Jump to content
Forum Cinema em Cena

Recommended Posts

Tu sabe que tb me lembrei de "A Ilha das Flores".

Acho "Distrito 9" um filme  corajoso.

Não é bonito de se ver visualmente: um favelão a la  campo de refugiados... é tudo feio, sujo, constrata  com a maioria dos filmes fe sci fi em que o visual techno avançadissimo é muito clean.

Daí que isso faz do filme algo mais próximo do real, de lugares e situações que tu vê/viu e gera até um desconforto... aff!

 

By the way, a falha que tu citou acho que p/ os do meio, detalhes técnicos assim se tornam mais gritantes, mas p/ a maioria dos "leigos"  ela pode não ser percebida/ sentida da mesma maneira.
Link to comment
Share on other sites

Distrito 9 é a perfeição, que filme maravilhoso, degustei cada frame, cada som, cada dialogo. Se não fosse o preconceito que a Academia tem sobre ficções científicas e Aliens, Distrito 9 levava fácil o de melhor filme, diretor e ator, que FILME FO**!!!

 

E o estilo documental é sobre a MNU e Wikus, o que torna acertada o uso de câmeras não físicas em certos momentos e não se transforma em um colcha de retalhos como A Bruxa De Blair e Cloverfield.

 

 

Link to comment
Share on other sites

Achei Distrito 9 realmente muito bom.

 

Acho que não só Academia tem preconceito com filmes de ficção (como disse o ricardinho), mas, em geral, quando um filme desse gênero entra em cartaz, ficamos um pouco resistentes. O trailer me chamou bastante a atenção, e foi por ele que resolvi conferir. Foi uma grata surpresa! Muito interessante a forma como ele retrata a vida dos alienigenas em condições parecidas com as quais alguns humanos vivem hoje. Durante todo o filme pensei nisso.

 

Outro detalhe interessante, porém menos relevante: Acho que é um dos poucos filmes que mostram os Aliens diferentes uns dos outros. Geralmente ETs são idênticos uns aos outros, como se fossem criados em uma forma. Essa preocupação criou de fato uma civilização extraterrestre, com suas diferenças e particularidades, e não apenas um exército de ETs idênticos invadindo a terra.

 

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

 

 

 

Olá Amigo! Tenho algumas considerações aqui.

Primeiro eu quero dizer que adorei os comparativos do filme com o Apartheid, e vou além. Ele mostra que qualquer raça, quando está diante de uma situação incontrolável assume uma postura irracional e passa a viver como animais. Ilustra também a crueldade humana e faz um paralelo com os confrontos de interesse e a questão das armas é uma justificativa assim como o Petróleo é nos dias atuais.

O que não me agradou em nada foi alguns detalhes do roteiro.

Primeiro: O filme começa em um ar poético até, embora eu não tenha gostado do uso de ETs para isso, estava acompanhando as linhas de raciocínio. Mas a história acabou no final se tornando um filme típico de ETs dai acho que ficou sem foco por misturar 2 elementos distintos. Como uma sociedade exclusa, um mutante que se tornou artefato de cobiça, guerra entre ETs e humanos e fuga.

Eu estava tão imenso na trama que gostei do fato de já começar a história em uma narrativa de um personagem que se engajava agora em uma nova função.

Isso me fez esquecer de parar para pensar "Mas afinal o que eles vieram fazer na terra?" "Tudo bem a nave quebrou aqui, mas porque vieram? por que tinham armas e não atacaram?" Com o poder de fogos deles que se revelou no final eles teriam conquistado a Terra ou pelo menos conseguido (nem que seja a força) os suprimentos para a viagem de volta.

Acho que o fato dels dominarem o Inglês ficou bem superficial também, sem contar que obviamente jamais deixariam ETs conviver abertamente em seres humanos, ainda mais em uma favela.

Mas ignorava esses detalhes e mergulhava em uma trama que afinal de contas não se tratava de ETs.

Fiquei supreso ao notar como os personagens não possuiam em momento algum profundidade.

Como no momento em que a esposa atende Wikus e o julga por manter relações sexuais com um ET (como se isso fosse provável) e é extremamente imparcial. e momentos depois se arrepende de tudo e é meiga. Se foi apenas um plano para rastreá-lo deveria ficar mais evidente.

Não conseguimos perceber inteligencia nos outros ETs apenas no principal que usa REGATA, o qual quase nunca se dirige ao filho como FILHO apenas quando os policiais o perseguem. Não conseguimos perceber o menor afeto entre os mesmos, mas inexplicavelmente ele fica catatônico ao ver seu amigo quando vão recuperar o combustível.

Adorei a ousadia do personagem Wikus pois revelou não ser nosso heróio, sendo apenas tão egoísta quanto os outros no momento em que ataca o ET ao descobrir que não teria uma cura rápida para o seu problema (e comete a maior imbecilidade do filme). Apesar de ter gostado do traço "humano" da sua personalidade chego a pensar se alguém definitivamente faria isso pois mesmo que improvável esta seria sua única salvação.

Este esboça traços de integridade ao se desesperar por atirar em um "camarão" testando as armas e perde quando nota que não poderiam ajudá-lo para inexplicavelmente para e voltar para salvar o "camarão lider". Não gosto muito disso mas acho que faltou uma flashback ou uma "voz da conciência" que o lembra-se das maldades que faziam com os "camarões", mas ao invés disso fica apenas a ordem para executar alguém que este acabou de espancar.

O próprio conserto da nave, que inexplicavelmente volta a funcionar por completo, depois que consertam apenas o módulo de controle o que remete ao fato de "Qual era o mesmo problema original?"

O que me desapontou é que nestes momentos que citei esquecemos da trama bem pensada e sinuosa de seres exclusos da sociedade para encararmos como um filme de ETs e somente isso.

Não se nota nenhuma afinidade entre os "camarões" na verdade nem sequer racionalidade da grande maioria.

Nem sequer o discurso do "camarão-lider" de "Não vou deixar meu povo para atraz" se concretiza, afinal de contas é exatamente o que ele faz.

Achei estranhos planos de câmeras inusitados, focando apenas rostos e fundos como uma tentativa

frustada de aguçar ainda mais a tensão de algumas cenas de ação, o que achei

péssimo. Já o fato a mescla de câmeras de segurança com câmeras convencionais ficou estranho mas não me incomodou tanto assim.

Peter creio eu, fez milagre ao deixar a trama toda com suspense, ação e cria situações que nos faz vibrar na cadeira como no instante em que o robô criado pelos camarões é ativado e salva Wirkus dos traficantes, com direito até a efeitos inspirados nos irmãos Wachowski.

Robos esses maravilhosos, provavlmente inspirados nos do "Evangelion", pois tem até uma trilha sonora parecida. Robos que funcionam melhor em standby do que quando operados por Wirkus. Que rapidamente aprendeu a pilotar a unidade de controle para voar até a nave mãe e o robô.

O argumento do filme é maravilhoso mas adoraria vê-lo sem os ETs, algo mais palpável, com mais foco, trabalhando a dramatissidade de cada personagem melhor.

Afinal ETs não viriam para a Terra armados, e ficariam esperando para se dominarem, não viriam para uma viagem espacial sem comida e itens básicos, uma nave daquele tamanho produziria seus suprimentos.

Ninguem aportaria em um lucar hostíl se sua nave tem problemas e se ofizesse porque desaparece magicamente no final.

Eles provavelmente fariam expedições por comida e não se deixariam conquistar facilmente.

Mas este é uma dúvida que eu tenho, será que tirei as impressões certas do filme? Afinal todos que eu conversei amaram e eu por essa série de detalhes saí com a impressão de vamos criar uma paralelo sem usar negros, africanos, vitnamitas, chineses, hindus ou incas e deixar o restante subentendido para talvés fazermos uma continuação.

Você que são criticos e até mais detalhistas do que eu poderão me ajudar!

Espero mais opniões! Obrigado!

 

 

carlosfaria2009-10-26 19:46:06

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...