Jump to content
Forum Cinema em Cena

Recommended Posts

Engraçado tantas críticas às críticas que o Pablo fez a 300... Sendo que ele deu 4 estrelinhas e falou que gostou do filme. Imagine se ele não tivesse gostado.

Pesquisa e dados em uma crítica só fazem enriquecê-la. Limitar-se a "achismos" é coisa de "entendidos de cinema" e não de profissionais de cinema.

Pablo é um profissional. E acho certo o embasamento que ele dá às suas críticas. É isso que me faz preferir ele a "críticos" que resolvem dizer que fulano de tal é bonito demais para ser bom ator' date=' como tem cara de diz por aí.[/quote']

[pra mim isso foi ainda falta de fundamento......

ele desceu a lenha na parada e deu 4 estrelas....

 

 

parece que quis ser diferente........

"tipo' date= eu gostei do filme, mas como eh holliwodiano, não posso gostar então vou destruí-lo, mas depois ainda acabo dando 4 estrelas"[/quote]

Ou, ele ANALISOU o filme, CRITICOU descentemente, e deu sua nota pelo todo. Mas só  "ou", claro. Afinal de contas, é isso que um crítico faz.: analisa, e critica.

 

Ruim é quando se é "8 ou 80". Ou ama ou odeia. Não existe o "tem coisas boas e boas ruins" mais não? Agora gostar do filme é só falar de coisas boas e fechar os olhos para todos os problemas? Ser assim não é ser crítico não... isso é ser o que chamam de "fãzóide".Veras2007-04-20 19:38:19

Link to post
Share on other sites
  • Replies 140
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Vi na sexta feira passada e gostei. Não é a última Coca Cola do deserto mas não é de todo mal. Quem criticou o filme e destacou os aspectos negativos esta totalmente certo, os argumentos são coerentes e tal, mas não se pode esquecer que é mais um produto Hollyoodiano destinado somente a passatempo e distração.

Poderia passar de simples distração a um épico marcante se não tivesse um roterista tão preguiçoso e um diretor que soubesse aproveitar e explorar de forma mais ampla a sociedade e o contexto da época.È  assisivel, porém esquecível.
Link to post
Share on other sites

 

Olha ainda não assisti o filme' date=' mas já li o gibi e a história pelos comentários q andei ouvindo por ai, é a mesma, ou seja é uma história muito interessante, com certeza com este filme ninguém vai dormir na poltrona.... 3d35[/quote']

 

Prylili, não tive o (des)prazer de ler o HQ, mas os criticos especializados no assunto dizem que foi uma das piores coisas que o Miller fez...

 

 

Bom, "300" pode não ser a melhor HQ de Miller, mas ouço muitos elogios à ela... E não é apenas de fãzóides de Miller, mas de críticos especializados também...

 

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...
Engraçado tantas críticas às críticas que o Pablo fez a 300... Sendo que ele deu 4 estrelinhas e falou que gostou do filme. Imagine se ele não tivesse gostado.
Pesquisa e dados em uma crítica só fazem enriquecê-la. Limitar-se a "achismos" é coisa de "entendidos de cinema" e não de profissionais de cinema.
Pablo é um profissional. E acho certo o embasamento que ele dá às suas críticas. É isso que me faz preferir ele a "críticos" que resolvem dizer que fulano de tal é bonito demais para ser bom ator' date=' como tem cara de diz por aí.[/quote']
[pra mim isso foi ainda falta de fundamento......

ele desceu a lenha na parada e deu 4 estrelas....

parece que quis ser diferente........
"tipo' date= eu gostei do filme, mas como eh holliwodiano, não posso gostar então vou destruí-lo, mas depois ainda acabo dando 4 estrelas"[/quote]

Ou, ele ANALISOU o filme, CRITICOU descentemente, e deu sua nota pelo todo. Mas só  "ou", claro. Afinal de contas, é isso que um crítico faz.: analisa, e critica.

Ruim é quando se é "8 ou 80". Ou ama ou odeia. Não existe o "tem coisas boas e boas ruins" mais não? Agora gostar do filme é só falar de coisas boas e fechar os olhos para todos os problemas? Ser assim não é ser crítico não... isso é ser o que chamam de "fãzóide".

 

 

leia as críticas do pablo, e veja todos os filmes os quais ele deu 4 estrelas, e compare com esta crítica, depois venha conversar comigo.....

esta de 300 são textos que anteriormente não passavam de duas estrelas.......

 

no caso do MI 3, por exemplo ele criticou o que ele não gostou, falou o que o contentou e deu 3 estrelas, justamente por não conseguir achar o filme tão bom......

apesar de eu não ter concordado, achei fundamentado e bem construído tudo o que falou......

 

neste filme, em sua crítica ele não chega a  elogiar um ou dois quadros do filme inteiro....e surge com 4 estrelas? faça o meu favor

 
Link to post
Share on other sites

leia as críticas do pablo' date=' e veja todos os filmes os quais ele deu

4 estrelas, e compare com esta crítica, depois venha conversar

comigo.....

esta de 300 são textos que anteriormente não passavam de duas estrelas.......

 

no caso do MI 3, por exemplo ele criticou o que ele não gostou,

falou o que o contentou e deu 3 estrelas, justamente por não conseguir

achar o filme tão bom......

apesar de eu não ter concordado, achei fundamentado e bem construído tudo o que falou......

 

neste filme, em sua crítica ele não chega a  elogiar um ou dois

quadros do filme inteiro....e surge com 4 estrelas? faça o meu favor[/quote']

Gust,

Olha, eu não vejo que essas críticas que ele fez a 300 sejam assim tão fortes para diminuirem tanto assim as estrelinhas, como você supôs.

Ao final da crítica, Pablo comenta:

 

Longe de ser uma obra perfeita' date=' 300

é moralmente repreensível e narrativamente frágil. Ainda assim, é um

filme contagiante cuja beleza plástica chega quase a compensar por

todos os seus demais problemas. E quem dera se todas as produções

problemáticas de Hollywood pudessem ser tão bonitas.[/quote']

 

Ele chega à conclusão de que, ainda que a narrativa seja fraca e sem nenhuma amarra aos fatos históricos, o filme é muito bom, uma vez que é exatamente o que pretende ser: um filme de ação.

 

Se ele critica a narrativa de um drama, por exemplo, não acha que isso seria diferente? Para um drama a narrativa é primordial, e falhas nela levariam o filme ao desastre. Mas acho que, em se tratando de um filme de ação, a coisa é diferente.

 

Bom, pelo menos eu vejo assim.

 

Gostei muito de 300 pela beleza das cenas, embora tenha que admitir que filmes puramente de ação não sejam meus preferidos. Meus elogios a 300 são voltados basicamente para a arte.

 

E essa história das estrelinhas, pra mim tanto faz. Muita gente gosta de dar notas aos filmes e de fazer listas (o que eu respeito), mas eu não gosto. Afinal, não raro seremos criticados por isso ou nos arrependeremos dessa classificação tão absoluta inerente a esse tipo de comentário.

 

Link to post
Share on other sites

"CRÍTICA"

(SOLTA O VERBO!)

 

Do modo geral, acredito que hoje em dia, os críticos tem suas críticas

"retorcidas", não sendo realmente fiéis sobre os filme que critica, levando sempre pelo lado pessoal. O crítico tem que entender, que sua análise sobre filme tem que ter uma aceitação nas opiniões da maior parte das pessoas. Um exemplo: Quando eu li a crítica do filme " A última Noite" de Pablo Villaça, fiquei decepcionado! O mesmo informa que o filme teve uma quebra de ritmo por causa de muitas referências de 11 de setembro que o filme traz, pelo amor de Deus! A história do filme passa durante a época do acontecimento e além do mais, passa em Nova York. O filme é ótimo, tem boas atuações, um ótimo roteiro, e praticamente todas as pessoas que conheço adoraram esse filme! ( E o Pablo só deu 3 estrela para ele, considerando um filme mediano) Não estou falando que o crítico têm que agradar os gostos de todo mundo, por que isso é impossível, cada um têm o seu! Mais ele têm que dar uma crítica sincera sobre o que a gente espera sobre o filme! O que adiante ler a crítica dele, depois a gente assisti o filme e têm uma opinião totalmente diferente, quando a maioria das pessoas que assistem, tem uma opinião diferente do crítico! Alguma coisa está errada! Um outro exemplo: O cara que fez a crítica do filme " As Torres Gêmeas" no site do set. O cara deu nota 8 pro filme, sendo que este filme é descaradamente ruim!!!! É ruim demais!!!!!! Eu juro por Deus, conheço no mínimo 25 pessoas que assitiram á esse filme, inclusive eu, e não daria nem 4. O que dá para entender, que este crítico, ou está levando pelo lado pessoal, ou ele foi comprado!!!! A opinião do crítico têm que ser pelo menos semelhante a opinião pública..
eafontes2007-05-10 15:55:28
Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...
  • 4 weeks later...
  • 3 weeks later...

"(...) para 300, ser “homem” significa exercer a força bruta, ter sede de sangue, rir das adversidade, estabelecer laços de companheirismo com outros machos, meter com força e em várias posições (transformando as mulheres em eternas aliadas através do seu talento na cama) e, finalmente, exibir um lado sensível com relação à família (esposa e filhos). E se a virilidade é o tema da produção..."

 

Eu não sei se arriscaria dizer que este ideal de macho é válido para o filme 300 apenas. Não seria este o espírito das sociedades machistas e paternalistas??? A mim bastam alguns minutos de conversa com "homens" comuns para encontrar todos estes elementos, facilmente.
Link to post
Share on other sites
  • 11 months later...
  • 3 weeks later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...