Jump to content
Forum Cinema em Cena

Elementary


jujuba
 Share

Recommended Posts

Vi os 2 primeiros e ainda não me convenceu nem um pouco. Os atores estão ótimos, a Lucy Liu está linda e ao contrário do que pensei quando vi a notícia de uma Watson, isto nem é um problema, afinal, o suporte que Holmes precisa está lá e dupla está tendo bons momentos. O que me preocupa é que os 2 episódios foram chatos e absurdamente previsíveis. O segundo então faltou chamar quem estava assistindo de burro.

 

 

Primeiro já na cena que chama Holmes e Watson no hospital já afirma, só este fato já nos mostra que a mulher só poderia estar em coma, mas ainda leva os 2 até a porta do quarto e ainda quer fazer um drama, Sherlock ainda pergunta o que o detetiver quer dizer, como se já não fosse óbvio demais.

 

Depois fica enrolando o episódio todo pra nos passar que não tinha como ser outra pessoa a não ser a que estava em coma, óbvio demais! Holmes faz aquele teatrinho ridículo e se alguém ainda não tinha certeza de que a assassina era a irmã em coma até este momento, com aquela encenação não tinha nem como argumentar o contrário. Pior que mesmo já mostrando a resolução de tudo de forma totalmente didática, ainda perdem alguns minutos no final pra explicar novamente, provavelmente pra umas 3 pessoas que estavam assistindo enquanto twitava e nem tinha prestado atenção no episódio todo.

 

 

Pior que os erros não param aí. Holmes só fica gênio da dedução quando o roteiro quer. Tem cenas que aleatórias que não exigiria nada do personagem, mas ele age como estúpido. Até agora falta um ar mais descontraído e por que não dizer engraçado nos episódios. A série parece com qualquer outra série policial que já entope a grade de programação norte americana, com um caso de morte e uma investigação. Além do mais estão fugindo muito mais das raízes do personagem do que o fato dele estar em Nova Iorque.

 

 

Como assim ele não resolve os casos para uma satisfação pessoal e pra que as pessoas vejam que foi ele que resolveu, ou o fato de fazermos acreditar que tudo que ele faz é por que perdeu uma mulher em Londres, como deu a entender no primeiro episódio? Sem dizer que a quantidade de vezes que chamaram ele de louco chegou a incomodar.

 

 

No fim acredito que a série possa dar uma boa melhorada, mas é fato que o principal problema da série é carregar o nome Sherlock Holmes, pra chamar a atenção. Acredito que se fosse uma série genérica estaria acima da média, mas como decidiu carregar o nome do personagem, tem que ser melhor desenvolvida do que foi até agora. Inclusive, até o título é um tanto absurdo, afinal, tira onda com uma frase que Sherlock nunca pronunciou em nenhum dos livros do Conan Doyle.

Link to comment
Share on other sites

concordo que o peso de carregar o nome "Sherlock" SEM se parecer muito com a "Sherlock" existente p/ fugir da condenação de plágio os limita um pouco.

Ficam amarrados, pressionados em produzir roteiros tão bons qto as histórias de Sherlock são tentando não parecer com os deles.

Não sei como vão fazer isso sem castrar o personagem ou dar uma identidade a ele que ganhe os fãs.

 

E concordo ctg tb que seria uma série boa.

Haja visto que com falhas fortes ainda é gostosa de se assistir.

Acho que a série encontrará o caminho. PRECISA encontrar.

Senão a tnedencia é perder fãs, leia-se audiencia, e tudo mundo sabe quela é o fim: cancelamento :(

 

Que venha o terceiro e que seja bom!

Oremos... com força!

Link to comment
Share on other sites

Jujuba, agradeço pela paciência em ler meu comentário, afinal está mais chato do que os episódios de Elementary :). Também boto fé que vai melhor. É o tipo de série que demora um pouco pra pegar e ela muitos pontos interessantes, que só precisam ser melhorados. O problema seria a audiência, que tem que se manter alta, pra não cancelarem antes de mostrar todo o potencial. Lembro que Person of Interest começou bem ruinzinho e demorou uns 10 episódios pra melhorar.

Link to comment
Share on other sites

Magina! Seu comentários são sempre ótimos! E acredito que não seja a única a ler e apreciá-los. Na verdade tu levantou prós e contras aí da série muito honestamente, sem aquela paixão de fazoide que alguns serimaniacos têm (eu :)).

E, não, "Elementary" não é chato, não.

Está se ajeitando, enquadrando a série em todos os "senãos" exigidos por produtores, fãs...

 

Interessante tu citar "Person of Interest" pq ela está sendo muito citada como uma série meio fenix.

Eu mesma assisti uns 3 eppys, mais pelo elenco, adoro a dupla de atores e abandonei, achando que não passaria daquilo.

Daí, sei lá, todo mundo vem elogiando a série que ela melhorou absurdamente e tals...aff!

 

Quem sabe o mesmo não venha a ocntecer com "Elementary"...hein? ... hein ?

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Sei lá o que me faz ainda Insistir na série, deve ser pela minha fissura incondicional, irracional e passional pelo Lee Miller

 

Eppy ainda mais fraco que o anterior esse quarto.

História tremendamente fraca, sem mistério nenhuma, desinteressante, se bem que focaram um pouquinho mais na id de Sherlock, o que foi mais ou menos, já que o cara parece achar que não tem problema nenhum, quem tem são os outros, então...

 

Estranhamente achei que o maior problema da s[erie seria a Watson como mulher... nem é

 

quem sabe já não seria hora de lançar mão de um ardil como um inimigo como Moriaty, este sim seria bem vindo se encarnado por uma mulher!

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Este último eppy, o sétimo, foi bem bom.

Pesarama a mão no crime, cena bem forte e foi legal te jogarem p/ um lado e outro, te fazendoa creditar e mesmo Sherlock, o que tudo sabe e percebe, em algo que não era.

E ainda foi citado o nome de Irene Adler, responsável por um dos melhores eppys do Sherlock britânico.

 

Tomara que neste Sherlock aconteça o mesmo.

Oremos !!!

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Deveriam investir mais em cena desse sherlock com mulheres. Todas elas foram hilárias,

tipo:

 

e6eonr.jpg

 

Sherlock: -

 

 

"Você quer sexo... Não sou contra, só estou ocupado... a musculatura de suas pernas e de seus ombros sugerem uma certa elasticidade que acho... bastante tentador."

 

 

 

By bthe way, tomara que a série tenha a mesma virada que "Person Of Interest", pq o problema dela me parece o mesmo, o personagem é mais interessante que a ppria série.

Isso não é suficiente p/ manter uma série. Se a estória num for interessante não hã fã que persista... afff!

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
  • 1 month later...
  • 2 months later...
  • 3 weeks later...

Foi um absurdo essa SF, além do eppy duplo, ela compensou a mornice da série inteira... aff!
Acho que era preciso um vilão a altura de Sherlock + um amor mal curado p/ dar fogo a essa série.

Miller sempre foi bom ator, mas nessa SF estava inflamado !!
Além de sua atuação apaixonada ainda teve o que faltou no restante da série, luta, algo dando errado apesar das deduções brilhantes, participação não figurativo, mas realmente relevante de todos personagens e... uma vilã mulher \o/.

Se alguns acharam heresia (me) um Watson mulher, um Moriarty mulher foi uma sacada genial aqui!
Pena que, ao unir dois em um, fará falta uma fatal como Irene Adler na série.


"Constelação Auriga"

 

wol_error.gif Esta imagem foi redimensionada. Clique para mostrar em tamanho original (720x406).

90mxy8.jpg

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

×
×
  • Create New...