UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
Administrator

Indicações e Prêmios Difíceis de Entender

Recommended Posts

Quem acompanha o Oscar deve ter passado por vários momentos de dúvida, perplexidade ou assombro. Aposto que muitos de vocês já se pegaram exclamando em alto e bom som para si próprio ou ao menos indagando mentalmente: "por que diabos fulano teve essa indicação? Ele não faz nada na droga do filme!". Muitas vezes a resposta, previsível e automática, pode ser: porque era um cineasta muito respeitado em seu meio, por causa de seu imenso prestígio na indústria, ou graças à campanha milionária do estúdio que bancou o filme... Mas essas hipóteses, mesmo cabíveis e freqüentemente verdadeiras, não interessam.

 

Seria interessante partilhar esses casos aqui, pois assim a opinião do outro poderia até mesmo esclarecer as variadas razões por trás da respectiva indicação/premiação que lhe pareça incompreensível à primeira vista. A troca de pontos de vista e o conhecimento de algum colega podem ajudar a clarear a situação. smiley1.gif

 

 

 

 

Alguns casos em que não consigo enxergar o motivo de tamanha louvação:

  • Jason Robards, vencedor do Oscar de Ator Coadjuvante por Todos os Homens do Presidente. Não há dúvidas de que Robards tem uma presença imponente, marcante. Mas daí a vencer aquela enxurrada de prêmios... Em nível de interpretação, o que há de tão especial assim?
  • Tim Robbins, Oscar de Ator Coadjuvante por Sobre Meninos e Lobos. Certa vez, um blogueiro afirmou que era notável um homem tão grande (fisicamente) convencer como um personagem tão pequeno (internamente). Mas... É só?

  • Adrien Brody, vencedor por O Pianista como Melhor Ator. Ele não exagera, evitando a super-representação. Sua performance encaixa-se bem na abordagem discreta adotada por Polanski para o filme. Daí a vencer o Oscar é outra história!
  • Louise Fletcher, Melhor Atriz em Um Estranho no Ninho. E mais: Kim Basinger, Atriz Coadjuvante em Los Angeles - Cidade Proibida. Peter Ustinov, Ator Coadjuvante por Spartacus. Entre vários outros. Na boa, por quê?

 

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Quem acompanha o Oscar deve ter passado por vários momentos de dúvida' date=' perplexidade ou assombro. Aposto que muitos de vocês já se pegaram exclamando em alto e bom som para si próprio ou ao menos indagando mentalmente: "por que diabos fulano teve essa indicação? Ele não faz nada na droga do filme!". Muitas vezes a resposta, previsível e automática, pode ser: porque era um cineasta muito respeitado em seu meio, por causa de seu imenso prestígio na indústria, ou graças à campanha milionária do estúdio que bancou o filme... Mas essas hipóteses, mesmo cabíveis e freqüentemente verdadeiras, não interessam.

 

Seria interessante partilhar esses casos aqui, pois assim a opinião do outro poderia até mesmo esclarecer as variadas razões por trás da respectiva indicação/premiação que lhe pareça incompreensível à primeira vista. A troca de pontos de vista e o conhecimento de algum colega podem ajudar a clarear a situação. smiley1.gif

 

 

 

 

Alguns casos em que não consigo enxergar o motivo de tamanha louvação:

  • Jason Robards, vencedor do Oscar de Ator Coadjuvante por Todos os Homens do Presidente. Não há dúvidas de que Robards tem uma presença imponente, marcante. Mas daí a vencer aquela enxurrada de prêmios... Em nível de interpretação, o que há de tão especial assim?
  • Tim Robbins, Oscar de Ator Coadjuvante por Sobre Meninos e Lobos. Certa vez, um blogueiro afirmou que era notável um homem tão grande (fisicamente) convencer como um personagem tão pequeno (internamente). Mas... É só?

  • Adrien Brody, vencedor por O Pianista como Melhor Ator. Ele não exagera, evitando a super-representação. Sua performance encaixa-se bem na abordagem discreta adotada por Polanski para o filme. Daí a vencer o Oscar é outra história!
  • Louise Fletcher, Melhor Atriz em Um Estranho no Ninho. E mais: Kim Basinger, Atriz Coadjuvante em Los Angeles - Cidade Proibida. Peter Ustinov, Ator Coadjuvante por Spartacus. Entre vários outros. Na boa, por quê?

 

 

 

 

[/quote']

 

Acho o tópico interessante e tenho alguns questionamentos que me postarei depois (tô totalmente sem tempo agora).

 

Mas dos que você postou concordo com o que eu coloquei em negrito: no dia em que alguém conseguir me convencer que Tim Robbins merecia ao menos ser indicado ao Oscar em 2003, mudo meu nome! Ele simplesmente coloca os ombros pra baixo, faz cara de palerma e só! Isso eu sei fazer também, oras...smiley36.gif

 

Com relação a Brody, acho que ele está soberbo e ultra-merecedor do prêmio. E olha que até assistir THE PIANIST eu achava impossível alguém estar melhor que Daniel Day-Lewis (única coisa que se salva no fatídico GANGS OF NEW YORK).

 

E acho que Louise Flethcer está inesquecível em ONE FLEW'S...até hoje sinto calafrios...smiley5.gifsmiley9.gifsmiley36.gif

 

Depois comento outros e posto mais!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Com relação a Brody' date=' acho que ele está soberbo e ultra-merecedor do prêmio. E olha que até assistir THE PIANIST eu achava impossível alguém estar melhor que Daniel Day-Lewis (única coisa que se salva no fatídico GANGS OF NEW YORK).

 

E acho que Louise Flethcer está inesquecível em ONE FLEW'S...até hoje sinto calafrios...smiley5.gifsmiley9.gifsmiley36.gif

 

[/quote']

 

Mas o que causou impacto, vindo da atuação dela, em você?

 

Entendo que Fletcher não deixa o papel da Enfermeira Ratched pender para a armadilha da típica vilã de caras e bocas - pelo que vi no filme, Ratched era uma pessoa fria que acreditava piamente na manutenção da ordem por meio do total apego a regras e rotina como a melhor maneira de manter aquela instituição. A atuação dela é comedida, e faz total sentido para a sua personagem. Seria algo assim?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quase todas as indicações de Crash.

Também achei Brody ganhar muito exagerado... dos indicados eu vi Day Lewis e Cage. Nada que desmereça a interpretação difícil de se fazer de Brody, mas Day Lewis e Cage fizeram trabalhos fenomenais!

Eu acho super merecido o oscar de Louise Fletcher. Ele faz uma personagem tridimensional, bem intencionada e verossímil, e tem o difícil papel de fazer um papel antagônico a um dos caras mais carismáticos do cinema. Você a entende, e até pode achar que ela está certa se olhar por um ponto de vista. Além de não fazer a típica interpretação de "diretora chata", como as que tem um muitos filmes por aí. Mas eu acho que ela podia ter ganho o de coadjuvante, porque a personagem não é principal mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Trash - No Pinico e Menina dos Clichês...só de lembrar tenho calafrios...mas o que me consola é lembrar da cara de Jack Nicholson ao falar o nome do pseudo-filme.

Mas a maior de todas com relação a atuação, mais recente, sem dúvida, Ellen Burstyn de Requiem perder para os palavrões de Julia Roberts em Erin...algo abominável. Ellen deveria ter pegado sua bolsa, levantado da cadeira e sair, andando, calmamente pelos corredors do Shrine Auditorium. Algo que Judi Dench por Iris também deveria ter feito ao perder para a cena de sexo de Halle Berry em A Última Ceia. O que uma bela punheta não faz aos velhinhos da AMPAS, dá até Oscar!!! Pamela Anderson tá perdendo tempo.smiley36.gif

FeCamargo2006-7-26 14:17:33

Share this post


Link to post
Share on other sites

Trash - No Pinico e Menina dos Clichês...só de lembrar tenho calafrios...mas o que me consola é lembrar da cara de Jack Nicholson ao falar o nome do pseudo-filme.

Mas a maior de todas com relação a atuação' date=' mais recente, sem dúvida, Ellen Burstyn de Requiem perder para os palavrões de Julia Roberts em Erin...algo abominável. Ellen deveria ter pegado sua bolsa, levantado da cadeira e sair, andando, calmamente pelos corredors do Shrine Auditorium. Algo que Judi Dench por Iris também deveria ter feito ao perder para a cena de sexo de Halle Berry em A Última Ceia. O que uma bela punheta não faz aos velhinhos da AMPAS, dá até Oscar!!! Pamela Anderson tá perdendo tempo.smiley36.gif

[/quote']

smiley36.gifsmiley36.gif

Teria sido uma cena interessantíssima,ainda mais se ela saísse de mãos dadas com Joan Allen.Mas o pior caso é o de Halle Berry mesmo.Num ano que além de Judi Dench tinha Nicole Kidman e Sissy Spacek,foi uma fronta.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

- Catherine Zeta-Johnes levar o Oscar de atriz coadjuvante por "Chiacgo", tendo Meryl Streep (Adaptação) e Juliane Moore (As Horas) indicadas.

- Jason Robards, vencedor do Oscar de Ator Coadjuvante por Todos os Homens do Presidente. Não há dúvidas de que Robards tem uma presença imponente, marcante. Mas daí a vencer aquela enxurrada de prêmios... Em nível de interpretação, o que há de tão especial assim? (By gustavo)

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Com relação a Brody' date=' acho que ele está soberbo e ultra-merecedor do prêmio. E olha que até assistir THE PIANIST eu achava impossível alguém estar melhor que Daniel Day-Lewis (única coisa que se salva no fatídico GANGS OF NEW YORK).

 

E acho que Louise Flethcer está inesquecível em ONE FLEW'S...até hoje sinto calafrios...smiley5.gifsmiley9.gifsmiley36.gif

 

[/quote']

 

Mas o que causou impacto, vindo da atuação dela, em você?

 

Entendo que Fletcher não deixa o papel da Enfermeira Ratched pender para a armadilha da típica vilã de caras e bocas - pelo que vi no filme, Ratched era uma pessoa fria que acreditava piamente na manutenção da ordem por meio do total apego a regras e rotina como a melhor maneira de manter aquela instituição. A atuação dela é comedida, e faz total sentido para a sua personagem. Seria algo assim?

 

Taí, Gustavo, colocou um ponto interessante. Ratched era uma pessoa maníaca pela ordem e disciplina, nunca se permitindo perder o controle da situação. Mas as pessoas assim são normalmente retratas de maneira, digamos assim, over, em super-atuações. Muitos gestos, muitas caretas...isso tudo acaba facilitando para o público entender que o personagem não está muito equilibrado psicologicamente. Mas a Ratched de Louise Fletcher é aparentemente normal, como qualquer um de nós. Mantém a calma em situações em que a maioria das pessoas surtariam, tudo para não descer de um pedestal, uma posição que tomou para si mesma. O público vai notando as facetas da enfermeira aos poucos, todas elas "soltadas" em doses homeopáticas por Fletcher, para não entregar de uma vez sua personagem. Você acaba concordando com certas posturas da enfermeira para só depois ver que ela é na verdade mais louca que todos os internos daquele hospital psiquiátrico. Ver alguém assim, que você não identifica de cara e depois acaba vendo a verdadeira faceta (e ainda nesses momentos Louise Fletcher mantem pleno controle de eventuais maneirismos e/ou exageros) é, sim, assustador.

Um contra-ponto perfeito para Jack Nicholson, ambos em atuação sublime! smiley1.gif

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então é isso mesmo. Andei checando diversos fóruns e quase todos partilham essa mesma visão acerca do desempenho de Louise Fletcher (e, curiosamente, vários concordam com rubysun, dizendo que ela deveria ter vencido como Coadjuvante). smiley20.gif

 

 

 

 

Agora, Catherine Zeta-Jones é outra escolha polêmica da Academia. Na época, ela estava na boca do povo. Hoje, contudo, é raro encontrar um carinha que não reclame - Meryl Streep e Julianne Moore são as mais queridas. Abstenho-me de comentar essa ocorrência pois não vi Chicago.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então é isso mesmo. Andei checando diversos fóruns e quase todos partilham essa mesma visão acerca do desempenho de Louise Fletcher (e' date=' curiosamente, vários concordam com rubysun, dizendo que ela deveria ter vencido como Coadjuvante). smiley20.gif




Agora, Catherine Zeta-Jones é outra escolha polêmica da Academia. Na época, ela estava na boca do povo. Hoje, contudo, é raro encontrar um carinha que não reclame - Meryl Streep e Julianne Moore são as mais queridas. Abstenho-me de comentar essa ocorrência pois não vi Chicago.
[/quote']

1) Também acho que fletcher deiva ter ganho como coadjuvante, mas serve para tornar "Um Estranho no Ninho" um filme "raro", pois venceu as cinco categorias principais.
2) Eu gosto da atuação da Zeta-Johnes, mas a ponto de considerá-la melhor que as duas coadjuvantes de "As Horas" (Streep e Moore) e a de "Adaptação" (Streep, de novo) é uma ousadia...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chicago - Não gosto do filme, depois que revi essa semana na TV aí que tive mais descrédito em relação ao mesmo. Mas Catherine Zeta-Jones brilhou no filme, ela precisava mais do que cantar e dançar? É lógico que Julianne Moore e Meryl Streep estavam estupendas em seus filmes, e se tivessem levado estaria de bom tamanho (Julianne estava melhor em Longe do Paraíso e mereceia o prêmio principal).

Um Estrannho no Ninho - Louise Fletcher estava brilhante em Um Estranho no Ninho, mas teria sido mais correto premiá-la como coadjuvante.

3º Halle Berry - Gostei do desempenho dela em A Última Ceia, mas a melhor, sem dúvidas é (e sempre serásmiley36.gif) Judi Dench. Apesar de Sissy Spacek e Nicole Kidman estarem ótimas (sou fã de Satine), creio que Berry foi mais justo que elas. Mas contra Judi Dench é covardia.

4º Helen Hunt - Por que diabos Judi Dench não foi premiada por Mrs. Brown?

5º Erin Brockovich - o maior absudo da história. Julia Roberts ser eleita a melhor num ano com Ellen Burstyn e Joan Allen concorrendo é um absurdo sem precedentes. Não consigo vislumbrar decisão mais vexatória que esta. smiley5.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

4º Helen Hunt - Por que diabos Judi Dench não foi premiada por Mrs. Brown?

 

 

 

Com absoluta certeza! Basta evocar, por exemplo, aquela cena em que Dench recebe o personagem de Billy Connoly pela primeira vez. Que atuação esplendorosa, convincente, poderosa. Dench passa mil e uma emoções com uma simples expressão, enriquecendo cada palavra com seu incrível trabalho de voz. smiley32.gif

 

Hunt estava bonitinha na comédia romântica de James L. Brooks, mas era peixe pequeno demais em termos de atuação, em especial ao lado de Dame Judi Dench.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sinceramente , não consigo entender as indicações de :

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Winona Ryder ( A Época da Inocência)

Catherine Keener ( Quero Ser John Malkovich e Capote)

Juliette Binoche ( Chocolate)

Kim Basinger ( Los Angeles – Cidade Probida)

 

Aliás , o que é mais difícil é entender a vitória de Kim sobre Julianne Moore ( Boogie Nights ) . As outras são boas atrizes em geral, mas não consigo identificar nenhum momento particularmente notável de seus trabalhos indicados . Em compensação , Binoche foi esquecida pelos seus belíssimos trabalhos em A Insustentável Leveza do Ser e A Liberdade É Azul , bem superiores ao desempenho em O Paciente Inglês . No caso da Keener , só a considero eficiente em  Malkovich (inferior à Cameron Diaz , que merecia mais reconhecimento por esse filme . Inaugurou até o filão das “ bonitonas que se enfeiam para se provarem como atrizes “ ,hehehe)  e nada demais em Capote , talvez porque nesse filme ela tenha sido pouco requistada , apesar da importância da personagem retratada ( a escritora Nelle Harper Lee  , autora de O Sol È Para Todos e grande amiga de Truman Capote) .  

 

Fernando2006-7-27 13:19:49

Share this post


Link to post
Share on other sites

É por isso que eu não levo muito em conta, comparar atrizes acima de seus 70 anos com jovens é bem difícil. São poucos os casos em que a atuação é melhor, e se o é, é principalmente, devido ao roteiro e a personagem, caso do recente Sra. Henderson. Todos julgam Dench, mas a atuação dela, como de costume, é brilhante, mas o papel não o é, se comparado por exemplo com a personagem de Transamérica.FeCamargo2006-7-27 13:19:47

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Louise Fletcher tá perfeita como a enfermeira Ratched, nem o Ewald Filho pode reclamar já que até fisicamente ela convence (a descrição da enfermeira no livro bate completamente com a Fletcher, assim como seu desempenho).

 

EDIT: E eu ainda não assisti Todos os Homens do Presidente, mas assisti Julia, e sinceramente O Robards não faz nada de mais no filme.

Vicking2006-7-27 21:11:28

Share this post


Link to post
Share on other sites

O q realmente eu axo inexplicável é a indicação daquela menina das baleias... eu sinceramente não sei como os membros da academia conseguiram lembrar dela. Pode ser boazinha e no futuro ser uma boa atriz, mas por favor... se naum m engano naquele ano tinhamos Jenifer Conelly por Casa de areia e névoa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

O q realmente eu axo inexplicável é a indicação daquela menina das baleias... eu sinceramente não sei como os membros da academia conseguiram lembrar dela. Pode ser boazinha e no futuro ser uma boa atriz' date=' mas por favor... se naum m engano naquele ano tinhamos Jenifer Conelly por Casa de areia e névoa.[/quote']

 

Não assisti a Encantadora de Baleias ainda, mas lembro-me perfeitamente de que foi uma grande surpresa a indicação da garota na cateoria principal (e sim, Jennifer Connelly estava no páreo por Casa de Areia e Névoa, no mesmo ano).

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O q realmente eu axo inexplicável é a indicação daquela menina das baleias... eu sinceramente não sei como os membros da academia conseguiram lembrar dela. Pode ser boazinha e no futuro ser uma boa atriz' date=' mas por favor... se naum m engano naquele ano tinhamos Jenifer Conelly por Casa de areia e névoa.[/quote']

Não assisti a Encantadora de Baleias ainda, mas lembro-me perfeitamente de que foi uma grande surpresa a indicação da garota na cateoria principal (e sim, Jennifer Connelly estava no páreo por Casa de Areia e Névoa, no mesmo ano).

Foi um surpresa e uma injustiça também.

Particularmente não me agrada muito a lista que a Academia apresentou aquele ano para o prêmio de Melhor Atriz. Das indicadas só manteria as indicações de Naomi Watts (para mim a melhor) e Charlize Theron. Mas acho que muitas foram injustiçadas. Além da já citada Jennifer Connelly, outros nomes que poderiam ter entrado no lugar de Diane Keaton (engraçada em SOMETHING`S GOTTA GIVE, mas...Melhor Atriz???), Samantha Morton (muito boa atriz, sem dúvidas, mas no próprio filme ela nem é o melhor nome; Emma Bolger é a grande estrela de IN AMERICA) e Keisha Castle-Hughes (smiley5.gif):

*Uma Thurman - KILL BILL

*Nicole Kidman - DOGVILLE

*Scarlet Johansson - LOST IN TRANSLATION (ainda que exista muita gente que ache que ela deveria ser coadjuvante, o que eu discordo)

*Patricia Clarkson - THE STATION AGENT

*Evan Rachell Wood - THIRTEEN

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chicago - Não gosto do filme' date=' depois que revi essa semana na TV aí que tive mais descrédito em relação ao mesmo. Mas Catherine Zeta-Jones brilhou no filme, ela precisava mais do que cantar e dançar? É lógico que Julianne Moore e Meryl Streep estavam estupendas em seus filmes, e se tivessem levado estaria de bom tamanho (Julianne estava melhor em Longe do Paraíso e mereceia o prêmio principal).

Um Estrannho no Ninho - Louise Fletcher estava brilhante em Um Estranho no Ninho, mas teria sido mais correto premiá-la como coadjuvante.

3º Halle Berry - Gostei do desempenho dela em A Última Ceia, mas a melhor, sem dúvidas é (e sempre serásmiley36.gif) Judi Dench. Apesar de Sissy Spacek e Nicole Kidman estarem ótimas (sou fã de Satine), creio que Berry foi mais justo que elas. Mas contra Judi Dench é covardia.

4º Helen Hunt - Por que diabos Judi Dench não foi premiada por Mrs. Brown?

5º Erin Brockovich - o maior absudo da história. Julia Roberts ser eleita a melhor num ano com Ellen Burstyn e Joan Allen concorrendo é um absurdo sem precedentes. Não consigo vislumbrar decisão mais vexatória que esta. smiley5.gif

[/quote']

1) Eu sou um dos que defende e adora 'Chicago" e não gosta de "As Horas", por incrível que pareça. Mas a questão é outra. Sim, a atuação de Zeta-Johnes é ótima (provavelmente a melhor de sua carreira): como você disse canta e dança, mas acho totalmente injusto comparar seu trabalho ao de Juliane Moore ou ao de Meryl Streep. De qualquer forma,eu não fico tão insatisfeito assim com sua premiação.

2) I agree.

3) Conferi apenas as tuações de Kidman, Spacek e Dench. A minah preferida também é a de Judi Dench, esplendorosa em "Íris".

4) Ainda não vi "Mrs. Brown" e nem vejo tudo isso na atuação de Helen Hunt, muito contida se compararmos-na a Jack Nicholson.

5) Só vi Erin Brockovich.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outras indicações "coça-cabeças" minhas:

 

  • Melinda Dillon, indicada como Coadjuvante em Contatos Imediatos do Terceiro Grau. Uma bela atuação de "espectadora" para o brilhantismo de Richard Dreyfuss, porém... Uma vez mais, Teri Garr foi preterida (será que pensavam que ela era histriônica ou algo assim se comparada à dormência de Dillon? Os fãs que me perdoem).
  • Jane Alexander, indicada como Coadjuvante por Todos os Homens do Presidente. Este caso foi curioso: só fui me lembrar de que ela havia sido indicada depois de ver o filme - e nem havia percebido alguma atriz que tivesse feito algum papel importante no longa. Na hora, até achei ridículo e dei risada. Depois de assistir ao making-of, acabei enxergando as razões de tamanha aclamação. smiley32.gif
  • Peggy Wood, indicada como Coadjuvante em A Noviça Rebelde. Outra que não entra na minha cabeça. Uma das cinco melhores performances secundárias de 1965, de verdade? Por quê? O ano estava fraco, ou a atriz era velha e queriam homenageá-la de alguma forma...?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O q realmente eu axo inexplicável é a indicação daquela menina das baleias... eu sinceramente não sei como os membros da academia conseguiram lembrar dela. Pode ser boazinha e no futuro ser uma boa atriz' date=' mas por favor... se naum m engano naquele ano tinhamos Jenifer Conelly por Casa de areia e névoa.[/quote']

Não assisti a Encantadora de Baleias ainda, mas lembro-me perfeitamente de que foi uma grande surpresa a indicação da garota na cateoria principal (e sim, Jennifer Connelly estava no páreo por Casa de Areia e Névoa, no mesmo ano).

Foi um surpresa e uma injustiça também.

Particularmente não me agrada muito a lista que a Academia apresentou aquele ano para o prêmio de Melhor Atriz. Das indicadas só manteria as indicações de Naomi Watts (para mim a melhor) e Charlize Theron. Mas acho que muitas foram injustiçadas. Além da já citada Jennifer Connelly, outros nomes que poderiam ter entrado no lugar de Diane Keaton (engraçada em SOMETHING`S GOTTA GIVE, mas...Melhor Atriz???), Samantha Morton (muito boa atriz, sem dúvidas, mas no próprio filme ela nem é o melhor nome; Emma Bolger é a grande estrela de IN AMERICA) e Keisha Castle-Hughes (smiley5.gif):

*Uma Thurman - KILL BILL

*Nicole Kidman - DOGVILLE

*Scarlet Johansson - LOST IN TRANSLATION (ainda que exista muita gente que ache que ela deveria ser coadjuvante, o que eu discordo)

*Patricia Clarkson - THE STATION AGENT

*Evan Rachell Wood - THIRTEEN

Esse ano foi rídiculo. Eu quase caí da cadeira vendo as indicações. Dessa lista, eu só não assisti a Terra de Sonhos e a Agente da Estação, não me dando o direito de julgar. Mesmo assim, a lista foi completamente injusta. Considerando que Nicole nunca conseguiria a indicação por Dogville, a lista deveria ser fechada com Scarlett e Evan, nos lugares de Keaton e Keisha e a brilhante Connoly no lugar da Morton, que por melhor que possa estar, duvido que consiga ter superado Jennifer.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

O q realmente eu axo inexplicável é a indicação daquela menina das baleias... eu sinceramente não sei como os membros da academia conseguiram lembrar dela. Pode ser boazinha e no futuro ser uma boa atriz' date=' mas por favor... se naum m engano naquele ano tinhamos Jenifer Conelly por Casa de areia e névoa.[/quote']

 

Não assisti a Encantadora de Baleias ainda, mas lembro-me perfeitamente de que foi uma grande surpresa a indicação da garota na cateoria principal (e sim, Jennifer Connelly estava no páreo por Casa de Areia e Névoa, no mesmo ano).

Foi um surpresa e uma injustiça também.

Particularmente não me agrada muito a lista que a Academia apresentou aquele ano para o prêmio de Melhor Atriz. Das indicadas só manteria as indicações de Naomi Watts (para mim a melhor) e Charlize Theron. Mas acho que muitas foram injustiçadas. Além da já citada Jennifer Connelly, outros nomes que poderiam ter entrado no lugar de Diane Keaton (engraçada em SOMETHING`S GOTTA GIVE, mas...Melhor Atriz???), Samantha Morton (muito boa atriz, sem dúvidas, mas no próprio filme ela nem é o melhor nome; Emma Bolger é a grande estrela de IN AMERICA) e Keisha Castle-Hughes (smiley5.gif):

*Uma Thurman - KILL BILL

*Nicole Kidman - DOGVILLE

*Scarlet Johansson - LOST IN TRANSLATION (ainda que exista muita gente que ache que ela deveria ser coadjuvante, o que eu discordo)

*Patricia Clarkson - THE STATION AGENT

*Evan Rachell Wood - THIRTEEN

Esse ano foi rídiculo. Eu quase caí da cadeira vendo as indicações. Dessa lista, eu só não assisti a Terra de Sonhos e a Agente da Estação, não me dando o direito de julgar. Mesmo assim, a lista foi completamente injusta. Considerando que Nicole nunca conseguiria a indicação por Dogville, a lista deveria ser fechada com Scarlett e Evan, nos lugares de Keaton e Keisha e a brilhante Connoly no lugar da Morton, que por melhor que possa estar, rduvido que consiga ter superado Jennifer.

 

E não está mesmo!!!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

foi um ano super estranho mesmo... a lista das atrizes foi estranha como a desse ano. o q m deixa triste é q Jennifer Connely pra mim foi, junto com Namoi Watts, as melhores atrizes do ano. ambas tem atuações viscerais, até mesmo perturbadoras.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×