Volta Redonda Fluminense_3x1_Duque de Caxias Avaí_2x0_Joinville Chapecoense_1x2_Figueirense Internacional_2x1_Juventude h50 Cascavel_1x2_Atlético-PR Coritiba_2x0_Iraty Ponte Preta_1x2_Santos Mirassol_0x1_Palmeiras São Paulo_2x1_Linense Grêmio_2x0_Liverpool Deportes Tolima_3x0_Corinthians (Fora o show)
  9. E esse episódio é novo: "Toliminado na pré-libertadores"
  10. Uma coisa é certa, esta na hora do Rogerio pendurar as chuteiras.
  11. O Ronaldo esta jogando uma bolinha pequena, não chega nem perto do tamanho da barriga dele, sendo assim, ele faz comentarios em seu twitter/Twitcam contra o maior rival, pra ver se muda o foco do seu futebol, se podemos chamar de futebol. Sam Winchester2011-01-30 20:51:36
  12. Primeiro tempo foi um lixo, lixo mesmo, mas o segundo o time melhorou. Pior do Palmeiras: Rivaldo e Dinei Melhor do Palmeiras: Kléber e cicinho Agora falando um pouco das "caras" novas: Thiago Heleno: Jogador forte, de chutão, mas achei muito lento, apesar de sua lentidão, fez bastate desarmes, mas pode ser um problema futuro, pois temos o M.Ramos que já é um zagueiro lento. João Vitor: Jogou bem, não comprometeu o time, um volante defensivo que tem uma boa técnica pra sair jogando. Adriano "Michael Jackson": No primeiro tempo, o Palmeiras só jogava pelo lado esquerno com Luan, mas, com a entrada do Adriano, o time começou jogar pela direta, e o conhecido Michael Jacson não fez dancinha, mas jogou bem. Max "Perdalzinho" Santos: O bicho voa, parece que acabou de sair do canhão do circo, ele colocou fogo no jogo, e com a entrada dele o lado esquerdo voltou a ter jogadas, isso fez com que o Palmeiras atacasse pelos dois lados.
  13. Com gols no fim, Palmeiras vence Lusa no Canindé Quando o jogo parecia caminhar para um 0 a 0 sem emoções, Cicinho e Kléber fizeram 2 para o Verdão Em tarde de estreias e caras novas em 2011, um Palmeiras renovado bateu a Portuguesa no estádio do Canindé por 1 a 0 e encostou na vice-liderança do Campeonato Paulista com 13 pontos. Os gols foram marcados por Cicinho e Kléber, ambos nos minutos derradeiros da segunda etapa. A vitória colocou o Verdão na vice-liderança, atrás do Santos pelo saldo de gols. Já a Lusa caiu para a nona colocação. Agora, a Portuguesa recebe o Americana no Canindé, na próxima quarta-feira, enquanto o Palmeiras vai à Mirassol enfrentar o time da casa, no mesmo dia. PRIMEIRO TEMPO MORNO O Palmeiras vinha à campo com o desfalque de dois conhecidos jogadores da torcida: Danilo, que viajara à Itália para definir sua transferência para a Udinese, e Marcos Assunção, que sofrera lesão na partida contra o Paulista. Assim, Felipão promoveu a estreia de Thiago Heleno na zaga e também o segundo jogo como titular de João Vítor no meio campo. A Lusa, por sua vez, não tinha o zagueiro Mauricio, que pertence ao próprio Palmeiras, o atacante Dodô, com luxação no ombro, e o meia Marco Antônio, com um edema na panturrilha esquerda. Sérgio Guedes, então, armou o time rubroverde com três homens marcadores no meio-campo e apenas um homem de área (Luís Ricardo). Envolvido pelo meio-campo fechado da Portuguesa, ao Palmeiras só restava aproveitar algumas brechas em contra-golpes. Mas a alternativa não surtia efeito. Tinga, sobrecarregado, tentava municiar os três atacantes de Felipão, sem sucesso. Apenas dois lances alviverdes tiveram troca de passes efetiva para chegar ao gol rubroverde. Com 10 minutos, Luan achou Tinga, que rolou para João Vítor carimbar a placa de publicidade próxima à baliza de Wéverton. E aos 23, Luan deu um toquinho sutil por cima da zaga e achou Rivaldo entrando livre pela esquerda. O lateral-esquerdo tocou para fora. Era nítida a dificuldade do Verdão em armar sem Lincoln ou Valdivia em campo. Fora esses lances, o Alviverde chegou com dificuldade ao campo de ataque da Lusa por meio de faltas laterais. Porém, o time de Felipão se ressentiu pela ausência de Marcos Assunção. Era difícil passar pela dupla Ferdinando e Ademir Sopa, que formava uma paredão frente à defesa lusa. Além deles, dois jogadores formados na base do Canindé, Guilherme e Henrique, completavam o meio-campo com muita disposição para barrar as investidas palmeirenses. As boas chances da equipe da casa saíram dos pés destes pratas-da-casa. Guilherme, aos 18, soltou uma bomba que Marcos buscou. Henrique, aos 41, foi lançado por Héverton e tentou encobrir Marcos. Experiente, o Santo deu um passo para trás e segurou a bola sem dificuldade. No mais, a Lusa se cansou de arriscar longos chutes de fora da área. O meio-campista Ferdinando arriscou duas verdes. Héverton também tentou. Mas a mira rubroverde não estava bem calibrada. Para a segunda etapa, Ferdinando, que não acertara o gol nos primeiros 45 minutos, testou Marcos aos 4 minutos, em cobrança de falta. A saída de Luan para entrada de Max Santos, estreante, criou uma nova esperança para o Verdão. É que o novato, ao contrário de Luan, apostava na habilidade e velocidade para se livrar pela ponta-esquerda. O que trouxe bons frutos ao Palmeiras logo que entrou. Animado, aos 11 Max chutou forte e Wéverton espalmou. Um minuto depois ele fugiu pela esquerda e cruzou para Tinga, que não alcançou. A torcida palmeirense gostou, mas o time não evoluiu daí. O jogo continuava truncado, a exemplo do primeiro tempo. Diante de tanto equilíbrio, o gol poderia sair a qualquer instante. Nenhuma das equipes mostrava superioridade no Canindé. ATAQUE EM BLOCO Foi durante este momento de morosidade no segundo tempo que Felipão tentou incendiar a partida com a entrada de outra novidade: Adriano 'Michael Jackson' substituiu Tinga aos 28, e deu novo ânimo à torcida palmeirense. Imediatamente após sua entrada, o Verdão acordou em campo, mas sem a participação direta de 'Michael'. Max Santos abriu o jogo pela esquerda, escapou da zaga e achou Kléber livre na pequena área. O camisa 30 desperdiçou grande chance. Dois minutos depois, foi a vez de Cicinho cruzar para Patrik, que cabeceou bem. Wéverton fez o famoso 'golpe de vista' e a torcida verde quase foi à loucura com aquele que seria o gol de desempate. Insatisfeito, o time visitante ainda assustou com João Vítor. Esses três últimos lances foram praticamente em bloco, mostrando que o Verdão não queria sair da Zona Norte com um empate. E não saiu. Aos 36, Kléber comandou jogada de ataque do Palmeiras e tocou forte demais...só que na ponta direita, emergia um rápido camisa 2, que aproveitou o passe longo e chutou de primeira, com curva, sem chances para Wéverton. A Lusa bem que tentou pressionar, mas a estreia palmeirense tinha que coroar a estreia dos 'astros' alviverdes. Aos 45, o golpe final. Kléber escapou da marcação e, de fora da área, tocou rasteiro, no canto direito de Wéverton. 2 a 0 no sprint final palmeirense. Dois gols nos últimos dez minutos e vitória do Verdão, que pula para a segunda colocação no Campeonato Paulista. FICHA TÉCNICA: PORTUGUESA 0 X 2 PALMEIRAS Estádio: Canindé, São Paulo (SP) Data/hora: 30/01/2011 - 17h (de Brasília) Árbitro: Raphael Claus Auxiliares: Márcio Jacob e Luis Alexandre Nilsen Renda/público: R$ 224.520,00 / 9.304 pagantes Cartões amarelos: Preto Costa, Domingos (POR); Kléber, João Vítor (PAL) GOLS: Cicinho, 36'/2ºT (0-1); Kléber, 45'/2ºT (0-2) PORTUGUESA: Wéverton, Paulo Sérgio (Rafael Silva, 24'/2ºT), Domingos, Preto Costa e Marcelo Cordeio; Ferdinando, Ademir Sopa, Guilherme e Henrique (Dinei, 37'/2ºT); Héverton e Luis Ricardo. Técnico: Sérgio Guedes. PALMEIRAS: Marcos, Cicinho, Mauricio Ramos, Leandro Amaro e Rivaldo; Márcio Araújo, João Vítor, Tinga (Adriano, 28'/2ºT); Luan (Max Santos, 10'/2ºT), Kléber e Dinei (Patrik, intervalo). Técnico: Luiz Felipe Scolari.
  14. No retorno de Marcos, Palmeiras vence Paulista e encosta no Santos Goleiro volta a jogar após quatro meses, Alviverde faz 3 a 1 no time de Jundiaí, empata com o Peixe em pontos e só perde no saldo - oito a seis Depois de quatro meses longe da meta palmeirense, o goleiro Marcos viu uma situação bem diferente quando deixou o gramado do Pacaembu, na partida da noite desta quinta-feira, contra o Paulista. Se antes o time deixava o campo sob desconfiança, agora existe esperança de dias melhores no Alviverde. Com 3 a 1 sobre o time de Jundiaí, rival que estava colado na tabela, o Verdão conseguiu fechar a quarta rodada na cola do líder Santos. Os gols marcados por Marcos Assunção, Kleber e Patrik - Maurício Ramos fez contra - levaram o Alviverde ao segundo lugar do Campeonato Paulista, com os mesmos dez pontos do Santos. A equipe palmeirense só perde no saldo de gols - oito contra seis. Mas se mantém em uma situação confortável na tabela, como quer o técnico Luiz Felipe Scolari. No próximo domingo, às 17h, o Palmeiras visita a Portuguesa, no Canindé. Já o Paulista tenta a recuperação no mesmo dia, mas às 19h30m, contra o Linense, fora de casa. Precisão e Gladiador Avaliando que o time palmeirense já apresenta melhores condições físicas, depois de quase 20 dias de treinamentos, o técnico Luiz Felipe Scolari resolveu promover o retorno do goleiro Marcos. O atleta de 37 anos não assumia a meta da equipe em um jogo oficial em campeonatos desde setembro passado, quando levou uma pancada no perto do joelho esquerdo - o mesmo que havia sido submetido a uma artroscopia. E logo no começo da partida, o veterano foi testado. Aos 5 minutos, Roni Dias avançou com liberdade e bateu contra Marcos, que espalmou. Cicinho livrou o goleiro palmeirense de ser vazado no seu retorno, contendo a tentativa de Hernani. Aos 13, o camisa 12 foi desafiado novamente. Mas se livrou do perigo com estilo. Hernani o viu adiantado e tentou encobri-lo. Sem sustos, Marcos matou no peito e entregou para a sua defesa, levantando a pequena torcida alviverde que foi ao Pacaembu. Próximos na tabela do Paulistão, Palmeiras e Paulista faziam um jogo brigado no meio-campo. Até que a bola parada movimentou o placar. Kleber sofreu falta, e Assunção foi para a cobrança. O volante, que durante a semana chegou a reclamar da bola usada no Estadual, parece ter, finalmente, se adaptado à ela. Com precisão, ele colocou no cantinho esquerdo do goleiro Cristiano e fez 1 a 0, aos 19 minutos, no seu primeiro gol de falta no ano. Aos 34, porém, Assunção precisou deixar o gramado por sentir dores na região da virilha - ele foi substituído por João Vitor. E assim o Palmeiras perdeu boa parte do meio-campo, ficando mais exposto aos ataques do Paulista. Marcos só não foi vencido por Hernani e companhia porque a defesa alviverde livrou o perigo a qualquer custo. Não foi raro ver Danilo ou Cicinho se atirando no chão. Sem saída de bola, sobrou o contragolpe em velocidade. E o Palmeiras soube aproveitar a oportunidade que teve, já nos minutos finais do primeiro tempo. Luan disparou e passou para Rivaldo, que rolou para Kleber fuzilar contra Cristiano. Com 2 a 0, o Alviverde matou as reações do Paulista no fim da primeira etapa. Na cola do líder! Depois da parada, o Paulista voltou apertando mais o Palmeiras. Precisando de um bom resultado para não se distanciar dos líderes, o técnico Fernando Diniz resolver mexer na frente e sacar Diego Barboza para a entrada de Carlão. Apesar de pressionar mais o rival, os erros de passes dificultavam a tentativa do time de Jundiaí de diminuir diferença. Vendo a sua equipe com dificuldades na armação das jogadas, Felipão também mexeu. Como na partida contra o Oeste, ele tirou Dinei e colocou Patrik. E logo o Palmeiras conseguiu encaixar um contragolpe fatal. Aos 21, Cicinho tramou boa jogada com Patrik, que chutou cruzado, no canto direito de Cristiano, para ampliar a conta em 3 a 0. O gol do meio, que já havia marcado contra o Oeste, colocava o Palmeiras ainda mais na cola do líder Santos. Ambas equipes têm dez pontos, mas o Alvinegro leva vantagem por ter mais gols de saldo - oito contra seis. A noite só não foi perfeita porque Marcos não passou ileso no jogo. Aos 35 minutos, Rone levantou a bola na área, e a zaga palmeirense se trapalhou, com Maurício Ramos marcando contra. Os 3 a 1, porém, eram suficientes para manter o Palmeiras bem perto da primeira posição. PALMEIRAS 3X1 PAULISTA Marcos; Cicinho, Danilo, Maurício Ramos e Rivaldo; Márcio Araújo, Marcos Assunção (João Vitor), Tinga (Vitor) e Dinei (Patrik); Luan e Kleber. Cristiano; Eli Sabiá, João Paulo e Cléber (Fabiano); Bruno Formigoni, Baiano, Fábio Gomes, Rone Dias e Marquinhos; Diego Barboza (Carlão) e Hernani. Técnico: Luiz Felipe Scolari. Técnico: Fernando Diniz. Gols: Marcos Assunção, aos 19, e Kleber, aos 43 minutos do primeiro tempo. Patrik, aos 21, e Maurício Ramos (contra), 35 aos minutos do segundo tempo. Cartões: Baiano e Bruno Formigoni (Paulista). Kleber (Palmeiras). Local: Pacaembu, em São Paulo. Data: 27/01/2011. Árbitro: Vinícius Furlan. Auxiliares: Giulliano Neri Colisse e Fabio Rogerio Baesteiro. Público: 6.113 pagantes. Renda: R$190.452,00.
  15. Bahia_2x1_Fluminense-BA Botafogo_2x1_Olaria Cabofriense_1x2_Fluminense Vasco_1x2_Flamengo Figueirense_2x1_Concórdia Metropolitano-SC_1x2_Avaí Grêmio_2x1_Internacional Cruzeiro_2x1_Caldense-MG Funorte_1x2_Atlético-MG Arapongas_1x2_Coritiba Atlético-PR_2x1_Roma-PR Santos_3x1_São Paulo Portuguesa_0x2_Palmeiras São Bernardo_0x2_Corinthians
  16. É' date=' meus amigos, as coisas para os lados alvi-verdes de São Paulo não andam NADA BEM MESMO.[/quote'] Acredite, amigo Sopa, ainda fui otimista, estava pensando seriamente em colocar derrota p o Palmeiras, mas aí já achei desaforo tb Tomou no zimba!!!
  17. William, do Prudente, entra na mira de três grandes paulistas Destaque do rebaixado Grêmio Prudente no Brasileiro do ano passado e um dos nomes da lista do Brasil no Sul-Americano Sub-20. Aos 19 anos, o atacante William José está na mira do São Paulo, segundo informou o jornal Marca. E, de acordo com o diretor de futebol Rodrigo Pastana, também de Palmeiras e Santos. "Não há negociações, há sondagens. O São Paulo não é o único interessado. O Santos e o Palmeiras também o querem. Mas ficou decidido que isso será feito com tranquilidade, vamos esperar o Sul-Americano. Ele não é reforço para já, não há pressa, já que não vai poder jogar agora", explicou Pastana. A ideia do clube é emprestar o jogador por um ano para um grande clube, com valor de compra fixado. Empresário do atacante, Nick Arcuri prega cautela e pés no chão. "O que tem é sondagens do Sporting e do Sporting Braga, de Portugal, e do Atalanta da Itália, mas apenas sondagens. Alguns empresários apareceram falando em nome de grandes clubes do Brasil, mas nada de proposta, nada de negociação, nada oficializado. O contrato dele é até o fim de 2013. Queremos algo que seja bom para ele e para o clube", garante. Sam Winchester2011-01-11 22:54:04
  18. ESPECULAÇÕES DO DIA CHICO = deverá acertar com o Palmeiras nas próximas horas .. segundo alex muller MAIKON LEITE = Santos liberou jogador para Janeiro TIAGO HELENO = contratado ADRIANO MJ = contratado ORTIGOZA = Dizem que o jogador já esta em São Paulo, mas Felipão não esta querendo o retorno ao time MAX PARDALZINHO = Esta negociando com o palmeiras segundo alex muller ALEX = É a prioridade do palmeiras na contrataçao de um meia armador DIEGO = Caso nao dê certo com Alex , Diego seria o plano B CICINHO = O lateral do Santo Andre também poderá vir WILLIAN JOSÉ = Além do Palmeiras , Santos e Sao Paulo querem ele KELVIN = Dizem que já esta tudo fechado entre o Palmeiras e Jogador CONTRATAÇAO BOMBASTICA = ?????
  19. Sem Ronaldinho Gaúcho, Palmeiras sonha com Alex Meta é ter um reforço de peso para 'compensar' o fracasso com o astro Indique para seu amigo < method="post" ="#" ="bb-mail-send-entity-"> Seu Nome* < ="bb-field bb-field_" name="fromName" maxlength="64" value="" ="text"> Seu e-mail* < ="bb-field bb-field_" name="fromEmail" maxlength="64" value="" ="text"> Nome do seu amigo* < ="bb-field bb-field_" name="toname" maxlength="64" value="" ="text"> E-mail do seu amigo* < ="bb-field bb-field_" name="toEmail" maxlength="64" value="" ="text"> Preencha corretamente todos os campos para enviar a notícia Digite as letras: < ="bb-field bb-field_" name="__captcha__" maxlength="64" value="" ="text"> Mensagem (opcional) < ="bb-field bb-field_" name="comment" cols="30" rows="12">> Enviar > Alex, ídolo na Turquia, é um sonho eterno da diretoria do Palmeiras - Crédito: Reuters LANCEPRESS! Publicada em 11/01/2011 às 20:42 São Paulo Ronaldinho Gaúcho era o reforço de impacto sonhado para 2011. Sem ele, a diretoria, em seus últimos dias no cargo antes da eleição, trabalha para buscar um reforço de impacto como forma de "compensação". Alex, sonho do Palmeiras em todas as janelas de transferência, voltou à pauta. A diretoria confirma que voltou a fazer contatos com a intenção de ter o meia, com contrato até o junho no Fenerbahçe (TUR). O ídolo dá prioridade a Palmeiras, Coritiba e Cruzeiro, seus ex-clubes, em uma volta ao Brasil. O retorno antes do meio do ano, porém, é visto como inviável neste momento. – Nós até pensamos em prolongar a viagem para a Turquia, mas deixaremos outra pessoa cuidando disso – afirmou o assessor da presidência, Antônio Carlos Corcione, após viagem da diretoria para a Espanha. Alex está hoje com 33 anos. ---------------------------------------------------- Lembrando que o Corcione disse que é um jogador estrangeiro e ex melhor do mundo.
  20. Já podem colocar meu nome para 2011
  21. Palmeiras passa fácil pelo Mirassol e se isola na liderança do Grupo P Time alviverde faz 7 a 0 na segunda partida e lidera com folga a sua chave na Copa São Paulo de Futebol Júnior O Palmeiras não tomou conhecimento do Mirassol e passou fácil pelo time interiorano na tarde deste domingo, em Jaguariúna. Com a vitória por 7 a 0, o time do técnico Juninho assumiu a liderança isolada do Grupo P, agora com seis pontos. Durante toda a partida o Palmeiras teve o domínio. Os primeiros gols saíram ainda na primeira etapa com Miguel Bianconi e Patrick Vieira, que marcou duas vezes. Os dois atletas foram os principais destaques do jogo não só pelos gols, mas pelas assistências. Na segunda etapa, Miguel Bianconi voltou a marcar mais duas vezes. Hugo Pereira também deixou a sua marca, na conta que fechou em 7 a 0 - Arnaldo, do Mirassol, fez um gol contra. No outro jogo da chave, o Bandeirante-DF venceu o Ceará por 3 a 1 e assume a vice-liderança do grupo com 3 pontos. Na rodada de encerramento da fase de grupos, marcada para a próxima quarta-feira, o Alviverde enfrenta o Ceará, às 16h. Antes, às 14h, o Bandeirante-DF encara o Mirassol.
  22. Um presente para Felipão Sem Ronaldinho Gaúcho, o Palmeiras já trabalha na contratação de outro jogador de impacto. Pelo menos é o que garantem Roberto Tadeu, empresário responsável por fazer as negociações para levar o ex-melhor do mundo para o Palestra Itália, e Antônio Carlos Corcione, membro do Conselho Gestor e homem de confiança do presidente Luiz Gonzaga Belluzzo. “É coisa de louco, vocês vão ver”, prometeu Corcione, que está na Espanha acertando dois amistosos para março e um intercâmbio para jogadores das categorias de base. O dirigente não quis dar detalhes sobre o novo reforço. Adiantou apenas que é um atleta estrangeiro. “É um jogador de impacto. As negociações são complexas e assim como no caso do Ronaldinho envolvem a participação de parceiros e ações de marketing”, disse. Segundo Tadeu, paralelamente às conversas com Roberto Assis, irmão e empresário de Ronaldinho, ele buscava outros reforços para o Verdão e, por isso, as negociações estão avançadas. “Estamos trabalhando para trazer um jogador de primeira linha para o Palmeiras”, disse sem dar maiores pistas. A estratégia é usar parte do plano traçado para Ronaldinho, quando foi oferecido ao jogador quase a totalidade dos valores arrecadados com o espaço publicitário das mangas do uniforme e outros dividendos de projetos de marketing desenvolvidos pelo clube. O objetivo é, através desta contratação de impacto, impulsionar a venda de camisas, aumentar a presença de torcedores nos estádios e atrair novos patrocinadores. Cabo eleitoral A diretoria corre para definir a contratação deste jogador até o dia 19, data da eleição presidencial. Belluzzo quer deixar o comando do clube com mais uma contratação de peso no currículo – foi pelas suas mãos que Kleber, Valdivia e Luiz Felipe Scolari voltaram ao Palestra Itália. Esse reforço também poderia tirar votos do candidato oposicionista Arnaldo Tirone.
×
×
  • Create New...