UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena
CACO/CAMPOS

The Irishman, Martim Scorsese e Pacino e De Niro

Recommended Posts

The Irishman | Novo filme de Martin Scorsese tem três novidades no elenco

Estreia acontece na Netflix
14/09/2017 - 12:22 - CAMILA SOUSA
 
Capa4_tQnqZx9.jpg
 

De acordo com o DeadlineThe Irishman, novo filme de Martin Scorsese, tem três novidades no elenco: Domenick Lombardozzi (Rosewood), Joseph Russo (Small Shots) e Jeremy Luke (Sully: o Herói do Rio Hudson). Eles se unem aos já confirmados Al PacinoRobert De NiroJoe Pesci e Jack Huston.

A trama conta a história real de Frank "O Irlandês" Sheeran, ex-líder sindical acusado de envolvimento com o crime organizado, além de diversos assasinatos, como o do líder sindical Jimmy Hoffa. Já Romano fará o papel de Bill Bufalino, um advogado que se envolve com a trama. Anteriormente, Scorsese disse que a ideia é narrar a história "do ponto de vista de caras mais velhos olhando pro passado, nada de correria"

Essa será a nona colaboração entre Scorsese e De Niro. Juntos, eles filmaram Caminhos Perigosos, Táxi Driver, New York, New York, Touro Indomável, Rei da Comédia, Os Bons Companheiros, Cabo do Medo e Cassino. 

A expectativa é que o lançamento aconteça em 2019 na Netflix.

 

FONTE: OMELETE

Share this post


Link to post
Share on other sites

The Irishman | Atriz de Família Soprano entra para elenco de filme de Martin Scorsese

Longa será lançado na Netflix
20/09/2017 - 16:05 - CAMILA SOUSA
Capa1_LxqvCvZ.jpg
 

Segundo o Deadline, Kathrine Narducci (Power, Família Soprano) entrou para o elenco de The Irishman, novo filme de Martin Scorsese. Não há detalhes sobre a personagem.

A trama conta a história real de Frank "O Irlandês" Sheeran, ex-líder sindical acusado de envolvimento com o crime organizado, além de diversos assasinatos, como o do líder sindical Jimmy Hoffa. Já Romano fará o papel de Bill Bufalino, um advogado que se envolve com a trama. Anteriormente, Scorsese disse que a ideia é narrar a história "do ponto de vista de caras mais velhos olhando pro passado, nada de correria"Al PacinoRobert De NiroJoe Pesci Jack Huston estão no elenco.

Essa será a nona colaboração entre Scorsese e De Niro. Juntos, eles filmaram Caminhos Perigosos, Táxi Driver, New York, New York, Touro Indomável, Rei da Comédia, Os Bons Companheiros, Cabo do Medo e Cassino. 

A expectativa é que o lançamento aconteça em 2019 na Netflix

 

FONTE: OMELETE

"

Share this post


Link to post
Share on other sites

The Irishman | Anna Paquin será filha de Robert De Niro em filme da Netflix

Estreia é prevista para 2019
03/10/2017 - 15:13 - CAMILA SOUSA
 
Capa6_0MJ7Ktg.jpg
 

Segundo o Deadline, Anna Paquin entrou para o elenco de The Irishman, novo filme de Martin Scorsese. A atriz interpretará a filha do personagem de Robert De Niro, que protagoniza o longa. Com personalidade forte, Peggy nunca aprovou o estilo de vida do pai e se distanciou dele com o tempo.

A trama conta a história real de Frank "O Irlandês" Sheeran (De Niro), ex-líder sindical acusado de envolvimento com o crime organizado, além de diversos assasinatos, como o do líder sindical Jimmy Hoffa (Al Pacino). Anteriormente, Scorsese disse que a ideia é narrar a história "do ponto de vista de caras mais velhos olhando pro passado, nada de correria"Al PacinoRobert De NiroJoe Pesci Jack Huston estão no elenco.

Essa será a nona colaboração entre Scorsese e De Niro. Juntos, eles filmaram Caminhos Perigosos, Táxi Driver, New York, New York, Touro Indomável, Rei da Comédia, Os Bons Companheiros, Cabo do Medo e Cassino. 

A expectativa é que o lançamento aconteça em 2019 na Netflix.

 

FONTE: OMELETE

Share this post


Link to post
Share on other sites
Netflix ainda não definiu se The Irishman, novo filme de Martin Scorsese, será lançado nos cinemas
Por Renato Furtado — 14/11/2017 às 13:36
  

Polêmica à vista?

5852830.jpg

Quando The Irishman, projeto de Martin Scorsese quase engavetado por causa de seu orçamento astronômico, foi adquirido pela Netflix, a notícia dividiu o mundo do cinema. Por um lado, é ótimo que Scorsese possa realizar seu tão sonhado filme; por outro, uma parceria com a Netflix não garante a distribuição dos longas nas salas de cinema, modelo de negócios criticado pelo próprio diretor. E, de fato, a companhia de streaming ainda não decidiu se The Irishman será exibido da forma tradicional.

Segundo informa a Variety, os diretores de publicidade da Netflix acreditam que ainda é "muito cedo" para pensar na estratégia de distribuição de The Irishman. Como o longa não tem previsão de lançamento, bater o martelo quanto o formato de exibição realmente pode ser prematuro; no entanto, fontes afirmam que o contrato de Martin Scorsese com a Netflix prevê que The Irishman fique, no mínimo, duas semanas em cartaz nos cinemas estadunidenses para poder se tornar elegível para a temporada de premiações.

Levando em conta o histórico da companhia, o longa deve se unir à Okja e Os Meyerowitz, que foram lançados nos cinemas no mesmo dia em que ficaram disponíveis no catálogo da Netflix. Assim, mesmo com um cineasta do porte de Scorsese à frente do projeto, a gigante do streaming não deve copiar os métodos do Amazon Prime, que privilegia o lançamento nas salas antes de disponibilizar seus produtos para exibição online.

E isso também significa que, infelizmente, The Irishman não deve chegar às telonas brasileiras. Bem, nos resta esperar para ver o elenco estelar formado por Robert De Niro, Al Pacino, Joe Pesci, Harvey Keitel, Ray RomanoBobby Cannavale Anna Paquin na Netflix.

 

FONTE: ADORO CINEMA

Share this post


Link to post
Share on other sites

de sua vida.

O ator, que já tem 74 anos, passou por uma boa transformação. Além de pintar os cabelos de branco, foi envelhecido pela equipe de maquiagem, que adicionou algumas rugas ao seu rosto. Veja as imagens abaixo:

482C0D3E00000578-5272613-image-a-17_1516055984417.jpg

482C0B5C00000578-5272613-image-a-12_1516055891510.jpg

482C0C8700000578-5272613-image-a-20_1516056007308.jpg

482C0BBB00000578-5272613-image-a-19_1516056001930.jpg

O filme é inspirado no livro de Charles Brandt, chamado “O Irlandês: Os Crimes de Frank Sheeran a Serviço da Máfia”. A obra relata a história real de Frank Sheeran, um assassino de aluguel que ficou famoso por trabalhar para a Máfia da Pensilvânia, além de estar envolvido no misterioso assassinato de seu amigo Jimmy Hoffa, um líder sindical dos Estados Unidos, cujo corpo nunca foi encontrado.

O elenco do longa ainda conta com Al Pacino (“Não Olhe Para Trás”), Joe Pesci (“Rancho do Amor”), Bobby Cannavale (da série “Vinyl”), Harvey Keitel (“A Juventude”), Kathrine Narducci (da série “Powers”), Jack Huston (“Ben Hur”), Domenick Lombardozzi (“Ponte dos Espiões”), Jeremy Luke (“Sully: O Herói do Rio Hudson”), Joseph Russo (“Jersey Boys: Em Busca da Música”) e Anna Paquin (“X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido”).

“The Irishman” será lançado pela Netflix e deve estrear exclusivamente na plataforma de streaming em 2019.

FONTE: CINEMA COM RAPADURA
 
To levando fé nesse filme. Se tem uma coisa que a dupla De Niro/Scorsese sabem fazer, é filme de mafia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

The Irishman | Orçamento do filme de Martin Scorsese para a Netflix já passa dos US$ 140 milhões

Filme deve se tornar o mais caro da filmografia do cineasta
-
 

The Irishmanlonga dirigido por Martin Scorsese para a Netflix, pode ser o mais caro da carreira do cineasta.

Múltiplas fontes confirmaram ao Deadline que o orçamento do longa já passou dos US$ 140 milhões. Parte do custo se deve ao processo que rejuvenescerá Robert De Niro em certos trechos do filme. A Industrial Light & Magic será responsável pelos efeitos visuais, usando a mesma tecnologia desenvolvida em O Curioso Caso de Benjamin Button

Inicialmente Scorsese faria The Irishman na Paramount, mas o estúdio não concordou com o orçamento exigido pela produção. O cineasta então vendeu os direitos do longa para a Netflix, que fechou um orçamento de US$ 125 milhões. Com o custo do longa em torno de US$ 140 milhões antes da pós-produção, é possível que esse se torne o filme mais caro de Scorsese, passando os cerca de US$ 150 millhões de A Invenção de Hugo Cabret. Quando fechou o acordo com o serviço de streaming, porém, já se falava que o orçamento total poderia passar dos US$ 150 milhões para a realização dos efeitos visuais -

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
The Irishman: Martin Scorsese anuncia fim das gravações
Por Renato Furtado — 05/03/2018 às 21:07
  

O novo épico do diretor de Touro Indomável será distribuído pela Netflix.

1717636.jpg Lars Niki

O mestre está de volta e com mais um filme praticamente pronto para atingir o público com força total. Através de seu Instagram, Martin Scorsese anunciou o fim das gravações de The Irishman, seu novo épico criminal que será distribuído pela Netflix e trará a reunião de Robert De NiroAl Pacino e Joe Pesci:

 

 

 

"Chegamos ao fim! Obrigado a todas as pessoas que tornaram isso possível"

Baseado no livro "O Irlandês: Os Crimes de Frank Sheeran a Serviço da Máfia" (ed. Seoman), o projeto quase foi engavetado para sempre por falta de financiamento. Por causa da necessidade de utilizar tecnologias de rejuvenescimento digital em um processo similar ao conduzido com Brad Pitt em O Curioso Caso de Benjamin Button, Scorsese precisou de aproximadamente US$ 140 milhões de orçamento - valor fornecido pela gigante do streaming, que resgatou um dos sonhos do realizador do limbo da sétima arte.

Em The Irishman, Frank Sheeran (De Niro) é um hábil assassino da máfia que decide se aposentar de sua perigosa profissão para assumir o posto de líder do sindicato dos caminhoneiros. No entanto, quando um de seus principais rivais políticos, Jimmy Hoffa (Pacino), é executado, Sheeran torna-se o principal alvo das investigações policiais. Até o momento, ainda não se sabe se a Netflix mudará sua tradicional estratégia de lançamento, deixando de priorizar estreias diretas em seu catálogo de streaming por causa do porte de Scorsese. Uma distribuição cinematográfica tradicional, portanto, não está descartada - especialmente se a Netflix quiser tentar vencer mais um Oscar, premiação que demanda que seus candidatos sejam lançados em circuito comercial.

Também vale ressaltar que, independente do modelo de distribuição escolhido pela Netflix, o longo e complexo processo de pós-produção fará com que o épico só seja lançado em 2019, provavelmente no início do ano. Harvey Keitel, Bobby Cannavale, Ray RomanoJack Huston Anna Paquin completam o elenco de The Irishman.

FONTE: ADORO CINEMA

Share this post


Link to post
Share on other sites

The Irishman, novo filme de Martin Scorsese, tem mais de 300 cenas

Publicado em15 de maio de 2018 às 10h53
the-riishman-760x428.png

The Irishman é o filme mais ambicioso do veterano diretor Martin Scorsese, que comandou A Invenção de Hugo Cabret, O Lobo de Wall Street e Taxi Driver. Além de outras marcas ousadas, o diretor revelou que o longa teve mais de 300 cenas gravadas. O escopo colossal do filme fez com que a produção de storyboardsfosse extremamente desafiadora e diferenciada.

Normalmente, cineastas planejam como vão filmar cada cena, desenhando ângulos de câmera e posicionamento dos atores previamente. Para Irishman essa técnica amplamente utilizada foi praticamente descartada.

Devido ao alto número de cenas, seria difícil e demorado desenhar mais de 300 storyboards. Por conta disso, Scorsese optou por não rascunhar nada antes e apenas filmar diretamente. Ele chegava às locações adiantado e pensava nos ângulos possíveis, se apoiando mais na fluidez das filmagens que no pré-planeamento.

Em entrevista ao GamesRadar, durante o Festival de Cannes, o diretor falou sobre descobrir ângulos no fluir da ação e deixar os atores confortáveis com essa loucura frenética — técnica que ele diz ter pego de Elia Kazan, diretor de Um Bonde Chamado Desejo:

Nesse filme tem tantas cenas, que foi difícil achar as locações, mas, quando chegava nos lugares, eu trabalhava os ângulos ali mesmo. Primariamente a gente trazia os atores e apenas fazia com que eles se sentissem confortáveis para gravar. Foi assim que construí as cenas.

O modo de produção do novo longa é estranho até mesmo para Scorsese, que admite ter se apoiado muito em storyboards para a construção de seus outros filmes, como Taxi Driver. Naquela época, os filmes do diretor tinham um orçamento muito limitado, obrigando-o a se comunicar velozmente com o diretor de fotografia.

O longa teve uma extensa produção e passou por 106 dias de filmagens, divididos entre oito meses de gravações. Além das longas filmagens, a produção terá uma pós-produção extensa, pois trata-se de um filme de época, que requer muito CGI e rejuvenescimento digital de atores.

Estimativas apontam que o filme teria custado cerca de US$ 175 milhões.

Para efeitos de comparação, Operação Red Sparrow custou US$ 69 milhões, e A Bela e a Fera foi produzido com US$ 160 milhões.

O longa vai acompanhar a história real de Frank Sheeran, um mafioso suspeito de ter matado Jimmy Hoffa, líder sindical cujo corpo nunca foi encontrado.

O longa terá Robert De Niro, Al Pacino e Joe Pesci em seu elenco.

The Irishman tem previsão de lançamento para 2019.

 

FONTE: JOVEM NERD

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem interessante O Scorsese decidir na hora como seriam os angulos..vamos ver se isto trará algum diferencial em relação aos outros filmes. Fiquei espantado com o orçamento do filme tb....que venha o Irlandês.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Martin Scorsese fala sobre a decisão de lançar The Irishman na Netflix

Publicado em6 de junho de 2018 às 17h40
scorsese-760x428.jpg

Martin Scorsese nunca escondeu que é um completo apaixonado pelo cinema. Não só pelos filmes, mas também pela experiência de se assistir a uma história na tela grande. Quando o diretor anunciou que produziria seu próximo filme, The Irishman, em parceria com a Netflix, a decisão chocou boa parte dos cinéfilos e da crítica especializada.

Em coletiva de imprensa para o evento Story of Movies, em Nova York, Scorsese falou sobre a escolha de produzir um longa para uma plataforma digital, explicando que os hábitos de consumo do público mudou com o passar do tempo. “Existem filmes que foram gravados num iPhone, é possível fazer qualquer coisa, de verdade. O sistema antigo morreu, de alguma maneira… seria ótimo ver Lawrence da Arábia em película 70mm numa tela curvada, mas a maior parte do público não tem toda essa devoção”, disse.

Scorsese também explicou que tomou decisões criativas pensando em todo o contexto da Netflix, dizendo que elas possibilitarão os estudiosos a terem um panorama de como o cinema é feito nos dias de hoje. “Por um tempo, os jovens assistiam os Vines, que tinham dois minutos ou o que quer que fosse… Existe uma narrativa nesses meios. O ideal é assistir ao cinema no contexto que ele é feito”, explicou.

The Irishman vai acompanhar a história real de Frank Sheeran, um mafioso suspeito de ter matado Jimmy Hoffa, líder sindical cujo corpo nunca foi encontrado. O longa terá Robert De Niro, Al Pacino e Joe Pesci em seu elenco.

The Irishman tem previsão de lançamento para 2019.

 

FONTE: JOVEM NERD

 

Scorsese entende que apesar da importância de preservar a essência do cinema, tentar demonizar e lutar contra o que já está estabelecido é bobagem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

The Irishman | Filme de Martin Scorsese será exibido por duas semanas em cinemas dos EUA

theirishman.jpg

Produção original da Netflix com direção de Martin ScorseseThe Irishmanserá exibido por apenas duas semanas em cinemas selecionados dos Estados Unidos.

 

A ideia é fazer com que o longa-metragem fique apto para receber indicações ao Oscar, que é a grande proposta do serviço de streaming.

A informação foi dada pelo cineasta e amigo de Scorsese, Paul Schrader. “Duas semanas, é tudo o que Scorsese pode ter como sua janela de exibição nos cinemas. A Netflix não se importa com isso. Os estúdios estão entrando em colapso e a Netflix é o novo modelo”, disse ao /Film.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
The Irishman: Robert De Niro garante que novo filme de Scorsese, produzido pela Netflix, será exibido no cinema
Por Bruno Carmelo — 05/12/2018 às 14:20
 

Um novo round na luta entre exibidores e plataformas de streaming.

3409949.jpg

Para os cinéfilos que adorariam ter visto filmes da Netflix como Aniquilação22 de JulhoO Outro Lado do Vento nos cinemas, aqui vem uma consolação: aparentemente, The Irishman, dirigido por Martin Scorsese, chegará às telas grandes. Quem garante é o ator principal, Robert De Niro:

"Conversamos sobre isso com a Netflix. Eles vão fazer uma apresentação do nosso filme da maneira que deveria ser, nos cinemas, em algumas localidades, com a melhor qualidade de exibição possível. No começo, vão mostrar na tela grande, e estamos discutindo sobre os cinemas onde ele vai passar, onde deveria passar, e não sei ao certo o que vai acontecer depois disso".

A afirmação de De Niro sinaliza mais um passo na luta entre as salas de cinema e a Netflix, que brigam pelo mesmo público. A empresa de streaming prefere lançar suas produções diretamente no site e aplicativo oficiais da Netflix - ao contrário da Amazon, por exemplo, que tem costume de lançar todas as suas grandes produções nos cinemas antes de chegarem à plataforma online.

3885279.jpg Martin Scorsese e Joe Pesci durante as filmagens de The Irishman

A decisão da Netflix de exibir The Irishman em alguns cinemas se justifica pela tentativa de concorrer a prêmios importantes. O Oscar, por exemplo, exige que os concorrentes sejam exibidos durante pelo menos uma semana em algum cinema de Nova York ou Los Angeles para se qualificarem à disputa. 

Certamente, o suspense será um forte concorrente para a Netflix para as premiações de 2020. Por enquanto, a empresa deve tentar a sorte no Oscar 2019 com Roma e, possivelmente, A Balada de Buster Scruggs.

O Irlandês (em tradução livre) marca a reunião de Scorsese com De Niro após Caminhos Perigosos (1973), e representa a primeira colaboração do diretor de Os Bons Companheiros com Al Pacino. A trama se baseia na história real de Frank Sheeran, veterano de guerra e assassino de aluguel acusado da morte de um líder sindical.

A data de lançamento ainda não está definida.

 

FONTE: ADORO CINEMA

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×