Jump to content
Forum Cinema em Cena

Gui Marchetti

Members
  • Posts

    729
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Gui Marchetti

  1. Duvido muito, ainda estou esperando a troca das edições definitivas de "HP" que ela confundiu tudo e enrolação continua... Você já lavou o disco? Como mencionei no post anterior, quando os lavei eles ficaram perfeitos e não travaram. Acho que dependendo do estágio da mancha, apenas com a lavagem já resolve sem deixar danos. De qualquer forma, pode ligar no SAC dela e abrir uma ocorrência. O fone é 4004-2050.Gui Marchetti2010-02-26 17:41:52
  2. Que putaria da Playarte com "Halloween - O Início"... Demora 3 anos para lançar no Brasil, depois somente em edição simples e ainda por cima mutilado? Fico com a versão da Região 1 mesmo (não que os extras sejam grande coisa também).
  3. Esta semana encontrei meus primeiros DVDs com manchas... Resolvi assistir a 1ª temporada de "Six Feet Under" e os discos 1 e 2 estavam embaçados, principalmente nas bordas, com alguns "pontinhos" espalhados pelos discos. Lavei os 4 discos do pack e limpei as bandejas com álcool em gel. Li neste tópico que este problema é mais frequente em Digipak e talvez tenha acontecido por isso já que a embalagem é deste tipo. Vou ver se consigo dar uma olhada em todos os meus packs Digi neste fim de semana para lavar os discos e limpar as bandejas. Pelo menos os discos não travaram...
  4. Não... Por ora, tenho somente "Short Cuts" da Lume e está mutilado para 1.85:1 - em anamórfico, pelo menos.
  5. Acho que os estúdios disponibilizam o master (ou o "tipo") que a distribuidora solicita. Por exemplo, hoje em dia um filme mutilado só pode ser solicitação de uma distribuidora fundo de quintal porcaria, afinal, só se vê isso aqui no Brasil. Nos outros países em que os filmes saem por distribuidoras independentes eles continuam em anamórfico e na proporção correta. Um master mutilado deve dar mais trabalho de ser criado, afinal tem de ser reformatado, por tanto, deveria ser mais caro. Mas o que não entendo é: por quê o estúdio - se for este o caso - atende a este tipo de solicitação? Por quê disponibiliza um master mutilado, diferente da forma que foi formatado pelo diretor? Se a Europa, Imagem ou California solicitar o master para um Blu-Ray em 4:3 porquê acha que agrada mais o povo brasileiro, por que ele atenderia isso? Já que o controle de qualidade aqui é quase inexistente, o fornecedor internacional deveria fazer certas "exigências" na hora de firmar um acordo com um distribuidor local para que seus produtos fossem distribuídos com um padrão de qualidade mínimo. Parece que formato de tela sempre será um problema no Brasil independente do formato da mídia, pois as mutilações têm continuado no Blu-Ray...
  6. Valew pela informação, Felipe! Pois é, vou importar mesmo, mas preciso esperar ser anunciado nos EUA - prefiro da Região 1 por não ser acelerado (DVD).Gui Marchetti2010-02-11 17:48:20
  7. Estava contando de assistir "A Fita Branca" amanhã nos cinemas mas não vai passar aqui em Rib. Preto. Vou no "Preciosa" mesmo... Alguém sabe qual distribuidora o está lançando no Brasil? Espero que não seja a California. Se for, não há a mínima chance para uma edição especial - como sempre
  8. Neck2000, <?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /> Não há nada que possa ser feito com filmes que saíram de catálogo no Brasil; ou compra usado por uma fortuna no Mercado Livre (isso se achar), ou importa mesmo. Tenho uma amiga de uma distribuidora que me explicou os motivos disso (de forma bem genérica). São dois: primeiro, nem sempre a distribuidora tem os direitos de um filme por prazo indeterminado, às vezes é por anos, ou mesmo por "remessa". Isso é mais frequente com distribuidoras independentes, mas acontece com as "majors" em certos casos. O segundo, e mais frequente é que, as distribuidoras só vendem para pessoas jurídicas (lojas e locadoras), e fica inviável, por exemplo, mandar fabricar uma única unidade para um cliente que solicita. Elas também têm acordos com essas empresas de fabricação (Videolar, Microservice) que exigem uma quantidade mínima de cópias por título. E um terceiro motivo, este a minha amiga não mencionou: as distribuidoras no Brasil não dão a mínima para os consumidores! Tem melhor exemplo que a Fox? Mais do que a gente xinga, reclama, escreve e telefona, e aquela súcia não está nem aí! Contestaram a votação no Blog do Jotacê que a elegeu a pior porque a votação não foi "acompanhada" pela equipe dela. Poxa, devíamos ter chamado os inspetores da ONU para garantir a segurança da votação... Gui Marchetti2010-02-10 15:59:41
  9. Será que a Waner não incluirá os extras de "A Cela" que tem na versão da Playarte? E que tipo de trilha é Disney Enhanced Home Theater Mix?
  10. Liguei na Universal hoje para confirmar se a versão para venda de "Inimigos Públicos" será somente a simples como a da locadora - que por sinal, sim, será - mas tive uma boa notícia: "Bastardos Inglórios" será em edição especial dupla, chegando às lojas em maio. Para quem tiver interesse no filme, fica aqui o aviso.
  11. Faz tempo que tenho esta dúvida mas esqueço de perguntar aqui. Ontem assisti um filme e constava no menu de opção de áudio que a trilha era em DD 5.1 EX. Alguém sabe o que significa o EX, e que diferença esta trilha tem para a convencional DD 5.1?Gui Marchetti2010-01-24 10:48:09
  12. Post duplicado, foi mal. Gui Marchetti2010-01-15 18:02:10
  13. Não precisei, minha TV é em widescreen, o player está configurado em 16:9 e a proporção da imagem está correta (a resolução deste DVD é 853x480). É letterbox pois fica com as tarjas já que o filme é em 2.35:1 e não 1.85:1. Mas é anamórfico sim, pode comprar sossegado Gui Marchetti2010-01-15 18:00:38
  14. Sim, todos os 3 filmes. E se for igual a versão da lata, que deve ser, o primeiro filme é em edição especial estendida.Gui Marchetti2010-01-15 11:24:58
×
×
  • Create New...