Jump to content
Forum Cinema em Cena

A Casa da Mãe Joana


Mr. Scofield
 Share

Recommended Posts

  • Replies 3.9k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

 

 

O fim de A Ilha do Medo é covarde porque aposta na solução que todo mundo já sabia qual era desde a metade.Todo mundo percebe que o DiCatprio está louco e o final se torna previsível. Apesar de gostar do filme' date=' não me pegou.Seria muito mais interessante se o que pensávamos ser tudo loucura do DiCaprio fosse a realidade... do jeito que foi, foi um mais do mesmo um pouco mais refinado.[/quote']

 

 

 

 

A previsibilidade do final não me incomodou. Enfim...
me incomodou só um pouquinho... não pela previsibilidade, eu acho. as duas formas seriam previsíveis, mas a escolhida foi menos empolgante, pra mim, óbvio06
<font face="Times New Roman, Times, serif" size="3">Eu concordo. Só discordo de que todo mundo sabia na metade. Logo na cena que eles dão um comprimido pro DiCaprio (com uns 5 minutos de filme 06.gif ) eu já sabia. Mesmo assim, havia muitos elementos não previsíveis por mim e acabei me deliciando com a estória.

 

 

 

 

 

Pois é, o mais engraçado é que tentam julgar esse filme por algo que gostariam que ele fosse, e não pelo que realmente é. "é previsível" ta, e aí, desde quando ele tentou ser o contrário? O Scorsese passa o filme todo esfregando na cara que obviamente o surtado ali é o DiCaprio, e com isso trabalha todos os níveis de loucura do cara, mergulhando naquela mente afetada. Daí em vez de julgar o filme pelo que ele realmente é, tentam transforma-lo em uma espécie de O Sexto Sentido, o que naturalmente iria enfraquecer demais, já que a proposta passa longe disso. Não lembro quem disse, mas se fosse pra comparar isso aqui ta muito mais pra um Spider.

Link to comment
Share on other sites

 

 

 

Melhor filme desse ano não quer dizer nada' date=' só teve porcaria até agora
[/quote']

 

 

 

Se o ano terminasse agora eu já estaria tri feliz com o top 5:

 

 

 

01. Death Proof

 

02. Toy Story 3

 

03. Ilha do Medo

 

04. Mother

 

05. Zumbilândia

 

 

 

 

 

e acho que A Origem tem lugar aí.

bom top.

 

 

 

to achando esse ano sensacional   16.gif e falta muita coisa pra eu ver.

 

 

 

po, e ainda tem A Estrada correndo por fora.

Link to comment
Share on other sites

 

E raramente eu digo isso, mas concordo inteiramente com o Renato. O pessoal QUERIA muito que o final fosse aberto, mas não é.

[/quote']

 

Scofa, nesse caso é "mais não é".

Não entendi. 09

 

existe diferença entre MAS e MAIS e é importante deixar isso bem claro. As pessoas tem dificuldades.

 

Link to comment
Share on other sites

 

E raramente eu digo isso, mas concordo inteiramente com o Renato. O pessoal QUERIA muito que o final fosse aberto, mas não é.

[/quote']

 

Scofa, nesse caso é "mais não é".

Não entendi. 09

 

existe diferença entre MAS e MAIS e é importante deixar isso bem claro. As pessoas tem dificuldades.

Mais = soma

Mas = Conjunção adversativa, indica oposição de ideias. nesse caso é MAS, com certeza absoluta.

 

Link to comment
Share on other sites

Tensor' date=' eu acho, desconfio, que o Scorcese quis sim fazer uma espécie de final surpresinha, do tipo "vou enganar vocês".Pareceu isso pra mim.

 

[/quote']

 

 

 

É? Pra mim passou longe disso. A única surpresinha que ele poderia querer passar é na situação da mente do DiCaprio "ele é um doido "consciente" ou não? Ele ta se escondendo atrás do personagem pra se livrar do trauma ou etc?" enfim, esse tipo de coisa. Mas não no ambiente que ele vive.

Link to comment
Share on other sites

 

Mais = soma

Mas = Conjunção adversativa, indica oposição de ideias. nesse caso é MAS, com certeza absoluta.

[/quote']

 

nem sempre.

No caso de filmes ruins pode se usar MAS. A Veras usou MAS para namoro, e é no caso de namoro ruim.

 

O português é difícil, mais a gente vai aprendendo aos poucos.

 

Link to comment
Share on other sites

 

Tensor' date=' eu acho, desconfio, que o Scorcese quis sim fazer uma espécie de final surpresinha, do tipo "vou enganar vocês".Pareceu isso pra mim.

 

[/quote']

 

 

 

É? Pra mim passou longe disso. A única surpresinha que ele poderia querer passar é na situação da mente do DiCaprio "ele é um doido "consciente" ou não? Ele ta se escondendo atrás do personagem pra se livrar do trauma ou etc?" enfim, esse tipo de coisa. Mas não no ambiente que ele vive.

 

enfim, interpretações.

Não diminui o valor do filme pra mim. A supresa seria o de menos.

 

Link to comment
Share on other sites

 

Tensor' date=' eu acho, desconfio, que o Scorcese quis sim fazer uma espécie de final surpresinha, do tipo "vou enganar vocês".Pareceu isso pra mim.

 

[/quote']

 

 

 

É? Pra mim passou longe disso. A única surpresinha que ele poderia querer passar é na situação da mente do DiCaprio "ele é um doido "consciente" ou não? Ele ta se escondendo atrás do personagem pra se livrar do trauma ou etc?" enfim, esse tipo de coisa. Mas não no ambiente que ele vive.

É claro que há pessoas que se surpreenderam no final. E acredito que o Scorsese também estivesse pensando nessas pessoas (ou não haveria revelação no final), mas é lógico que ele viu que suas pistas eram bem previsíveis para a maior parte das pessoas, o que não prejudica em nada a estória. Na verdade, até ajuda, porque você acaba reparando em inúmeros elementos que você não repararia se estivesse preso a imaginar a base do final twist.

Link to comment
Share on other sites

 

Mais = soma

Mas = Conjunção adversativa, indica oposição de ideias. nesse caso é MAS, com certeza absoluta.

[/quote']

 

nem sempre.

No caso de filmes ruins pode se usar MAS. A Veras usou MAS para namoro, e é no caso de namoro ruim.

 

O português é difícil, mais a gente vai aprendendo aos poucos.

Não saquei. Dexa pra lá. 06

 

Link to comment
Share on other sites

 

Mais = soma

Mas = Conjunção adversativa, indica oposição de ideias. nesse caso é MAS, com certeza absoluta.

[/quote']

 

nem sempre.

No caso de filmes ruins pode se usar MAS. A Veras usou MAS para namoro, e é no caso de namoro ruim.

 

O português é difícil, mais a gente vai aprendendo aos poucos.

Não saquei. Dexa pra lá. 06

 

o português é realmente difícil.

 

Link to comment
Share on other sites

 

Mais = soma

Mas = Conjunção adversativa, indica oposição de ideias. nesse caso é MAS, com certeza absoluta.

[/quote']

 

nem sempre.

No caso de filmes ruins pode se usar MAS. A Veras usou MAS para namoro, e é no caso de namoro ruim.

 

O português é difícil, mais a gente vai aprendendo aos poucos.

 

Alguém ainda cai nas merdas do Renato?

 

06.gif

Scofa, não perca seu tempo....

 

Link to comment
Share on other sites

Zumbiland é mesmo' date=' e Death Proof é de 2007. Mas ambos foram lançados comercialmente esse ano aqui.[/quote']

Pra variar, Brasil sempre atrasado, principalmente nas coisas boas... O mercado brasileiro é uma piada, e quando as coisas chegam aqui vem da forma mais porca possível. Estou procurando alguns livros e descobrindo que estão esgotados ou simplesmente não foram lançados. O mesmo acontece com filmes. Já estou desistindo de procurar filmes nas lojas.

 
Link to comment
Share on other sites

Pra variar' date=' Brasil sempre atrasado, principalmente nas coisas boas... O mercado brasileiro é uma piada, e quando as coisas chegam aqui vem da forma mais porca possível. Estou procurando alguns livros e descobrindo que estão esgotados ou simplesmente não foram lançados. O mesmo acontece com filmes. Já estou desistindo de procurar filmes nas lojas.

 
[/quote']

 

O triste é que as poucas coisas boas não tem público. O cinema Belas Artes aqui em SP perdeu o patrocínio do HSBC e está a beira da falência...04 A pirataria saiu do controle, uma coisa é vc fazer downloads de giallos e o escambau a 4, outra é praticamente nunca ir no cinema apenas pelo conforto da internet.
Link to comment
Share on other sites

 

Scofa' date=' não perca seu tempo....

[/quote']

 

muito bem dito. "Perca".

As pessoas erram muito essa também.

 

Quando for relativo a alguma coisa é "perca"

 

Por exemplo, "isso gera perca de dinheiro", "é um tremenda perca de tempo".

 

A "perda" é usada quando se refere a morte de pessoas: "foi uma perda lastimável".

 

São regrinhas chatas, eu sei.

 

Link to comment
Share on other sites

Guest
This topic is now closed to further replies.
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...