Jump to content
Forum Cinema em Cena

Uma Verdade Inconveniente


Bruno Carvalho
 Share

Recommended Posts

da Veja

 

Mr. Gore vai a Hollywood

Com Uma Verdade Inconveniente,
o ex-futuro presidente alerta para
o aquecimento global – e mostra
do que é feito um homem público

"Boa tarde. Meu nome é Al Gore, e já fui conhecido como 'o próximo presidente americano'." A platéia ri. Pausa. "Não vejo qual é a graça", diz Gore, meio sério – e quebra o gelo de vez. Identificar obstáculos e lidar com eles é, ao que parece, um dos fortes do ex-vice de Bill Clinton. Vencedor das eleições presidenciais de 2000 pelo voto popular, o democrata Gore teve de conceder a vitória ao republicano George W. Bush por causa de um imbróglio na Flórida. Foi uma derrota amarga e, para curar-se dela, Gore retornou a um projeto iniciado duas décadas antes, de alertar os americanos para os riscos drásticos do aquecimento global na base do corpo-a-corpo, com palestras em todo e qualquer canto do país. Tirou do armário o projetor de slides, espanou a poeira das fotografias e montou-as nos carrosséis – de trás para a frente. A platéia de sua estréia teve de esperar quase cinqüenta minutos para que Gore as remontasse, pelo que seria a última vez. Graças ao fiasco, a apresentação foi transferida para o computador, onde começou a crescer e se atualizar. Tornou-se tão dinâmica que chamou a atenção de verdes graúdos de Hollywood, como os produtores Lawrence Bender (de Pulp Fiction) e Scott Z. Burns (dos anúncios Got Milk?). Graças à insistência deles, uma modesta apresentação de PowerPoint virou um filme – e de sucesso. Uma Verdade Inconveniente (An Inconvenient Truth, Estados Unidos, 2006), que estréia nesta sexta-feira no país, não só já é o terceiro documentário de maior bilheteria nos Estados Unidos, como fez de Gore uma espécie de pop star, que brilhou no último Festival de Cannes mais do que qualquer outro dos astros convidados.

cinema1.jpg

 

Durante sua campanha presidencial, Gore foi prejudicado não apenas pelos escândalos sexuais da Casa Branca, mas por sua própria falta de pendor para a comunicação. Conhecido como um sujeito duro, sério e pesado, ele aparece mudado em Uma Verdade Inconveniente: revela senso de humor ("Tenho me beneficiado da total falta de expectativas a meu respeito", brinca), trata com elegância de questões pessoais – como a derrota – e demonstra capacidade quase infalível de abordar as dúvidas da platéia sobre o tema do aquecimento global, desde sua existência até suas causas e conseqüências. A idéia central da palestra é que só na mídia, na verdade, existe uma divergência sobre o aumento da concentração de dióxido de carbono na atmosfera e da temperatura no planeta: a comunidade científica pode até discordar em detalhes, mas converge no consenso de que o aquecimento é um fato, e um fato que se agrava em razão geométrica. O material científico reunido por Gore é amplo e impecável, e o encadeamento da palestra, vibrante. Só por essas qualidades, o filme já seria obrigatório.

Mas o verdadeiro trunfo aqui é Gore. Ao tratar do ambiente como uma questão moral, ele se alça acima das diferentes tonalidades do espectro político – e, quanto mais o faz, mais presidenciável parece, em todos os sentidos da palavra. Gore afirma e reitera que não está em seus planos imediatos voltar a concorrer. Para o eleitorado americano e de outras nacionalidades, sua contribuição já está dada: com Uma Verdade Inconveniente, ele demonstra que os homens públicos são os que trabalham em prol do bem comum. Estejam ou não no poder.

Bruno Carvalho2006-10-28 20:01:59
Link to comment
Share on other sites

Não gostei. É mais uma palestra filmada do que um filme.

 

Eu tenho uma teoria de que certos documentários não precisam ser exibidos em cinema. E esse filme é um claro exemplo disso. Até mesmo por ser direcionado ao público americano, acho que cumpriria muito melhor sua função sendo exibido em tv nos EUA do que nos cinemas.

 

Logicamente é um assunto interessante e as idéias expostas ao longo do filme são bem intencionadas. Mas a estrutura de palestra filmada e as tentativas de mostrar Al Gore quase como um mártir da luta contra o aquecimento global me incomodoram.
Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

 

Eis uma controvérsia recente surgida nos EUA, onde um evangélico patriota condenou a escola que iria passar o filme às suas crianças durante uma aula:

 

Gore film sparks anger in Wash. school district

 

 

300h.jpg

 

 

 

 

 

By Blaine Harden, Washington Post  |  January 26, 2007

 

 

 

FEDERAL WAY, Wash. -- Frosty Hardiman is neither

impressed nor surprised that "An Inconvenient Truth," the globalwarming

movie narrated by former vice president Al Gore, received an Oscar

nomination this week for best documentary.

"Liberal left is all over Hollywood," he grumbled a few hours after the nomination was announced.

Hardiman, a parent of seven in the southern suburbs of Seattle, has roiled the global-warming waters.

It

happened early this month when he learned that one of his daughters

would be watching "An Inconvenient Truth" in her seventh-grade science

class.

"No, you will not teach or show that propagandist Al Gore

video to my child, blaming our nation -- the greatest nation ever to

exist on this planet -- for global warming," Hardiman wrote in an

e-mail to the Federal Way School Board. 14

The 43-year-old computer

consultant is an evangelical Christian who said he believes that a

warming planet is "one of the signs" of Jesus Christ's imminent return

for Judgment Day.

His angry e-mail, along with complaints from a few other parents, stopped the film from being shown.

The

teacher in that science class, Kay Walls, said that after Hardiman's

e-mail her principal told her she would receive a disciplinary letter

for not following school board rules that require her to seek written

permission to present "controversial" materials in class.

The e-mail also pressured the school board to impose a ban on screenings of the film for the district's 22,500 students.

The

ban, which the school board said was merely a "moratorium," was lifted

Tuesday night, subject to conditions. Still, the action has appalled

the film's producers and triggered a national backlash.

Members

of the school board said they have been bombarded by thousands of

e-mails and phone calls, many of them hurtful and obscene, accusing

them of scientific ignorance, pandering to religion, and imposing prior

restraint on free speech.

In comments at the board meeting,

several angry residents argued that "An Inconvenient Truth" was,

indeed, scientifically true and that saying otherwise is "deliberate

obfuscation."

In the end, though, the board opted for balance.

That means that "An Inconvenient Truth" may be shown only with the

written permission of a principal and only when it is balanced by

alternative views that are approved by both a principal and the

superintendent of schools.

"I am happy they are giving the kids as much information as possible," Hardiman said.dingbat_story_end_icon.gif

 

Gustavo²2007-01-26 21:35:35

Link to comment
Share on other sites

Que evagélico imbecil... quer dizer, tudo bem que a religião dele pregue isso, que possa ser verdade, mas privar as pessoas da informação é absurdo!! Só pra não arruinar a imagem do paizinho dele?? Babaca!

E concordo com o Cris_P.... não acho matéria de cinema - a não ser q fosse coisa pra arrecadar dinheiro pra caridade, não pro bolsinho singelo deles, e tb acho que ele está se postando um mártir dessa luta, que já vem acontecendo por outros muito antes dele. Babaca ao ².

Link to comment
Share on other sites

Que absurdo! eu sou evangélica e não concordo com a atitude do cara de privar informações. Tá correto que está escrito na biblia que é um dos sinais mas não é por isso que iremos ficar de braços cruzados esperando O dia do Julgamento. Tinha que ser americano mesmo.

Em relação ao filme eu ainda não vi mas acho a idéia  interessante. Para mim o mais espetacular do cinema é isso. Atingir pessoas com suas idéias.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...