Jump to content
Forum Cinema em Cena

Oscar 2010: Indicados e Previsões


-felipe-
 Share

Recommended Posts

 

deadman, seu post sobre The Hurt Locker e os demais indicados é A CONTRADIÇÃO em pessoa. Apesar de muitos equívocos, vc falou sobre uma certa coisa q também eu vinha pensando.

 

Não mando balo pq tô sem tempo agora 16

 

 
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 418
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Tarantino é indie-cult!

Quando tu citar um filme do Bay tá perdoado.06

 

Tá. Eu gostei do primeiro Transformers.06

 

Saulo, o primeiro Transformers é legalzinho mesmo. Gostei. Apesar do exagero na parte sonora que enche um pouco o saco. 06

 

 
Link to comment
Share on other sites

Pois é Deadman' date=' bem-vindo ao Oscar, os filmes premiados quase nunca são Brastemps. [/quote']

 

 06 06 Pois é... Acho que esse ano vai acontecer um déjà vu de 99... Saving Private Ryan era (é) zil vezes melhor que Shakespeare in Love e ainda assim "só ganhou" 5 Oscar (Shakespeare, levou 7, sendo 4 entre os 6 prêmios principais).

 Paciência. icon_confused

    
Link to comment
Share on other sites

 

deadman' date=' seu post sobre The Hurt Locker e os demais indicados é A CONTRADIÇÃO em pessoa. Apesar de muitos equívocos, vc falou sobre uma certa coisa q também eu vinha pensando.

 

Não mando balo pq tô sem tempo agora 16

 

 
[/quote']

 

 Equívocos... Contradição...

 

 Será que é tão difícil assim dizer que só discorda do meu ponto de vista? 09

 

 
Link to comment
Share on other sites

Sacha Baron Cohen é vetado mais uma vez em cerimônia do Oscar

 

da Folha Online

O ator Sasha Baron Cohen, que já havia sido vetado após ter seu nome sugerido para apresentar a cerimônia do Oscar deste ano, agora também deixará de se apresentar durante a festa, que acontece neste domingo (7).

O ator britânico, famoso pelos personagens "Borat" e "Bruno", teve uma performance cortada por diferenças com os organizadores do evento.

Segundo informações da revista "Vulture", a Academia de Hollywood optou por descartar o humorista mesmo já tendo anunciado seu nome como um dos participantes da festa uma semana antes.

Divulgação

Sátira%20de%20Avatar,%20que%20seria%20feita%20pelo%20ator%20e%20comediante%20Sacha%20Baron%20Cohen,%20foi%20vetada%20no%20Oscar

Sátira de "Avatar", que seria feita pelo ator e comediante Sacha Baron Cohen, foi vetada no Oscar

O agente do ator, Matt Labov, explicou à revista que, apesar de não gostar do termo, a melhor explicação para ausência de Sacha é "diferença criativa".

"Não foi nada fácil, mas os dois lados sentiram que não podiam mais chegar a um acordo e que ele deveria ficar em Londres", afirmou.

A ideia de Sacha Baron Cohen era se disfarçar de uma fêmea do povo Na'vi e revelar estar grávido levantando um vestido de gala. Depois, acusaria James Cameron, diretor do filme "Avatar", de ser o pai.

No entanto, o produtor Bill Mechanic, responsável pelo espetáculo, temia que James Cameron, indicado ao prêmio de melhor diretor, se ofendesse com a brincadeira.

A festa do Oscar terá como mestres de cerimônia o consagrado comediante Steve Martin e Alec Baldwin, que está em alta com a série de televisão "30 Rock".

Sacanagem pô, adorei a piada! 06Ursa2010-03-05 15:08:51
Link to comment
Share on other sites

Un Prophete do Jacques Audiard' date=' Abraços Pardidos do Almodóvar, A Procura de Eric do Ken Loach, 35 Doses de Rum da Claire Denis, Goodbye Solo do Ramin Bahrani, Amantes do James Gray, Um Homem Sério dos irmãos Coen, Mother do Joon Ho-Bong, 500 dias com Ela do Marc Webb, Onde Vivem os Monstros do Spike Jonze, La Nana de Sebastián Silva, Seraphine de Martin Provost, A Fita Branca do Haneke, Bem vindo do Philippe Lioret, Fish Tank da Andrea Arnold, Bright Star da Jane Campion...

 

 

 

Isso que eu fui lembrando assim na doida. Todo ano existem filmes bons e ruins, é só procurar e não se apegar exclusivamente a Oscar e hollywood.[/quote']

 

 

 

Todo ano existem filme bons e ruins em hollywood também. Não precisa virar cult indie pra achar...

 

 

 

Por que isso não me surpreende? C&C e seus estereótipos' date=' hehe. [isso não é uma crítica negativa antes que alguém pense assim']

 

 

 

----

 

 

 

Vi O segredo dos seus olhos e, se algum outro filme dos indicados a estrangeiro for capaz de superá-lo, terá de ser uma joia rara, porque nota 10 o argentino já é.ltrhpsm2010-03-05 16:56:38

Link to comment
Share on other sites

Diante do que li e do exposto pelo Sall - em alguns casos confirmando um pouco do que esperava -, minhas apostas hoje são as seguintes - discordem das categorias técnicas, se for o caso, por favor.

 

 

 

FILME - Guerra ao Terror

 

DIRETOR - Kathryn Bigelow

 

ATOR - Jeff Bridges

 

ATRIZ - Sandra Bullock

 

ATOR COADJUVANTE - Christoph Waltz

 

ATRIZ COADJUVANTE - Mo'Nique

 

ROTEIRO ORIGINAL - Guerra ao Terror (dúvida)

 

ROTEIRO ADAPTADO - Amor Sem Escalas

 

FILME DE ANIMAÇÃO - Up - Altas Aventuras

 

FILME ESTRANGEIRO - A Fita Branca

 

EDIÇÃO - Guerra ao Terror

 

EDIÇÃO DE SOM - Avatar (dúvida)

 

MIXAGEM DE SOM - Guerra ao Terror (dúvida)

 

FIGURINO - A Jovem Rainha Vitória

 

MAQUIAGEM - A Jovem Rainha Vitória

 

DIREÇÃO DE ARTE - Avatar (dúvida)

 

EFEITOS VISUAIS - Avatar

 

CANÇÃO - Coração Louco

 

TRILHA SONORA - Up - Altas Aventuras

 

FOTOGRAFIA - A Fita Branca

 

 

 

Neste caso, "Coração Louco", "A Jovem Rainha Vitória", "Up" e "A Fita Branca" teriam dois prêmios contra um de "Bastardos", "Preciosa" e "Amor Sem Escalas"; "Guerra ao Terror" teria cinco e "Avatar" três. Achei estranha essa divisão dos prêmios, mas, enfim, não consigo ver "Avatar" com mais prêmios que "Guerra", a não ser que leve filme; a única mudança possível aí seria mesmo em roteiro original ou que os vencedores de som fossem trocados - ou, ainda, que caíssem os dois para "Guerra"...

 

 

 

E as demais categorias (doc e curtas), quais são suas apostas?ltrhpsm2010-03-05 17:25:35

Link to comment
Share on other sites

Não vi JULIE E JULIA mas aposto que Meryl estava 100 vezes melhor em DÚVIDA. Ali' date=' ela merecia todos os prêmios possíveis e imagináveis.

Alguém viu os dois filmes?[/quote']

 

Eu assisti a ambos. Sinceramente, não cai de amor por Doubt, tampouco pela Streep neste. Sinceramente, sou muito mais o seu trabalho por Julie & Julia pois como já disse, a caracterização física que a Meryl faz neste é monstruosa. Mas o filme é meio capenga mesmo, o que acaba por tirar um pouco o brilho da Streep, mas o trabalho dela é sensacional. Porém não queria vê-la premiada por este papel, seria um tanto frustrante para dizer a verdade (mais ainda, entretanto, seria ver a Bullock saindo oscarizada por um papel da profundidade de uma folha de papel). Se pudesse ser o senhor da decisão, premiaria a Helen Mirren pela genialidade que esta conduz The Last Station, que só existe por causa dela.

 

_______________________________________________________

 

 

Do site da Bahiana. Adorei!

 

 page0000001_1.jpg

  
Daniel Aires2010-03-05 17:41:43
Link to comment
Share on other sites

Se forem depender da agilidade do cara no traje antibombas e da gordinha ali, The Hurt Locker e Precious não vão ganhar nunca.06

 

Sobre essa questão das escolhas, o pior não é nem eles privilegiarem a mediocridade entre os indicados, mas sim as próprias indicações. E com 5 vagas a mais a tendência é que os absurdos fiquem cada vez maiores.
Link to comment
Share on other sites

OK. Essa birrinha escrota do Pablo com Bastardos Inglórios já encheu o saco:

http://www.cinemaemcena.com.br/pv/BlogPablo/post/2010/03/05/Oscar-2010-Previsoes-finais.aspx

 

O Pablo votaria na Sidibe pra melhor atriz ? Bah...

 

Mas pior foi o Tarantino que disse que tava indeciso entre ela e a Mulligan. Porra, não dá nem pra comparar.

 

 
Link to comment
Share on other sites

 

Não vi JULIE E JULIA mas aposto que Meryl estava 100 vezes melhor em DÚVIDA. Ali' date=' ela merecia todos os prêmios possíveis e imagináveis.[/quote']

 

É complicado afirmar qualquer coisa, principalmente de uma atriz tão querida por todo mundo como a Streep, mas eu não gostei de sua atuação em Dúvida. Já comentei em outras oportunidades aqui no fórum que o filme todo, na verdade, foi de difícil contemplação por mim. Inclusive a Meryl.

 

Eu ainda não pude assistir a todos os indicados (fraca distribuição nacional mais particularidades de minha cidade e vida pessoal), de modo que não posso cravar nada a respeito dessa categoria que, na minha opinião, dificilmente não irá para a Bullock. Mas eu ficaria muitíssimo satisfeito se a Mulligan surpreendesse aos quarenta e nove do segundo tempo.

 

Link to comment
Share on other sites

 

deadman' date=' seu post sobre The Hurt Locker e os demais indicados é A CONTRADIÇÃO em pessoa. Apesar de muitos equívocos, vc falou sobre uma certa coisa q também eu vinha pensando.

 

Não mando balo pq tô sem tempo agora 16

 

 
[/quote']

 

 Equívocos... Contradição...

 

 Será que é tão difícil assim dizer que só discorda do meu ponto de vista? 09

 

 

Não, não. Não se trata de uma questão de gosto pessoal. Agora tô com tempo e vou fazer aquele comentário que te falei... 06

 

 
Link to comment
Share on other sites

O Pablo me irrita bastante as vezes. Gosto de algumas críticas dele, mas algumas são alteradas drasticamente pelo gosto pessoal por uma certa pessoa. É o caso de Tarantino, ele o acha cheio de si, egocêntrico e etc. Mas isso não importa, o filme é fantástico, e ele não enxerga isso por não gostar do Tarantino. Na crítica dele sobre o filme W. do Oliver Stone, 90% do texto fala mal de George Bush e 10% comenta o filme.

 

Link to comment
Share on other sites

Que coisa essa briga Bullock x Streep. Cresceu a proporções inesperadas' date=' a ponto de que se Meryl não levar, tem quase garantido o prêmio na proxima indicação.

 

[/quote']

 

Sinceramente, não creio nisso, até porque ela vem sendo indicada há anos (décadas!) por trabalhos super elogiados, mas acaba perdendo, muitas vezes para modinhas cretinas da época. Creio também que após A Escolha de Sofia ela nunca mais foi a grande favorita da noite e ao meu ver, se ela perder novamente (ou dada a grandiosidade do careca, deixar de ganhar), ela não sai na frente de ninguém, ano que vem.

 

Ps.: Se o Oscar fosse por mérito mesmo, a Meryl estaria, para mim, disputando seu quarto Oscar, visto que seu trabalho em As Pontes de Madison, ao meu ver, é superior até mesmo à Escolha de Sofia. Genialmente construído. Essa mulher é Deus... hehe
Daniel Aires2010-03-05 21:05:31
Link to comment
Share on other sites

Que coisa essa briga Bullock x Streep. Cresceu a proporções inesperadas' date=' a ponto de que se Meryl não levar, tem quase garantido o prêmio na proxima indicação.

 

[/quote']

 

Sinceramente, não creio nisso, até porque ela vem sendo indicada há anos (décadas!) por trabalhos super elogiados, mas acaba perdendo, muitas vezes para modinhas cretinas da época. Creio também que após A Escolha de Sofia ela nunca mais foi a grande favorita da noite e ao meu ver, se ela perder novamente (ou dada a grandiosidade do careca, deixar de ganhar), ela não sai na frente de ninguém, ano que vem (com certeza sairá uma Bullock do poço da mediocridade, abocanhando o dourado).

 

Ps.: Se o Oscar fosse por mérito mesmo, a Meryl estaria, para mim, disputando seu quarto Oscar, visto que seu trabalho em As Pontes de Madison, ao meu ver, é superior até mesmo à Escolha de Sofia. Genialmente construído. Essa mulher é Deus... hehe
Link to comment
Share on other sites

 

O Pablo me irrita bastante as vezes. Gosto de algumas críticas dele' date=' mas algumas são alteradas drasticamente pelo gosto pessoal por uma certa pessoa. É o caso de Tarantino, ele o acha cheio de si, egocêntrico e etc. Mas isso não importa, o filme é fantástico, e ele não enxerga isso por não gostar do Tarantino. Na crítica dele sobre o filme W. do Oliver Stone, 90% do texto fala mal de George Bush e 10% comenta o filme.

[/quote']

 

Esqueça o pablo e seja feliz...

 

Link to comment
Share on other sites

Depois de 131min percebi os porquês de' date=' eventualmente, vir a ser o filme mais premiado da noite: é um típico filme americano (militar fodão, “corajoso” – entenda-se, maluco – que salva o dia, colocando na reta o dele e dos seus budys) que, de modo velado, enfia metade do dedo na ferida aberta da guerra estúpida do Iraque (que segue adiante...). A Academia gosta desse tipo de filme, mesmo o mise-em-scène não sendo ufanista, tá tudo lá.

[/quote']

 

Essa era a coisa que te disse que eu já vinha pensando. Apesar da crítica e todos dizerem que o fime critica essa "mania de guerra" americana, não deixa de ser interessante que o protagonista pareça fazer o contrário: exaltá-la. Mas se reparar bem, o filme pode ter interpretações distintas, de acordo com cada um. Duas possíveis: 1 - contando a história pessoal do desarmador, ele mostra a falta de sentido naquilo tudo. Ou 2 - claramente não toma partido pra nenhum lado, mas nas "entrelinhas" exalta essa "mania".

Eu fico com a primeira.

 

 

Detalhe: interessante ver aqui pessoas criticando o roteiro de Avatar e jogando o desse filme nas alturas já que a história de THL é da profundidade de um pires.

 

 

Aí começam os equívocos.

Pelo que eu saiba' date=' o único roteiro de filme americano que está sendo "jogado nas alturas" como vc falou, é o de Um Homem Sério e Bastardos Inglórios. Não vi ninguém (em sites, críticos, ou até mesmo o pessoal aqui do fórum) "endeusar" o roteiro de THL (mesmo aqueles que adoram o filme). Tem gente enxergando demais...06. Se resolveram premiar o roteiro, aí também entra a força que o fime foi ganhando. Mas vale lembrar que boa parte do resultado final se deve exatamente ao roteiro, ainda mais por ele não ter um "fio condutor/plot/conflito" no qual se basear. Como vc mesmo fala "O único grande mérito é ser enxuto e direto..."

 

 

Dos três grandes concorrentes à Melhor Filme (Avatar, Bastardos Inglórios e Guerra ao Terror) é o mais fraco. Mãsss... como é bem filmado (fato indubitável) e traz uma história que mexe com fatos emocionalmente estreitos e pertinentes à nação yankee, deve levar o careca de Melhor Filme ou de Melhor Diretor (particularmente acho que não leva os dois...).

 

 

Cada um acaba gostando mais de um ou outro, ou então nem gosta. Natural.

Mas numa hora vc fala "profundidade de um pires". Em outra vc fala em "mexe com fatos estreitos e pertinentes à nação yankee..." Ora, vc está falando do mesmo filme não é? Ou eu me perdi?06

Contradição... 

 

 

O filme é bom, bem atuado (Anthony Mackie está muito melhor que Jeremy Renner e nem indicado foi. Vai entender...), muito bem editado, tem cenas antológicas (beleza plástica da cena inicial, o confronto no deserto e a cena do “corredor de cereais”), uma fotografia e som fodas, mas o filme em si não é essa Brastemp, não.

 

Seguindo sua palavras: "o filme é bom, bem atuado, muito bem editado, tem cenas antológicas, fotografia e som fodas mas o filme em si não é essa Brastemp não..."  Contradição novamente... Cara, dá pra se decidir?06  Mas eu te entendi. Acho que aconteceu com vc o mesmo que rolou comigo com Um Homem Sério. Tudo muito bem feito e tal mas não me "ganhou", não me "fisgou". Só acho que vc usou a expressão errada. Mais adequado seria: "mas eu não achei o filme isso tudo" ou "mas não me empolguei não", "mas apesar disso não gostei" etc...

 

 

PS 1: vamos combinar que essa mania de filmar a la Paul Greengrass já deu o que tinha que dar' date=' né? Que saco esse negócio de enquadrar tudo com delirium tremens...

[/quote}

 

Tem certos momentos que esse tipo de filmagem se faz necessário. Transmite melhor para as pessoas a sensação do que tá ocorrendo na tela. Da mesma forma que um filme épico (SDA, por exemplo) usa e abusa das longas tomadas aéreas para dar a idéia de grandiosidade dos lugares (e do próprio filme em si), da quantidade de gente envolvida, etc. Ou vc queria que no meio da tensão do desarmamento rolasse uma distante panorâmica aérea de 1 minuto sem cortes?06 O lance é saber ONDE e QUANDO optar por esse tipo de abordagem: a já antológica (como vc falou) cena do deserto, do homem bomba, do psicólogo e outras estão de prova. Não vi exageros em THL em relação à isso. Comparando com outros, o filme é até bem "tranquilo" (leia-se steady06)

 

  

PS 2: Ahh, não podia deixar de comentar: o filme é tenso pra cacete!! Outro grande mérito do longa.      

 

Novamente contradição...

Se vc acha isso o grande mérito do filme, boa parte da "culpa" é do ROTEIRO que vc tanto criticou lá em cima.06

 

Mas eu gostei do seu comentário. Soube apontar outras coisas e levantar outras interessantes em vez de só esculhambar. Foi um comentário HONESTO onde mesmo não gostando, soube reconhecer méritos.

 

 
Sall2010-03-05 23:52:35
Link to comment
Share on other sites

 

 

Em tempo: não procuro profundidade em filmes. Se ele tiver isso, ótimo. Bacana...melhor ainda.

 

Mas se eu quiser profundidade mesmo vou ler Nietzsche ou Dostoievski ou Freud ou sei lá o que mais...06 e não ficar vendo filme de hollywood.

 

 
Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...