Jump to content
Forum Cinema em Cena

Cada um Com Seu Cinema


Administrator
 Share

Recommended Posts

%5bimage%5d%20

Cada um Com Seu Cinema (To Each His Cinema. vários, 2007)

 

Entre os inúmeros diretores que apareceram para dar seu pitaco nesse filme, há David Cronenberg, os irmãos Dardenne (A Criança), Alejandro Gonzales Iñarritu, Ken Loach (Pão e Rosas), Wong Kar-Wai, Jane Campion (O Piano), Michael Cimino (O Franco-Atirador), Zhang Yimou, Lars Von Trier, Gus Van Sant, Atom Egoyan (O Doce Amanhã), Takeshi Kitano (Zatoichi), Roman Polanski, Wim Wenders (Paris, Texas), Walter Salles, Nanni Moretti (O Quarto do Filho), irmãos Coen, David Lynch e muitos outros.

 

São 33 segmentos de cineastas diferentes!! Promete ser o que Paris, Te Amo não conseguiu ser. Ansiosíssimo!!!

 

Alguém irá ver? Estréia esta semana.
Bernardo2008-03-08 17:28:46
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

 By Be:

 

 "São 33 segmentos de cineastas diferentes!! Promete ser o que Paris, Te Amo não conseguiu ser. Ansiosíssimo!!!"

 

 

 Dos 34 cineastas meus preferidos são Iñarritu e Linch    101010

 Tá, eu preferia ver um filme desses na telona! 04

 

 

 Saco! Eu tava em duvida sobre qual baixar e optei por "Paris, te amo"... aff!

 
Chica2008-03-24 15:32:13
Link to comment
Share on other sites

CADA UM COM SEU CINEMA - 6/10 - A "montanha-russa" era de se esperar, porém não há especialmente um curta que mereça um destaque em especial. Talvez o dos irmãos Dardenne, o melhor do projeto (eles conseguem relacionar a perda da inocência com o roubo das emoções que o cinema proporciona em um único plano sequência).

 

- Gostei do curta do Lars Von Trier (engraçadíssimo, mostrando uma interação dele com um executivo do cinema durante uma sessão de "Maderlay");

 

- o Lynch consegue cria um outro enigma em 3 minutos (o cara é foda);

 

- o Roman Polanski tb faz um curta bem divertido (com direito a gemidos e até mesmo "Emanuelle");

 

- Cronenberg faz um outro manifesto sobre a violência (bancando ele mesmo o suicida);

 

- O curta do Wong Kar-Wai é a "cara" dele, poético esteticamente, bem legal;

 

- O do Zhang Yimou é bem singelo, adorável;

 

- Gostei da maneira como o diretor Abbas Kiarostami transforma "Romeu e Julieta" num manifesto pela paz;

 

- tem um que faz referêcia a "8 1/2" do Felini e outro que lembra o Fred Astaire ... bem legais.

 

- o da Nani Moretti é divertido, é bastante referencial, vai de Truffaut, passando por "Lendas da Paixão" e "Matrix 2";

 

- Os curtas do Gus Van Sant (uma idéia sobre a experiência do cinema bastante simplista), do Walter Salles (repentistas podem ser divertidos, mas e aí?) e do Inarritu (me fez lembrar os momentos mais piegas de "Babel") são dispensáveis;

 

- Existem vários outros curtas bem fraquinhos, o pior é o do Olivier Assayas e do Manoel de Oliveira;

 

Essencialmente não foi um projeto que me satisfez, mas é interessante notar como alguns diretores se fazem notar mesmo com 3 minutos ... os nomes só aparecem ao final de cada segmento, mas é impossível não reconhecer o curta do Lynch (com a abordagem, sua trilha e fotografia), o feminismo da Jane Campion, a violência do Cronenberg, entre outras coisas ...

 

Agora o que eu não me perdôo é que eu não consegui reconhecer o curta dos irmãos Coen. São 33 curtas e justamente o deles eu não sei qual é ... pela sequência que eu peguei tinham 32 curtas ... não fui no banheiro, não pisquei mais de 3 minutos ... não é possível ... se alguém puder me ajudar ... rsrsrs ... qual é o curta dos irmãos Coen???? Segundo os créditos é World Cinema ????
Thiago Lucio2008-03-25 00:45:02
Link to comment
Share on other sites

Estão dizendo que o curta dos irmãos Coen e do Michael Cimino foi excluído da versão lançada oficialmente aqui no Brasil.

 

 

Ainda bem que na sessão que vi na Mostra de SP tinha tudo.05 E pelo o que eu me lembro, antes do filme começar apareceu uma mensagem dizendo que o curta "World Cinema" estava sem legendas (e estava).

Deve ser por isso que cortaram. Sorte minha que entendo inglês...06
Link to comment
Share on other sites

POSSÍVEIS SPOILERS:

 

1)     “Cinema Ao Ar Livre” - Raymond Depardon – É o que o título indica em uma determinada região do Oriente Médio, mostra a preparação do local, o cenário vazio e depois o público chegando, mas não possui nada de especial – 3/10.

 

2)     “Um Belo Dia” – Takeshi Kitano – É “engraçadinho”, mostra um senhor japonês indo ao cinema, porém o projetor apresenta uma série de problemas que o impede de ver o filme – 5/10.

 

3)      “Três Minutos” – Theodoros Angelopoulos – Atriz volta a ter um encontro emocionante com Marcelo Mastroiani em uma sala de cinema, mas é muito verborrágico – 5/10.

 

4)     “No Escuro” – Andrei Konchalovsky - O curta “brinca” com o prazer que uma espectadora tem ao assistir “8 ½” de Felini com o que sentido por dois jovens no cinema que não estão dando a mínima para o filme – 7/10.

 

5)     “O Diário de Um Espectador" – Nani Moretti – O próprio diretor faz uma série de comentários curiosos sobre o cinema falando de Truffaut, “Lendas da Paixão”, Michelle Pfeifer, “Matrix <?:namespace prefix = st1 ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:smarttags" />2”, entre outros – 7/10

 

6)     “Cinema Princesa Elétrica” - Hou Hsiao-hsien – Oficial do exército japonês leva esposa e filhos para se divertir no cinema com a diversão dos outros – 5/10

 

7)      “Na Escuridão” - Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne – A perda da inocência e o “roubo” de emoções sendo praticado dentro de uma sala de cinema – 9/10.

 

8)      “Absurda” – David Lynch – O diretor cria um intrigante enigma envolvendo um casal e um sujeito pra lá de estranho projetado em uma tela de cinema – 8/10.

 

9)     “Anna” – Alejandro González-Inarritu – A emoção de uma cega dentro do cinema representa da forma maniqueísta e carregada de pieguismo – 4/10.

 

10)  “Assistindo o Filme” – Zhang Yimou – Uma história singela sobre um menino que não vê a hora de assistir o filme que será projetado no cinema improvisado da sua aldeia – 8/10.

 

11)  “Haifa” – Amos Gitai – As reações da platéia e as conseqüências da guerra sendo captadas dentro de uma sala de cinema – 6/10.

 

12)  “O Inseto Joaninha” – Jane Campion – O feminismo da diretora e a eterna “luta” entre homens e mulheres é traduzido através da luta pela sobrevivência de uma joaninha dançarina. – 6/10

 

13)  “Artaud” – Atom Egoyan – Diretor usa a tecnologia para “fundir” dois filmes distintos que falam sobre o mesmo tema: a morte – 5/10

 

14)  “A Fundição” - Aki Kaurismäki – Funcionários de uma fábrica assistem a um dos primeiros filmes dos irmãos Lumiére que mostra funcionários saindo de uma fábrica – 6/10.

 

15)  “Recrudescência” – Olivier Assayas – Homem ciumento acompanha encontro da ex-namorada no cinema – 2/10

 

16)  “47 Anos Depois” – Youssef Chahine – O diretor faz uma auto-análise ao mostrar a sua primeira participação em Cannes e depois a sua consagração pelo prêmio recebido pelo conjunto da obra – 5/10.

 

17)  “É Um Sonho” – A paixão pelo cinema passa de geração para geração – 4/10

 

18)  “Profissões” – Lars Von Trier – Diretor e um importante executivo falam sobre suas ocupações em sarcástica conversa durante uma sessão de “Manderlay” – 9/10.

 

19)  “O Presente” –Raoul Ruiz - Homem cego e sua filha antropóloga dividem suas experiências durante uma expedição a uma tribo – 4/10.

 

20)  “Cinema de Boulevard” - Claude Lelouch – O diretor conta através do cinema a história de sua vida embalada por Ginger Rogers e Fred Astaire – 7/10.

 

21)  “O Primeiro Beijo” – Gus Van Sant – Jovem dá o seu primeiro beijo durante uma sessão de cinema – 4/10.

 

22)  “Cinema Erótico” – Roman Polanski – Casal fica perturbado com os gemidos de um espectador durante uma sessão de “Emanuelle” – 8/10.

 

23) “A Morte do Último Judeu do Mundo no Último Cinema do Mundo” – David Cronenberg – O diretor tem seu suicídio filmado ao vivo e acompanhado por uma sarcástica dupla de narradores – 8/10.

 

24)  “Viajei 9.000 Km Para Dar Isso a Você” – Wong Kar-Wai – Diretor mostra uma relação de amor com a sua habitual poesia estética – 8/10.

 

25)  “Onde Está o Meu Romeu?” - Abbas Kiarostami – Diretor transforma o romance clássico em um manifesto sobre a paz – 8/10.

 

26)  “O Último Encontro” – Billie August – Americano leva namorada árabe para ver um filme dinamarquês e ambos se perdem na tradução – 4/10.

 

27)  “Esquisito” – Elia Suleiman – Diretor se envolve em uma série de estranhas situações durante a exibição de seu filme – 5/10.

 

28)  “Encontro Extraordinário” – Manoel de Oliveira – O diretor brinca de cinema mudo para apresentar o encontro entre o russo Krushev e o papa João XXIII – 2/10

 

29)  “8944 Km de Cannes – Walter Salles – Dupla de repentistas cantam suas experiências em homenagem ao festival de Cannes – 4/10.

 

30)  “Guerra em Tempos de Paz” – Win Wenders – Cidadãos do Congo assistem a uma sessão de “Falcão Negro em Perigo” – 8/10.

 

31)  “Vila Zhanxiou” – Chen Kaige – Garotos assistem às escondidas a um dos filmes de Charles Chaplin – 7/10.

 

32) “Final Feliz” – Ken Loach – Pai e filho ficam indecisos sobre qual filme escolher ao ler as absurdas sinopses – 4/10.

 

São 33 curtas e, pelos créditos, eu deveria mencionar ainda
Michael Cimino pelo segmento “No Translation Needed” e Ethan Coen e Joel Coen por “World Cinema”. Estranho.<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Em contrapartida, o curta “É Um Sonho" que eu tinha identificado como sendo dirigido por, algo como, “Tsai Ming Liang” não consegui encontrá-lo entre os participantes do projeto. Estranho.

 

Se alguém for conferir, por favor, ajude a encontrar onde estão os meus erros e, claro, me ajudar a identificar onde “diabos” aparecem os curtas do Cimino e dos irmãos Coen.

Link to comment
Share on other sites

Estão dizendo que o curta dos irmãos Coen e do Michael Cimino foi excluído da versão lançada oficialmente aqui no Brasil.

 

 Ainda bem que na sessão que vi na Mostra de SP tinha tudo.05 E pelo o que eu me lembro' date=' antes do filme começar apareceu uma mensagem dizendo que o curta "World Cinema" estava sem legendas (e estava).

Deve ser por isso que cortaram. Sorte minha que entendo inglês...06
[/quote']

 

Então ... tá explicado ... mas então não são 33 curtas, são 34 ... pq dos que vi, eu contei 32. Ajuda aí, Vicking ... e comente - novamente - as suas impressões sobre o projeto, os curtas, enfim ...
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...