Jump to content
Forum Cinema em Cena

LOTHAR

Members
  • Content Count

    80
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by LOTHAR

  1. A revista Veja se referiu a essas músicas como tendo um 'efeito-chiclete' - grudam mesmo! De acordo com o Top 10 alistado nessa mesma matéria, o nº 1 ficou com Don't Worry Be Happy (Bobby McFerrin). "Impossível escutar Don’t Worry Be Happy, do nova-iorquino Bobby McFerrin, e não ficar horas depois cantarolando o refrão inconscientemente." (Veja). Quem quiser conferir as outras 9 da lista, dá só uma olhada: http://veja.abril.com.br/blog/10-mais/musica/as-10-musicas-chiclete-que-nao-saem-da-cabeca/10/#ancoratopo
  2. Tenho verdadeira ojeriza é daquela: "Ai se eu te pego... ai... ai... se eu te pégo..." Revoltante, não entendo como um cara desses não sente vergonha de dizer que é cantor. Pior de tudo, alguém me explica o porq de tanta tietagem em cima desses caras sem o mínimo talento? Já pensei muito nisto e cheguei à conclusão de que o povo não curte essas músicas em si mesmas, muito menos os pseudo cantores. Vão atrás é do que certos estilos de música proporcionam: baladas, bebedeiras, e todo o resto q vcs podem imaginar. Se explodir o mundo der prazer, lá vai a multidão de descerebrados a explodir t
  3. LOTHAR

    Copper

    Nota 1000 para a abertura, com aqueles belos desenhos em preto e branco quase dignos de um Gustave Doré. Já de início gostei da série, o estilo tipo sépia, o clima sombrio, a cenografia perfeita - celeiros, ruas, prédios... me senti respirando o cheiro do feno, das madeiras, do suor que exsudava a rodo e, é claro, dos perfumes baratos. Copper parece trazer também muitos segredos que irão sendo revelados no decorrer da trama, como o mistério envolvendo a menina Annie. A trilha sonora também é legal, remetendo aos antigos e bons faroestes. Fisgou-me. Tô gostando. Mais uma boa dica da nossa exper
  4. LOTHAR

    Copper

    Corrigindo meu último post: Não é Cooper, seu tonto (só se fosse o leite, né! kkkkkk) A série se chama COPPER, oras !!!!!!!! Desculpe a falha, Jujuba, ou a ignorância mesmo. Mas que parece ser boa, ah, isto parece! Assistamos então.
  5. LOTHAR

    Copper

    Já tô baixando aqui, Jujuba! Parece interessantíssima a série. Mudando minhas prioridades, vou ver esta primeiro, antes de assistir os Vikings. Ainda mais depois que vc disse que Cooper, ainda de quebra, mostra a Nova York do século XIX, exatamente o material de pesquisa que eu precisava para um projeto meu. Vou assistir e depois comento aqui, ok. Valeu a dica!
  6. Oi, Jujuba! Super correria! Enfim, o ator do filme que perguntei é o Gene Wilder, como eu falei. Cacei pela filmografia e não achei nenhum título ou sinopse nos quais se enquadrasse a cena que me lembro. Como são muitos filmes e fica difícil assistir todos, recorri ao Forum, a vcs, amigos e mega cinéfilos, pra ver se alguém se lembra e me ajuda. Valeu aí.
  7. Agora, se alguém puder me ajudar, tô atrás de um filme estrelado pelo genial Gene Wilder (pra quem não se lembra, é o ator q faz o Will Wonka na filmagem original de "A Fantástica Fábrica de Chocolate"). Procuro um filme do qual só me recordo de uma cena: Gene Wilder é um advogado defendendo dois caras num tribunal. Legal que ele fica se referindo aos dois sujeitos como "esses dois jóvis" (jovens), e o juiz chama-lhe a atenção devido ao erro de português (na versão dublada, claro). Pensei q neste filme ele fizesse dupla com o Richard Prior (com quem fez vários outros filmes), pode até ser, mas
  8. Cara, este se parece muito com um ep do "Todo Mundo Odeia o Chris": Todo Mundo Odeia Os Inspetores - 12° episódio_2° temporadaDá uma olhada, quem sabe...
  9. LOTHAR

    Hannibal

    Podem fazer o que quiserem: Sem Antony Hopkins, Hanibal jamais será Hanibal. Como Exterminador sem Schwarzenegger, Rock e Rambo sem Stallone, Highlander sem Crhistopher Lambert, Duro de Matar sem Bruce Willis, etc, etc, etc. Não é como 007, onde qualquer rosto cola naquelas histórias cheias de marmelada. Existem personagens e atores que se confundem, que se fundem, que 'fecham a conta e passam a régua'. Mexer com isto, pra mim, é pura heresia. E os apoiadores, os mais terríveis hereges. Jujuba, cadê você?!!!
  10. Eu votaria no T-800 interpretado brilhantemente pelo Arnold Schwarzenegger em Terminator 2. Sua missão: proteger a vida de John Connor a todo custo; o resto do mundo, que se dane. Em segundo lugar, fico com Riddick (Vin Diesel) - pra mim, grande anti-herói, apesar de demonstrar lá no fundo da alma endurecida qualidades como a compaixão.
  11. LOTHAR

    Vikings

    Valhalla Rising tem uma fotografia maravilhosa e um clima absurdamente poderoso e envolvente (pelo menos até a metade do filme). Por que será que avacalharam tanto (pra não dizer outra coisa) dali para o final? Forçado demais querer misturar vikings com Jesus Cristo (pois pra mim foi esta a mensagem que tentaram passar). Tem uns posts por aí na net dizendo que é filme para intelectuais, mas intelectuais pra mim são pessoas que fingem explicar o que não entendem e exaltam o que não merece exaltação para dar a impressão que são mais inteligentes que a maioria. Deixando de lado esses pobres de es
  12. LOTHAR

    Vikings

    Juntamente com a época medieval, taí um dos temas que mais me fascinam desde que me entendo por gente: Vikings! Curto demais a cultura, as lendas, enfim, a essência desse povo que é um dos mais interessantes que já caminhou sobre a terra. Minha decepção é que, apesar de bastante explorado, nunca consegui encontrar um material (falando de filmes) que fizesse juz à fama dos guerreiros nórdicos. O 13º Guerreiro foi um dos melhores que assisti. Valhalla Rising começou bem mas se perdeu como açúcar debaixo e chuva. Assim também Outlander e tantos outros. Quem sabe esta nova venha resgatar a memória
  13. Que pena! Acho que, se bem produzido, seria um filmaço. Obrigado mesmo assim. Fica na vontade. Por falar em filmes que não saíram, pra quem gosta do Superman e/ou do Nicolas Cage, olha só esta matéria interessante publicada no blog da Grow, sob o título Nicolas Cage, um quase Homem de Açohttp://grow.com.br/blog/ Sinistro!!!
  14. Pessoal, tô ainda perdido neste novo formato do Forum, então desculpem se estiver 'atravessando' os assuntos. Mas li esta sinopse num post, fiquei curioso, e no entanto não consigo encontrar o raio do filme: The killer's Game "Ao descobrir que será morto logo por uma doença, assassino decide sair em grande estilo e coloca sua própria cabeça a prêmio. O problema é que ele muda de ideia e tem que enfrentar a nata do submundo." Alguém pode me ajudar a descobrir qual o título em português e, abusando só mais um pouquinho, se souberem onde está disponível pra baixar...? Obrigado, gent
  15. Quem sabe o nome de um filme sobre um professor que colecionava coisas do velho oeste, que perde a esposa e o filhinho em um acidente de carro provocado por um ladra que fugia da policia, depois da morte das esposa e o filho ele continua a compra e colecionar coisas ate que um dia ele compra um bau em um leilão cheio de fotos antigas ate que ele encontra uma foto com tres homens dentro de caixões e um sujeito em pé ao lado com uma magnun 357, bravo por acha ter sido enganado porque o leiloeiro disse q o bau onde se encontrava a foto era de 100 anos atras e a arma q o homem empunhara avia começ
  16. Fala, Angellus! Também acho o Van Damme um ótimo ator, no estilo que se propõe. O problema é que, assim como Schwarzenegger, Stallone, Steven Siegal e tantos outros, fez excelentes filmes, mas também atuou em grandes 'porcarias'. Como pode depois de jóias como 'Dragão Branco", 'Morte Súbita' e 'Desafio Mortal' (este, na minha opinião, um dos melhores dele) aceitar gravar aquela lástima do "Replicante"??? Porque será que quando a fama chega, a qualidade cai, amiúde vertiginosamente?
  17. “True Colors” é mesmo a melhor dela! Que saudade dos tempos em que música era música mesmo e se cantava por paixão, não para ganhar dinheiro simplesmente e idolatrar a própria imagem. Restart, Sertanejo Universitário, o tal do Funk... bah, ninguém merece!
  18. Bela dica! Queria muito ver o filme City Down, A História de um Diferente. Sabe onde encontrar???
  19. ESTUDO 175 Estar com o rio não é molhar-se na água. Nem ser leito. É ser a água e o leito. E o mar. E ser as nuvens do céu. Nosso destino é o que somos. Somos o destino – o olho d’água e a foz. Somos a foz e o ruído das águas se encontrando. E as nuvens do céu e o homem sentado numa pedra. E a pedra. Antonio Brasileiro
  20. Com licença, gente, mas aí vai mais uma do Antonio Brasileiro. Grande poeta, dá vontade de ficar aqui postando suas obras sem parar. Mas, se vcs gostarem, irei postando aos poucos. ESTUDO 179 "Quero fazer um poema reto. Sem emoções – que essas nos embaraçam. Sem sutilezas semânticas ou glaxúrdias gramáticas. Quero fazer um poema simples, sem sentido. (Que o essencial não tem sentido.) Quero escrever como se uma árvore soubesse olhar as nuvens: um poema que só por existir se explique e me explique."
  21. NUANÇA "Meus caminhos, meus mapas, meus caminhos. Tudo está em ordem em minha vida. Como se faltasse alguma coisa." Antonio Brasileiro para Tica
  22. LOTHAR

    8° Dia

    Jujuba, queridinha, não sabia q vc era tão sensível. Mas peraí... não é vc que vê Dexter???????? Sobre o ABAIXO ASSINADO - foi só um desabafo - leia o que respondi lá no tópico 'Que série vc anda vendo?'...
  23. Quando eu disse "ABAIXO ASSINADO", Jujuba querida, isto foi só um simbolismo, um desabafo, para expressar publicamente minha vontade de ver 24 HORAS e JACK BAUER SE PERPETUAREM. No entanto, sei obviamente - e melancolicamente - que ceder ao pedido, ou à exigência, de uma lista de fãs, ainda que a mesma seja mais extensa que a CAPIVARA do maior dos estelionatários - para recolocar no ar episódios constantes do acervo de uma emissora (no caso, o Chaves) é uma coisa. Mas é claro que os produtores de 24 Horas, assim como todos os outros, não iriam investir 'milhões' pra filmar uma oitava temporada
  24. LOTHAR

    8° Dia

    Acabei de assistir a oitava temporada do 24 Horas. Muito show! Minha irmã detestou por não aceitar q o Jack tenha se tornado, como ela diz, um 'carniceiro' pior do q os terroristas q ele sempre combatia. Tem sentido. Mas na minha opinião a profissão do Bauer, tudo o q ele já teve q fazer na vida (coisas como executar o Chapelle, decepar a mão do namorado da Kim, e tantas outras barbaridades) mexem com a cabeça de qualquer um, e principalmente depois q ele se viu traído pelo governo o qual sempre defendeu, muitas vezes estando disposto a sacrificar a própria vida. Poxa, qualquer um poderia se p
  25. Acabei de assistir a oitava temporada do 24 Horas. Muito show! Minha irmã detestou por não aceitar q o Jack tenha se tornado, como ela diz, um 'carniceiro' pior do q os terroristas q ele sempre combatia. Tem sentido. Mas na minha opinião a profissão do Bauer, tudo o q ele já teve q fazer na vida (coisas como executar o Chapelle, decepar a mão do namorado da Kim, e tantas outras barbaridades) mexem com a cabeça de qualquer um, e principalmente depois q ele se viu traído pelo governo o qual sempre defendeu, muitas vezes estando disposto a sacrificar a própria vida. Poxa, qualquer um poderia se p
×
×
  • Create New...