Jump to content
Forum Cinema em Cena

Heroes: Volume 1 | NBC


Cavalca
 Share

Recommended Posts

Heroes conta a história de pessoas ao redor de todo o mundo, que estão

descobrindo seus superpoderes e que estão tentando lidar com as

mudanças provocadas em suas vidas.

 

 

 

 

Elenco:

 

 

 

 

Greg Grunberg (Matt Parkman)

 

 

Ali Larter (Niki Sanders)

 

 

Milo Ventimiglia (Peter Petrelli)

 

 

Hayden Panettiere (Claire Bennet)

 

 

Santiago Cabrera (Diego Medina)

 

 

Tawny Cypress (Simone Deveraux)

 

 

James Kyson Lee (Ando Masahashi)

 

 

Noah Gray-Cabey (Micah Sanders)

 

 

Adrian Pasdar (Nathan Petrelli)

 

 

Leonard Roberts (D.L. Hawkins)

 

 

Masi Oka (Hiro Makamura)

 

 

Sendhil Ramamurthy (Mohinder Suresh)

 

 

 

 

A série é produzida pela NBC/Universal.

 

 

 

 

 

Link pra comunidade no orkut: aqui.

 

 

 

 

 

 

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 249
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

  • 1 month later...

Heroes: Série promissora ganha longo trailer

 

 

heroes4p.jpgO drama Heroes, uma das maiores promessas da rede NBC para a temporada 2006-2007 de estréias da televisão, teve divulgado pela emissora um supertrailer, com 4,5 minutos de duração.

O vídeo apresenta os personagens da série, pessoas comuns que descobrem possuir habilidades extraordinárias. Na trama, conforme um eclipse total cobre com sua sombra todo o globo, um professor de genética (Sendhil Ramamurthy) investiga uma teoria secreta - há pessoas com poderes vivendo entre nós.

Clique aqui para assistir ao trailer
(clique em "Get a glimpse of Heroes")

Um jovem sonhador (Milo Ventimiglia) tenta convencer seu irmão político (Adrian Pasdar) que ele pode voar. Uma líder-de-torcida (Hayden Panettiere) descobre ser totalmente indestrutível. Uma stripper de Las Vegas (Ali Larter), lutando para sustentar seu irmão mais novo (Noah Gray-Cabey), percebe que sua imagem no espelho tem um segredo. Um presidiário (Leonard Roberts) misteriosamente se encontra acordando do lado de fora de sua cela. Um talentoso artista (Santiago Cabrera), cujo vício nas drogas está destruindo sua vida e sua relação com a namorada (Tawny Cypress), pode pintar o futuro. Um policial azarado (Greg Grunberg) consegue ouvi o pensamento das pessoas, inclusive de um terrorista capturado. No Japão, um jovem (Masi Oka) desenvolve um jeito de parar o tempo. Os seus destinos são nada menos do que salvar o mundo.

Os cabeças da equipe criativa são egressos da série dramática de mistério Crossing Jordan: o criador e roteirista Tim Kring e o produtor-executivo Dennis Hammer. Heroes começa em outubro nos EUA.

Fonte: omelete.com.br
Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Acabei de ver o piloto.

 

Absolutamente promissor. Não é o melhor piloto de todos os tempos, mas o tema e os personagens podem fazer de "Heroes" uma das grandes séries dessa década. E fico ainda mais esperançoso, sabendo que essa é uma versão ainda crua do piloto, que ainda será retocada. Isso resolverá alguns dos problemas, como a ausência do personagem do personagem do Greg Grunberg (que é um dos protagonistas), o excesso de fade-outs (talvez pra "despistar" sobre algumas das cenas cortadas), e a cena final, que poderia ter sido melhor executada. Tomara que arrumem isso.

 

E o melhor personagem é o japa. Disparado. smiley36.gif

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

Já está confirmado que passará no Universal Channel em janeiro. Não necessariamente a série produzida por um determinado estúdio ou canal lá passa no mesmo aqui. Basta lembrar que Idol lá passa na FOX e aqui no Sony, mesmo tendo FOX aqui também.

A série é um plágio incrivelmente descarado de 4400. Ela é uma mistura de 4400, X-Men e Six Degrees. Escreverei uma sinopse que vale pras 4400 e Heroes:

 

"pessoas que começam a ter poderes especiais após submetidas a um evento astrológico e vão descobrir que deverão salvar o mundo da iminente destruição".

 

4400 é muito mais original e interessante. O único destaque de Heroes é o simpático japonês Hiro (que inclusive detém o poder mais interessante) e o policial que lê pensamentos (poder roubado de 4400, até mesmo as reações ao fato) que era o Weiz de Alias e o piloto do vôo 815 em LOST.

 

O piloto e episódio 2 são um porre. A série começa a melhorar no episódio 3, inclusive ganhando uma roupagem de história em quadrinhos à partir do 2, até mesmo nas fontes usadas.

Link to comment
Share on other sites

Já está confirmado que passará no Universal Channel em janeiro. Não necessariamente a série produzida por um determinado estúdio ou canal lá passa no mesmo aqui. Basta lembrar que Idol lá passa na FOX e aqui no Sony' date=' mesmo tendo FOX aqui também.

[/quote']

 

O canal da produtora da série sempre tem preferência. Se AI é produzida pela FOX, a FOX daqui teria prioridade. Como ela não pegou, foi pra Sony. Mas nem toda série que passa na FOX é produzida pela FOX, etc...

 

A série é um plágio incrivelmente descarado de 4400. Ela é uma mistura de 4400' date=' X-Men e Six Degrees. Escreverei uma sinopse que vale pras 4400 e Heroes:

 

"pessoas que começam a ter poderes especiais após submetidas a um evento astrológico e vão descobrir que deverão salvar o mundo da iminente destruição".

 

4400 é muito mais original e interessante. O único destaque de Heroes é o simpático japonês Hiro (que inclusive detém o poder mais interessante) e o policial que lê pensamentos (poder roubado de 4400, até mesmo as reações ao fato) que era o Weiz de Alias e o piloto do vôo 815 em LOST.

[/quote']

 

The 4400 é uma bela idéia com uma execução mais-ou-menos. O orçamento de série-de-TV-a-Cabo-que-não-é-a-HBO não ajuda muito. E as duas são produzidas pela Universal. Que coincidência...

 

O piloto e episódio 2 são um porre. A série começa a melhorar no episódio 3' date=' inclusive ganhando uma roupagem de história em quadrinhos à partir do 2, até mesmo nas fontes usadas.

[/quote']

 

Essa "cartunização" vem desde o primeiro episódio...
Link to comment
Share on other sites

Espero que coloquem mais personagens interessantes, porque até agora de legal mesmo só o Hiro. O carinha que voa é completamente sem graça, a mulher que aparentemente tem um blackout e vira má é um saco de ver e a menina Wolverine colocaram ela se 'acidentando' toda hora (no campo de futebol, no triturador, na cena de estupro) só pra ficar demostrando que ela tem esse poder. E a cena da autópsia... pffff... Todo mundo quer uma fatia de CSI... Bruno Carvalho2006-10-12 11:49:55
Link to comment
Share on other sites

Espero que coloquem mais personagens interessantes' date=' porque até agora de legal mesmo só o Hiro. O carinha que voa é completamente sem graça, a mulher que aparentemente tem um blackout e vira má é um saco de ver e a menina Wolverine colocaram ela se 'acidentando' toda hora (no campo de futebol, no triturador, na cena de estupro) só pra ficar demostrando que ela tem esse poder. E a cena da autópsia... pffff... Todo mundo quer uma fatia de CSI... [/quote']

 

hahahaha, de fato, eu também fiquei irritado com o excesso de acidentes que a cheer leader sofre. Seriam mortes das mais estúpidas. Muita coincidencia.

 

O Hiro realmente ficou bom. Gosto da empolgação dele com tudo que ele tem descoberto. O crescimento do personagem é palpável.

 

E gostei muito do policial, apesar do background bem clichê.

 

 

O legal dessa série é ver a vida dessas pessoas mudando radicalmente, assim como o mundo ao redor. E aquele evento do dia 8 de novembro promete.
Link to comment
Share on other sites

Finalmente assisti aos 3 primeiros episódios de HEROES e digo que gostei bastante. Imagino que é uma série de grande potencial, tudo a depender de como será desenvolvida.

 

É sempre duro fazer o piloto de uma série, já que isso envolve a árdua tarefa de apresentar a temática e torná-la palpável (no caso de HEROES, um conceito sabidamente fictício), apresentar os personagens e criar uma premissa envolvente.

 

Acho pertinentes as comparações a outras séries. 4400 é sem sombra de dúvida um bom parâmetro comparativo e perde facilmente num quesito: a atuação dos atores.

 

Muitas séries têm boas idéias mas perdem a credibilidade frente à atuação deficiente dos atores. Esse é o caso de 4400 e SURFACE entre muitos outras séries. Incluo HEROES no mesmo rol de séries como CARNIVÀLE, DEADWOOD e LOST. Se há um grande mérito em HEROES é o elenco. Poucos atores têm seu rosto já conhecido (entre eles a policial representada por Clea DuVall, de CARNIVÀLE), mas eles demonstram grande talento. Se há atores que soam inexpressivos, tenho certeza de que é em razão dos próprios personagens.

 

HEROES é também uma grande produção. Não é cara como outras produções da HBO -- ROMA, CARNIVÀLE, DEADWOOD, etc. -- mas percebe-se que não é algo precário. Há uma boa utilização de efeitos e a produção é bem cuidada.

 

HEROES também oferece ótimas referências. Isto é magnífico já que a série não é uma adaptação de um material pré-existente, e cuida-se de algo inédito. Por diversas vezes me recordei de duas

das mais assustadoras histórias em quadrinhos de super-heróis: WATCHMEN

e MIRACLEMAN. Se alguém que está assistindo HEROES não conhece esses

quadrinhos, indico que leiam já que fazem parte dos TOP 10 QUADRINHOS

DÉCADA DE 80.

Ainda acho cedo para discutir sobre os personagens. A impressão que tenho é que a série tem uma boa narrativa e consegue manter o devido suspense. Todos os personagens me parecem bem aproveitados até o momento, e a história, em princípio algo leve, transparece alguns aspectos bem sombrios, bem ao tom de WATCHMEN (ALLAN MOORE) e MIRACLEMAN (NEIL GAIMAN).

 

Um abraço.

 

Link to comment
Share on other sites

Bem, eu assisti os três primeiros episódios e estou gostando muito da série. Como está muito no início, não dá para avaliar ainda.

 

Mas o Hiro por enquanto é o melhor personagem.

 

A única coisa que me incomodou foi o excesso de acidentes da líder de torcida. É muito pouco provavel uma quantidade de acidentes tão grande assim.

 

Gostei muito do elenco também. E vamos aguardar para ver se a série não se perde.

 

Link to comment
Share on other sites

 

Freak' date=' dá uma olhada em Studio 60 On The Sunset Strip e Dexter

[/quote']

 

Dexter eu estou pensando em começar a acompanhar, mas ainda não tomei coragem, já que o meu tempo para assistir séries é muito curto e então eu escolho as séries a dedo, só acompanho aquelas que gosto muito mesmo. Ela é boa mesmo?

 

A outra não sei do que se trata. Tem alguma coisa a ver com alguma outra conhecida?

 

As suas sugestões vieram a calhar pois eu estou procurando algumas séries novas para poder acompanhar.

 

A primeira aposta foi em Heroes e por enquanto vou continuar acompanhando.

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...