Jump to content
Forum Cinema em Cena

Cinema Brasileiro

Discuta, converse, dê sua opinião sobre a produção cinematográfica nacional!


126 topics in this forum

    • 0 replies
    • 7.9k views
    • 1 reply
    • 6.1k views
    • 0 replies
    • 2.8k views
    • 0 replies
    • 2.6k views
    • 4 replies
    • 6.2k views
    • 1 reply
    • 5.7k views
    • 1 reply
    • 6.1k views
    • 3 replies
    • 13.3k views
    • 1 reply
    • 5.1k views
    • 31 replies
    • 14.4k views
  1. Jorge Furtado 1 2

    • 32 replies
    • 11.7k views
    • 254 replies
    • 30.6k views
  2. O Som ao Redor

    • 0 replies
    • 4.6k views
    • 7 replies
    • 9.1k views
    • 3 replies
    • 6.9k views
  3. Tim Maia

    • 4 replies
    • 5.8k views
    • 9 replies
    • 6.5k views
    • 2 replies
    • 5.4k views
  4. Nosso Lar 1 2 3 4

    • 81 replies
    • 17.6k views
  5. Procuro muito

    • 2 replies
    • 5.4k views
    • 0 replies
    • 5.1k views
    • 2 replies
    • 6.7k views
    • 61 replies
    • 20.9k views
  6. Chega de Saudade

    • 2 replies
    • 5k views
  7. Antes que o mundo acabe

    • 0 replies
    • 5k views

Announcements

  • Posts

    • O DCEU já tem uma maneira de substituir Ezra Miller como Flash A Warner lançará The Flash com Ezra Miller apesar de suas múltiplas prisões, mas o DCEU já tem uma maneira de substituir o ator. Dada a atenção negativa que Ezra Miller recebeu com suas recentes prisões, o DCEU já tem a maneira perfeita de substituir o ator como Barry Allen em filmes futuros, se necessário. Miller apareceu pela primeira vez como Flash em Batman Vs Superman e reprisou o papel em Esquadrão Suicida, Liga da Justiça e Pacificador, mas Miller assumirá a liderança pela primeira vez em The Flash. O escritor de entretenimento sênior Adam B. Vary informou que a Warner Bros. Discovery não tem intenção de substituir Miller no primeiro filme solo do super-herói, já que o filme já terminou as filmagens. No entanto, futuros filmes no DCEU podem reformular o papel se Miller continuar tendo problemas com a lei. Os problemas começaram no início de 2020, quando um vídeo chocante de Ezra Miller parecendo sufocar uma fã enquanto estava em um bar na Islândia apareceu na internet. No que parecia ser um padrão de comportamento, ele foi preso em março deste ano enquanto estavam em Hilo, no Havaí.  Ele foi acusado de conduta desordeira e assédio moral após relatos de um incidente em um bar, e uma ordem de restrição foi emitida contra Miller quando ele teve uma suposta briga com um casal. Embora o casal tenha retirado a ordem de restrição dias antes do lançamento de Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore, um terceiro incidente ocorreu em abril, quando o ator foi preso pela segunda vez no Havaí.  Ele foi acusado de agressão de segundo grau depois de ter jogado uma cadeira que inadvertidamente resultou na lesão de uma mulher de 26 anos. Mesmo meras acusações de violência podem ser prejudiciais à carreira de uma estrela de cinema, como alegaram Johnny Depp e Amber Heard durante o julgamento por difamação.  Depp e sua equipe jurídica tentaram provar que as alegações de abuso feitas por sua ex-esposa resultaram no ator não tendo mais a oportunidade de interpretar Jack Sparrow na franquia Piratas do Caribe e Heard acredita que seu papel em Aquaman 2 foi diminuído após a reação das acusações. O DCEU já tem uma maneira de substituir Ezra Miller como Flash; DC Com mais notícias negativas, a Warner Bros. Discovery também poderia decidir limitar o envolvimento de Ezra Miller no DCEU e teria a oportunidade perfeita para isso, com base no enredo sobre o Multiverso DC de The Flash. Embora os detalhes da trama do filme tenham sido mantidos em segredo, sabe-se que envolverá a existência de vários mundos paralelos.  Semelhante aos atores de franquias anteriores do Homem-Aranha retornando ao papel em Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa, The Flash incluirá duas versões do Batman. Embora Ezra Miller também esteja interpretando várias versões do Flash no filme, estabelecer a existência de heróis interpretados por diferentes atores pode dar uma razão válida para sua substituição em quaisquer sequências ou outros filmes do DCEU. É improvável que isso ocorra na narrativa principal do filme, já que as filmagens estão completas, mas a introdução de outro ator como Flash pode ser adicionada como uma sequência pós-créditos. Muitos fãs expressaram seu desejo de ter o ator Grant Gustin no papel, já que ele vive o personagem desde 2013 na TV. Além disso, as versões de Miller e Gustin já se conheceram no crossover Crise Nas Infinitas Terras. Houve rumores de que o Barry Allen de Grant Gustin está no filme de 2023 como uma participação especial, o que poderia criar a oportunidade para ele substituir Ezra Miller em futuros lançamentos do DCEU.  Ainda não se sabe se a Warner Bros. Discovery adotará essa abordagem, mas o enredo focado no Multiverso DC fornecerá uma explicação lógica para a mudança de elenco. Também há dúvidas sobre se Ezra Miller retornará em Animais Fantásticos 4 após seus problemas legais. A franquia substituiu notavelmente Johnny Depp por Mads Mikkelsen no último filme e poderia fazer o mesmo com a estrela de The Flash. Mas e você, o que acha de tudo isso?      Vazam imagens dos uniformes do Flash e Supergirl Em exposição, foram revelados os figurinos de alguns dos heróis que estarão em The Flash, longa de 2023 que reformulará o DCEU. Anos depois de ter sido originalmente planejado para ser lançado nos cinemas, The Flash estabelecerá formalmente no DCEU. Ezra Miller repete seu papel como Barry Allen, e ele será acompanhado por duas versões alternativas do Batman. Dirigido por Andy Muschietti, The Flash se inspira na icônica história em quadrinhos Flashpoint, na qual Barry volta no tempo para salvar sua mãe e, por sua vez, cria uma nova linha do tempo, que pode ser a forma como ele consegue encontrar duas versões do Batman no filme. Além disso, The Flash apresentará Sasha Calle como Supergirl. Ao todo, espera-se que o filme reinicie o DCEU e estabeleça as bases para uma ”nova” franquia que expande as histórias da DC Comics. Ainda falta mais de um ano para o filme do Flash chegar aos cinemas. No entanto, em meio à incerteza gerada por toda a situação com Ezra Miller, esta semana surgiu uma nova abordagem ao filme. Acontece que no âmbito da Licensing Expo 2022, uma convenção focada na venda de direitos de merchandising, os figurinos que Flash e Supergirl usarão no filme estão sendo exibidos. Confira abaixo: Até agora, os únicos vislumbres oficiais dessas roupas foram cortesia de vídeos promocionais do filme da Warner Bros. Discovery, então, após as fotos do set, essas são as melhores imagens do Velocista Escarlate e das novas roupas na tela do Kryptoniano. Como você pode ver, enquanto o traje de Supergirl apresenta uma longa capa vermelha e detalhes em vermelho no emblema da Casa de El, a roupa de super-herói de Barry Allen não deixará totalmente para trás o estilo de sua roupa de Liga da Justiça e Liga da Justiça de Zack Snyder. No entanto, embora incorpore detalhes dourados e um vermelho vibrante para se aproximar de sua contraparte de quadrinhos, mas ainda assim ter um visual mais austero. The Flash será uma adaptação parcial dos quadrinhos Flashpoint, onde o velocista descobre que é possível viajar no tempo e decide voltar ao passado para salvar a sua mãe, que foi misteriosamente morta anos atrás.
    • DC oferece fortuna para Ben Affleck voltar como Batman em grande crossover Site afirma que ator Ben Affleck recebeu uma oferta milionária para retornar como Batman ao DCEU em um grande evento crossover.   Meses atrás, surgiram rumores de que o DCEU deverá ter um mega crossover baseado em Crise nas Infinitas Terras. Esse evento explicaria onde o Batman de Ben Affleck foi parar após os eventos do filme The Flash e apresentaria o encontro de várias versões dos principais heróis da DC. Agora, o site Giant Freakin Robot revelou que a Warner Bros. ofereceu uma fortuna para Affleck voltar com o seu Batman e liderar a adaptação da Crise nos cinemas. Para estrelar o evento, o astro teria recebido uma proposta de US$30 milhões! Se aceitar a oferta, Ben Affleck se tornará um dos atores mais bem pagos da história. De acordo com alguns insiders, uma cena pós-créditos de The Flash mostraria o Batfleck em um universo à parte do novo DCEU se comunicando de alguma forma com o Flash (Ezra Miller) e pedindo para o Velocista Escarlate encontrar ele. Para quem não sabe, o filme do Flash vai estabelecer o Batman de Michael Keaton como o novo Homem-Morcego do Universo Estendido DC. Isso vai acontecer após Barry acidentalmente mudar a linha do tempo. Curiosamente, essa troca vai acontecer porque Affleck pediu para deixar o manto do Cavaleiro das Trevas. Crise nas Infinitas Terras foi um evento nos quadrinhos que, resumidamente, serviu para eliminar versões paralelas e alternativas, do Multiverso, dos mesmos heróis da DC. Na TV, esse evento ocorreu nas séries dcnautas do canal CW e resultou em uma nova linha temporal para o chamado Arrowverso. Caso ocorra mesmo esse evento no DCEU, é provável que uma nova Terra Primordial seja criada após essa Crise, mostrando uma nova versão da Liga da Justiça.     Outra versão do Batman pode estar no filme Sessões testes de The Flash já estão acontecendo e novos rumores sobre a presença de outra versão popular do Batman voltaram a circular. Como já amplamente divulgado, The Flash contará com a introdução do Multiverso DC e haverá participações de duas versões do Batman: Michael Keaton e Ben Affleck. Dito isso, os fãs do herói começaram a cobrar uma participação de Christian Bale, da trilogia O Cavaleiro das Trevas, de Christopher Nolan. Ainda em 2020, o insider Daniel Richtman confirmou que havia um interesse por parte da Warner Bros. em trazer Christian Bale como o Batman para o filme estrelando por Ezra Miller. Ainda segundo rumores antigos, Bale só aceitaria trabalhar no filme do Flash apenas com um sinal de aprovação de Nolan – o que seria uma grande demonstração do respeito mútuo entre os ex-colaboradores. Sabe-se que sessões testes de The Flash já estão acontecendo. Embora o filme só seja lançado em 2023, é normal que aconteça esse tipo de exibição tão cedo, já que se houvesse uma possível recepção negativa do público, ainda daria tempo de fazer novas refilmagens do longa do Flash. Felizmente, o público que assistiu à adaptação aprovou o corte. Agora, de acordo com informações reveladas por insiders, o Batman de Christian Bale realmente faz uma participação especial no filme. Bale foi o primeiro ator a interpretar o Batman em mais de dois filmes. Ele adotou o papel na trilogia de Christopher Nolan, Batman Begins (2005), O Cavaleiro das Trevas (2008) e O Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012). O diretor Christopher Nolan afirmou anteriormente que sua trilogia do Batman nunca poderia fazer parte do DCEU, por causa das diferenças de estilo e tom. No entanto, o retorno de Michael Keaton como Bruce Wayne em The Flash pode provar que ele estava errado. Embora existam muitas diferenças entre os universos do Batman imaginados por Christopher Nolan e Tim Burton, suas semelhanças podem servir para ajudar a entender como a série O Cavaleiro das Trevas poderia ter funcionado no DCEU. Enquanto o DCEU estava em fase de criação, havia planos para retomar de onde a trilogia de Nolan parou. Apesar de ser produtor de O Homem de Aço, o diretor foi inflexível quanto ao final de seus filmes com O Cavaleiro das Trevas Ressurge. Com sua abordagem mais realista aos mitos do Batman e uma Gotham City mais independente, parecia não haver lugar para alienígenas, semideuses e metahumanos no mundo que Nolan criou. No entanto, ele não seria o primeiro a tentar uma Gotham City mais realista na tela grande. Em 1989, o diretor Tim Burton e o ator Michael Keaton criaram Batman. Embora mais gótico em seus visuais e extravagante em seu tom, não muito diferente de Nolan, a versão de Burton de Gotham carecia de elementos sobrenaturais e de ficção científica mais fortes encontrados nos quadrinhos. Como a trilogia O Cavaleiro das Trevas, Burton criou um universo independente. Com tudo isso em mente, se o mundo igualmente remoto do Batman de Michael Keaton puder coexistir, não há razão para que a trilogia estrelada por Christian Bale não possa se encaixar no DCEU.
    • Laboratório da Shuri será inaugurado em novo museu britânico Museu da Ciência em Londres apresenta nova galeria gratuita e o lindo laboratório de Shuri visto em Pantera Negra estará em exibição Pantera Negra segue sendo um dos filmes mais amados e aclamados da Marvel Studios, mesmo após 4 anos de seu lançamento nos cinemas, em fevereiro de 2018. A franquia receberá sua continuação ainda este ano, em novembro, com Pantera Negra: Wakanda Para Sempre, no entanto, infelizmente, sem a ilustre presença do Pantera Negra de Chadwick Boseman, que nos deixou. Um dos grandes destaques do primeiro filme foi a cidade/nação de Wakanda, que deixou o público babando com seu lindo visual e sua tecnologia super avançada que parece ser de um futuro alternativo. Mas e se o mundo real misturasse a beleza de Wakanda e o local onde a tecnologia do país é criada e replicasse tudo isso em um museu para o público visitar e se sentir na nação mais avançada do planeta? E é isso que foi anunciado para uma nova galeria gratuita para o Museu da Ciência em Londres. A instalação buscará “mudar a percepção das carreiras técnicas e inspirar os técnicos de amanhã”. A exposição destacará os técnicos do Reino Unido da vida real, mas os fãs da Marvel receberão um agrado com a peça central de toda a instalação que será “um filme reconstruído para o Laboratório de Shuri”, visto em Pantera Negra. Os convidados poderão “se colocar no lugar de técnicos de filmagem ajustando a iluminação, combinando som e diálogo com imagens em movimento e usando tecnologia de efeitos visuais”. Ainda não sabemos se é apenas a parte da parede com grafite que foi replicada do filme no museu, o se é todo o laboratório visto no filme.
    • De acordo com fontes, a música será bastante importante na série, com a principal sendo uma sequência musical gravada como um clipe da década de 80, onde a protagonista irá quebrar a quarta parede e dançar e cantar a canção ‘Fever’ de Madonna, diretamente para o público. A heroína também terá outros números musicais divertidos, como a canção ‘It’s Not Easy Being Green‘, de Os Muppets. Outra será uma canção de amor que ela irá cantar em um episódio sobre o processo de divórcio de um colega super-herói.  
    • Vou falar rápido,  mas depois posso desenvolver: Assisti a série do ALTA FIDELIDADE, que é uma releitura de um dos meus filmes favoritos de todos, além de eu gostar muito do livro.  Ficou bom demais, atualizaram na medida certa, com uma trilha ótima e uma pegada meio indie, sem parecer esnobe. Recomendo.    Arcane O big falou e eu concordo.  Não sei o porquê nem como, mas isso aí ficou moto azeitado. Não conheço os jogos, nem nada, mas a série ficou demais.    This is us.  Tá acabando. E essa série vai seguir vendendo e tendo fãs eternamente. A facilidade que nos projetamos nas situações e essa linguagem do "macro" além do agora é algo que será muito copiado daqui pra frente. Já vi isso em alguns filmes mas não nessa escala.  Ficou bom demais. Muito choro e drama, mas sem ser pesado demais. 
  • Popular Contributors

×
×
  • Create New...