Jump to content
Forum Cinema em Cena

Livros Super ou Subestimados


filmesking
 Share

Recommended Posts

 Aff! Releia-o. Pense na época em que ele foi escrito.

 Pense em como as mulheres se comportavam ou tinham que se comportar.

 

 Olha só, no Filme "Pecados Íntimos", Sara,  a personagem principal faz um comentário sobre esse livro, muito bom.

 Na verdade o filme (que é ótimo) te lembrará bastante esse livro.

 
Link to comment
Share on other sites

Chica ta ai uma coisa que acho um absurdo de se ouvir para se gostar de um livro.

 

 

 

 

 

"Ah pense na época em que ele foi escrito"

 

Poxa o que eu tenho a ver com a época que ele foi escrito?

 

o livro pode ter sido bom no seu tempo, mas ele pode ter envelhecido mal, e hoje ser uma chatisse só.

 

 

 

Eu tentei ler "O Primo Basílio" achei muito chato, parei logo no começo, quando vi que o livro não sairia do lugar, e da procupação de se mostrar tudo que se passava na época.

 

 

 

Estou lendo "O Caso dos 10 negrinhos" meu o livro é muito antigo, mas não se prendeu a época em que foi escrito, envelheceu bem e é um livro fantastico.

 

 

 

Voltando a livros superestimados, acredito que "O Código da Vinci" seja um, poxa só porque o livro envolve uma polêmica ele fez sucesso ao redor do mundo. Mas a história em si achei até meio chata, tem o mistério e tudo mais, mas eu descobri quem era o cara misterioso la, bem antes dele ser revelado. É legal sim, mas não chega a ser tudo isso que falaram.

 

 

 

Mesma coisa com o Harry Potter que li o primeiro e aos meus 12 anos foi legal hoje não é....

Link to comment
Share on other sites

Chica ta ai uma coisa que acho um absurdo de se ouvir para se gostar de um livro.


"Ah pense na época em que ele foi escrito"
Poxa o que eu tenho a ver com a época que ele foi escrito?
o livro pode ter sido bom no seu tempo' date=' mas ele pode ter envelhecido mal, e hoje ser uma chatisse só.

Eu tentei ler "O Primo Basílio" achei muito chato, parei logo no começo, quando vi que o livro não sairia do lugar, e da procupação de se mostrar tudo que se passava na época.

...[/quote']

 

 Tu vai achar uma historinha como todas as outras se tu ler um livro fora do seu contexto histórico.

 

 Dificilmente tu achará uma obra interessante senão considerar o contexto e época em que foram escritos.

 

 Anyway, isso é opção de cada um. se tu prefere ler sem considerar tais coisas... aff! 17

 

 By the way, se tu for ler apenas livros que tem a ver com sua época, vais reduzir bastante  a sua listinha.

 

 
Chica2007-12-23 12:41:56
Link to comment
Share on other sites

 Aff! Releia-o. Pense na época em que ele foi escrito.

 Pense em como as mulheres se comportavam ou tinham que se comportar.

 

 Olha só, no Filme "Pecados Íntimos", Sara,  a personagem principal faz um comentário sobre esse livro, muito bom.

 Na verdade o filme (que é ótimo) te lembrará bastante esse livro.

 
[/quote']

Eu assisti a pecados íntimos, uns 4 meses atrás, por isso lembrei de citar madame bovary aqui. Anyway, o livro ainda é atual, então acho que não seja este o caso. Para mim, um livro bom deve ser interessante, isto é, que me faça aprender alguma coisa;deve ter personagens memoráveis por sua inteligência, filosofia, sagacidade e o escambau; ou simplesmente ter um enredo atraente que prenda sua atenção o tempo todo.

Madame bovary só seguiu(para mim) o segundo item, mas mesmo assim talvez seja só pelo nome.

Quanto a esse negócio de pensar na época, que creio que não seja o caso deste livro, concordo com o the cube.

 

Edit: Chica, lê ensaio sobre a cegueira(se não tiver lido), é o livro que, por assim dizer, tem mais enredo. Evangelho segundo jesus cristo também é muito bom, mas, sei lá, tem pontos que pessoas religiosas com certeza não vão gostar muito.
filmesking2007-12-27 16:01:09
Link to comment
Share on other sites

Podem me chamar de ignorante ' date=' ogro ou do que quiserem , mas eu acho toda a literatura de Jorge Amado chata , sem graça e superestimada .

 
[/quote'] Vc já leu toda literatura dele?

Pois é, eu só li capitães de areia dele e não achei nada demais(mas também não é ruim), logo tou mais perto de concordar que discordar, por enquanto.

 

Aliás, se tem uma coisa que o brasileiro tem orgulho ufanista é de sua literatura, por isso conheço tão pouco dela e tenho tão pouca vontade de conhecer.
Link to comment
Share on other sites

 Talvez seja pq vc não considerou que tratar de traíção, que eramcomuns e aceitas naquela época p/ os homens, não era p/ as mulheres.

 

 Madame Bovary não era uma vadia, era uma mulher que queria mais da vida do que o pacote tedioso de felicidade da época: "bom casamentos, filhos, envelhecer, morrer".

 

 Sei lá, ela queria paixão, se aventurar, sentir, viver um grande amor, tinha fome de viver.

 

 Tudo o que hoje qquer mulher pode ter, sem ser cerceada pelos rigores da época.

 

 
Link to comment
Share on other sites

Mas, chica, eu já sabia disso que vc me falou antes de ler o livro e constatei ao lê-lo, mesmo assim o considero superestimado. Entenda que acho o livro bom, mas não uma obra-prima nem o melhor do realismo.

Acho que a situação da protagonista ainda é muito comum, só não tem mais casamento arranjado. Troque isso por casamento por medo ou necessidade e fica quase a mesma coisa.
Link to comment
Share on other sites

Podem me chamar de ignorante ' date=' ogro ou do que quiserem , mas eu acho toda a literatura de Jorge Amado chata , sem graça e superestimada .

 
[/quote'] Vc já leu toda literatura dele?

Pois é, eu só li capitães de areia dele e não achei nada demais(mas também não é ruim), logo tou mais perto de concordar que discordar, por enquanto.

 

Aliás, se tem uma coisa que o brasileiro tem orgulho ufanista é de sua literatura, por isso conheço tão pouco dela e tenho tão pouca vontade de conhecer.

 

Toda não . Mas uma parte razoável : Capitães de Areia , A Morte e a Morte de Quincas Berro D'Água , Gabriela , Capitão de Longo Curso . Estes o que me lembro de cabeça .

Não só não achei nada de mais como achei enfadonho .

Se tiver algum bom , me avise que eu tiro a prova .

 

 
Link to comment
Share on other sites

Acho que não peguei o espírito' date=' mas quando li Madame Bovary achei bastante enfadonho. Além disso o livro era muito cercado por aquele papo de precursor do realismo e de descrição perfeita da sociedade francesa da época que deve ter prejudicado um pouco minha visão.

 

Subestimado não sei no momento.
[/quote']

 

A descrição é justamente o que enriquece o livro, pombas! Esquece este negócio de percursor de realismo e tentar enquadrar o zé em alguma escola literária. Veja isso depois de ler e não antes.

A riqueza da linguagem, as situações, as críticas, os personagens...
Link to comment
Share on other sites

Chica ta ai uma coisa que acho um absurdo de se ouvir para se gostar de um livro.


"Ah pense na época em que ele foi escrito"
Poxa o que eu tenho a ver com a época que ele foi escrito?
o livro pode ter sido bom no seu tempo' date=' mas ele pode ter envelhecido mal, e hoje ser uma chatisse só.

Eu tentei ler "O Primo Basílio" achei muito chato, parei logo no começo, quando vi que o livro não sairia do lugar, e da procupação de se mostrar tudo que se passava na época.

...[/quote']

 

 Tu vai achar uma historinha como todas as outras se tu ler um livro fora do seu contexto histórico.

 

 Dificilmente tu achará uma obra interessante senão considerar o contexto e época em que foram escritos.

 

 Anyway, isso é opção de cada um. se tu prefere ler sem considerar tais coisas... aff! 17

 

 By the way, se tu for ler apenas livros que tem a ver com sua época, vais reduzir bastante  a sua listinha.

 

 

 

Tem toda razão Shy! Claro que os clássicos são imortais e sempre dizem algo que não fica dezatualizado. Dizem coisas universais dos seres humanos. Mas desprezar o contexto histórico em que foi escrito é ignorar uma riqueza muito maior, ter uma percepção muito maior que engrandece a obra (pelo menos no entendimento).
Link to comment
Share on other sites

 Aff! Releia-o. Pense na época em que ele foi escrito.

 Pense em como as mulheres se comportavam ou tinham que se comportar.

 

 Olha só, no Filme "Pecados Íntimos", Sara,  a personagem principal faz um comentário sobre esse livro, muito bom.

 Na verdade o filme (que é ótimo) te lembrará bastante esse livro.

 
[/quote']

Eu assisti a pecados íntimos, uns 4 meses atrás, por isso lembrei de citar madame bovary aqui. Anyway, o livro ainda é atual, então acho que não seja este o caso. Para mim, um livro bom deve ser interessante, isto é, que me faça aprender alguma coisa;deve ter personagens memoráveis por sua inteligência, filosofia, sagacidade e o escambau; ou simplesmente ter um enredo atraente que prenda sua atenção o tempo todo.

Madame bovary só seguiu(para mim) o segundo item, mas mesmo assim talvez seja só pelo nome.

Quanto a esse negócio de pensar na época, que creio que não seja o caso deste livro, concordo com o the cube.

 

Edit: Chica, lê ensaio sobre a cegueira(se não tiver lido), é o livro que, por assim dizer, tem mais enredo. Evangelho segundo jesus cristo também é muito bom, mas, sei lá, tem pontos que pessoas religiosas com certeza não vão gostar muito.

 

Vai falar que a sra. Bovary não é um personagem interessante? Talvez o ponto alto do livro (e o que gerou processo contra o Flaubert) é a personagem que é uma crítica à sociedade e valores burgueses. O próprio autor está presente na Bovary, e de um certo modo há uma identificação com todos nós. O enredo não importa tanto quanto o personagem.
Link to comment
Share on other sites

Eu li esse livro faz dois anos, por isso não posso entrar numa discussão com maiores detalhes, mas esse" o enredo não importa tanto quanto o personagem" não me convenceu muito não. Essa história de

falar para eu esquecer essas classificações não entendi, já que essa definitivamente é uma das últimas coisas que penso ao ler um livro. Por outro lado, se vc estiver falando que eu deveria ter esquecido que o livro era a tão falada obra-prima precursora do realismo, não há nada que eu possa fazer nem dizer.

Ah, concordo que a linguagem seja outro ponto que torna um livro bom, mas a que está presente em madame bovary infelizemente não lembro.

 

Diga um aí que vc ache superestimado, ou será que tudo que é clássico é obra-prima?

 

Lembrei de outro que comecei a ler, mas sinceramente parei quando estava quase terminando: O quinze de Rachel de Queiroz.
filmesking2007-12-29 01:44:09
Link to comment
Share on other sites

Eu li esse livro faz dois anos' date=' por isso não posso entrar numa discussão com maiores detalhes, mas esse" o enredo não importa tanto quanto o personagem" não me convenceu muito não. Essa história de

falar para eu esquecer essas classificações não entendi, já que essa definitivamente é uma das últimas coisas que penso ao ler um livro. Por outro lado, se vc estiver falando que eu deveria ter esquecido que o livro era a tão falada obra-prima precursora do realismo, não há nada que eu possa fazer nem dizer.

Ah, concordo que a linguagem seja outro ponto que torna um livro bom, mas a que está presente em madame bovary infelizemente não lembro.

 

Diga um aí que vc ache superestimado, ou será que tudo que é clássico é obra-prima?

 

Lembrei de outro que comecei a ler, mas sinceramente parei quando estava quase terminando: O quinze de Rachel de Queiroz.
[/quote']

 

O personagem ser mais importante que o enredo não convenceu?

Então me diz qual o enredo do livro? Não tem. É um livro cheio de situações e de casos esporádicos. O mais importante do livro são as pessoas que estão envolvidas, são os casos da Bovary.

 

É exatamente isso. Você tenta ler o livro e procurar aqueles elementos que aprendemos na escola (o caracteriza o realismo é tal e tal, o romantismo é tal e tal). Isso é bom, mas deixa de lado a obra em si, e até mesmo as peculiaridades do autor. Isto é, tentar criar regras para encaixar os autores.

 

Agora não sei falar qual é superestimado pois nem sei quais são os clássicos. Quem é que decide? Eu li o livro pelo o interesse e não pela obrigatoriedade da obra.
Conan o bárbaro2007-12-29 14:47:48
Link to comment
Share on other sites

Vixe cara, vc não sabe quais são os clássicos, valeu!06

Creio que vc vá escolhendo pelo unidunitê-salameninguê, ou é pela capa?(Espera aí, espera aí, pode ser pelo enredo também?)

Mas falando sério, eu diria que o enredo é o responsável pelo desenvolvimento do personagem(claro que também deve vir acompanhada da linguagem), por isso, como vc me fez acreditar que realmente gosta dessa obra(05), acho que deveria tecer elogios a Gustave Flaubert por ter conseguido captar tão bem o que acontecia à Bovary, através de situações e casos esporádicos integrantes da história daquela mulher(enredo).

 

 

Retomando a sua pergunta sobre quem decide o que são livros clássicos, eu responderia que são os mesmos babacas que decidem quais filmes são clássicos, além é claro dos  panacas que acatam a opinião dos babacas sem sequer hesitar. Mas é claro que todos somos panacas de vez em quando.06
Link to comment
Share on other sites

Acho que não peguei o espírito' date=' mas quando li Madame Bovary achei bastante enfadonho. Além disso o livro era muito cercado por aquele papo de precursor do realismo e de descrição perfeita da sociedade francesa da época que deve ter prejudicado um pouco minha visão. [/quote']

 

Engraçado... a primeira vez que peguei no livro tbm tive esta imprensão: enfadonho! Mas tive a oportunidade de assistir a uma série feita por uma rede de televisão francesa (não me lembro qual). A única coisa que eu queria, depois de terminada a série, era ler o livro.

 

Claro que não é sempre que temos a oportunidade de ver um filme antes de ler o livro, mas para mim foi excelente. Tanto que, se tivesse contato com esta série, estaria comentando neste tópico que Madame Bovary é um livro superestimado.

 

Ah, o mesmo aconteceu comigo em "O Nome da Rosa"

 

Ps.: Estou desesperadamente a procura do filme "O Vermelho e o Negro", tá relamente muito chato este "clássico"

 

 
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...