UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena

Search the Community

Showing results for tags 'dc'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Anúncios e Esclarecimentos
    • Anúncios Oficiais do Cinema em Cena
    • Sugestões, Reclamações, Dúvidas... e Elogios
  • O Mundo do Cinema em Cena
    • Críticas e Publicações do Cinema em Cena
    • Filmes em Geral
    • Em Cartaz nos Cinemas
    • CineNews
    • Premiações e Festivais de Cinema
    • Cinema Brasileiro
    • Bastidores do Cinema
  • Sucessos do Cinema
    • Grandes Sagas
    • DC Comics
    • Marvel Comics
    • Star Wars
  • Na Telinha
    • Home Entertainment
    • Séries
    • TV Paga
    • TV Aberta
  • Assuntos Diversos
    • Geral
    • Música
    • Esportes
    • Livros & Quadrinhos

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


AIM


MSN


Website URL


ICQ


Yahoo


Jabber


Skype


Location


Interests

Found 13 results

  1. Batman | Possível novo filme solo do herói pode sair em 2019 Rumores já especulam também o título do longa Aline Diniz 19 de Junho de 2014 O próximo filme da DC nos cinemas será Batman V Superman: Dawn of Justice, e já sabemos também que teremos mais longas em breve, incluindo até um da Liga da Justica. No entanto, um herói que ficou de fora da lista foi o Batman. As informações abaixo não passam de rumores e especulações do Latino Review, mas a ideia geral é que como a lista vazada da Warner vai somente até 2018, o novo filme solo do homem-morcego seria lançado no ano seguinte, em 2019. O site explica a agenda de Ben Affleck, que está tomada pelo longa Live by Night após a conclusão das filmagens de Batman V Superman, que será lançado em 6 de maio de 2016. Nos anos seguintes, Affleck deve trabalhar no filme da Liga da Justiça, fazer viagens de promoção para Batman V Superman, Live by Night (que tem previsão de chegar aos cinemas em 7 de outubro de 2016) e aí ficaria livre para trabalhar pelo menos dois anos em The Batman (suposto título do longa). Vale lembrar que nada está certo a esse ponto, mas as datas fazem sentido cronologicamente. http://omelete.uol.com.br/batman/cinema/batman-possivel-novo-filme-solo-do-heroi-pode-sair-em-2019/#.U6NUYG5EvQ8
  2. Há bastante tempo eu digo por aqui que sempre achei o Batman muito melhor em seu universo próprio de thriller policial com variações sutis (exatamente o que vemos em Animated Series, por exemplo) do que quando precisa dividir as atenções com os demais heróis da editora (principalmente aqueles que apelam à temáticas metafísicas e espaciais). Eis que, após uma bateção de cabeça danada, parece que tanto o estúdio, quanto boa parte dos fãs começam a sentir saudade da trilogia de Christopher Nolan e, principalmente, do fator que a tornou tão bem sucedida: a independência do cineasta. Ora, não é preciso ser nenhum especialista para saber que a Warner nunca precisou concretizar seu universo compartilhado nas telonas para obter boas bilheterias (o fato dos 2 últimos longas do Batman de Christian Bale terem superado as produções da Marvel naquele momento corroboram o que digo), uma vez que o público consolidado através de Nolan certamente nunca foi o mesmo dos Vingadores. Portanto, ao entrar na pilha de que a concorrente estaria não trabalhando um conceito próprio integrante de sua cultura quadrinhística, mas sim estabelecendo uma tendência obrigatória para se obter sucesso neste segmento; a Warner fugiu ÀS SUAS raízes quadrinhísticas (reconhecidas justamente pela autonomia e a inovação que sempre permearam suas publicações). Algo que sempre idealizei como fórmula ideal para o universo DC é uma linha de filmes independentes em paralelo ao universo compartilhado. Não que eu faça alguma questão do universo compartilhado, porém entendo as necessidades mercadológicas e sei que seria um tiro no pé dispensar o pessoal que curte ir ao cinema para assistir Playstation 4 (e isso não é uma crítica, ok?). Particularmente, sempre sonhei em ver na telona algo como a série Um Conto de Batman ou mesmo o Túnel do Tempo, onde grandes diretores dessem sua cara ao personagem pelo número de filmes que achassem suficiente (e, obviamente, que a bilheteria aprovasse); basicamente o que aconteceu com Nolan, que construiu sua Graphic Novel sobre uma trilogia. Resumidamente, minha vontade é ver o cinema realizar o que foi feito em Batman Preto e Branco. Agora, eis que, após os anúncios de que o Batman de Matt Reeves será completamente desligado do universo Liga da Justiça, e que virá um longa solo do Coringa com produção de ninguém menos que Martin Scorsese (que eu torço para que assuma a direção daqui até lá), as coisas parecem começar mudar. Seria um indício de que algo como o selo Vertigo pode estar tomando forma nos corredores da Warner? Até Superman: Entre a Foice e o Martelo já começa a ser ventilado como uma das próximas adaptações do Homem de Aço. Diante dos novos rumos que a DC está tomando no cinema (estabelecendo a SUA tendência, e não tentando ser uma versão séria da Marvel; é bom enfatizar); gostaria que neste espaço fosse discutido o que poderemos esperar desta nova iniciativa, quais diretores gostariam de ver trabalhando no segmento (e com qual personagem)? Que Graphic Novel ou trama gostariam de conferir na tela grande? Que ator gostariam de ver, por exemplo, no papel do Superman soviético de Mark Millar ou no Coringa de Scorsese? Eu, por exemplo, adoraria ver David Lynch à frente de Sandman e John Carpenter dirigindo o Homem Animal (embora esteja ciente de que dificilmente tais diretores aceitariam um projeto desse porte). Sem Jared Letto, com diretor de Se Beber Não Case e produção de Martin Scorsese, o filme não faria parte do que hoje conhecemos como DCEU Cesar Romero. Jack Nicholson. Heath Ledger. Jared Leto. Esta lista, em breve, deve ganhar mais um nome. É que, de acordo com o Deadline, a Warner está planejando fazer um filme solo do Coringa – com um novo ator e até um novo selo dentro dos DC Films. O projeto ainda está em seus estágios iniciais, mas a WB escalou Todd Phillips, diretor da trilogia Se Beber, Não Case, para coescrever o roteiro com Scott Silver (de O Vencedor). Além disso, ao menos no projeto, o próprio Phillips irá dirigir o longa, que terá produção de ninguém menos que Martin Scorsese. Seria um filme de origem, contando como o vilão surgiu, e não terá a participação de Jared Leto, que, sim, continua escalado para a continuação de Esquadrão Suicida e Gotham City Sirens. Por isso, este longa seria o primeiro de uma nova série de filmes baseada nos gibis da DC, sem amarras com outras continuidades. Resumindo: boas histórias para serem contadas, sem ficar se preocupando com universo coeso ou mesmo manter os mesmos atores. Não há, ainda, um nome definido para esta iniciativa. Ainda de acordo com o Deadline, a intenção da Warner é que o filme do Coringa se passe no começo dos anos 1980, com aquele clima sujo e cheio de crimes da época e que vemos em filmes como Taxi Driver – justificando, assim, a presença do Scorsese. Veríamos uma versão mais jovem do vilão, também. Só não há, ainda, uma vaga ideia do momento no qual o filme se encaixaria no calendário da Warner. Enquanto isso, Silver e Philips vão tocando o roteiro. No papel, lançar um segundo selo – talvez mais sombrio e adulto – com as propriedades da DC é uma grande ideia. Desde os anos 1980 que a editora tem um histórico de grandes publicações nessa linha, incluindo o selo Vertigo, então teríamos a deixa para trazer histórias como Sandman e até Superman: Entre a Foice e o Martelo – projetos que, em um momento ou outro, já foram comentados nos corredores de Burbank. Também seria uma forma de acabar com essa ditadura do universo coeso, que é legal, mas não precisa ditar TUDO, né? A questão aqui é justamente o filme escolhido para começar essa brincadeira. Pela descrição, o que a Warner está fazendo é uma adaptação, ainda que indireta, de A Piada Mortal. Muita coisa vai ser mudada, é muito provável, mas o pessoal das animações já provou que mexer nessa obra do Alan Moore pode ser uma grande fonte de dor de cabeça. (Isso, pelo menos, é o que esperamos. Se bem que eria divertido uma franquia do Coringa, com vários filmes contando sua origem, mais ou menos como ele faz em O Cavaleiro das Trevas cada vez que encontra alguém. ;D) Além disso, até outro dia, os filmes da DC pela Warner eram um samba de três notas. Batman. Superman. Coringa. Até mesmo Esquadrão Suicida é, no final, uma variação do mesmo tema. A Mulher-Maravilha finalmente chegou para romper essa monotonia do dinheiro garantido, vem por aí a Liga da Justiça (que tem Batman e Superman) e outros personagens em filmes solo, mas eis que eles resolvem voltar pra nota inicial. Sandman – que, ano passado, chegou a virar um projeto de série de TV – talvez fosse o melhor filme para chutar bundas e, aí sim, começar o selo VERTIGO dos DC Films, com toda a liberdade para diretores e roteiristas. E, dessa forma, finalmente veríamos o cinema passar pela mesma mudança que os quadrinhos passaram nos anos 80. O mundo estaria preparado para ter Morpheus na tela grande. Bom, esse sou eu sonhando, né? De qualquer forma, há o ponto positivo nisso tudo: o filme do Coringa pode sair, ser muito bom e mostrar para os Irmãos Warner o quanto foi uma ideia HORRÍVEL ter um Palhaço do Crime interpretado pelo Jared Leto, né? Fonte: http://judao.com.br/um-filme-solo-do-coringa-e-o-recomeco-que-dc-precisa/
  3. E praticamente quase certo a continuação do filme apesar da bilheteria moderada de 465 milhões, sei que muitos fãs ficaram decepcionados com o resultado artístico do filme, as expectativas falam alto, e a Warner DC ta com uma missão difícil ou quase impossível entregar uma obra prima do mesmo porte da Marvel que tem acertado e muito como Vingadores, Capitão America Soldado Invernal e Guerra Civil e etç e sem contar a trilogia do Batman do Chris Nolan. Ou seja tem que ter um diretor talentoso e autoral e o David Aryer e bom roteirista já direção mais ou menos, mas tirando os mortos e feridos o Esquadrão ainda tem um belo potencial. A começar por um vilão digno do grupo enfrentar e já que Magia ja foi utilizada e partir para o abraço e li algumas hqs e tinha muito material politico envolvido como ditadores brutais, políticos corruptos, queima de arquivo para governo e claro a boa e velha desavença com os famosos heróis como o Batman e a Liga da Justiça Tudo de maneria surpreendente e realista como uma Amanda Waller cada vez mais pratica reacionária tendo que lidar o correto Rick Flagg e um psiquiatra que analisa periodicamente o grupo para saber quem estar surtando antes começar uma missão suicida. este e total espirito caótico do esquadrão suicida E tenho fé que muittas destas coisa podem acontecer e bons personagens o filme tem Borgo e Hessel do Omelete estão comentado que a proxima ameaça do grupo e Batman que eles vão caçar o morcego, acredito que e possivel ter este encontro mas não quero que ele seja a principal ameaça do Esquadrão se não vai virar muleta para todos outros filmes da DC, chama o Batman to adorando o Ben Afleck mas ele tem que brilhar no filme solo dele e aproveita e leva o Coringa Jared Leto e deixa a gostosa da Arlequina pra o Esquadrão, gostei muito da personagem que abraçou a loucura e sexualidade marcante da dama do crime
  4. joao_spider

    Superman - O Homem de Aço 2 (20??)

    Já?!?!?! Superman - O Homem de Aço 2 | Warner Bros. já tem lista de possíveis roteiristas para sequência Steve Kloves, Travis Beacham e Lawrence Kasdan estão entre os nomes Satisfeita com o que viu até agora de Superman - O Homem de Aço, filme de Zack Snyder com o maior herói da DC Comics, a Warner Bros. já estaria selecionando o roterista responsável pela sequência, Man of Steel 2. Na lista, segundo boatos, estão nomes como Steve Kloves (Harry Potter e as Relíquias da Morte: Partes 1 e 2), Travis Beacham (Fúria de Titãs) e Lawrence Kasdan (Star Wars: Episódio VI - O Retorno de Jedi). A aparente pressa pode ser justificada pela expectativa de que este seja um filme no mesmo nível da série Batman de Christopher Nolan. Adiantando o texto, a Warner diminuiria o espaço entre suas produções e os filmes da rival Marvel Comics. Nolan, aliás, parece ser o nome chave nessa evolução, já que foi responsável também pela história que originou o roteiro de David Goyer para Superman - O Homem de Aço. Vale lembrar, porém, que o estúdio também adiantou o roteiro da sequência de Lanterna Verde, e até o momento essa sequência - devido ao fracasso do primeiro filme - não foi anunciada. Fonte: omelete.com.br
  5. Questão

    Mulher Maravilha 1984

    Mulher-Maravilha 2 se passará nos Estados Unidos, diz Patty Jenkins Diretora dá os primeiros detalhes sobre a possível continuação 04/06/2017 - 23:44 - GUILHERME JACOBS A continuação de Mulher-Maravilha ainda não foi confirmada pela Warner Bros., mas a diretora Patty Jenkins já tem planos em mente para o próximo filme da super-heroína interpretada por Gal Gadot. "A história vai se passar nos Estados Unidos, o que eu acho que é o correto," Jenkins falando com a EW. "Ela é a Mulher-Maravilha. Ela tem que vir para os Estados Unidos. Chegou a hora." "Eu não sou uma pessoa de obrigações quando o assunto é arte. Você faz um filme como esse porque acredita nele. Então eu tive essa revelação no meio da noite: esse é o seu elenco dos sonhos, você criou uma personagens que ama e você pode dizer o que quiser no mundo agora. Então eu percebi que Mulher-Maravilha 2 será um ótimo filme por si só. Eu fiz Mulher-Maravilha. Agora eu quero fazer Mulher-Maravilha 2. É uma linda história para se contar, um momento importante para contá-la e fazer isso com pessoas que amo." Por enquanto a continuação ainda não foi confirmada, mas o desempenho de Mulher-Maravilha na bilheteria certamente será um grande incentivo para a WB. Mulher-Maravilha está em cartaz nos cinemas brasileiros, com Gal Gadot e Chris Pine no elenco. Leia a crítica e assista aos blocos do OmeleTV, com e sem spoilers. FONTE: OMELETE Gostei bastabte do primeiro filme, e acho que os quadrinhos ainda oferecem muita coisa boa pra ser explorada na sequência.
  6. Questão

    Liga da Justiça (2017) #2

    Então pessoal, chegamos ao segundo tópico da Liga, o que é uma pequena proeza para um filme anunciado oficialmente a menos de um ano. Daqui a três anos, enfim os fãs da DC verão a reunião dos seus maiores heróis na tela, sob a direção de Zack Snyder (que não era exatamente a minha opção preferida mas podia ser pior ). Como ainda temos tempo antes de informações realmente concretas começarem a chegar, sugiro que continuemos a analisar histórias clássicas da Liga da Justiça para ver o que pode ser aproveitado no primeiro filme da equipe. Sugiro aqui a análise do arco "Feras", escrito por Gerry Conway e desenhado por Len Wein, uma das ultimas aventuras da famosa "Fase Satélite" da Liga da justiça. A trama tem início com um grupo de milionários se reunindo em um prédio, todos com os rostos devidamente ocultos por mascaras. Eles descem por um elevador secreto, chegando a uma espécie de arena subterrânea. Logo, o show é anunciado. Não vemos o que ocorre dentro da arena, mas a platéia parece ir a loucura quando são atingidos por vários respingos de sangue. No porto de Metropolis, Superman tenta impedir que um grupo de criminosos roubem uma carga destinada aos Laboratórios STAR. Ele recebe a ajuda da Mulher Maravilha, e os dois conseguem avariar o barco em que os criminosos tentavam fugir. Mas antes que possam fugir, são surpreendidos por uma enorme criatura metade homem, metade baleia. A criatura quase afoga Diana, o que faz o Superman ter que escolher entre resgatar a amiga ou perseguir o monstro. O homem baleia foge literalmente carregando parte do roubo na boca. Em Central City, um grupo de criminosos de armadura também executa um roubo a um laboratório de pesquisas. O Flash (Barry Allen) surge para detê-los, mas é surpreendido ao ser atacado por um homem rinoceronte, que o acerta com seu chifre direto no estômago. Os bandidos fogem, deixando o Flash gravemente ferido para trás. Em São Francisco, o Homem Elástico tenta parar um caminhão de produtos químicos roubados, mas é atacado por grandes homens pássaro. O confronto acaba se encaminhando para uma lavanderia chinesa. Um dos criminosos aproveita uma chance quando o Homem Elástico cai sobre uma prensa de roupa, e o prensa ali, o que lhe causa imensa dor, e desestabiliza as suas moléculas, deixando-o vulnerável ao ataque dos pássaros. Em Nova York, Nuclear voa pelos céus, quando percebe uma mulher pantera se esgueirando pelos prédios. Ela o ataca, achando que ele esta ali para "Leva-la de volta para Rex". O herói consegue acalma-la, e ela diz se chamar Reena, e promete lhe contar tudo sobre a sua condição, desde que ele a proteja. Nuclear a leva para o Satélite da Liga. Somos informados que Flash e Homem Elástico sobreviveram aos ferimentos, mas estão incapacitados. Reena conta aos heróis que ela se chamava Irena, e era executiva de uma empresa chamada Repli Tech Industries, e também namorada do presidente da empresa, Rogan Rex. Quando Rex descobriu que a empresa estava indo a falência, ele isolou o prédio, e o inundou com um mutagene criado por seu principal cientista, o Dr. Lovecraft. Todos no prédio, de empregados ao conselho deliberativo, se transformaram em homens animais. Denominando-se Maximus Rex, que se transformou em uma criatura metade homem, metade leão, Rex considerou que havia criado uma raça superior, mas antes de dividir isso com o mundo, precisava de dinheiro, o que fez com que criasse o seu clube da luta secreto, usando aqueles mais desfavorecidos que estavam no prédio quando o mutagene foi liberado como lutadores. Reena diz que fugiu e que quer expor isso ao mundo por não aguentar mais a culpa pelo circo de sangue que ajudou a criar. Ela só conseguiu fugir graças a ajuda de seu amigo Rowl (transformado em um leopardo), que assim como Reena, não aguenta mais a matança. Todos os heróis presentes (menos a Mulher Gavião, que acha Reena patética) são solidárias a pobre garota pantera. No Egito, Carter Hall supervisiona uma escavação de tesouros perdidos, quando são atacados por homens de armadura, que contam com o apoio de um grupo de homens escorpiões gigantes, que surgem da areia. Carter assume a identidade do Gavião Negro, e tenta impedir o massacre de sua equipe, mas acaba sendo arranhado por uma das criaturas, e começa a sucumbir aos efeitos do veneno. Nas Industrias Rex, Maximus Rex é avisado pelo Dr. Lovecraft, que se transformou em um homem rato, que o intruso que tentou roubar algum de seus registros e deixou as instalações sem autorização é Reena. Maximus Rex jura vingança contra a ex amante. O próprio Maximus Rex luta na Arena, desafiando Rowl para combate por sua traição. Rowl não é páreo para o Homem Leão, que o decapita, exibindo a sua cabeça como o destino de todos aqueles que o traírem. Os heróis são comunicados que o Gavião Negro foi encontrado gravemente ferido no Egito. Mulher Maravilha e Mulher Gavião partem para ver como Katar está, mas antes de partir, Shayera alerta Reena que caso o Gavião Negro morra, ela ira matar Reena, pois faz parte disso tanto quanto Maximus Rex e os outros. No hospital, no Egito, Diana e Shayera fazem visitam o Gavião Negro. Os médicos dizem que o herói precisa urgentemente da anti toxina, caso contrario, ira morrer. As duas heroínas são surpreendidas pelo ataque de homens de armadura, liderados pelo Homem Rinoceronte que feriu o Flash. Pegas de surpresa, elas sucumbem, e o trio de heróis é sequestrado. Na Torre da Liga, os heróis recebem uma mensagem de Maximus Rex, exigindo que os heróis entreguem Reena e fiquem fora do seu caminho, do contrário, o Gavião Negro vai morrer, e Diana e Shayera seram expostas ao mutagene. Putos da cara os Heróis da Liga decidem dar um fim a Maximus Rex e sua organização de uma vez por todas. Para provar a sua superioridade sobre a raça humana, Rex desafia doze bandidos armados com facas, porretes e correntes a enfrenta-lo na arena. Enquanto este combate acontece, Reena se entrega e pede para ser levada a presença de Maximus Rex. Reena é deixada em uma sala por Lovecraft, e logo depois um furioso Maximus Rex coberto de sangue entra na sala. Reena ordena que ele liberte os heróis capturados, mas ele a esbofeteia e a chuta, dizendo pra ela não o dar ordens. Rex diz que estão movendo a operação para uma ilha, devido a traição dela, e que ele vai lidar com a traidora mais tarde. O que Rex não sabe é que esta não é realmente Reena e sim Zatanna disfarçada, usando um rastreador/escuta no ouvido. No satelite, Flash e Homem Elástico voltam a se reunir a seus amigos, mesmo não recuperados totalmente. A equipe planeja o seu ataque com cuidado, pois sabem que os meta humanos de Rex foram poderosos o bastante pra capturar três deles. Reena se propõe a ajuda-los. Reena, Nuclear, Homem Elástico e Aquaman chegam ao velho prédio da Repli Tech Industries, onde descobrem Lovecraft comandando a ultima etapa da "Mudança". Durante o ataque, Nuclear percebe que Reena está ficando cada vez mais selvagem e violenta. O grupo interroga Lovecraft, que entrega a antitoxina que pode salvar a vida do Gavião Negro, mas o herói já foi levado para a ilha. No Satélite da Liga, Superman localiza a Ilha e, repassa a informação para os seus amigos.. Superman é o primeiro a chegar, mas Rex desenvolveu um canhão de laser baseado na energia do sol vermelho, que tira Superman da jogada. O homem de aço é crucificado no alto da montanha da ilha. Nuclear e Homem Elástico chegam para liberta-lo, Mas Superman era apenas uma isca, e Maximus Rex põe Nuclear pra dormir com um único golpe. Também ficando mais selvagem, Rex ataca o Homem Elástico, que recebe a ajuda do Flash. Enquanto isso, Aquaman tenta fazer uma entrada mais furtiva na ilha, mas é atacado pelo Homem Baleia. Usando a sua telepatia marinha, Aquaman lobotomiza, a criatura, a deixando na água em estado catatônico. Um homem cobra que banca o carcereiro da Mulher Maravilha, Mulher Gavião e do moribundo Gavião Negro diz para elas observarem seus amigos morrerem. Mas Aquaman surge e o põe pra dormir com um mata leão (no caso mata cobra ) libertando as colegas, e administrando o antidoto no Gavião Negro. Reforços parecem chegar pela porta. Os três heróis se preparam para o combate, mas descobrem ser apenas Zatanna, que se livrou de seu disfarce, e abria o seu caminho para liberdade. Na montanha, a verdadeira Reena ataca Maximus Rex. Os dois cada vez em um estado mais selvagem atacam brutalmente um ao outro. Reena ordena que Flash e Homem Elástico tirem o inconsciente Nuclear e o enfraquecido Superman dali, e deixem Rex com ela. Enquanto isso, Aquaman e Mulher Maravilha lideram a revanche da Liga contra os homens animais de Maximus Rex, vencendo criaturas como o Homem rinoceronte e os Homens escorpião. Entretanto, as criaturas começam a sofrer novas mutações, e regridem até se transformarem em inofensivos animais normais. Toda e qualquer humanidade que tinham desapareceu, se é que tinham alguma, como lembra a Mulher Gavião. Nuclear acorda e pergunta por Reena e Maximus Rex. Eles seguem uma trilha de sangue e encontram um leão morto. Não muito longe, há uma pantera agonizante. Nuclear se aproxima e pede desculpas por não conseguir protege-la. A pantera parece reconhece-lo, e morre. Shayera diz para Nuclear não se sentir culpado, pois Reena estava condenada desde o início, desde que deixou um homem como Rex dominar a sua vida. As questões são: 1) Quais elementos de FERAS poderiam ser usados em um filme da Liga 2) O vilão Maximus Rex e seus homens animais poderiam ser usados como primeiro grande desafio da Liga? 1) Acho que essa história tem elementos bem interessantes. Uma arena de gladiadores usada como condutor para "arrancar dinheiro dos ricos" para um plano maior é uma coisa interessante. Um dos heróis ser gravemente ferido durante o filme, e retornar para o ato final, mesmo com os seus ferimentos, como acontece com o Flash e o Homem Elástico nesta história é algo bem interessante. Esta história também tem um dos melhores usos da telepatia marinha do Aquaman que eu já vi. Pode haver uma criatura marinha no filme que sofra destino semelhante ao do Homem Baleia na história, mostrando que o Aquaman pode sim ser fodão. Momento heróis da Liga muito putos ao verem uma transmissão ameaçadora na TV ou um desastre causado pelo vilão do filme. E é claro,um plano assim no filme ficaria legal. 2) Quanto a Maximus Rex, acredito que ele pode ser um cara preocupado com a raça humana após a invasão do Zod. Ao perceber que somos fisicamente frágeis, e que provavelmente não sobreviveremos ao próximo cataclismo evolutivo, Rex pode acreditar que a chave para a nossa evolução, e consequentemente prevenção contra outras invasões alienígenas, pode ser não desenvolver novas armas, pois elas ó nos destruiriam, mas sim o ser humano evoluir fisicamente, talvez baseando-se até em teorias darwinistas e tudo mais. Inclusive, Rex poderia estar planejando criar esta nova raça, transformando o planeta inteiro. O objetivo de Rex seria até nobre, a sobrevivência da espécie, só que por meios muito tortos. Então, o que acham?
  7. Angellus Lestat

    Batgirl

    Assista ao primeiro episódio de Spoiled, a nova web série estrelada pela Batgirl! Renan Martins Frade Click no play aí em cima e veja, por 12 minutos, o primeiro episódio de Batgirl: Spoiled, web série independente (e sem ligação com a Warner ou com a DC) baseada na fase de Bryan Q. Miller com a personagem nos quadrinhos. Sim, a Batgirl não é a Barbara Gordon, que nessa época estava paraplégica e atendia pelo nome de Oráculo. O alter-ego da protagonista é Stephanie Brown. Claro, esse episódio pode não ter sido um dos mais brilhantes, o áudio não está legal e a coreografia das lutas podia ser melhor, mas é uma web série estrelada por uma gostosinha vestida de Batgirl – e que ainda promete nos trazer a Mulher-Gato e a Arlequina. Sem falar que é uma produção estrelada pela Stephanie Brown, uma personagem que nunca terá destaque fora das HQs (aliás, nem nas HQs mais, já que ela sumiu após o reboot da DC). Além dos personagens que aparecem nesse primeiro episódio, Batwoman, Questão (Renee Montoya), Hera Venenosa, Charada e Comissário Gordon também devem dar as caras. Vamos aguardar os próximos episódios e ver o que mais pode sair daí.
  8. RegisPN

    Aquaman - O Filme

    Mark Wahlberg daria um bom Aquaman? Por Marcelo Hessel 16/8/2005 Em tom de brincadeira, o ator Mark Wahlberg (Uma saída de mestre) disse em entrevista ao site Suicide Girls que pode viver Aquaman no cinema. Pelo menos foi o comentário que ele ouviu do diretor James Cameron. "É, isso meio que poderia ter acontecido antes, mas agora... é só loucura. Jim Cameron estava brincando com o pessoal, dizendo 'Nós realmente deveríamos fazer', e todo mundo sugeriu que fizéssemos Aquaman juntos", disse o ator. A questão é que a brincadeira pode ter um fundo de verdade. Wahlberg já procurava incorporar um herói de ação, mas a sua participação em Splinter Cell, filme baseado no game, foi descartada assim que o diretor Peter Berg e o escritor J.T. Petty deixaram o projeto. E como especulou-se em setembro de 2004 que os produtores Alan e Peter Riche e o roteirista Ben Grant queriam fazer da história uma comédia - "como ele é um personagem estúpido, vamos aproveitar isso no filme", teriam dito os produtores na época. Nada é impossível, mas, por enquanto, a adaptação de Aquaman segue sem novidades concretas, muito menos um diretor e um astro. ========================================== Será que poderíamos ter um bom filme baseado no personagem? Claro! Desde que tratado com o devido respeito! Assim como todo grande personagem de HQ merece!
  9. Filme dos Novos Titãs tem novidades Roteirista de quadrinhos é chamado para escrever a adaptação 31/05/2007 A superequipe adolescente Novos Titãs, da DC Comics, também conhecida como Jovens Titãs na televisão brasileira, ganhará um filme pela Warner Bros. Pictures, segundo o Hollywood Reporter. O projeto está em gestação nos EUA desde 2003, mas só agora parece pronto para avançar. Os veteranos Akiva Goldsman e Kerry Foster produzirão o longa, que não será uma animação, como os recentes filmes lançados em DVD. Mark Verheiden, roteirista de quadrinhos com passagens pelo gibi Superman/Batman, além das telesséries Smallville e Battlestar Galactica, escreverá o roteiro do longa. O supergrupo foi criado em 1964 e era formado por Robin, Kid Flash, Aqualad, Moça-Maravilha e Ricardito, todos ajudantes ou versões jovens de super-heróis consagrados (Batman, Flash, Aquaman, Mulher-Maravilha e Arqueiro Verde). Na década de 1980 o time foi reformulado por Marv Wolfman (Crise nas infinitas Terras) e George Pérez (Liga da Justiça e Vingadores) e passou a contar com Robin, Ravena, Estelar, Mutano, Kid Flash, Ciborgue e Moça-Maravilha. Não se sabe ainda quais heróis aparecerão no filme, mas é provável que Robin seja substituído por Asa Noturna, segunda identidade de Dick Grayson no combate ao crime. A decisão deve ter sido tomada para evitar conflitos entre franquias, já que o Robin é parte do universo do Homem-Morcego. Não estranhe ainda se o Kid Flash e a Moça-Maravilha também forem alterados... lembre-se que o primeiro já virou o Impulso na série de TV Smallville (leia). Fique de olho no Omelete para mais informações sobre o projeto.
  10. Jailcante

    Gotham

    Gotham | Fox anuncia série de TV sobre o Comissário Gordon Seriado mostrará cidade do Batman e inimigos icônicos do herói Thiago Romariz 24 de Setembro de 2013 A Fox anunciou a série de TV Gotham, que contará a história do Comissário James Gordon e mostrará algunsvilões icônicos do universo de Batman. De acordo com o Deadline, a produção ficará a cargo da Warner Bros. TV e terá o roteiro feito por Bruno Heller, de The Mentalist. Na história, Gordon ainda é um detetive da Secretaria Municipal de Polícia de Gotham e enfrentará problemas da cidade, além de confrontar com mafiosos famosos da DC Comics - a princípio, Batman não aparecerá na série. Gordon foi mostrado pela primeira vez em 1939 no primeiro quadrinho do Homem-Morcego. Criado por Bill Finger eBob Kane, o comissário apareceu tanto em HQs como emfilmes e séries, inclusive na trilogia Cavaleiro das Trevas, de Christopher Nolan, onde foi interpretado por Gary Oldman. A série já tem a primeira temporada garantida, sem data ou elenco definidos. Esta é o segundo seriado com base em personagens da DC anunciado este ano, a primeira foi Flash.
  11. maximum

    Mulher Maravilha

    Alguém pode me dizer? Quem seria a atriz da heroína? maximum2006-09-28 12:49:23
  12. Alexander Bell

    BATMAN - Era Nolan

    Com a estréia do terceiro e último capítulo da trilogia dirigida por Christopher Nolan, claro que as discussões estão voltadas para o encerramento da saga. Mas depois que a poeira baixar... o assunto se esgotar... fatalmente se discutirá sobre o novo filme do Cavaleiro das Trevas, pois é óbvio que a Warner não vai abrir mão da sua "galinha dos ovos de ouro". Então faço as seguintes indagações: - Fazer um reboot ou dar sequência aos filmes do Nolan? - No caso do reboot, manter o estilo do Nolan ou ser mais fiel às HQs? - Quem seria o diretor mais indicado? - Quem seria o novo Bruce Wayne? - Qual o dream cast para os demais personagens do bat-universo? - Quais vilões explorar? - E no caso de se dar sequência aos filmes do Nolan.... e só veja o spoiler se você já assisitu a TDK Rises....
×