Jump to content
Forum Cinema em Cena

bs11ns

Members
  • Content Count

    799
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Everything posted by bs11ns

  1. Olha eu de novo te enchendo o saco rsrsrsrs.....Queria saber onde tu viu. É que tenho um interesse imenso nesses filmes de temática LGBTQIA+, especialmente quando são europeus e é difícil achar na internet se não tiver em sites específicos. Desculpe o incômodo!
  2. Comecei a ver "The Last Thing He Wanted" por causa do elenco mesmo, já que adoro a Hathaway mas sem saber muita coisa sobre ele. Depois, fui atrás de mais informações e acabei descobrindo que a história de uma jornalista que larga a cobertura de uma eleição presidencial para cuidar de uma das "transações" do pai enfermo é baseada num livro e fiquei me perguntando porque fizeram essa adaptação. O boy desistiu do filme na metade e dormiu. Já era um indicativo de que seria difícil de se conectar com a trama. Muito confuso e com essa coisa de querer ser importante que o Sergio falou, o filme é tão
  3. Isso. 3 centrais e 4 ponteiros. Tem técnico q faz o inverso: 4 centrais e 3 ponteiros. No caso do Brasil, acho besteira abrir mão de um ponteiro tendo tantos em ótima fase. Também levaria Lucão e Isac. O outro seria Souza ou Flávio ou Éder, dependendo da SL que fizerem.
  4. Nossa, que vergonha de mim mesmo! Quando vi alguém postando aqui corri para ver e me animei para escrever o que tava lendo. Depois de Allen Ginsberg e Goethe desisti hahahahahahahahahahah.
  5. Sim, também acho que é momento mesmo ou deveria ser porque na seleção feminina ZRG vive chamando as mesmas da panelinha dele de sempre. Também acho que o Lucarelli tá em fase espetacular e que ele poderia até levar um ponteiro a mais ao invés de 4 centrais porque o Souza, o Isac e o Lucão dão conta do recado. Mas acho difícil ele não levar o Éder também porque tá fazendo uma grande SL: é o melhor sacador e terceiro melhor bloqueador em pontos feitos (não vi esse jogo que você falou). Também curto muito o Vaccari. Desde o Paulista ele vem arrebentando e na SL também tem ganho vários jogos pro C
  6. O último filme do domingo (sob protestos do meu boy que não queria ver filme de assalto, rs) foi este exemplar do Steven Soderbergh, Logan Lucky - Roubo em Família, uma espécie de Onze Homens sem tanto charme, classe, elegância e astros. Ainda assim, dá pra ver a mão do Steven ali quando ele pega uma história bem clichezinha (dois irmãos que querem fazer um roubo astronômico de forma tão minuciosa quanto rocambolesca contando com a ajuda de tipos grotescos) e faz a gente manter o interesse até o final, mesmo sabendo qual será o desfecho. A trilha é bacanérrima, os figurinos são singulares e ef
  7. Sim, a Polônia é a grande rival do Brasil hoje, embora veja a Rússia com uma boa seleção também mas temos que ver qual será a decisão final sobre a permanência deles na disputa das Olimpíadas. Como eu acredito que eles irão mesmo que com bandeira neutra, vejo Brasil, Polônia, Rússia e EUA como favoritos por serem seleções que já jogam juntas há mais tempo, com jogadores mais experientes mesclados com outros mais novos. No último jogo entre Brasil e Polônia, ambos completos, o Brasil ganhou de 3x2 na Copa do Mundo. Talvez a Olimpíada seja o último ciclo de vários poloneses como o Kubiak, o Kure
  8. Só falam de futebol por aqui? Não é crítica nem nada do gênero. Só dúvida mesmo!
  9. Sergio, tu acha que o vôlei masculino perde pra quem?
  10. Já tem um tempo que eu queria ver Mulheres do Século 20 por dois motivos: 1- amo qualquer coisa cinematográfica que tenha mulheres à frente; 2- amo qualquer coisa cinematográfica que tenha a Annette Benning. Pesquisando depois, descobri que esse filme foi indicado ao Oscar de melhor roteiro original em 2017 (perdendo de forma justa para o sensacional Manchester à Beira-Mar) e que é dirigido pelo Mike Mills, que fez um dos filmes mais lindos que eu assisti na década passada, Beginners. Descobri também que Mills contou um pouco da história da mãe dele e que a casa onde se passam a maior parte da
  11. Ainda sob influência do Oscar desse ano, quis assistir ao documentário Indústria Americana também impulsionado pelo fato dos Obama terem-no financiado. Confesso que fiquei um tanto frustrado com o resultado final especialmente por conta do tom institucional utilizado na maior parte do tempo. Talvez por conta da minha expectativa mais emocional frente a este tipo de filme (que não é meu favorito), esperava algo mais degradante, de denúncio forte e que me levasse a uma identificação imediata. O filme, que conta a história da criação de uma montadora de vidros automotivos no estado de Ohio por co
  12. O documentário Carta para Além dos Muros dirigido por André Canto aborda a AIDS sob vários pontos de vista, estabelecendo panoramas diferentes partindo justamente desses pontos de vista pra abordar a doença. Traz bastante conteúdo, dados e fatos históricos desde a descoberta da existência do vírus e da estigmatização das vítimas até notícias e números mais recentes do vírus. Sempre é um tema relevante, justamente por se tratar de algo incurável que torna os acometidos muito marginalizados e a direção do documentário pincela esse assunto através de alguns depoimentos. Acontece que a realidade
  13. Que legal esse tópico aqui! Vou ler sempre. Já adoro teus textos na parte de filmes Sérgio. Sabendo que você escreve aqui também, sempre vou acompanhar. O esporte que mais acompanho é o vôlei, minha segunda paixão depois do cinema. Parabéns pelo tópico.
  14. Bem desnecessário acharem ruim de uma piada bem feita e que não falou nenhuma mentira, segundo o que eu li até agora a respeito. Nem falaram que o filme é ruim por conta dos efeitos que nem o Jailcante falou.....Eu adorei! Me diverti com a piada. Hoje tudo gera mimimi.....aff.... preguiça.
  15. Jóias Brutas começa bastante estriônico e barulhento, cheio de falas curtas que parecem desconexas e com cenas que se acotovelam, cheias de gente falando ao mesmo tempo. Acredito que tenha sido proposta do diretor mesmo porque o filme segue um tanto desenfreado o tempo todo. Sei lá se eu percebi certo mas fiz um grande paralelo com a vida, cheia de altos e baixos, de coisas boas e ruins, de acertos e erros e que, no final, não quer dizer muita coisa (o final do filme esfregou isso na minha cara). Torci muito pelo personagem do Sandler (em boa atuação, supreendentemente), que vai tentando fazer
  16. Lembrei dessa sua postagem quando esse curta ganhou o Oscar!
  17. Feliz demais que o Parasita ganhou ontem. Melhor filme que eu assisti ano passado, embora tenha uma safra boa. É das coisas mais contemporâneas e inteligentes já feitas. Viva o Boo!
  18. Último filme que assisti no cinema, O Escândalo trata da revelação dos casos de assédio sexual partindo do então CEO da Fox News, Roger Ailes (John Lithgow, com uma maquiagem impressionante) para com suas funcionárias. A revelação do escândalo do título demora pra acontecer, visto que antes todo o universo, tanto da Fox News como das figuras contraditórias que nela habitavam, é bastante esmiuçado e tratado de forma didática, o que impede o espectador de perceber essa relação Fox-toxicidade sozinho. Depois, é mostrada a importância da âncora-estrela controversa, Megyn Kelly (mais um baita traba
  19. Último filme que assisti no cinema, O Escândalo trata da revelação dos casos de assédio sexual partindo do então CEO da Fox News, Roger Ailes (John Lithgow, com uma maquiagem impressionante) para com suas funcionárias. A revelação do escândalo do título demora pra acontecer, visto que antes todo o universo, tanto da Fox News como das figuras contraditórias que nela habitavam, é bastante esmiuçado e tratado de forma didática, o que impede o espectador de perceber essa relação Fox-toxicidade sozinho. Depois, é mostrada a importância da âncora-estrela controversa, Megyn Kelly (mais um baita traba
  20. Gostei demais de Os Vingadores principalmente por ser um filme em que o direitor soube trabalhar com sua história um tanto limitada mas bastante bem resolvida, sobretudo quando coloca seus personagens frente a frente e se aproveita de suas emoções pra contextualizar os enredos dos outros filmes nesses embates (que chegam a ser físicos em várias oportunidades), resultando nos melhores momentos do filme. Os efeitos especiais são muito bons e utilizados sempre em prol da estória e quando necessários, ou seja, não há excesso ou desperdício. O texto é excepcional para um filme-pipoca, principalment
  21. Como disse em outro tópico, gostei bastante do filme. Só acho que tem umas referências ao livro que não são compreensíveis pra quem não o leu e que há um excesso na composição dos figurinos das pessoas mais "abastadas", parecidas com o público presente numa parada gay. Também não gosto do Hutcherson (bastante minguadinho pro papel) e do irmão mais novo, mais fraco e mais feio do Thor. Mas a estória é muito legalzinha, principalmente por causa da abnegação da protagonista e da feliz construção da jovem Katniss, muito forte na pele da gatona e talentosíssima Jennifer Lawrence. As paisagens també
  22. Na onda das críticas positivas e do sucesso de público, decidi assistir Jogos Vorazes principalmente quando descobri que a protagonista era o meu novo amor: Jennifer Lawrence. E é especialmente por ela que o longa funciona bem na maior parte do tempo. Embora não seja daqueles filmes que você precisa ler o livro pra entender o que acontece, ainda senti que algumas cenas e partes do texto foram introduzidas pros milhares de leitores que transformaram-no num best-seller. De qualquer forma, a estória é bonita, bem conduzida, faz sentido e é ajudada pela fotografia e pela montagem a atingir seu obj
  23. Só agora que vi que os escolhidos já haviam sido divulgados. Como disse no começo, não votei porque não consegui assistir filmes como Super 8 e Hanna, que foram indicados além de outros. Mas gostei da premiação em geral principalmente pela Lawrence (arrasou mesmo no Inverno da Alma), pelas indicações para Caminho da Liberdade (amei demais esse filme) e pelas vitórias de Portman e de Cisne Negro. Só não entendi a indicação do Plummer. Toda Forma de Amor foi lançado em dvd no ano passado? Se soubesse que podia votar nele, seria um voto certo! Espero conseguir ter tempo de colaborar mais no ano q
  24. Também fiquei feliz com essa notícia do Moura! Um grande ator que merece ter destaque internacional. Só pra comentar: tenho certeza de que a Moore está incrível como a Palin porque é uma atriz acima de qualquer média e não me lembro de ter visto uma atuação apenas boa dela. Como não vi ainda, não posso dizer se é tão extraterrestre quanto a Streep no Iron Lady. Mas acabei de ver a Williams no My Week With Marilyn e não acho nem que ela merecia ter sido indicada. É uma boa composição, sensível e sutil sem tornar-se caricata e fugindo de estereótipos. Mas só! Ainda insisto que ela é u
×
×
  • Create New...