Jump to content
Forum Cinema em Cena

Os Crimes do Mosaico


Recommended Posts

Os Crimes do Mosaico, de Giulio Leoni é uma história

interessante sobre mistérios, assassinatos e, evidentemente, algumas

charadas que devem ser decifradas para se chegar ao ponto final da trama

ambientada na Itália pré-renascentista do século XIV.  Agora imagine o

poeta Dante Alighieri (aquele mesmo que escreveu a Divina Comédia)

atuando como um investigador ao estilo do simbologista Robert Langdon (o

personagem de Anjos e Demônios e O Código Da Vince). Sim, porque nesta

história também existem símbolos e números a serem decifrados bem como

assassinatos a serem esclarecidos.

Na Florença de 1300 um grande artista é brutalmente assassinato e o

prior Dante Alighieri é chamado para esclarecer este crime e, nas suas

investigações, vai encontrar um grupo de amantes das artes denominados o

Terceiro Céu, deparar-se com a misteriosa dançarina Antilia e terá

ainda que decifrar o enigma do número cinco que percorre todas as

páginas do suspense. Em uma narrativa repleta de descrições ambientais e

históricas Giuliano Leoni nos transporta para a efervescente Florença e

os domínios do Papa Gregório que buscava, naquela época, o poder

absoluto. Mas diferente de Umberto Eco, autor de O Nome da Rosa, o livro

não chega a comover ou a entusiasmar muito já que os personagens são

inverossímeis e quase abstratos nas suas motivações ou personalizações.

Até mesmo a tal bailarina não consegue cativar um leitor mais atento. Os

diálogos são fracos e Dante, na pele de um Sherlock Holmes não convence

muito. Até porque, ele é intratável e arrogante, apesar de ser um poeta

muito inteligente.

A descrição ambiental e histórica da Itália pré-renascentista

compensa a pouca relevância da psique dos personagens e o leitor terá

que ter boa vontade para prosseguir na leitura. As motivações dos

crimes, seus responsáveis e a forma dedutiva de Dante são por vezes um

peso a que temos que superar para chegar à última página. De qualquer

forma, vale à pena a leitura para os amantes de livros com pano de fundo

histórico nos idos dos anos 1300. Segundo consta, Dante será personagem

de outros três volumes que espero, sinceramente, sejam melhor que este.

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...