Jump to content
Forum Cinema em Cena

Tahar

Members
  • Content Count

    22
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Tahar

  1. O jogo "Nerve" é o resultado de uma desconstrução social que não dá sentido algum ao seu desenvolvimento. O filme tem um enredo que atrai por fazer com que as interações sociais sejam mais intensas e extremas. Uma compilação de informações que dá o real sentido de seu valor e como as atuais plataformas se beneficiam disso. Alguns enquadramentos dinâmicos dão sentido a essa correria de acessos e informações. A personagem Vee (Emma Roberts) está enclausurada socialmente porque não consegue vislumbrar seus sonhos, deixando a mãe e saindo da sombra do irmão, sendo que o desentrave é
  2. "A espiã vermelha" trata da história real de Joan Stanley que servia de espiã à K.G.B. em território inglês durante a Segunda Guerra Mundial. O filme tem inspiração glamourosa para representar os anos 40, incorporando a face jovial de Joan por Sophie Cookson que demonstra uma desenvoltura no papel com sua elegância e perspicácia. E quando a história se volta à atualidade, vemos Joan com um ar de culpa instaurado pela inquisição de perguntas dos investigadores; sendo representada pela Judi Dench que é o brilho em serenidade. A fotografia do filme é maravilhosa e consegue nos transport
  3. É uma discussão ampla
  4. A visibilidade trans alcançada pelo seu lugar de fala com a crítica inevitável para Hollywood. Quando se pensa em pessoas trans, logo se vê os estereótipos que o cinema reforçou sobre os estigmas da identidade de gênero. O documentário vai destrinchar todos os erros que o cinema já cometeu com a população que mais morre no mundo por apenas existir. O documentário começa sobre os tipos de interpretações que são endereçadas às pessoas trans, começando com pessoas cis representando-os; passando pelo sentido de vilão que pessoas crossdresser se comportam, exemplos em Psicose (1960) do Hi
  5. O filme retrata a jornada de dois atletas de cubo em velocidade até o campeonato mundial de 2019 da categoria. Mas o filme não é sobre competição. A diretora Sue Kim traz à tela a vida do australiano Feliks Zemdegs e do americano Max Park. Interessante é que o Park sempre foi ídolo de Zemdegs e por isso eles criaram uma amizade muito forte. Depois do prólogo de apresentação dos competidores, o curta documental trata da imersão de suas vidas e é aí que você percebe que o filme não vai tratar do cenário competitivo do cubo mágico. Max Park vira o foco e capta o carinho empático de
  6. Longa Jornada Noite a Dentro é belíssimo... Amo esse estilo Noir. Inclusive, deixarei esse na minha lista.
  7. Tahar

    Sinkhole

    Jordan Peele e Issa Rae prometem abalar as estruturas do cinema com esse novo filme de ficção científica chamado "Sinkhole". O filme terá a produção da Universal e se baseará no livro da escritora Leyna Krow chamado “I’m Fine, But You Appear to Be Sinking” (2017) que trata da "perfeição feminina" através de um casal que se muda para a casa dos sonhos. A perfeição da casa esconde no quintal um buraco que conserta objetos e aí vem a grande pergunta: será que conserta pessoas? Direção de Jordan Peele e além do protagonismo, Issa Rae também estará na frente da produção do fi
  8. Hahahaha... Duna é uma super produção e assim como outros filmes da Marvel deve esperar para lançar nos cinemas. Caso até o ano que vem não role, a produtora terá que ter um trabalho a mais para a divulgação nas locadoras virtuais.
  9. Almodóvar retrata com belíssimos quadros uma história que envelheceu mal. A figura do personagem Ricky (Antonio Bandeiras) é problemática em vários sentidos; não sobre a visão de complexidade do personagem, mas pelo sentido que suas atitudes despertam aos demais. O filme tem uma preocupação de colocar sua mise-en-scène trajada de um colorido esplendido que corrobora com a encenação dos personagens em atuar. Etretanto, seu equívoco é no seu desenrolar. Marina Osorio (Victoria Abril) é a personagem tipicamente frágil e que não consegue se desvincular dos charmes de Ricky. Uma prem
  10. Tahar

    Emmy Awards 2020

    Apesar de gostar muito da Sandra Oh, estou torcendo demais pela Zendaya.
  11. Tahar

    Emmy Awards 2020

    O anúncio das indicações.
  12. Tahar

    Emmy Awards 2020

    Ainda não assisti Better Call Saul e nem a metade das séries indicadas, hahaah... Mas estou confiante em Watchmen.
  13. A conversação é um filme que trata de maneira voyeurista o trabalho das invasões de privacidade. Coppola traz o personagem Harry Caul (Gene Hackman) para ser a pessoa mais profissional na arte de realizar escutas. O personagem, carrega consigo uma áurea de frieza e sabedoria que Hackman passa como ninguém. O interessante é que as qualidades que ele tem se perde por conta da sua falta de confiança, levada muito por conta de uma consciência frágil que permeia o seu ofício. Como se ele sentisse um rastro de moralidade de todos os casos que resolveu, sendo as tratativas para conseguir a
  14. Confesso que na primeira vez que vi tive mais repulsa do que qualquer outra coisa. Hoje acho belíssimo!
  15. Tahar

    Emmy Awards 2020

    O ano de 2020 está bem atípico, entretanto ainda temos premiações acontecendo para celebrar as produções do ano passado até esse momento, sendo o Emmy Awards o principal na categoria entre as séries. A premiação acontecerá no dia 20 de setembro com apresentação de Jimmy Kimmel com os seguintes indicados: Melhor Ator em Série de Comédia Anthony Anderson, Black-ish Don Cheadle, Black Monday Ted Danson, The Good Place Michael Douglas, The Kominsky Method Eugene Levy, Schitt's Creek Ramy Youssef, Ramy Melhor Atriz em Série de Comédia
  16. Não li, mas me faz lembrar de Salò (1975) do Pasolini.
  17. Polêmico, hein... Assisti o Ata-me do Almodóvar ontem (depois coloco aqui com mais detalhes) e senti que ele envelheceu mal... Talvez tenha sentido o mesmo com Climas.
  18. Acho que é um pouco isso que não me prende... Da série Hobbit + trilogia SdA + Silmarillion creio que seja o mais infantojuvenil
  19. Bom, do lado esquerdo na primeira prateleira com livros, estão os que estou lendo agora e os da direita que serve de alguma forma para consulta. O que acharam? Obs: to demorando demais pra ler Tolkien
  20. Sempre gostei de suspense; Por isso escrevi algumas palavras lá no letterboxd sobre "Under the Shadows" (2016) do diretor iraniano Babak Anvari. " Os horrores da guerra sendo destacados para além das metáforas como suspense. Uma situação que deixa a trama mais intimista é entender a rotina de pessoas que vivem em zona de guerra e como são as suas rotinas quando estão em perigo. A mãe Shideh (Narges Rashidi) que se vê presa na casa e totalmente asfixiada com o estilo de vida que não permiti concluir o seu sonho de terminar os estudos, confronta diariamente a sua
×
×
  • Create New...