Jump to content
Forum Cinema em Cena

Alice


devita07
 Share

Recommended Posts

Resolvi abrir esse tópico para falar

da nova série produzida no Brasil que a HBO está lançando, alguém ouviu

falar?

Se chama Alice e conta com Karim

Aïnouz na direção, o mesmo cara que dirigiu “O céu de Suely” e “Madame Satã” e

 tem estréia programada pro dia 21 de setembro.

A série conta a história de uma

menina que leva uma vida pacata em Palmas com seu noivo, e um pouco antes do

casamento tem que ir até São Paulo, pois seu pai faleceu. Chegando lá, ela

descobre um novo mundo, ela se transforma e transforma aqueles ao redor dela.

Aquela velha história que já conhecemos, mas acho que vai ser bem interessante

ver como São Paulo vai ser retratada!

 

Estou bem curioso pra ver, acho que

vai ser bem legal, já que a HBO sempre tem ótimas produções e o diretor já teve

seu talento comprovado!

alice4.jpg

 

 

Link to comment
Share on other sites

Conheco o pessoal que trampo na produção da mini-serie.

Pelo q eles me dizem e pelos profissionais que trabalharam , acredito que vai ser muito boa. Gosto muito do trabalho do diretor que um dos grandes nomes que vem surgindo nesses ultimos anos. E HBO só tem feito series muito boas na america latina Epitafios(argentina), Mandrake e Filhos do Carnaval ambas brazucas. E todas Otimas.

é esperar pra ver.

 

 

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Me pareceu interessante.

 

Os encantos de Alice - o que esperar da nova série brasileira

Cena%20de%20Alice

Quando as luzes se acenderam na sala de projeção na tarde da última

sexta-feira (12/9), no cinema Reserva Cultural, em plena avenida Paulista, em

São Paulo, jornalistas, produtores e atores aplaudiram com intensidade. Não

estavam fazendo média. Haviam acabado de assistir aos dois primeiros episódios

de Alice, a nova série produzida no Brasil pela Gullane Filmes e pela

HBO, e todos estavam surpresos com a qualidade do produto exibido na tela.

Sérgio Machado, diretor geral e roteirista da série foi o primeiro a falar em

nome do elenco. Emocionado (era a primeira vez que os diretores assistiam ao

seriado fora da sala de edição), acabou criando a sua própria versão do slogan

do canal:

Eu estou impactado. Não é televisão, é cinema. O acabamento é igual ao dos

longas que fizemos.

Sérgio%20Machado%20e%20Karim%20AïnouzGravada

em 16mm e finalizada em HD, Alice atingiu, ao menos tecnicamente, o

nível de excelência que ainda faltava aos seriados brasileiros. Esqueçam a baixa

qualidade técnica de 9mm:São Paulo e Brazil´s Next Top Model,

os seriados da Globo gravados como se fossem telenovelas ou teleteatro, ou mesmo

comparações com as primeiras apostas da HBO no país, Mandrake e

Filhos do Carnaval, que dividiram opiniões. Tecnicamente, os 13

episódios da primeira temporada Alice prometem levar a produção de TV

no Brasi a um novo patamar de excelência.

O motivo da qualidade? A dedicação da equipe formada pelo diretor geral Karim

Aïnouz e os demais diretores. Machado explica:

Quando terminei de gravar a série fui direto para o hospital. Foi como se eu

tivesse gravados sete longas. A gente não abriu mão de nada, pra manter o

acabamento e o visual da série como o de nossos filmes. A diferença para o

cinema é que tínhamos que gravar e escrever mais rápido.

A Série - Alice é um drama sobre uma garota que, em

razão do suicídio do pai, sai de Palmas, no Tocantins, para São Paulo. Uma série

de incidentes ao longo não só do piloto, mas da temporada, a levará a permanecer

na metrópole, inclusive colocando em risco seu noivado. Como a personagem da

história infantil Lewis Carroll, ela acaba se deixando seduzir pela cidade

grande, se perdendo e se transformando.

Para os fãs de seriados americanos, a sinopse pode parecer estranha, trivial,

tola. De fato a série foge do padrão americano, correndo riscos, inclusive o de

ser original e de ser genuinamente brasileira. O que tem de genuíno na série?

Segundo Machado:

É uma série de personagens. E estes personagens tem sangue correndo em suas

veias.

Andréia%20Horta%20e%20Daniela%20PiepszykO

elenco - De fato, além da qualidade técnica, a série se destaca pela

qualidade do elenco, e de como este elenco vai desenvolvendo seus papéis ao

longo das semanas. E não são poucos atores. Alice não é uma série de

apenas uma personagem, como o nome pode sugerir. Desde o primeiro episódio e ao

longo da temporada o telespectador será apresentado a diversos personagens, em

São Paulo e em Palmas, que deverão crescer de importância com a evolução da

história. Um dos nomes mais conhecidos do elenco, o ator Du Moscovis, sequer

aparece nos primeiros episódios.

Mas, claro, a maioria dos holofotes recai para Andréia Horta, incrivelmente

sedutora no papel de Alice. A atriz, com passagens pela minissérie JK,

pela novela Alta Estação e atualmente em Chamas da Vida,

da Record, pouco falou na entrevista. E a resposta que melhor explica como ela

desenvolveu uma personagem tão diferente de si mesma, acabou arrancando

gargalhadas dos jornalista:

Me tornei mulher na mão desses caras!

Os cenários - Há ainda um personagem extra no seriado, que

não participou da coletiva. Segundo Machado:

A série nasceu do desejo de fazer uma série sobre São Paulo, onde São Paulo

fosse um personagem.

Os primeiros episódios confirmam a intenção. São Paulo aparece na série como

poucas vezes foi retratada na TV e no cinema – de tomadas mais óbvias, como a

cena do piloto em que Alice grita da janela de um carro em plena avenida

Paulista, passando por outros pontos da cidade mais obscuros, totalizando mais

de 100 outras locações, segundo afirmou o produtor Fabiano Gullane. No segundo

episódio, a declaração de amor a São Paulo é explícita – a produção coloca na

tela imagens de São Paulo S.A., filme clássico de Luís Sérgio

Person.

A atriz Regina Braga, nascida em Belo Horizonte e moradora em São Paulo,

destaca uma destas locações:

Eu sempre achei lindo embaixo do Minhocão. E eles foram lá e filmaram embaixo

do Minhocão.

Minhocão, para que não conhece São Paulo, é o nome popular do elevado

Presidente Costa e Silva, obra construída pelo prefeito Paulo Maluf para

desafogar o trânsito na região central da cidade, ao custo de muita

desvalorização imobiliária na região e de um resultado estético desagradável –

menos para Regina!

Números - Como já virou regra entre produtores de televisão,

o pessoal da HBO não revelou quanto foi gasto na série, produzida com recursos

públicos. Mas todos os demais números de Alice chamam a atenção – são

dois anos de desenvolvimento do projeto, 600 páginas de roteiro escritas em um

ano, sete meses de gravações, com o elenco trabalhando 12 horas de trabalho por

dia em semanas de seis dias de trabalho e as já citadas mais de cem

locações.

O trabalho duro, e que agradou a imprensa, faz pensar se não seria o caso de

buscar um parceiro para exibir para um público ainda maior no Brasil. Mas o

executivo da HBO e produtor executivo Luiz Peraza rechaçou a idéia, dizendo a

HBO produz séries para exibição apenas em seu canal. O caminho de Alice

é exibição em toda a América Latina pela HBO, a venda para o exterior e, no

futuro, o lançamento em DVD. E, claro, continuações, caso o seriado caia no

gosto do público. Segundo Peraza:

Temos a expectativa de que
Alice
tenha várias temporadas.

 

* * *

Alice estréia no domingo, dia 21 de setembro, às 22h na HBO.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Então, vi o primeiro eppy.

Nada demais!

 

Me pareceu começo de novela, mais p/ apresentação  dos atores, saber quem é quem.

 

O  suicídio a fez acordar, ver que  tinha 25 anos e ainda não tinha vivido quase nada de tão fantástico.

 

Gostei das músicas e da cena de suícidio... aff!

Extremamamente bem filmada.

Do ponto onde a câmera foi filmada  tinha-se a impressão de que era tu quem estava naquela altura... aff! 09
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Tem melhorado. Achei clichê a idéia da menina do interior que vai para a cidade grande e se deslumbra; mas o roteiro tem melhorado, as atuações, e a trama também. Dos 4 episódios que já foram achei o 3 descártavel, bem fraco, mas o último foi maravilhoso, muito bem filmado. Tem uma cena lésbica entre a tia dela e a amiga, com mulheres de 50/60 anos, de uma sensibilidade, perfeito. Restam 8 episódios ainda, deve melhorar, tenho gostado muito.

Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...