Jump to content
Forum Cinema em Cena

Salário Minimo


The Keymaker
 Share

O que vocês pensam sobre ele?  

1 member has voted

  1. 1. O que vocês pensam sobre ele?

    • Deve continuar existindo
      31
    • Por mim já teria acabado
      7
    • Pode até continuar porém com algumas reformas
      3
    • Nenhuma Das Acima
      1


Recommended Posts

Como os produtos ficariam mais baratos? E mais uma: como alguém que ganha MENOS pode ter um aumento de seu poder aquisitivo?

Acho que vc andou fugindo das aulas de matemática. Enquanto isso, imploro para que um economista ou alguém que trabalhe na área venha dar uma luz. Em tempo: nessas horas o Marko Ramius faz uma falta tremenda.

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 408
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Exato...e além do mais' date='

 

embora o salário fosse cair, o poder aquisito acabaria aumentando, e

 

consequentemente o custo de vida caíria[/quote']

 

Dê um exemplo prático, desenvolva-o com fatos e dados.

 

Como é que pessoas ganhando menos, vão comprar mais? Desde quando

 

semi-escravo consome..ou tem poder aquisitivo? O que ele consegue é

 

subexistir..e enquanto isso o empregador enche bas burras de dinheiro...

Link to comment
Share on other sites


Exato...e além do mais' date=' embora o salário fosse cair, o poder aquisito acabaria aumentando, e consequentemente o custo de vida caíria[/quote']

Dê um exemplo prático, desenvolva-o com fatos e dados.


Sem salário mínimo e contratação livre, o desemprego tenderia a zero...os produtos ficariam mais abundantes e mais baratos, e os pobres assim ganhariam maior poder de compra, triplamente: por estarem empregados; porque seu dinheiro valerá mais; e porque, com menos abundância de oferta de mão-de-obra, pouco a pouco os salários começariam naturalmente a subir. Com menos pessoas precisando de esmolas do governo, em tese - poderíamos também baixar os impostos, reimpulsionando assim um "ciclo virtuoso".

O problema é que todo esse seu raciocínio parte do princípio que chegaríamos a um momento em que até mesmo a mão-de-obra pouco/não qualificada estaria escassa, o que é praticamente impossível. O valor do salário-mínimo e a legislação trabalhista não são tão determinantes assim, a ponto de fazer a economia girar 180 graus. Ou seja, os salários dos pobres nunca subiriam nesse cenário. Seríamos uma eterna China, sendo explorados pelas multinacionais e teríamos nossos problemas sociais ainda mais agravados.

Link to comment
Share on other sites

 

Se não existir salário mínimo nem leis trabalhistas' date='

o mercado (oferta e procura de mão-de-obra) vai ajustar-se sozinho com

a entrada no mercado de trabalho de milhões de desempregados cuja

mão-de-obra jamais seria contratada pelas regras ou pelo custo do

salário mínimo mais leis sociais (mais ou menos 600 reais por mês). A

legislação atual proíbe uma pessoa de ser empregada com um custo para o

empregador de quinhentos/quatrocentos/etc. reais por mês. Quanto mais

pessoas estiverem empregadas, mesmo a um custo menor, mais a economia

como um todo crescerá.

[/quote']

Sim, a economia poderia crescer "como um todo", mas junto com ela

cresceria absurdamente a concentração de renda, que hoje, com todas as

leis, já é enorme. E do que adianta uma economia grande com a renda

concentrada? Teríamos aumento da pobreza, da favelização, da violência,

etc.

Isso tudo sem falar que teríamos de volta o trabalho semi-escravo, o que, por si só, já é um retrocesso.

Putz, ainda não consigo acreditar que alguém possa seriamente

defender o fim dos direitos dos trabalalhadores (a não ser que esse

alguém tenha algum interesse direto nisso... )

 

Engraçado, nos Estados Unidos, onde - na maioria dos estados -

ocorre o que sugeri acima, você constata, evidentemente, que: 1) Existe

concentração de renda maior do que no Brasil; 2) Existe mais pobreza,

mais favelização e mais violência que no Brasil e 3) Há mais

trabalhadores escravos que no Brasil.

É interessante que estas três afirmações são justamente o contrário,

ou seja, tudo o que você atesta na teoria ocorre o oposto na prática.

 

 

 

Engraçado mesmo é descobrir que a realidade social, econômica e

histórica dos EUA é exatamente a mesma no Brasil, e que, mesmo

somando-se a tudo isso ainda o fato de que a legislação

trabalhista de lá teve um curso diferente da que tivemos aqui,

basta copiar tudo para que os efeitos sejam os mesmos. Ou seja, hoje

não somos uma super-potência basicamente por culpa do trabalhadores!!

Que absurdo! Escravidão já...

 

 

Consta que no século XIX o PIB do Brasil era ligeiramente superior

ao americano. Devido à criação maciça de empresas estatais, criação de

vários empecilhos ao desenvolvimento industrial e comerial (um deles é

a CLP) e gastos irresponsáveis de nossos governantes, nossa economia

patina enquanto que a deles cresce ininterruptamente. Defendo que

devemos copiar o que funciona, e não o que atrapalha o desenvolvimento

em vários países. As leis trabalhistas são somente um dos entraves

sérios ao nosso desenvolvimento.

 

 

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Como os produtos ficariam mais baratos? E mais uma: como alguém que ganha MENOS pode ter um aumento de seu poder aquisitivo?

Acho que vc andou fugindo das aulas de matemática. Enquanto isso' date=' imploro para que um economista ou alguém que trabalhe na área venha dar uma luz. Em tempo: nessas horas o Marko Ramius faz uma falta tremenda.

[/quote']
Ficariam mais baratos pois as empresas seriam forçadas a vender mais barato.Ah não ser que sejam empresas com uma linha destinada a atender os que tem dinheiro, as demais acabariam reduzindo os preços, pois senão elas faliriam e os pobres morreriam de fome!Sem contar que a tributação seria bem reduzidaThe Keymaker38716.0663773148
Link to comment
Share on other sites

 

É só observar, Conde: Cingapura, Dinamarca, Hong Kong, Estados Unidos

[maioria dos estados], Austrália, Áustria...todos possuem poucas ou

nenhuma lei trabalhista. No Brasil, sim, que possui as mais rígidas

leis trabalhistas (segundo um estudo feito em 2003) do mundo, é que os

trabalhadores se dão bem, né?

 

 

Iswanon38716.5074421296

Link to comment
Share on other sites

É só observar' date=' Conde: Cingapura, Dinamarca, Hong Kong, Estados Unidos [maioria dos estados'], Austrália, Áustria...todos possuem poucas ou nenhuma lei trabalhista. No Brasil, sim, que possui as mais rígidas leis trabalhistas (segundo um estudo feito em 2003) do mundo, é que os trabalhadores se dão bem, né?

Pois é... antes de serem o que são, esses países tb foram colônias de exploração, possuíam um povinho desculturado que se orgulha da própria ignorância, a sociedade nesses países era tão corrupta que vc não via alternativa a não ser jogar uma bomba nuclear para limpar tudo... Realmente... como esses países eram iguaizinhos ao Brasil, se aplicarmos aqui o que foi aplicado lá, vai dar tudo certo e os problemas serão todos resolvidos... Que brilhante!!

Em tempo: gostaria que me apontassem estudos informando que empresas fecham por causa das leis trabalhistas.

Obs.: não sou contra a reforma (apesar de imaginar no que consistiria essa reforma), mas o que vcs estão propondo não é diferente do que propõe um candidato a cargo político do PSTU.

Link to comment
Share on other sites

Tópico deveras interessante' date=' de um lado um adolescente sem mesada (Keymaker) do outro dois técnicos do Banco Central (Iswanon e Fulgora) e correndo por fora um Conde paciente querendo explicações para um fato improvável... magavilha... smiley36.gif

[/quote']
Não tenho mesada e nem faço questão de ter...smiley36.gif

Mentira Chaveiro... não tem agora, porque seu pai cortou... smiley36.gif

Link to comment
Share on other sites

Muitas nações que 30' date=' 40 anos eram pobres e hoje são desenvolvidas, só são o que são em parte por causa da exploração da mão-de-obra...se no começo os trabalhadores trabalhavam bastante, no futuro passaram a viver muito melhor do que viviam antes

[/quote']

Quem são essas nações?

Chamam-se Tigres Asiáticos e Japão(embora tenha sido rico, foi destruído na 2ª Guerra)

Hmmmm... não é à toa que o Japão é recordista em suicídios no mundo... Tá explicado...

E os Tigres Asiáticos não passaram de uma promessa no final da década de 90.

Link to comment
Share on other sites

Não tenho a legislação trabalhista de nenhum país...falo isso pois tenho vários conhecidos que já foram para os EUA e quando tiraram férias ficaram sem receber...

Vc viu se eles eram registrados? Quanto tempo eles trabalharam lá? O que dizia no contrato de trabalho deles?

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

É só observar' date=' Conde:

Cingapura, Dinamarca, Hong Kong, Estados Unidos [maioria dos estados'],

Austrália, Áustria...todos possuem poucas ou nenhuma lei trabalhista.

No Brasil, sim, que possui as mais rígidas leis trabalhistas (segundo

um estudo feito em 2003) do mundo, é que os trabalhadores se dão bem,

né?

Pois é... antes de serem o que são, esses países tb foram colônias de exploração

 

 

Vários foram "colônias de exploração" (como Cingapura, EUA, Austrália).

 

 

possuíam um povinho desculturado que se orgulha da própria ignorância

 

 

Quanto mais protegermos funcionários públicos com leis trabalhistas anacrônicas' date=' menor será o estímulo para educação do povo.

 

 

 

a sociedade nesses países era tão corrupta que

vc não via alternativa a não ser jogar uma bomba nuclear para limpar

tudo...

 

 

A corrupção é maior quanto maior a quantidade de regras e

burocracia, inclusive a que rege as relações de trabalho. A alternativa

não é jogar uma bomba nuclear, mas sim exterminar os

pseudo-intelectuais que imaginam que quanto mais burocracia e regrinhas

imbecis, melhor será.

 

 

 

 

 Realmente... como esses países eram iguaizinhos ao Brasil' date=' se

aplicarmos aqui o que foi aplicado lá, vai dar tudo certo e os

problemas serão todos resolvidos... Que brilhante!![/quote']

 

 

O povo brasileiro é inteligente e adaptar-se-á, facilmente, à

modelos econômicos que deram certo em VÁRIOS locais do mundo. Nosso

problema não é o povo, mas sim pessoas que estudaram e têm cultura mas

não conseguem discernir modelos que funcionam para usar em nosso país.

Fazemos questão de escolher deliberadamente sistemas que nos levarão ao

atraso econômico e social.

 

 

 

 

 

 

Em tempo: gostaria que me apontassem estudos

informando que empresas fecham por causa das leis trabalhistas.

 

 

Se você puder ler inglês' date=' recomendo o livro Basic Economics, do

Thomas Sowell, da página 141 a 190. Aliás, pensando bem, seria uma

ótima experiência pra você ler na íntegra.

Obs.: não sou contra a reforma (apesar de

imaginar no que consistiria essa reforma), mas o que vcs estão propondo

não é diferente do que propõe um candidato a cargo político do PSTU.

 

 

Se o diabo defender políticas econômicas e trabalhistas benéficas e

os santos defenderem o contrário, devido à sua sagrada imbecilidade, eu

apoiarei o diabo.

 

 

Iswanon38716.5548611111

Link to comment
Share on other sites

Não tenho a legislação trabalhista de nenhum país...falo isso pois tenho vários conhecidos que já foram para os EUA e quando tiraram férias ficaram sem receber...

Vc viu se eles eram registrados? Quanto tempo eles trabalharam lá? O que dizia no contrato de trabalho deles?


Eram registrados sim, tanto é que eram empregos tempórários...foram chamados para ir lá...

Alguns ficaram 6 meses, outros um o mais de um anoThe Keymaker38716.5670023148
Link to comment
Share on other sites

Muitas nações que 30' date=' 40 anos eram pobres e hoje são desenvolvidas, só são o que são em parte por causa da exploração da mão-de-obra...se no começo os trabalhadores trabalhavam bastante, no futuro passaram a viver muito melhor do que viviam antes

[/quote']

Quem são essas nações?

Chamam-se Tigres Asiáticos e Japão(embora tenha sido rico, foi destruído na 2ª Guerra)

Hmmmm... não é à toa que o Japão é recordista em suicídios no mundo... Tá explicado...

E os Tigres Asiáticos não passaram de uma promessa no final da década de 90.


Ah não...nossa, vc tem toda a razão...os Tigres Asiáticos são uma porcaria mesmo, né?Países desenvolvidos, altos indicadores sócio-econômicos, e apesar da crise no Sudeste Asiático, voltaram a apresentar um bom crescimento econômico, muito melhor que o do Brasil...
Link to comment
Share on other sites

Tópico deveras interessante' date=' de um lado um adolescente sem mesada (Keymaker) do outro dois técnicos do Banco Central (Iswanon e Fulgora) e correndo por fora um Conde paciente querendo explicações para um fato improvável... magavilha... smiley36.gif

[/quote']
Não tenho mesada e nem faço questão de ter...smiley36.gif

Mentira Chaveiro... não tem agora, porque seu pai cortou... smiley36.gif


Não tenho e nunca tive mesada, mas em compensação sempre que vou ao cinema ou saio com amigos peço dinheiro a meu pai...smiley36.gif

Não muda muita coisa
Link to comment
Share on other sites


Vários foram "colônias de exploração" (como Cingapura' date=' EUA, Austrália).[/quote']

EUA e Austrália foram colônias de exploração?? Aham... smiley11.gif

Quanto mais protegermos funcionários públicos com leis trabalhistas anacrônicas' date=' menor será o estímulo para educação do povo.[/quote']

Não me referi a funcionários públicos... Eles tem legislação própria e não estão submetidos à CLT...

Mas que surpresa... Vc, com toda a sua sapiência já comprovada em inúmeras discussões aqui no fórum deveria saber disso... Uma desatenção imperdoável, mas tudo bem...


A corrupção é maior quanto maior a quantidade de regras e burocracia' date=' inclusive a que rege as relações de trabalho. A alternativa não é jogar uma bomba nuclear, mas sim exterminar os pseudo-intelectuais que imaginam que quanto mais burocracia e regrinhas imbecis, melhor será. [/quote']

Lógica estúpida essa: mais regras = burocracia. Isso nem sempre é verdade.

O povo brasileiro é inteligente e adaptar-se-á' date=' facilmente, à modelos econômicos que deram certo em VÁRIOS locais do mundo. Nosso problema não é o povo, mas sim pessoas que estudaram e têm cultura mas não conseguem discernir modelos que funcionam para usar em nosso país. Fazemos questão de escolher deliberadamente sistemas que nos levarão ao atraso econômico e social.[/quote']

Raciocínio simplista... Pela sua pouca experiência de vida, vc se vale de seus conhecimentos teóricos o que é válido... Porém, nada como a experiência empírica, vivida na pele, para complementar o conhecimento teórico. E isto vc ainda não tem.

Assim sendo, fica muito lindo vc falar que os culpados são aqueles que estudaram e tem cultura e que escolhem, deliberadamente, modelos ultrapassados que nos mantém no atraso...

Como vc mesmo falou pro Fulgora, na prática o jogo é outro. Viva um pouco mais e perceba que as coisas não são tão simples quanto vc e o Keymaker colocam.

Se você puder ler inglês' date=' recomendo o livro Basic Economics, do Thomas Sowell, da página 141 a 190. Aliás, pensando bem, seria uma ótima experiência pra você ler na íntegra.[/quote']

O livro PROVA que houveram casos no Brasil de empresas que fecharam por causa da legislação trabalhista? Não quero projeções, estimativas, especulações... Quero FATOS e DADOS.


Se o diabo defender políticas econômicas e trabalhistas benéficas e os santos defenderem o contrário' date=' devido à sua sagrada imbecilidade, eu apoiarei o diabo.[/quote']

Cada um sabe de si... Eu defendo a mim mesmo, pelo que eu acho que é correto e tendo como base o que já VIVI (e não somente estudei). E vc tá parecendo um discípulo da Heloísa Helena... Vai fundo!

Link to comment
Share on other sites

Não tenho a legislação trabalhista de nenhum país...falo isso pois tenho vários conhecidos que já foram para os EUA e quando tiraram férias ficaram sem receber...

Vc viu se eles eram registrados? Quanto tempo eles trabalharam lá? O que dizia no contrato de trabalho deles?


Eram registrados sim' date=' tanto é que eram empregos tempórários...foram chamados para ir lá...

Alguns ficaram 6 meses, outros um o mais de um ano[/quote']

1) O fato de serem registrados, por si só, não os habilita a tirar férias... Aqui mesmo no Brasil, um empregado informal tira férias e recebe por elas.

2) Quem trabalha 6 meses não tem direito a férias, pelo menos aqui no Brasil. Recebe uma porcentagem delas pelo período trabalhado. Imagino que nos EUA não seja muito diferente disso.

3) Vc sabe o teor dos contratos de trabalho deles? Saberia dizer se lá estava previsto férias ou não?

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...