Jump to content
Forum Cinema em Cena
Sign in to follow this  
J. de Silentio

Coração Selvagem - Ed. de Colecionador

Recommended Posts

Coração Selvagem - Edição de Colecionador – David Lynch

 

 

 

Caixa amaray preta. Menu animado. Boa imagem em wide anamórfico 2.35:1. É bom lembrar, nesse sentido, que o dvd recebeu uma nova transferência, sendo por isso mesmo bem superior ao dvd antigo; tal processo é discutido pelo próprio David Lynch num dos extras do dvd, de que falarei mais tarde e abaixo. Som em inglês em Dolby Digital 5.1. Ao contrário da versão anterior, com a capa vermelha e sem extra algum, este dvd tem também áudio em português. A duração do filme é de 125 minutos, ao invés dos 120 minutos do dvd antigo. Consta que a duração inicial deste filme era de 4 horas e meia. Não há indícios de que no futuro essa versão integral seja lançada; espera-se, ao menos, que a futura edição, preferencialmente em dvd duplo, traga muitas dessas cenas deletadas. O –felipe– havia levantado a dúvida sobre se esse dvd seria igual ao R1. É, sim. Apenas a capa é diferente; como sempre, a capa americana é mais bonita, com a personagem do Nicolas Cage remetendo ao Elvis Presley, e a personagem da Laura Dern a Marilyn Monroe, os dois grandes ícones norte-americanos, conforme a intenção do diretor, possivelmente o mais autoral do cinema ianque nos dias de hoje. Vejam: capa de Wild at Heart

 

 

 

Extras – todos legendados, excetuando o trailer:

 

 

 

- Amor, Morte, Elvis e Oz – o making of de Coração Selvagem: documentário de 30 minutos, com depoimentos dos atores, do diretor e do autor do livro que deu origem ao filme, Barry Gifford. Já começa bem com a declaração do David Lynch a respeito do filme: “É uma história de amor vivida no Inferno”. Com efeito, há muito fogo no filme, seja nos clássicos, antológicos closes dos palitos de fósforo sendo acesos e dos cigarros sendo tragados, seja na cena do incêndio, vista em dois flashbacks importantes. Outra referência marcante, ainda mais explícita, é a homenagem a O Mágico de Oz. Totó, a Cidade Esmeralda, os sapatinhos vermelhos, a estrada de tijolos amarelos (as marcas de mesma cor do asfalto, que Lynch retomaria em A Estrada Perdida, que tem, por misericórdia, que ser lançado o quanto antes em dvd), as bruxas boa e má, esta em sua vassoura e com a bola de cristal, o que se oculta além do arco-íris, tudo isso, em suma, é citado em Coração Selvagem, claramente ou de forma mais sutil, como nos filtros com as 7 cores do arco-íris que aparecem nas cenas de sexo entre as duas personagens principais, Sailor Ripley e Lula. Tudo ao som das músicas, de Elvis a Richard Strauss, selecionadas a dedo pelo Angelo Badalamenti, colaborador habitual do diretor. Quem assistiu ao filme, vê, ou melhor, ouve Love Me Tender com novos olhos, ou melhor, ouvidos.

 

 

 

- O Almoço do Dell: 9 featurettes sobre os mais variados temas. O extra leva esse nome por causa de uma cena do insano, excêntrico primo de Lula, o Dell, interpretado pelo Crispin Glover, que acreditava nos ETs de luvas pretas e vestia suas cuecas cheias de baratas (e ainda fazia cara de que estava gostando). Cumpre frisar que, embora o filme seja baseado num romance do Barry Gifford, Coração Selvagem apresenta a mesma coleção de bizarrices dos demais filmes do David Lynch, um dos cineastas mais originais de sua geração. Lembremos a esse respeito da personagem dos pombos, com sua inesquecível e hilariante voz de pato, e da cena do acidente de trânsito, em que a personagem da Sherilyn Fenn morre delirando, preocupada com a raiva futura de sua mãe sobre o desaparecimento de sua bolsa. A cena certamente é bizarra, mas também e na mesma medida comovente, pois é bastante ilustrativa do modo como todos morremos solitários, no espaço e sobretudo no tempo, o que me fez lembrar do verso de Rilke, em que o poeta roga: “Dá, ó Senhor, a cada um a sua própria morte”. Adiante. São estes os featurettes:

 

 

 

1 – A Bruxa Boa: sobre a personagem interpretada pela Laura Palmer de Twin Peaks, a atriz Sheryl Lee, em participação especial. Tem 1 minuto e 40 segundos;

 

2 – “Selvagem por dentro e estranho por fora”: sobre a inserção desta fala da personagem Lula a respeito do que é o mundo, e que resume bem o filme. 2 min e 23 seg;

 

3 – “Nascem Sailor e Lula”: depoimento de 1 min e 49 do escritor Barry Gifford sobre a criação das duas personagens;

 

4 – Mãe da Lula: acerca da personagem, louca e decadente, interpretada pela Diane Ladd, mãe também na vida dita real da atriz Laura Dern. 3 minutos e 2 segundos;

 

5 – O Cano Vermelho: 2 minutos sobre um objeto de cena que o David Lynch precisava para completar o take; ilustrativo do nível de detalhamento e do método de criação do diretor;

 

6 – Pombos: a respeito da personagem de que tratei acima. 2 minutos e 8;

 

7 – Cannes: 3 minutos e 40 sobre a experiência do filme ter ganho a Palma de Ouro em Cannes;

 

8 – “Não estou falando da sua cabeça”: Willem Dafoe fala, em 1 minuto e meio, a respeito de sua frase com duplo sentido na introdução de sua famosa, e para muitos perturbadora, cena do “Fuck me”;

 

9 – Jaqueta de Couro de Cobra: 2 min e 12 sobre a jaqueta usada no filme pelo Sailor do Nicolas Cage, por meio da qual ele expressa sua “individualidade e crença na liberdade pessoal”.

 

 

 

- Galeria do Sailor e Lula: galeria de fotos, com música e montagem. 2 minutos e 8 segundos. (O dvd americano informa que há um total de 65 fotos.)

 

 

 

- Espontaneidade Específica. David Lynch em destaque: 7 minutos de depoimentos sobre o diretor, seu estilo inconfundível, único.

 

 

 

- David Lynch em dvd: aqui há um erro de tradução; não é “em dvd”, mas “sobre o dvd” (on, em inglês). Quase 3 minutos a respeito da produção deste dvd; como produziram um novo negativo e deste fizeram uma nova cópia, cena por cena, para obter uma “master em alta definição toda corrigida”.

 

 

 

- Mini documentário original: featurette feito na época, o que se percebe pelas imagens e também pelo fullscreen. 7 minutos.

 

 

 

- Spots de TV (surpreendentemente legendados): 4, quase idênticos (para mim, impaciente, iguais), em pouco mais de 1 minuto.

 

 

 

- Trailer: 1 minuto e 47 segundos.

 

 

 

Em resumo, o segundo melhor dvd do David Lynch lançado no Brasil. O melhor, evidentemente, é a 1ª temporada de Twin Peaks, da Paramount. (Dizem que a 2ª temporada, a ser lançada lá fora no segundo semestre deste ano, só chegará aqui em 2007. Aguardemos.) Veludo Azul tem uma edição decente, em wise e com alguns extras, mas merece muito mais; Cidade dos Sonhos foi lançado em foolscreen, mesmo caso de Uma História Real. O Homem Elefante, ainda que em wisescreen, não deixa de ser um dvd de banca. Duna teve uma edição em dois dvds pela Versátil, mas também não agradou a todos. Quanto a Estrada Perdida, Eraserhead e os curtas, não temos notícias de que venham a ser lançados, ainda que o desejemos com veemência.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma retificação: Veludo Azul só tem de decente o formato original e a capa do dvd. Os extras, como de praxe na época, 4 anos atrás, estão sem legenda alguma. O documentário de 70 minutos é muito bom, mas além da ausência de legendas, sua imagem é horrível. A imagem do filme tampouco é das melhores. (Como fazia um tempo que eu não assistia ao filme, dei uma olhada no dvd ontem.) Uma pena, pois o filme é fascinante.

 

 

 

J. de Silentio2006-4-30 17:53:45

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Uma retificação: Veludo Azul só tem de decente o formato original e a capa do dvd. A imagem do filme tampouco é das melhores. (Como fazia um tempo que eu não assistia ao filme' date=' dei uma olhada no dvd ontem.) Uma pena, pois o filme é fascinante.

 

 

 

[/quote']

 

 

Concordo plenamente. Enquanto o filme me fascinava, a imagem supersuave e quase embaçada em alguns momentos tirava um pouco a concentração. Duvido que tenha sido alguma ecolha deliberada de Frederick Elmes, diretor de fotografia.

 

Mal posso esperar para ver uma nova transfer em Blu-ray.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  

×
×
  • Create New...