Jump to content
Forum Cinema em Cena

A Toda Prova (Haywire, Steven Soderbergh, 2012)


Jack Ryan
 Share

Recommended Posts

gina-carano-haywire-1.jpg

 

 

 

Foi mostrado na Comic Con o primeiro trailer do próximo filme de Soderbergh - a ser lançado não muito depois de Contágio, agendado para 9 de setembro.

 

 

 

Pelo que mostra o trailer, uma super-agente americada é traída e sobrevive a tentativa de assassinato, para então se colocar no encalço dos que quebraram sua confiança. Parece batido? Totalmente. O interessante é que a tal agente será interpretada por Gina Carano, lutadora de muay thai e detentora de histórico de 7 vitórias e uma derrota no Strikeforce. Tomara então que caprichem nas cenas de luta.

 

 

 

michael-dunn12.jpg

 

 

 

Além dela, o elenco tem nomes de peso: Ewan McGregor, Michael Douglas, Antonio Banderas, Bill Paxton, Channing Tatum, Mathieu Kassovitz e o queridinho da vez Michael Fassbender.

 

 

 

O longa tem estreia marcada para 20 de janeiro do ano que vem, nos EUA.

 

 

 

Para mais informações (inclusive o trailer): http://www.imdb.com/title/tt1506999/combinedJack Ryan2012-01-19 09:17:26

Link to comment
Share on other sites

Acho que o problema pra mim tá no Soderbergh mesmo. Os filmes do cara sempre tem potencial, um elenco interessante e etc... daí chega na hora e normalmente encontro alguma coisa tri morna, sem pulso. Foi assim com The Good German, com aquele filme com a Sasha Grey e tantos outros

 

Por isso que hoje em dia já nem espero mais muito de algum filme quando vejo o nome dele na direção. Mas esse me desperta mais a atenção, vamos ver no que vai dar.

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

Pra falar a verdade, eu mal conheço a carreira do cara. Ele fez uma trinca que me agradou: Erin Brockovich, Traffic e Ocean's Eleven (embora não ache nenhum desses magnífico). Depois disso, só vi a Ocean's Twelve, que não me agradou, e nenhum outro filme dele me chamou a atenção, até este aqui, e que foi mais pela atriz.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

"04/08/2011 - 07h31

 

Musa do MMA, Gina Carano prepara volta aos combates após dois anos sem lutar

 

Do UOL Esporte

 

Em São Paulo

 

 

 

A lutadora norte-americana Gina Carano, uma das musas do MMA, foi liberada por seu médico para voltar aos treinamentos após problemas em exames médicos apresentados em junho e pode voltar a subir no ringue ainda neste ano para encerrar um período de dois anos sem lutas.

 

 

 

Derrotada pela brasileira Cris Cyborg na última vez em que lutou, em 2009, Gina Carano lutaria no dia 18 de junho deste ano contra Sarah D’Alelio pelo Strikeforce: Overeem vs. Werdum, mas foi vetada após exames médicos que geraram certa polêmica com a contestação por parte da lutadora.

 

 

 

“Ela está se sentindo bem. Ela está pronta para voltar e treinar”, afirmou Scott Karp, que cuida da carreira da lutadora norte-americana, ao MMA Junkie.

 

 

 

Com sete vitórias e apenas uma derrota no MMA, Carano aproveitou o período de afastamento para se popularizar fora das lutas, participando de uma convenção anual sobre histórias em quadrinhos, video games e filmes na promoção do filme “Haywire”, onde ela atua.

 

 

 

Em “Haywire”, a musa do MMA atua ao lado de estrelas de Hollywood como Ewan McGregor, Michael Douglas e Antonio Banderas, entre outros, que apanham de Gina Carano."

 

 

 

Fiquei com mais vontade de ver o filme, depois desse negrito. 06.gif

Link to comment
Share on other sites

  • 3 months later...
  • 3 weeks later...
  • 2 weeks later...

Banderas se diz satisfeito com "A Toda Prova", projeto com o diretor Soderbergh que estreia sexta (20)

Com uma barba espessa no rosto, o ator espanhol Antonio Banderas rouba a cena no filme "Haywire", novo suspense do diretor Steven Soderbergh, o qual conta com um elenco diferenciado para lavar os trapos sujos do sinistro mundo dos matadores de aluguel.

O novo filme de Soderbergh serve de carta de apresentação cinematográfica para sua protagonista, Gina Carano, que, após fazer carreira como lutadora de MMA, começa a soltar seus golpes também nas tolonas.

Gina é acompanhada por ninguém menos que Ewan McGregor, Michael Fassbender, Channing Tatum, Michael Douglas e, por fim, Banderas, um dos poucos que se livrou dos golpes da pugilista nas inúmeras brigas que o longa-metragem exalta.

"Prefiro que seja assim", disse Banderas à Agência Efe. "Acho que é um filme elegante que tem um ar setentista maravilhoso e que me agrada muito. Inclusive, o filme conta com uma trilha sonora muito natural, com ventos e efeitos", afirmou Banderas.

"Haywire", que começa e termina com a palavra "merda", acompanha os passos da destemida Mallory (Gina Carano), uma agente de operações especiais que passa de matadora à vítima em uma complexa trama, a qual inclui Banderas e a cidade de Barcelona como cenário.

"Meu personagem está muito na sombra, aparece e desaparece como o Guadiana (um Rio da Espanha) e não se sabe realmente qual é o peso que tem na própria história. Mas, no final, ele recebe um pagamento interessante. Eu estou bastante contente", declarou Banderas, que se diz satisfeito de estar em um projeto de Soderbergh após "20 anos" de conversas.

"Trabalhando com Soderbergh ("Onze Homens e Um Segredo", "Traffic: Ninguém Sai Limpo") tinha a sensação que estava com um músico de jazz, um tipo que parece seguir uma partitura. Trata-se de um patrão capaz de improvisar com uma tremenda segurança", declarou Banderas.

Aliás, este foi precisamente o caso da barba que modificou o visual do ator espanhol no filme, um "look" que não estava previsto.

"Na realidade, foi um acidente", apontou o intérprete, que deixou sua barba crescer para seu personagem na peça "Zorba, O Grego", apresentada na Broadway antes das filmagens de "Haywire".

"Não gosto de barbas postiças, mas fui deixando contra da opinião da minha mulher. Estava em Nova York e fui comer com Soderbergh. Logo após, ele disse que a barba estava muito boa para o filme, mas a ideia era eu tirá-la no dia seguinte...", esclareceu.

No entanto, o ator teve que usar barba postiça para concluir as filmagens que foram acrescentadas de última hora pelo diretor, já que Banderas tinha se barbeado para rodar "A Pele Que Habito", de Pedro Almodóvar.

Haywire" estreia nos cinemas dos Estados Unidos na próxima sexta-feira (20). Apesar de estrear um filme no começo do ano, Banderas espera que em 2012 tenha mais tempo para a família.

"Me sinto um pouquinho culpado em relação aos familiares. Nos dois últimos anos, eu trabalhei muito fora e fui a fazer um filme ('Black Gold') na Tunísia. Depois teve as promoções do 'Gato de Botas'", comentou.

Mas, Banderas terá que conciliar sua agenda com a de sua esposa, Melanie Griffith, que deverá reaparecer em Hollywood em 2012 depois de ter superado seus problemas relacionados com a dependência química.

"Estou encantado de ver a minha mulher frente à câmara. Se encontra em um estado magnífico depois de ter superado os problemas que tivemos e que são conhecidos. Ela está disposta a reiniciar sua carreira e, para mim, isso parece maravilhoso", manifestou o ator.

Griffith é a protagonista de "This American Housewife", série produzida pela Fox Televisão para o canal "Lifetime", na qual Banderas tem um pequeno papel. Em 2012, o ator também deverá aparecer com "Yellow", filme que gravou com Nick Cassavetes.

"No dia 24, seguirei para Nova Orleans para iniciar outro projeto cinematográfico ('The Grief Tourist')", confirmou o espanhol, que tem ainda estreará a comédia "He Loves Me", dos mesmos produtores de "Pequena Miss Sunshine", e deverá buscar financiamento para lançar retomar sua carreira como diretor.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

A Gina Carano bate pra caralho...

 

É o típico filme de agente traído que quer vingança contra seus superiores. Claro, o tom elegante,, com uma trilha ao estilo dos filmes de espionagem setentistas, dá um brilho a mais ao filme, que, apesar de curto, não é corrido, a trama se desenvolve bem e, pelo outro lado, também não se arrasta (talvez o problema mais comum do cinema do Soderbergh). Tem aquele final que explica tudinho, bem a lá série "Onze, Doze, Treze Homens...", mas que aqui não funciona tão bem.

 

No fim... é um filme passável... tendo como grande destaque as lutas... e Soderbergh aproveita muito bem o fato da atriz protagonista ser lutadora de MMA e faz ela arrebentar com estilo o (renomado) elenco masculino. É nítida sua falta de experiência na atuação, mas isso não chega a atrapalhar tanto. Afinal, ela bate pra caralho...
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...