Jump to content
Forum Cinema em Cena

Recommended Posts

  • 2 weeks later...

Pablo,

 

 

 

Sou leitor de suas críticas e tenho por elas muito respeito, no entanto sou obrigado a discordar da nota e de parte do teor da crítica ao filme Meia Noite em Paris. O filme se baseia em um único argumento óbvio (a fraqueza de idolatrar o passado para mascarar o medo dos desafios do presente), que é repetido inúmeras vezes de forma absolutamente tediosa, prolixa e por fim infantil.

 

 

 

Tediosa, pois da primeira à última cena o argumento é exaltado. Prolixo, pois o tempo todo o filme traz explicações redundantes para o fato de ser indesejável tal atitude perante a vida, até explanações científico/psicológicas enfadonhas são trazidas pelo pedante pseudo-intelectual. Infantil, pois depois de horas de repetições e exemplos extenuantes do argumento, esperava-se que houvesse alguma reviravolta que trouxesse algum elemento novo que surpreendesse, porém só houve a cena medíocre de Adriana sucumbindo à sua visão romântica de passado, além de levar consigo vergonhosamente Gauguin e Degas.

 

 

 

Por mais que a idéia central do filme possa lhe parecer suficiente, pertinente, não óbvia e bem trabalhada cinematograficamente (o que eu discordo completamente), seu maior erro foi elogiar a atuação de Owen Wilson.

 

 

 

Cada trejeito, sotaque, cacoete, engasgo, expressão e articulação mental de Woody Allen estavam presentes em Wilson, que abdicou completamente de construir um personagem para imitar de forma ridícula e descarada a forma de atuação peculiar de Allen. Simplesmente não consigo entender como isso passou despercebido por você, um cara tão tarimbado e atento a esse tipo de charlatanismo. Só como exemplo inconteste do engodo, ninguém além de Allen terminaria um noivado como Wilson terminou, simplesmente comunicando de forma fria e cômica o fato à noiva e seus pais, saindo do hotel calmamente como se estivesse indo comprar um cigarro. Não me recordo de nenhum ator que tenha tentado ser literalmente Allen em filmes de Allen, todos tiveram seu brilho próprio e carisma, exceto o senhor Owen Wilson, que por sinal é de longe o pior ator americano do momento, tendo em Os Excêntricos Tenenbaums seu único momento de brilhantismo.

 

 

 

Espero que repense a crítica, com todo o respeito de seu fã.

 

 

 

Rodrigo Costa.

Link to post
Share on other sites
  • 2 months later...

Até concordo com o Rodrigo Costa em certa parte, principalmente quanto a ser um filme que sempre tenta ser inteligente... mas não estamos falando de Woody Allen ??

 

Quem é fã dele sabe que é sua característica...

 

Nesse contexto, apesar de que o Wilson, visivelmente, emula as atuações do Woody Allen (que são péssimas por sinal, imo, mas ao mesmo tempo engraçada) tenho certeza que a maioria de seus fãs gostaram de sua atuação e do filme como um todo, pois tem a essência do Wood Allen..

 

Bom, eu gostei do filme, bastante divertido...

 

**** estrelas

 

Eliakim Cerqueira

 

 

 

Link to post
Share on other sites

 

 

Quando digo que Woody Allen é genial,é por motivos como esse filme.Só mesmo um

grande cineasta pode se reinventar depois de tantas obras,de tanto que já fez.É

seu melhor filme em muito tempo.Que cativante!Que gostoso de se ver!Não tem

pudor de ser acusado de se auto-plagiar,pois é impossível não ser remetido à sua

obra-prima,"A Rosa Púrpura Do Cairo";mas é só uma ideia.Os filmes nada tem a

ver.Talvez apenas a maestria de Allen.É sobre um casal em férias na bela

Paris,casal que logo de cara vemos que não tem nada em comum.Ele é um

saudosista,do tipo cuja frase recorrente é "eu não pertenço a esse

tempo,gostaria de ter nascido em outra época..."Numa noite em que ele passeia só

pela cidade,algo mágico e sem precedentes acontece...Contar mais seria estragar

a experiência de qualquer um que um dia assistir esse filme. E Marion

Cotillard?Me apaixonei mais um pouco...!Que prazer inesquecível que foi passear

por Paris com Woody e ela.Realmente,um filme excepcional.É por motivos assim que

eu amo mesmo o Cinema.Afinal,que outra Arte pode nos arrebatar de forma tão

incrível assim?

Link to post
Share on other sites

Nossa, então você não deve ter visto Whatever Works, Match Point, Melinda & Melinda, Vick Cristina Barcelona. Todos esses são bem melhores que Meia Noite em Paris. Mas, tem certas coisas que é melhor nem discutir. Woody Allen espertamente tem conseguido arrebatar os corações das pessoas flagrantemente fãs de comédias românticas, filminhos amenos de hollywood. Não é à toa que Meia Noite em Paris foi sua maior bilheteria da história. A maior genialidade de Allen é conseguir atrair bobos e espertos para o cinema. Mas dessa vez ele exaltou de mais a bobagem.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
×
×
  • Create New...