Jump to content
Forum Cinema em Cena

The Whispers


Questão
 Share

Recommended Posts

A nova série de ficção científica do canal ABC chega hoje às televisões americanas.

A série que acompanha o desenrolar de uma “invasão” alien através das mentes inocentes das crianças e conta com Lily Rabe (American Horror Story ) e Barry Sloane (Revenge) no elenco.

 

 

 

 

 

A trama mostra que, em diversos locais de Washington, crianças começam a falar sobre Drill, o amigo imaginário. Quando as coisas começam a se mostrar perigosas, a especialista em psicologia infantil do FBI, Claire Bennigan (Lily Rabe), é chamada para investigar o caso. Claire ainda está lidando com a misteriosa morte de seu marido, Sean, ao mesmo tempo em que se ajusta à vida ao lado de seu filho, Henry. Mas ela não sabe que seu garoto também está conversando com Drill
 
 
FONTE: POLTRONANERD
 
Ví o piloto e achei bem bacana. Sempre gostei da Lily Rabe por seus papéis bizarros em AMERICAN HORROR STORY mas e é bom ver ela interpretando alguém mais normal aqui, no caso uma jovem viúva que tenta criar o filho surdo. Como a racional Claire, ela me fez esquecer rapidinho as esquisitas que ela fazia na série do Ryan Murphy
 
 A trama é instigante e dá vontade de saber mais. O piloto não foi arrasador, mas com certeza garantiu a minha volta para uma conferida no segundo episódio
Link to comment
Share on other sites

 Visto o 1x02

 

  Como a maioria dos segundos episódios de uma série estreante "Hide And Seek" não trouxe grandes novidades em relação a trama principal, apesar de dar uma desenvolvida melhor em seus protagonistas. Claire decide ocultar a informação de que o homem visto nas proximidades onde a misteriosa entidade Drill tem se manifestado na verdade é seu marido (ou pelo menos se parece) com seu supostamente falecido marido Sean. Claire divide essa informação somente com o parceiro, que a contragosto, concorda em mante-la e com o ex amante Wes, que diferente dela, esta tendo uma "segunda chance" em seu casamento..

 

 Há muitas incógnitas no ar ainda. Sean parece manter um depósito com fotos e desenhos das crianças com quem Drill tem entrado em contato, além das misteriosas tatuagens que faz em seu corpo. Também ainda não entendi por que Sean envolveu a médica que lhe tratou no piloto, usando a sua casa para tomar banho, e a sequestrando no final. Sean seria mais uma das ferramentas de Drill para atingir os seus objetivos (sejam eles quais forem) ou estaria de alguma forma se opondo a ele?

 

  Os dramas domésticos de Wes e da esposa foram um pouco chatos, mas deram escopo para a personagem da pequena Minx crescer, dando a entender por que ela parece ser aquela mais facilmente seduzível por Drill, diferente de Harper, que parece começar a ter mais medo do que propriamente confiança em Drill e o filho de Claire, que parece seriamente tentado a quebrar o voto de segredo que fez. Alias, as crianças estão muito bem dirigidas (e em um show focado nelas, precisam estar). Foi especialmente cruel a cena em que Harper reclama por que Drill não faz a sua mãe melhorar, e a misteriosa entidade o faz por um momento, só para fazer a mulher entrar em coma de novo, forçando assim a criança a "jogar o jogo".

 

 Enfim, THE WHISPER continua apresentando um universo interessante e assustador, com este "amigo imaginário" que força as crianças a tentarem matar suas mães e roubar segredos de governo. Mas precisa começar a apresentar algumas respostas ou criar situações mais extremas.

Link to comment
Share on other sites

 Visto o 3º episódio.

 

 Ele dá algumas poucas respostas em relação aos anteriores. Pelo visto, Sean está mesmo sendo controlado por Drill, já que o "piscar das luzes" impediu que o FBI o pegasse. As investigações de Claire e Gus finalmente se cruzaram, o que levou a uma tensa visita de Claire a casa de Gus, para conversar com Minx, a filha de Gus sobre Drill, que por sua vez parece estar planejando um colapso nuclear.

 

 Ah, e segue assustador a forma como Drill manipula as crianças para atingir seus objetivos, usando um menino para eliminar o psicólogo de Minx, que havia dito a ela que Drill não era real e que ela não devia "brincar" mais com ele.

 

 Acredito que os dois próximos episódios nos mostrarão se a série vale a pena mesmo ou não.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

  Visto o 1x04 possíveis spoilers abaixo

 

  "Meltdown" trouxe o episódio mais intenso de THE WHISPERS até então. Aqui, vemos a corrida do FBI para impedir que Sean provoque um colapso nuclear. O problema é que não muito diferente de Sean, os federais parecem não ter ideia com o que estão lidando, a medida em que a invisível figura de Drill vai ajudando Sean e sua refém a entrar na usina nuclear.

 

 Ao mesmo tempo, Drill continua os seus "jogos" com as crianças, ao enviar Minx para entregar a Henry uma lista de "caça ao tesouro" que realizaria o desejo do garoto de encontrar o seu pai. Claro, esta caça ao tesouro levara o menino direto para a usina. Falando de Minx, a garota me assusta pra caramba. Ela parece ter uma relação diferente com Drill do que as outras crianças como Henry e Harper. Minx parece ter um conhecimento maior dos planos de Drill, seja lá quais forem. A viagem de Henry até a usina foi um pouco assustadora, não só pelas pistas que Drill foi deixando pelo caminho, mas pelas crianças que vão indicando ao menino o caminho que ele deve seguir, mostrando o tamanho da influência de Drill.

 

  O episódio deu também uma ideia maior do estágio em que est a relação entre os personagens. Apesar de estar tentando salvar o seu casamento, claramente Gus ainda nutre fortes sentimentos por Claire, que em primeira instância não parece retribuir tais sentimentos com a mesma intensidade, talvez por ainda estar confusa em relação ao reaparecimento de Sean. A propósito, devo destacar que Lily Rabe provou mais uma vez ser uma excelente atriz, segurando muito bem o papel de protagonista, convencendo tanto como agente determinada, e como mãe desesperada, quando percebe que Henry esta em perigo. Percebe a intensidade do trabalho da atriz nos detalhes, como na cena em que ela acredita que não poderá salvar Henry, e quando ela finalmente fica cara a cara com Sean.

 

 No fim das contas, Minx não mentiu. Ao fim deste jogo de Drill, todo mundo conseguiu o que queria, aparentemente. Quais são os objetivos de Drill em promover a reunião da família Bennigan (mesmo que Sean ainda pareça não lembrar da mulher e filho) quase promovendo um desastre nuclear para isso ainda são um mistério. Agora que o plot da busca de Sean foi resolvido, acho que vamos ver Claire lançar um olhar diferente na questão sobre quem ou o que é Drill, ainda mais agora que ela descobriu que o filho recuperou a audição.

 

 Promo sinistro do próximo episódio

 

 

  

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Assisti até o terceiro episódio... Gostei bastante e achei bem interessante o fato da série apresentar respostas rápidas sem ficar se estendendo nos mistérios, ao mesmo tempo que aponta muitos outros mistérios...

 

Achei algumas besteiras como a Claire dar um telefone de escritório para a médica sendo que ela mal fica neste local...

 

Sobre o Sean, como não vi os demais episódios não me pareceu ser guiado pelo Drill, mas sim por uma entidade semelhante mas que está tentando evitar futuros desastres...

 

A série está acima da média até o momento, e não li sobre cancelamento ou renovação, mas continuarei acompanhando...

Link to comment
Share on other sites

Acabei de ver o nono episódio... Incrível a progressão que a série faz, sempre seguindo adiante e se aprofundando, sem ficar dando barrigada para explorar os mistérios até a última gota... Tem séries que levariam uma temporada só para resolver a relação Sean/usina/contato com a pedra...

 

A série ta com uma pegada de minissérie até o momento, como se aproximasse de um séries finale...

 

Personagens interessantes, alguns dilemas batidos mas que poucas vezes não funcionam como deveriam e uma atmosfera de terror/suspense incrível...

 

Acho que sem dúvidas é a melhor série sobre invasão alienígenas que já assisti com sobras...

Link to comment
Share on other sites

 Achei a série um pouco enrolada até o episódio da usina (embora essa enrolação fosse necessário) mas depois desse ep, a série só fez crescer. O Ep. 09 foi mesmo um dos melhores. Gostei muito de toda a tensão do episódio em torno daquelas crianças mascaradas, e adorei como fizeram com que realmente nos importassemos com o cara que conseguiu matar o primeiro Drill nos anos 80, um personagem que em tese, deveria ser descartável. Me senti tão mal pelo trágico destino do cara quanto o Sean. A edição intercalando a manipulação das crianças de Drill no hospital, Claire e Wes descobrindo como o primeiro Drill foi destruído, e o flashback que mostra isso só aumentou a tensão e a dramaticidade da cena.

Link to comment
Share on other sites

  A série tem investido pesado em questões de extremo emocional e ótimas sequências de suspense nos episódios mais recentes. Apesar de não ser tão bom quanto o anterior, o episódio finalmente colocou Claire, Gus e Drill frente a frente. As consequências deste conforto desembocam na inesperada sequência final onde 

temos a morte e uma importante personagem do elenco fixo

 

 

  Achei bem interessante saber que Drill não esta tão dono da situação, já que está enfraquecendo, e se não se alimentar logo (ou possuir uma criança) ira morrer. A armadilha montada pelos federais para aprisionar Drill e deixa-lo morrer de fome foi bem inventiva, sendo que para guar Drill até onde ele deveria estar, tiveram que causar um blackoute geral em Washington. Claro que a criatura não veio totalmente despreparada, e usou o seu escudo preferido, uma criança, como moeda de troca.

 

 Enquanto Claire e Wes lidavam com essas situações, vimos as respectivas famílias dos dois em situação de perigo. Henry parece estar sofrendo de alguma doença. Me pergunto se Drill fez algo com ele, ou se é a doença que roubou a audição do garoto voltando a avançar, já que ele não conta mais com proteção alienígena. Além desses problemas, Henry e o pai se envolvem em situações de perigo. Já Lena, desiste em cima da hora de um bom plano para manter Minx longe de Drill levando-a para um cruzeiro, só para desistir em cima da hora, e receber carona pra casa de um sujeito bem estranho.

 

 O confronto entre Claire, Wes e Drill foi bem intenso. Preso no prédio sem energia, Drill ameaça possuir a criança. Alem disso, promete que vai reconquistar o amor de Henryao contar de seu adultério. Mas o amor de Drill é volátil, como observa Claire a partir do momento em que a entidade tenta possuir o menino, em um processo que parece ser bem doloroso. O presidente é posto em um dilema moral. Wes da a sua visão sentimentalista de pai, dizendo que a energia deve ser religada para que Drill possa escapar e o garoto possa ser salvo. O secretário de defesa já dá uma visão mais pragmática, preferindo que a criança seja possuída logo para acabarem com isso de uma vez. Mas hoje quem venceu foi o lado emocional do presidente. Enquanto Drill escapa, Wes grita alto para a criatura que vai caça-la até onde for necessário e destruí-la.

 

  THE WHISPERS encerra um arco de drama pessoal para os personagens, já que as famílias Bennigan e Lawrence finalmente em harmonia, bem diferente das famílias em frangalhos vistas nos episódios iniciais. Claire e Sean finalmente se perdoam e voltam a transar, mostrando que o passado ficou pra trás. Já Gus desafiou frontalmente Drill, que em retaliação imediata, provoca um "acidente" na casa dos Lawrence, matando Lena.

 

 Confesso que não vi a morte de Lena chegando. A sequência final, com Wes encontrando a filha catatônica na porta, e a esposa morta caída na sala foi realmente intensa. O plano final com Minx olhando para o céu estrelado com lágrimas nos olhos parece deixar bem claro que ela sabe muito bem por que seu pai desesperado esta abraçado no corpo de sua mãe. Drill destruiu a inocência de mais uma criança.

 

 No próximo episódio, Wes deve vir com sangue nos "zóio" pra pegar o Drill.

 

PS: Fui só eu que achou que seria prudente da parte do Sean levar o filho de volta ao hospital depois do acidente?

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Final extremamente indigesto...

 

Não engoli fácil fazerem tudo o que fizeram...

 

 

Até parece que o Presidente daquela tida como a nação mais poderosa do mundo iria deixar sua filha ir "sem mover um dedo sequer" para impedir, e pior, deixar ela ser tratada da forma como foi... Por mais que fosse o Drill... E mais, depois a menina virar cinzas e ninguém ficar pensando "PQP! A FILHA DO PRESIDENTE JÁ ERA! FODEU!" ou qualquer outra que fosse a criança...

Wes que é um zé ruela fez muito mais pela Minx... O presidente ficou na dele? Após todo o seu discurso sobre família? Ah vá...

 

 

Espero que seja renovada, mas o fim foi bem bosta... O que salvou foi a Claire no final...

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...