Jump to content
Forum Cinema em Cena

Recommended Posts

  • Replies 65
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Eu gostei da critica, eu só não consigo entender o porque da escolha de "o ano em que meus pais sairam de férias" para representar o Brasil no oscar, sendo um filme com um assunto ja muito abordado, e nem tão original, sem contar que é totalmente mal abordado no filme.

 

 

 

"Tropa de Elite" um filme que fala de um problema que é mundial, a violencia, trafico, acho que abrange uma area muito maior, e pode causar discuções de varios temas...

 

 

 

A cena de "Tropa de Elite" da discução na aula, é fantastica. E depois logo em outra cena mostra um rapaz querendo "sacanear" Matias, em uma festa colocando uma musica do Titãs. Ou seja esses jovens não deixam um pensar diferente no seu meio, se vc tem ideias diferentes pode ser reprimido ou excluido, jovens de cabeça fraca podem ser influenciados por seus colegas por culpa disso, entrando no mundo das drogas do trafico, tudo para não ser diferente.

 

 

 

E o filme mostra os jovens e suas ONGs que não se entende se estão preocupados em ajudar ou em se enturmar no mundo da favela, para se sentirem melhores, e até usarem drogas mais a vontade.

 

 

 

Isso mostra porque a ONG ja tem um tempo na favela, e nunca perceberam que o garoto tinha problema de visão, isso mostra que eles não estão tão preocupados assim com as crianças.

Link to post
Share on other sites

 

Perplexidade! - surreal é pensar que tudo o que vimos na tela acontece de forma pior e rotineiramente.<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Tristeza!- pessoas sendo torturadas,sendo mortas,inocentes morrendo,o estado inativo,finaciamento do tráfico,corrupção,etc etc etc etc .......

 

 

Esperança!- difícil,mas é necessário acreditar em alguma mudança profunda,não é possível que o que acontece de terrível nos morros ou nas ruas deste país, seja maior que à vontade da população de viver dignamente.

 

 

Parabéns e obrigado Pablo pelo belo texto!

 

Abraços 5 estrelas

      *****

Link to post
Share on other sites

Cara,

 

O filme é simplesmente demais, sou carioca, e o filme só mostra a realidade dos fatos que a midia e a sociedade insistem em esconder.

quanto ao leitor que perguntou porque Tropa não foi indicado para representar o Brasil, é facil:

Você realmente acredita que eles iriam arriscar que um filme que mostra a realidade brasileira (principalmente da policia da cidade maravilhosa) fosse posta em um telão na noite do Oscar, para o mundo todo ver?, e que este fosse o primeiro filme brasileiro a ganhar esta categoria?

acho que não
Link to post
Share on other sites

Ótima crítica Pablo!!

Concordo em tudo que vc disse na segunda parte do texto...é triste ver as pessoas que viram o filme endorsando aquele tipo de atitute. E o pior, achar que era isso que o filme queria mostrar...

E quanto ao fato de as vezes se torcer pelo BOPE, vou citar uma cena que me pegou do mesmo modo como a citada na crítica.

Na cena em que o garoto é torturado pra entregar onde está o Baiano. As cenas de tortura já estavam me incomodando, só pensava se a pessoa fosse inocente. Mas quando eles pegam o cabo de vassoura e tiram as calças do interrogado e ele finalmente confessa...fui tomado por uma sensação de alívio. Também fiquei surpreso com essa minha reação!

 

PS: assisti a cópia pirata, mas amanhã estarei na primeira sessão pretigiando esse incrível trabalho!!

 

 

Link to post
Share on other sites

Muito boa a crítica. Evitou a patrulha ideológica e alienação disfarçada de engajamento e conscientização de muitas críticas por aí... E levanta questões de ordem moral, ou seja, propõe questionamentos acerca de nossas reações em relação ao que é mostrado no filme. Isso é inédito, pelo menos que eu saiba, em se tratando de suas críticas.

Link to post
Share on other sites
Muito boa a crítica. Evitou a patrulha ideológica e alienação disfarçada de engajamento e conscientização de muitas críticas por aí... E levanta questões de ordem moral' date=' ou seja, propõe questionamentos acerca de nossas reações em relação ao que é mostrado no filme. Isso é inédito, pelo menos que eu saiba, em se tratando de suas críticas. [/quote']

 

Dook elogiando o Pablo? Pablitooooo!
Link to post
Share on other sites

 

Muito boa a crítica. Evitou a patrulha ideológica e alienação disfarçada de engajamento e conscientização de muitas críticas por aí... E levanta questões de ordem moral' date=' ou seja, propõe questionamentos acerca de nossas reações em relação ao que é mostrado no filme. Isso é inédito, pelo menos que eu saiba, em se tratando de suas críticas. [/quote']

 

Dook elogiando o Pablo? Pablitooooo!

 

Puxa saco do ano?06

 

Link to post
Share on other sites
Puxa saco do ano?06

 

Nope... não tenho razões para ser puxa saco de ninguém aqui, muito menos do dono do site... Apenas sou coerente em meu modo de ser. Se a pessoa faz algo que presta, deve ser elogiado, independente de quem seja; se faz merda, deve ser achincalhado, again, independente de quem seja.
Link to post
Share on other sites

 

Puxa saco do ano?06

 

Nope... não tenho razões para ser puxa saco de ninguém aqui' date=' muito menos do dono do site... Apenas sou coerente em meu modo de ser. Se a pessoa faz algo que presta, deve ser elogiado, independente de quem seja; se faz merda, deve ser achincalhado, again, independente de quem seja.
[/quote']

 

Tava só brincando...relax05

 

Link to post
Share on other sites

Muito boa essa crítica do Pablo.

Ele falou bem da questão da nossa reação.

Acho essa nossa reação normal,estamos cansados de ver a situação do modo que está.

O Brasil precisava de um herói,e encontramos ele no Cap. Nascimento.

Sobre a questão da tortura,pelos menos como foi mostrada no filme,não creio que eles poderiam pegar alguém "inocente".

Pelos menos como o filme mostrou,os policias do BOPE sabem quem são os inocentes e os que não são.

 

Podemos ver isso em duas falas:

Uma quando um cara fala que não sabe de nada e o Cap. Nascimento fala:"Tá plantando aí de pistola e fala que não sabe de nada!"

E na outra do menino que ia levar uma vassourada,o policial descobre um tenis caro e pergunta como o garoto ganhou ele.

Pessoa pobre honesta e trabalhado não vai gastar dinheiro comprando tenis caro.

Se as torturas seguirem a linha que foi mostrada no filme,eu as apoio.

 

Edit:Não sei se algum colega aqui do fórum já subiu morro,mas existem barracos com dvd,ar-condicionado,computador e tv por assinatura.
Rafal2007-10-11 13:12:50
Link to post
Share on other sites

 

Eu gostei da critica' date=' eu só não consigo entender o porque da escolha de "o ano em que meus pais sairam de férias" para representar o Brasil no oscar, sendo um filme com um assunto ja muito abordado, e nem tão original, sem contar que é totalmente mal abordado no filme.

 

 

[/quote']

 

O pablo comentou isso no Blog dele:

 

 

Quem

acompanha este blog há algum tempo sabe que não sou particularmente fã

de "O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias", que considero um bom

filme e só. Apesar disso, sua escolha para representar o Brasil na

corrida pelo Oscar de Filme Estrangeiro não me incomodou.

 

Aliás, se o objetivo era escolher o longa com maiores chances (e este é o objetivo, embora eu sempre defenda que o melhor deve ser selecionado, tendo chances ou não de vencer), não há dúvidas de que a comissão de seleção fez um bom trabalho.

 

Explico:

 

1)

"O Ano..." teve, até agora, uma carreira internacional admirável,

vencendo vários prêmios importantes. E isso conta muito ao torná-lo um

concorrente mais "legítimo".

 

2) A relação entre um garotinho e

um judeu ortodoxo certamente encontrará ressonância entre os membros da

Academia - judeus em sua maioria.

 

3) "O Ano..." tem uma

narrativa simples e objetiva, sem grandes invencionismos técnicos ou

visuais. Candidatos com uma linguagem mais "moderna" ou "desafiadora"

não costumam se dar bem na categoria Filme Estrangeiro.

 

4)

"Tropa de Elite", o concorrente mais forte de "O Ano...", é

excessivamente violento. E a comissão da Academia que seleciona os

finalistas ao Oscar é composta por membros mais velhos, que não

costumam gostar muito disso.

 

5) "O Ano..." conta uma historinha

doce e mais intimista, mas tem, como pano de fundo, um momento

histórico importante da história de seu país de origem. Isso também

confere "legitimidade" junto aos norte-americanos.

 

Dito isso, meus favoritos, entre os concorrentes, são (em ordem de preferência):

 

1) O Cheiro do Ralo

2) Tropa de Elite

3) Batismo de Sangue

4) Antônia

5) O Céu de Suely

6) Saneamento Básico, O Filme

7) O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias

 

Enfim. Boa sorte a Cao Hamburger, que é indiscutivelmente talentoso e merece nossa torcida.

 

UPDATE:

As quatro indicações de "Cidade de Deus" não contradizem o que falei no

item 4. Ao contrário, o filme é um exemplo que confirma o que falei:

quando saiu como indicado do Brasil, o trabalho de Meirelles não

conseguiu ficar entre os finalistas. Só se deu bem no ano seguinte,

quando todos os membros da Academia puderam votar nele, já que estava concorrendo às demais categorias. A comissão de Filme Estrangeiro o rejeitou sem remorsos.[/quote']

Link to post
Share on other sites

Bela resenha, a melhor do Palbo que li.

 

E realmente, o final do filme é feito bem para gerar aquele conflito em nossas mentes, me lembrando até o fim de Dogville, onde o diretor da aquele giro em nossas cabeças colocando imagens de pessoas que eram iguais as que a pouco havíamos torcido por suas execuções. Fazendo até com que nós repensemos nossos princípiosEdTheTrooper2007-10-11 13:56:18

Link to post
Share on other sites

 

Edit:Não sei se algum colega aqui do fórum já subiu morro' date='mas existem barracos com dvd,ar-condicionado,computador e tv por assinatura.
[/quote']

 

Pô, eu não tenho ar condicionado nem TV por assinatura... Tortura nos favelados JÁ!

 

060606

Dook,

Se o cara pode ter esses "luxos" em seu barraco,porque ele continua morando lá?
Link to post
Share on other sites

 

Edit:Não sei se algum colega aqui do fórum já subiu morro' date='mas existem barracos com dvd,ar-condicionado,computador e tv por assinatura.
[/quote']

 

Pô, eu não tenho ar condicionado nem TV por assinatura... Tortura nos favelados JÁ!

 

060606

Dook,

Se o cara pode ter esses "luxos" em seu barraco,porque ele continua morando lá?

 

That's easy.... eles não pagam água, luz, iptu, condomino, taxa de incendio, etc, etc...0606
Link to post
Share on other sites

Realmente o filme é muito importante pelas questoes que levanta.

Mas o impressionante mesmo é a parte tecnica, visual mesmo...Se os planos fossem um pouco mais longos e arrojados, arriscaria dizer que "Tropa de Elite" é o "Filhos da Esperança" brasileiro, descontando o fato de que o primeiro ser uma "ficção", como o Pablo diz, e o segundo ser ficção ficção, situado no futuro.

 

 

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...