Jump to content
Forum Cinema em Cena

Recommended Posts

Não gosto de dizer isso, mas sou mais um que associa Carnaval a Escolas de Samba, Archipenko. Tirando isso, também não me agrada muito essa muvuca toda, um oba-oba enorme para algumas bandinhas sem-graça, fora a dinheiramente que alguns desses "shows" (?) chegam a custar, principalmente na BA, acho.

 

 

 

Samba maravilhoso como a tempos a Imperatriz não tinha.

 

 

 

Pois é, acho que desde 2001, quando levou o tri, ela não apresentava algo tão contagiante, apesar de 2005 ter sido uma excelente escolha, algumas passagens não me agravam. Já este é perfeito, provavelmente o melhor do ano. Meu top:

 

 

 

01. Imperatriz

 

02. Mocidade

 

03. Beija-Flor

 

04. Portela

 

05. Salgueiro

 

06. São Clemente

 

07. Mangueira

 

08. Vila Isabel

 

09. Grande Rio

 

10. Porto da Pedra

 

11. Unidos da Tijuca

 

12. Viradouro

 

 

 

E do Acesso A:

 

 

 

01. União da Ilha (hour-concour)

 

02. Caprichosos

 

03. Estácio de Sá

 

04. Santa Cruz

 

05. Cubango

 

06. Lins Imperial

 

07. Renascer de Jacarepaguá

 

08. Império da Tijuca

 

09. Império Serrano

 

10. Rocinha

Link to post
Share on other sites
  • Replies 266
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Vê se pode: o cara fode a Mangueira, dispensa o Cartola como enredo para colocar um patrocinado sobre os 100 anos do frevo (que, quando o desfile acontecer, serão 101), o melhor samba - que, além de ter letra e melodia melhores, fazia menção ao baluarte ("Chegou Mangueira de Cartola") - para colocar o do Tuchinha e, como novo mestre de bateria, o Sr. Fanfarrão Ivo Meirelles, que já chorou 'comentando' desfile na Globo e que anda envolvido numa maracutaia da vida, tem esse suposto acontecimento com o Beira-Mar e larga...

 

 

 

Perci deixa a presidência da Mangueira

 

 

 

Percival Pires, o Perci, acaba de renunciar ao cargo de presidente da Mangueira. A vice-presidente Eli Gonçalves, a Chininha, foi anunciada como a nova presidente da Verde e rosa durante uma coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira, na quadra. Ela era vice-presidente há seis anos. Neste momento, Perci está lendo o termo de renúncia.

 

 

 

A crise no mandato de Perci começou com as acusações do suposto envolvimento da agremiação na festa de casamento do traficante Fernandinho Beira-Mar, ocorrido no dia 20 de outubro.

 

 

 

Durante a reunião, Perci explicou que neste momento, para o bem da escola, o melhor seria o seu afastamento.

 

 

 

- Em razão dos últimos acontecimentos noticiados pela mídia escrita e televisiva envolvendo o nome desta conceituada escola de samba, Estação Primeira de Mangueira, renuncio em caráter irrevogável e irretratável ao cargo de presidente, para o qual fui eleito. Tenho altas preocupações com a escola e o maior respeito pela Mangueira. Esse é um momento muito difícil. Estou tranqüilo da posição que tomei, tenho consciência de que estou fazendo tudo a favor da instituição.

 

 

 

Devido às circunstâncias da situação, já que era a vice-presidente da diretoria, Chininha teve que aceitar o cargo que sempre relutou em assumir.

 

 

 

- Nunca sonhei em ser presidente da Mangueira. Já fui indicada, mas nunca aceitei. Porém, devido às circunstâncias, tive que ceder. Neste momento não negaria porque sou Mangueira de coração, é a minha religião. Minha mãe me ensinou a cultuar a escola. Tenho que honrar o nome dela (Dona Neuma) e do meu avô, Saturnino Gonçalves, fundador e primeiro presidente da Mangueira – afirma.

 

 

 

Segundo ela, não haverá mudanças na equipe responsável pelo desenvolvimento do enredo, nem no time de sambistas.

 

 

 

- As estruturas da escola não foram abaladas. O nosso barracão não parou, até porque o carnaval é uma data fixa. O trabalho continua.

 

 

 

Sobre o motivo da renúncia de Perci, ela diz que acredita na integridade do dirigente.

 

 

 

- Foi um erro involuntário. Ele decidiu que a forma mais honrosa de deixar a presidência seria através da renúncia, infelizmente. É uma pessoa amiga de todos aqui da comunidade, além de ser muito querido. Ele pensou no bem da escola ao deixar o comando da Mangueira – encerrou Chininha.

Link to post
Share on other sites
Ainda bem que acabaram com aquele Grupo das Escolas Esportivas aqui em SP. Aquilo ia dar a maior confusão. De qualquer forma a Gaviões vai desfilar num dia e a Mancha no outro. Só assim pra garantir a ordem no evento. Bando de animais...

 

 

 

Pois é, eis outro dos motivos pelos quais o "desfile" de SP não me convence - e é incomporável ao do RJ.

Link to post
Share on other sites
Odeio carnaval... gosto só do feriadão. Viajo' date=' alugo sítios, faço qqer coisa particular. Quando vou pra cidade cheia demais, arrumo logo uns esquemas particulares em casa de alguém, etc.

[/quote']

 

Odiar não odeio , mas tambem não dou muita importancia. Pq Esse negocio de passar o dia todo pulando, dançando , esprimida num calor dos infernos, musica no ultimo  volume e um monte de gente berrando no teu ouvido.... ah não!!!!! tô fora... 06 prefiro mil vezes ficar de pijamão na cama, dormindo... feriado é pra descansar! 05
Link to post
Share on other sites
Ainda bem que acabaram com aquele Grupo das Escolas Esportivas aqui em SP. Aquilo ia dar a maior confusão. De qualquer forma a Gaviões vai desfilar num dia e a Mancha no outro. Só assim pra garantir a ordem no evento. Bando de animais...


Pois é' date=' eis outro dos motivos pelos quais o "desfile" de SP não me convence - e é incomporável ao do RJ.[/quote']

 

Realmente o de São Paulo ainda deixa muito a desejar comparado ao do Rio.

 

Eles investem, trazem gente do Rio, o Sambódromo é enorme, super estruturado, mas falta alguma coisa...

 

Gosto sempre de acompanhar as apurações tanto do Rio quanto daqui e percebo que no Rio os jurados são mais equilibrados. Dá a impressão de que são mais bem preparados. Aqui existem discrepâncias absurdas  nas notas dos mesmos quesitos, de jurados diferentes. 09

 

 

 
Link to post
Share on other sites

Vou ser polêmico.

 

Eu acabaria com o carnaval no Rio. Tudo bem, é a única época do ano em que os enrustidos podem sair de mulher e satisfazer o que não conseguem o ano todo.... bom pra eles.

 

Mas pára pra pesar:

 

Os acidentes triplicam nas estradas. O consumo de bebidas alcóolicas e drogas vão nas alturas e os índices de assaltos e violência só crescem.

 

E no Rio, todo mundo maravilhado com os desfiles... também gosto, mas.... é tudo feito com dinheiro de jogo do bicho e do tráfico. Ou sea, o povo é conivente....vai lá, paga para entrar, dá audiência.. fortalece a violência.... Tropa de Elite, lembra??

 

Se eu fosse governador do Rio, minha primeira medida seria acabar com o carnaval. Sendo corrupto, ladrão e bandidoa eu seria mais bem visto do que acabando com o Carnaval.

 

Ou os índices de violência e acidentes diminuíam 80% ou a festa não voltava.

 

Mas só lembrando que não tenho nada contra a manifestação do povo. Os blocos, a iniciativa de ir para as ruas fantasiados... isso é bacana.
Link to post
Share on other sites

Concordo com esse lado das escolas. O presidente da Mangueira no casório do Beira-Mar foi foda...06. Talvez acabar com as escolas não, mas reestrutúra-las, tirando do poderio dos manda-chuvas  do jogo do bixo e do tráfico. Elas já foram tiradas das favelas, estão na cidade do samba, certo? Isso seria tremendamente positivo. Dinheiro seria investido como algo parecido a lei rouanet. Empresas investem e seriam descontadas do imposto de renda e tal. Nivelaria as escolas, acabaria com o tráfico por trás, tornaria a festa mais emocionante e dependente somente do talento de sambistas e carnavalescos.

Link to post
Share on other sites
Vou ser polêmico.

 

Eu acabaria com o carnaval no Rio. Tudo bem' date=' é a única época do ano em que os enrustidos podem sair de mulher e satisfazer o que não conseguem o ano todo.... bom pra eles.

 

Mas pára pra pesar:

 

Os acidentes triplicam nas estradas. O consumo de bebidas alcóolicas e drogas vão nas alturas e os índices de assaltos e violência só crescem.

 

E no Rio, todo mundo maravilhado com os desfiles... também gosto, mas.... é tudo feito com dinheiro de jogo do bicho e do tráfico. Ou sea, o povo é conivente....vai lá, paga para entrar, dá audiência.. fortalece a violência.... Tropa de Elite, lembra??

 

Se eu fosse governador do Rio, minha primeira medida seria acabar com o carnaval. Sendo corrupto, ladrão e bandidoa eu seria mais bem visto do que acabando com o Carnaval.

 

Ou os índices de violência e acidentes diminuíam 80% ou a festa não voltava.

 

Mas só lembrando que não tenho nada contra a manifestação do povo. Os blocos, a iniciativa de ir para as ruas fantasiados... isso é bacana.
[/quote']

 

Acrescento na sua lista o aumento de doenças e prominscuidade...
Link to post
Share on other sites

Vou ser polêmico.

 

Eu acabaria com o carnaval no Rio. Tudo bem' date=' é a única época do ano em que os enrustidos podem sair de mulher e satisfazer o que não conseguem o ano todo.... bom pra eles. Mas pára pra pesar: Os acidentes triplicam nas estradas. O consumo de bebidas alcóolicas e drogas vão nas alturas e os índices de assaltos e violência só crescem. E no Rio, todo mundo maravilhado com os desfiles... também gosto, mas.... é tudo feito com dinheiro de jogo do bicho e do tráfico. Ou seja, o povo é conivente....vai lá, paga para entrar, dá audiência.. fortalece a violência.... Tropa de Elite, lembra?? Se eu fosse governador do Rio, minha primeira medida seria acabar com o carnaval. Sendo corrupto, ladrão e bandidoa eu seria mais bem visto do que acabando com o Carnaval. Ou os índices de violência e acidentes diminuíam 80% ou a festa não voltava. Mas só lembrando que não tenho nada contra a manifestação do povo. Os blocos, a iniciativa de ir para as ruas fantasiados... isso é bacana. Acrescento na sua lista o aumento de doenças e prominscuidade...[/quote']

 

 

 

Bom... de tudo o que vc falou, achei muito engraçado a vantagem levantada em negrito... isto é que eu chamo de responsabilidade social... 06.gif06.gif06.gif

Link to post
Share on other sites

 

Eu acabaria com o carnaval no Rio. Tudo bem' date=' é a única época do ano em que os enrustidos podem sair de mulher e satisfazer o que não conseguem o ano todo.... bom pra eles. Mas pára pra pesar:

 

 

 

Os acidentes triplicam nas estradas. O consumo de bebidas alcóolicas e drogas vão nas alturas e os índices de assaltos e violência só crescem. E no Rio, todo mundo maravilhado com os desfiles... também gosto, mas.... é tudo feito com dinheiro de jogo do bicho e do tráfico. Ou sea, o povo é conivente....vai lá, paga para entrar, dá audiência.. fortalece a violência.... Tropa de Elite, lembra??

 

 

 

Se eu fosse governador do Rio, minha primeira medida seria acabar com o carnaval. Sendo corrupto, ladrão e bandidoa eu seria mais bem visto do que acabando com o Carnaval. Ou os índices de violência e acidentes diminuíam 80% ou a festa não voltava.

 

[/quote']

 

 

 

Com todo respeito (e você sabe que tenho em especial a você e flamenguistas, hehe), Renato, mas eu acho essa idéia/opinião ridícula e aparenta - ainda não vi o filme, desculpe - uma crença cega aos ideais defendidos por Tropa de Elite no âmbito do tráfico de drogas e violência, certo? Indenpendentemente dos fatores que o levaram a tomar tal decisão em encorpar essa idéia, só posso discordar em TODOS os aspectos. Vamos lá, por parágrafos:

 

 

 

a) Mal, muito mal. Parece ter esquecido não só dos meros amantes e aspirantes do Carnaval como eu, mas aqueles que vivem disso, as comunidades; inclusive, em algumas há um trabalho justamente para afastar jovens de morros e favelas do mundo do tráfico, como a Beija-Flor. Fora que as bibas têm um monte de Paradas Gay e já conquistaram um espaço danado, a meu ver, nos últimos anos (vide Jean's, Ricky's e afins).

 

 

 

B) O que o desfile tem a ver com os acidentes nas estradas? A prefeitura e o governo estadual - e também federal - é que deveriam tomar atitudes de precaução, aumentar os controles, caramba. Se o povo está ligado aos eventos, não é culpa dele, é um feriado nacional e, como todo, há aumento dessas taxas por maior migração de pessoas para centros turistas como o Rio. Ao dizer que TUDO é feito com o dinheiro do tráfico, novamente, despreza o trabalho de outras tantas pessoas. Também sou contra a administração do "Capitão" na LIESA, bem como do "Titio" Anísio na Beija-Flor, mas a única sugestão que você dá para mudar isso é acabar com tudo? Que sejam feitos protestos e mudanças dentro de cada escola e da organização, sim, porém é preciso notar que, apesar de tantos erros - e de os Grupos de Acesso não passaram de uma marionete escancarada e injustamente desprezada -, a Liga tem seus acertos na organização e melhorou muita coisa, como os ensaios técnicos atuais (de graça, com controle de população, segura certa). E olha que eu me baseio em gente chata para caramba, nem estou falando tanto da imprensa baba-ovo, o povo de outros fóruns aprova.

 

 

 

c) Sinceramente, acho essa atitude um tanto quanto desesperada. Parece aquela troca de favores, hey, ou vocês param com essa palhaçadinha ou não vão poder pular em fevereiro, hahaha... Pode-se tomar uma atitude expulsando os tais dirigentes ladrões, ao invés de privar todo mundo. Se é tudo fomentado por ladrões, a prefeitura, Petrobras e afins também são, certo? Quer dizer, eu não tenho como livrar o meu próprio mal e passo a culpa adiante?

 

 

 

d) E, dando uma de presidente de Corinthians, as agremiações são muito maiores que isso tudo.

Link to post
Share on other sites

 

Vou ser polêmico.

 

Eu acabaria com o carnaval no Rio. Tudo bem' date=' é a única época do ano em que os enrustidos podem sair de mulher e satisfazer o que não conseguem o ano todo.... bom pra eles.

 

Mas pára pra pesar:

 

Os acidentes triplicam nas estradas. O consumo de bebidas alcóolicas e drogas vão nas alturas e os índices de assaltos e violência só crescem.

 

E no Rio, todo mundo maravilhado com os desfiles... também gosto, mas.... é tudo feito com dinheiro de jogo do bicho e do tráfico. Ou sea, o povo é conivente....vai lá, paga para entrar, dá audiência.. fortalece a violência.... Tropa de Elite, lembra??

 

Se eu fosse governador do Rio, minha primeira medida seria acabar com o carnaval. Sendo corrupto, ladrão e bandidoa eu seria mais bem visto do que acabando com o Carnaval.

 

Ou os índices de violência e acidentes diminuíam 80% ou a festa não voltava.

 

Mas só lembrando que não tenho nada contra a manifestação do povo. Os blocos, a iniciativa de ir para as ruas fantasiados... isso é bacana.
[/quote']

 

 

que coisa absurda!

 

camarada, acabar com o carnaval nao vai acabar com os acidentes nem com a violencia, vc acha que nao existe violencia no carnaval da baiano ou de outro lugar? a violencia foi  generalizada pela falta de investimento em todos os setores! só que nao e divulgada pela imprensa, coloca uam coisa na cabeça que nao e chifre, qualquer coisa que acontece no rio ou em sao paulo tem uma divulgação muito maior pela midia! tudo no rio e em sampa ganha mais amplitude! se e o trafico ou bicho que patrocina o carnaval que patrocinem. por mim podeiram patrocinar ate a copa do mundo! heheheheh

 

Link to post
Share on other sites
Acesso A já é demais para mim...

 

 

 

Pois é, Felipe, infelizmente, os grupos de acesso sofrem uma discriminação tremenda devido ao pouco - para ser realista, nulo - espaço que a mídia televisiva e os principais poderes na escrita e da Internet oferece aos mesmos; bem como a falta de verba, e eis aqui a resposta a porque muitas escolas têm de se apoiar nos bicheiros ou na LIESA, Renato. Enquanto o governo acaba de patrocinar mais R$ 1 milhão para as escolas do Especial, o Acesso continua tendo de lutar sozinho, sem Cidade do Samba, e buscando enredos patrocinados (muitas vezes de cidades fluminenses) para poder montar seu Carnaval. Vale ressaltar que tanto o Acesso A quanto o B acontecem no Sambódromo, o primeiro no sábado e o segundo na terça-feira. Várias escolas tradicionais estão nesses grupos, como Estácio de Sá, União da Ilha, Império Serrano, Santa Cruz, Lucas, Tradição e Paraiso do Tuiuti. Fora que, pelo que eu leio por aí, proporcionalmente, o empenho e a qualidade das escolas no canto é superior a de algumas do Especial. A CNT RJ transmite o Acesso A, mas é ridícula. Os apresentadores ficam conversando com presidentes e puxando o saco de todo mundo, só mostrando rainhas de bateria e afins, enquanto praticamente declamam seus estados orgásticos com as mesmas, além de contar com áudio terrível e repórteres que parecem que não evoluíram desde a Idade Média (não que os da Globo sejam maravilhosos, mas há informação razoável, bom áudio e imagem gradualmente avançando para a perfeição). Os enredos dos grupos A e B são os seguintes:

 

 

 

GRUPO A - 02/02, a partir das 20h - PASSARELA DO SAMBA   

 

 

 

1ª Estácio de Sá

 

A história do futuro

 

Cid Carvalho     

 

 

 

2ª União da Ilha do Governador

 

É hoje o dia!

 

Jack Vasconcelos     

 

 

 

3ª Acadêmicos do Cubango

 

Mercedes Baptista, de passo a passo, um passo

 

Wagner Gonçalves     

 

 

 

4ª Lins Imperial

 

Apresento-lhes com louvor, meu pai querido, D. João VI

 

Eduardo Gonçalves     

 

 

 

5ª Império da Tijuca

 

Duzentos anos da corte real nos jardins da Família Imperial

 

Sandro Gomes     

 

 

 

6ª Caprichosos de Pilares

 

De Santo Antônio de Sá ao Pólo Petroquímico, Itaboraí... uma terra abençoada!

 

Lane Santana     

 

 

 

7ª Acadêmicos de Santa Cruz

 

Da abertura dos Portos à cidade do porto, Itaguaí - uma história real

 

Comissão de Carnaval     

 

 

 

8ª Renascer de Jacarepaguá

 

É chegado a Portugal o tempo de padecer, se te oprime a cruel França, sorte melhor hás de ter

 

Léo Morais e Sérgio Silva      

 

 

 

9ª Acadêmicos da Rocinha

 

Rocinha é minha vida... Nordeste é minha história

 

Fábio Ricardo     

 

 

 

10ª Império Serrano

 

Taí, eu fiz tudo pra você gostar de mim

 

Márcia Lávia

 

 

 

GRUPO B - 05/02, a partir das 19h - PASSARELA DO SAMBA   

 

 

 

1ª União do Parque Curicica

 

O mundo místico das águas em berço esplêndido, derrama ao Planeta o seu clamor!

 

Flávio Alberto Campello     

 

 

 

2ª Mocidade de Vicente de Carvalho

 

Brasil, país mulato

 

Antônio Carlos Cerezzo     

 

 

 

3ª Arranco

 

Andanças e folias

 

Severo Luzardo     

 

 

 

4ª União de Jacarepaguá

 

"Miquié" - "Maca ê", sou a princesinha do Atlântico, capital Macaé

 

Wagner de Almeida     

 

 

 

5ª Unidos de Lucas

 

Piauí, filho do Sol do Equador - Teresina, terra do sonho e do amor

 

Oziene Furtado     

 

 

 

6ª Inocentes de Belford Roxo

 

Ewe, a cura vem da floresta

 

Jorge Caribé      

 

 

 

7ª Alegria da Zona Sul

 

Chegou o General da banda! Albino Pinheiro, alegria do Rio

 

Marco Antônio e Rodrigo Sampaio     

 

 

 

8ª Paraíso do Tuiuti

 

Cartola, teu cenário é uma beleza

 

Eduardo Silva     

 

 

 

9ª Independente da Praça da Bandeira

 

Viagem fantástica ao mundo do circo: seja de lona ou social

 

Ricardo Paulinho     

 

 

 

10ª Unidos de Padre Miguel

 

No reino das águas de Olocun

 

Edson Pereira     

 

 

 

11ª Sereno de Campo Grande

 

O gigante chamado Brasil

 

Rodrigo Mello e Adilson Pinto     

 

 

 

12ª Vizinha Faladeira

 

Vizinha Faladeira no Brasil das maravilhas

 

Laerte Gullini     

 

 

 

13ª Tradição

 

Isto sim é a Tradição!

 

Orlando Júnior     

 

 

 

14ª Boi da Ilha do Governador

 

Gaia, a reação da Mãe Terra - Uma história que deve ser contada de outra maneira

 

Guilherme Alexandre ltrhpsm2007-12-09 20:11:45

Link to post
Share on other sites

 

a) Mal' date=' muito mal. Parece ter esquecido não só dos meros amantes e aspirantes do Carnaval como eu, mas aqueles que vivem disso, as comunidades; inclusive, em algumas há um trabalho justamente para afastar jovens de morros e favelas do mundo do tráfico, como a Beija-Flor. Fora que as bibas têm um monte de Paradas Gay e já conquistaram um espaço danado, a meu ver, nos últimos anos (vide Jean's, Ricky's e afins).

[/quote']

 

As comunidades não vivem do carnaval. O carnaval é apenas um alívio para elas, mas esse alívio, infelizmente vem do nosso sofrimento. Não vamos alongar a discussão aqui, pois eles, na comunidade também sofrem por nossa causa, mas não é esse o ponto que devemos abordar aqui.

 

Quanto aos homosexuais, não falei contra eles. Apenas afirmei que os enrustidos usam o carnaval como muleta.

 

Mas não só os gays enrustidos. Tem de tudo... é como se fosse um pretexto, uma justificativa para atitudes que geralmente não tomam durante o ano... "hoje vou ficar louco porque é carnaval", ou "hoje vou dar pra 15 porque é carnaval", enfim...

 

Note que não sou contra a manifestação popular do carnaval e nem sou contra as pessoas que usam a festa como justificativa, cada um faz o que bem entende.

 

 

 

B)O que o desfile tem a ver com os acidentes nas estradas?(1) A prefeitura e o governo estadual - e também federal - é que deveriam tomar atitudes de precaução' date=' aumentar os controles, caramba. Se o povo está ligado aos eventos, não é culpa dele, é um feriado nacional e, como todo, há aumento dessas taxas por maior migração de pessoas para centros turistas como o Rio. Ao dizer que TUDO é feito com o dinheiro do tráfico, novamente, despreza o trabalho de outras tantas pessoas.(2) Também sou contra a administração do "Capitão" na LIESA, bem como do "Titio" Anísio na Beija-Flor, mas a única sugestão que você dá para mudar isso é acabar com tudo?(3) Que sejam feitos protestos e mudanças dentro de cada escola e da organização[/quote']

 

 

1 - Sopa, eu disse:

 

"Os acidentes triplicam nas estradas. O consumo de bebidas alcóolicas e

drogas vão nas alturas e os índices de assaltos e violência só crescem".

 

Eu não associei os desfiles ao número de acidentes. Os números de acidente e violência aumentam por causa do comportamento que expliquei no tópico acima.

 

2 - Realmente não estou por dentro do funcionamento. Seria até interessante saber o depoimento de alguém de dentro para ter uma idéia de como funciona.

 

Mas para que fique claro minha posição:

 

Digamos que a cozinheira do barracão é uma dessas pessoas que você diz que eu desprezo o trabalho. Se o feijão que está no barracão foi comprado com o dinheiro do tráfico, infelizmente, por mais que a tia cozinheira tenha boa vontade e dedicação, o que ela está fazendo é ser conivente com o tráfico. Ampliando a questão podemos dizer que também são coniventes os que fazem as fantasias, os carnavalescos, os sambistas e também o povo que dá audiência.

 

Posso até ver o Beira-Mar na cadeia: "bando de idiota. Roubei todos eles o ano todo e agora eles estão comemorando e de certa forma de enaltecendo e apoiando".

 

Sopa, é só me provar que o carnaval não é feito com o dinheiro do tráfico que eu mudo na mesma hora minha posição.

 

3 - Bom, seria minha atitude. Não disse que era boa ou má, certa ou errada. É a que eu acredito que daria certo.

 

 

c) Sinceramente' date=' acho essa atitude um tanto quanto desesperada. Parece aquela troca de favores, hey, ou vocês param com essa palhaçadinha ou não vão poder pular em fevereiro, hahaha... Pode-se tomar uma atitude expulsando os tais dirigentes ladrões, ao invés de privar todo mundo. Se é tudo fomentado por ladrões, a prefeitura, Petrobras e afins também são, certo? Quer dizer, eu não tenho como livrar o meu próprio mal e passo a culpa adiante? [/quote']

 

E não é desesperada? É sim! Esse sábado, eu cheguei com duas horas de atraso no trabalho porque estava tendo tiroteio na Linha Vermelha. Minha namorada e eu no carro tendo que dar marcha ré e fugir pela contra-mão.

 

E minha postura não é de troca de favores, pelo contrário. É autoritária. Ou é da minha maneira ou não é... digamos que seria uma oportunidade do povo conquistar o merecimento de ter o carnaval.

 

Só lembrando mais uma vez que não sou contra a manifestação popular e nem contra o samba e que só posso falar pelo que sei do que acontece aqui no Rio. Não sei como funciona em outros locais.

Renato2007-12-09 22:20:34

Link to post
Share on other sites
Caramba' date=' a Tradição está no Acesso B? 13.gif [/quote']

 

 

 

E se depender do ritmo acelerado do samba e do enredo com pouquíssimo conteúdo, corre seríisimos riscos de cair para o C. Acho que encontrei o meu samba preferido de todos os grupos e este é o da Inocentes da Belford Roxo:

 

 

 

Meu Ewe, a cura vem da floresta

 

Meu Ewe, ôô, em banto é catendé

 

Ossaim o protetor do poder de curar

 

Na fé nagô o orixá

 

Que busca no seio da selva

 

A seiva para preparar

 

O sumo o banho a magia

 

Magia que veio de lá

 

 

 

Da negra mãe não só ossaim

 

Vem de Alaketú, Jêje e Angola

 

Na cura o desejo mais puro

 

Fé no futuro vai minha escola

 

 

 

Folhas da Salvação semente

 

Encontro Milagroso

 

Com o poder medicinal

 

Plantas da nobre terra de tupã

 

A luza de um novo amanhã é natural

 

Da reza pra acabar com o quebranto

 

A Fumaça é o encanto do cachimbo da vovó

 

A natureza conjugada a ciência

 

No combate a doença

 

Remédio que me faz melhor

 

 

 

O meu coração é Inocentes

 

Sou Inocentes meu amor eu sou feliz

 

O corpo são conduz a mente

 

Eu sigo em frente vou na força da raiz

Link to post
Share on other sites

Renato, responderei apenas para cumprir meu direito, pois, pelo que vejo, sua posição jamais será tocada com a minha e acho que isso tem muito mais a ver com a política - a qual não consigo discutir, seja por falta de convivência mesmo, seja pela paciência que é zerada -, pela última vez sobre este assunto.

 

 

 

As comunidades não vivem do carnaval. O carnaval é apenas um alívio para elas' date=' mas esse alívio, infelizmente vem do nosso sofrimento. Não vamos alongar a discussão aqui, pois eles, na comunidade também sofrem por nossa causa, mas não é esse o ponto que devemos abordar aqui.

 

 

 

Quanto aos homosexuais, não falei contra eles. Apenas afirmei que os enrustidos usam o carnaval como muleta. Mas não só os gays enrustidos. Tem de tudo... é como se fosse um pretexto, uma justificativa para atitudes que geralmente não tomam durante o ano... "hoje vou ficar louco porque é carnaval", ou "hoje vou dar pra 15 porque é carnaval", enfim...[/quote']

 

 

 

Podem não viver exclusivamente do Carnaval, porém, como eu disse mais ou menos anteriormente, poderiam estar aí tendo que pedir ou mesmo ter se desvirtuado do "bom" caminho não fosse o auxílio, trabalho e vontade que têm em manter as mesmas. Fechamos, portanto.

 

 

 

Também estou pouco me lichando quanto a isso. Creio que cada um tem de ter a sua consciência sexual e todos têm o direito à liberdade de expressão - desde que não sexual, sou contra ficar partindo para cima dos outros -, e o Carnaval é o grande momento de fazê-lo. Quanto ao aumento da atividade, acontece que, assim eu vejo, nos feriadões as pessoas em si têm menos preocupações e vão à caça, heh. Mas não é o Carnaval ou eu que incentivo isso, não consigo fazer essa relação: "curtir um feriado = ter gente por aí propagando doenças sexuais", simplesmente porque eu não estou fechado em casa também ou criticando isso tudo. Lamento, mas acho que o problema, novamente, é decorrência de ou ausência de boa-vontade humana ou controle por parte dos membros responsáveis.

 

 

 

"Os acidentes triplicam nas estradas. O consumo de bebidas alcóolicas e drogas vão nas alturas e os índices de assaltos e violência só crescem". Eu não associei os desfiles ao número de acidentes. Os números de acidente e violência aumentam por causa do comportamento que expliquei no tópico acima.

 

 

 

Exatamente' date=' só que, depois disso tudo, você mandou acabar com o Carnaval - logo, a manifestação cultural popular e os desfiles, my precious, hehe - em virtude destes acontecimentos que, como bem disseste, nada tem a ver com isso. Concluímos mais um, maravilha. Progresso feito.

 

 

 

Realmente não estou por dentro do funcionamento. Seria até interessante saber o depoimento de alguém de dentro para ter uma idéia de como funciona. Sopa, é só me provar que o carnaval não é feito com o dinheiro do tráfico que eu mudo na mesma hora minha posição. (me permiti ao direito de juntar esses dois parágrafos, certo?)

 

 

 

Mas para que fique claro minha posição:

 

 

 

Digamos que a cozinheira do barracão é uma dessas pessoas que você diz que eu desprezo o trabalho. Se o feijão que está no barracão foi comprado com o dinheiro do tráfico, infelizmente, por mais que a tia cozinheira tenha boa vontade e dedicação, o que ela está fazendo é ser conivente com o tráfico. Ampliando a questão podemos dizer que também são coniventes os que fazem as fantasias, os carnavalescos, os sambistas e também o povo que dá audiência. Posso até ver o Beira-Mar na cadeia: "bando de idiota. Roubei todos eles o ano todo e agora eles estão comemorando e de certa forma de enaltecendo e apoiando".

 

 

 

 

 

 

Então, eu também, por não morar aí, não posso freqüentá-los, mas, à medida em que posso, tenho lido e ouvido muito a respeito. Se eu não posso te provar porque não estou lá, você também não pode provar os 100% do financiamento dos traficantes e do uso de drogas.

 

 

 

Então aqui que reside o entrave. Eu sou adepto daquela teoria de silogismos, também, se X tem A e X é Y, Y também tem A; mas acho que é preciso estabelecer um limite para isso. Seguindo esse seu raciocínio, a única solução capaz é: ou destrói-se toda a vegetação, solo e afins para não mais haver plantio de drogas ou a humanide se destrói, por estar sendo conivente com o tráfico, como você disse. Digamos, por exemplo, que você compre, sei lá, um hambúrguer numas Sendas da vida. Parte do dinheiro vai para o super-mercado que, por sua vez, com esse dinheiro paga o gerente do estabelecimento que, por sua vez, pagará à funcionária que te atendeu que, por sua última vez, tem alguma relação com um traficante. Responda-me, para concluirmos aqui também: você se acharia conivente com o tráfico se fosse provada toda essa cadeia? E se, de repente, em todos os lugares que você fosse, de alguma maneira, tudo que você consumisse em dinheiro terminasse nas mãos de algum "bad guy"? É esse o ponto a que eu quero chegar, para poder te entender melhor (confesso que fiquei nervoso e demorei um pouco para dormir depois desse seu post, matutando a respeito).

 

 

 

E não é desesperada? É sim! Esse sábado' date=' eu cheguei com duas horas de atraso no trabalho porque estava tendo tiroteio na Linha Vermelha. Minha namorada e eu no carro tendo que dar marcha ré e fugir pela contra-mão.

 

 

 

E minha postura não é de troca de favores, pelo contrário. É autoritária. Ou é da minha maneira ou não é... digamos que seria uma oportunidade do povo conquistar o merecimento de ter o carnaval.

 

[/quote']

 

 

 

Cara, quando estivemos aí no fim de dezembro, um parente meu também perdeu a carteira, em pleno meio-dia na Praça Saens Peña, com policiais por perto que nada puderam fazer, afinal, o desgraçado passou tão sutilmente que ninguém reparou - ou fingiu não reparar - e três minutos são tempo demais para procurar. No Brasil, em todos os dias. Aí que está, dando meus votos de dias melhores a você, esses problemas acontecem diariamente e não exclusivamente "vício" do Carnaval ou de um feriadão. O que você faria naquele momento, por exemplo? Não há Carnaval, parada de Sete Setembro ou algo parecido para mandar fechar.

 

 

 

Eu sempre fui contra essa autoritariedade, porque acho que o mundo não tem como ficar perfeito. É preciso saber lidar com os problemas, o que eu vejo é que a nossa atual situação gera desespero por despreparo ou comodidade e não por democracia exagerada. Até porque, meu amigo, apesar de, atualmente, confessar-me decepcionado com a burocracia de determinadas escolas, tanto na política quanto na escolha de seus enredos (quem prestar atenção, vai reparar que 7 só nos dois primeiros grupos são relacionados à chegada da Família Real, logo tiveram incentivo financeiro, e geram sambas com muitos termos parecidos), é um espaço para protestarmos contra isso tudo, por merecimento de sermos o "povo", ora pois. Que o digam a ala de políticos em EU QUERO, todo o desfile de RATOS E URUBUS - com o óbvio destaque ao Cristo -, o abacaxi em CHUÊ, CHUÁ ou a letra de CAPITÃES DO ASFALTO, só para ficar nos mais famosos.

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...