Jump to content
Forum Cinema em Cena
Nacka

Cineclube em Cena

Recommended Posts

Eu também gosto da interpretação da Tippi, e com certeza a Bergman é bem mais atriz do que ela. Só que não sei se a Bergman se enquadraria fisicamente para o papel. "Marnie" é de 1964, Bergman estaria com pouco mais de 50 anos. E a Grace Kelly já tinha se aposentado dos filmes. Sendo assim, Hitch ficou sem uma opção para o seu arquétipo feminino ideal. E viu na Tippi Hedren uma opção, como um diamante bruto que, tratado e moldado perfeitamente por um ourives (no caso, ele), poderia ser a atriz perfeita para compor esse arquétipo feminino (exagerando, uma nova "Grace Kelly"). E ela até preencheu bem os requesitos e teve boas atuações (em Marnie e Os Pássaros). Só que a parceria durou apenas dois filmes. Acredito que, até por conta disso, depois de dois filmes sem sucesso (Cortina Rasgada, que até gosto dele; e Topázio, esse sim um desastre), a solução que Hitch desenhou foi voltar cinematográficamente para a sua terra natal. O que rendeu um filme formidável (Frenesi).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mais um pra conta, o divisor de opiniões: O Franco Atirador.

 

E vou ter que concordar com quem o classificou de decepcionante. Apesar do elenco ótimo, é um filme irregular, cheio de problemas - alguns grosseiros - e um tanto cansativo. A estória dá uns saltos inexplicados, a evolução (tanto da trama quanto dos personagens) não ocorre organicamente à trama, é um filme de 3 horas que não consegue contar o que se propôs a contar. E não é só questão de estória fraca, a execução também não é lá essas coisas (de fato, houve vários momentos em que os cortes são gratuitamente abruptos, dando a impressão de que um personagem ia continuar falando e foi interrompido). Enfim, não é um filme ruim, mas é um filme carregado pelo elenco e que foi feito no momento apropriado para se aproveitar do sentimento popular sobre o Vietnã.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depois do decepcionante O Franco Atirador, chegou a vez de Billy Wilder, e Billy Wilder não desaponta. Se Meu Apartamento Falasse é um belo filme, que se apresenta como uma comédia romântica leve e executa uma transição suave, porém notável, para o drama de costumes. Jack Lemmon fantástico no papel principal, Shirley MacLaine adorável, e o resto do elenco não deixa por menos e faz um trabalho muito competente. E o final é daqueles de não esquecer nunca mais.

 

E, se é pra atacar de Wilder, vamos de novo. O próximo da lista é Testemunha de Acusação.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agora foi a vez do Leone, que não deixou por menos, com o muito bom "Por Uns Dólares a Mais". Faltam dois filmes pra completar os 2500, e esses dois devem ser À Beira do Abismo e Os Sapatinhos Vermelhos.

 

Jack, só faltava assistir esse da Trilogia dos Dólares do Leone ou assistirá os outros em uma outra ocasião (quem sabe quando completar os 5000 filmes vistos, heheheh...)? Aliás, duas belíssimas escolhas para completar os 2500. À Beira do Abismo é delicioso de se assistir, Hawks se divertindo no cinema noir. E sobre Os Sapatinhos Vermelhos, acredito que você sabe o que acho do filme, hehehehe...

 

EDIT: Jack, pode deixar pra lá a pergunta. Nada como visitar o tópico do Sergio Leone para saber a resposta, hehe... Mas ainda te recomendaria a assistir "Quando Explode a Vingança", um filme um pouco subestimado, mas extremamente belo e melancólico, ainda que tenha uma primeira parte totalmente escrachada. É uma aula de direção e de condução de estória do Leone.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Com certeza eu pretendo completar a Trilogia dos Dólares. E "Quando Explode a Vingança" também pretendo ver, embora tenha menor prioridade.

 

À Beira do Abismo entrou na conta. E gostei muito, um dos melhores noir que eu me lembro de ter visto. Só mais um!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Feito! \o/

 

Obrigado a todos pelas sugestões, valeu muito à pena, vi um monte de filmaços nas últimas semanas. Agora, rumo aos 3000, hehehe.

 

De nada, cara. Estamos aqui para isso.

 

Mas cadê o comentário sobre "Os Sapatinhos Vermelhos"? Logo esse que estava ansioso para saber a sua opinião...

 

EDIT: VI que você comentou no "O que você anda vendo e comentando"? Sendo assim, pode deixar para lá a pergunta. Mas para fomentar a discussão (proquê o filme merece), transcrevo o que eu disse lá no tópico:

 

"Não sei se eu fiquei totalmente imerso no filme (muito provávelmente por conta da encenação da peça que dá nome ao filme), mas eu não senti essa transição abrupta. E você mostrou bem uma das maiores qualidades do filme: a fotografia. Aliás, nesse sentido, se você ver "Narciso Negro" (que foi filmado dois anos antes), você vai ficar ainda mais embasbacado com a fotografia. Sério, é uma das coisas mais lindas que eu já vi em um filme. E na tela de cinema fica mais lindo ainda."

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que ocorreu comigo foi que

a "queda" da bailarina de volta ao seu "vício" se deu num âmbito intelectual, não emocional. O filme me pareceu esperar que o espectador compreendesse que aquilo era a vida dela e que ela se sentia vazia sem aquilo, e por esperar que isso fosse fácil de entender, não se preocupou em mostrar. Na cena em que o cara sai da cama e vai pro piano, eu pensei até que seria ele que ia abandoná-la para voltar pra companhia.

 

Tudo bem, depois dessa transição, a sequência final em si é belíssima, com ela pedindo a ele que retire os sapatos, e a companhia apresentando a peça sem atriz principal, fantástico.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O que ocorreu comigo foi que

a "queda" da bailarina de volta ao seu "vício" se deu num âmbito intelectual, não emocional. O filme me pareceu esperar que o espectador compreendesse que aquilo era a vida dela e que ela se sentia vazia sem aquilo, e por esperar que isso fosse fácil de entender, não se preocupou em mostrar. Na cena em que o cara sai da cama e vai pro piano, eu pensei até que seria ele que ia abandoná-la para voltar pra companhia.

 

Tudo bem, depois dessa transição, a sequência final em si é belíssima, com ela pedindo a ele que retire os sapatos, e a companhia apresentando a peça sem atriz principal, fantástico.

 

 

Ah, sim, essa parte. Concordo que ela não é obvia, e entendo perfeitamente quem a ache como abrupta. Talvez isso possa ter acontecido por receio de torná-la didática demais, estragando um pouco a subjetividade. Aliás, acredito que esse "limiar" bastante tênue seja difícil de ser alcançado (isso até poderia dar uma ótima discussão aqui). Mas mesmo esse "deslize" é suplantado pelas cenas posteriores. E, mais uma vez comentando a respeito, a fotografia, as nuances de cores que o Jack Cardiff (diretor de fotografia que fez a maioria dos filmes da dupla Powell/Pressburger) consegue obter é fantástico. E em "Narciso Negro" é ainda mais fantástico.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom, fiquei devendo por muito tempo a tal lista. É que ando muito ocupado com a faculdade, e também ocorreu uns problemas pessoais nos últimos dois meses. Mas ontem vi O Intendente Sanshô, e é um filme maravilhoso, daqueles que faz com a paixão pelo cinema reapareça. Sem mais delongas, aqui vai lista:

 

A Marca da Maldade (Orson Welles)

A Promessa (Sean Penn)

A Vida Marinha Com Steve Zissou (Wes Anderson)

Amor à Flor da Pele (Wong Kar-Wai)

As Vinhas da Ira (John Ford)

Asas do Desejo (Wim Wenders)

Bronco Billy (Clint Eastwood)

Caminhos Perigosos (Martin Scorsese)

Clamor do Sexo (Elia Kazan)

Contatos Imediatos do Terceiro Grau (Steven Spielberg)

Depois de Horas (Martin Scorsese)

Elefante (Gus Van Sant)

Em Busca do Ouro (Charles Chaplin)

Embriagado de Amor (Paul Thomas Anderson)

Feitiço do Tempo (Harold Ramis)

Hannah e Suas Irmãs (Woody Allen)

História do Mundo - Parte 1 (Mel Brooks)

Lili Marlene (Rainer Werner Fassbidner)

Luzes da Cidade (Charles Chaplin)

Magnum 44 (Ted Post)

Meu Ódio Será Sua Herança (Sam Peckinpah)

Noite e Neblina (Alain Resnais)

O Franco Atirador (Michael Cimino)

O Inquilino (Roman Polanski)

O Professor Aloprado (Jerry Lewis)

O Selvagem da Motocicleta (Francis Ford Coppola)

Os Incompreendidos (François Truffaut)

Os Mercenários (Sylvester Stallone)

Sedução da Carne (Luchino Visconti)

Sete Mulheres (John Ford)

Sombras da Noite (Tim Burton)

A Hora da Zona Morta (David Cronenberg)

Tempos Modernos (Charles Chaplin)

Três Mulheres (Robert Altman)

Um Dia de Cão (Sidney Lumet)

Vampiros de Almas (Don Siegel)

Viagem à Lua (Georges Meliès)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem-vindo de volta, Jefferies! Vou listar todos da tua lista que eu vi, com as notas que eu dei pra cada um deles. Os de notas mais altas eu botei em negrito.

 

A Marca da Maldade - 8

A Promessa - 5

As Vinhas da Ira - 8

Contatos Imediatos de Terceiro Grau - 8

Elefante - 5

Em Busca do Ouro - 10

Embriagado de Amor - 8

Feitiço do Tempo - 8

Hannah e Suas Irmãs - 8

História do Mundo – Parte 1 - 5

Luzes da Cidade - 9

Meu Ódio Será Sua Herança - 8

Noite e Neblina - 8

O Franco Atirador - 7

Os Incompreendidos - 8

Os Mercenários - 6

Sombras da Noite - 6

Tempos Modernos - 9

Um Dia de Cão - 8

Viagem à Lua - 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fazendo a mesma coisa que o Jack Ryan. Depois eu faço comentários rápidos sobre eles:

 

A Marca da Maldade (Orson Welles) - 9,5

A Vida Marinha Com Steve Zissou (Wes Anderson) - 7.5

Amor à Flor da Pele (Wong Kar-Wai) - 8

As Vinhas da Ira (John Ford) - 9

Asas do Desejo (Wim Wenders) - 9,5

Bronco Billy (Clint Eastwood) - 7

Clamor do Sexo (Elia Kazan) - 8

Contatos Imediatos do Terceiro Grau (Steven Spielberg) - 8,5

Em Busca do Ouro (Charles Chaplin) - 9

Embriagado de Amor (Paul Thomas Anderson) - 8

Feitiço do Tempo (Harold Ramis) - 7,5

Hannah e Suas Irmãs (Woody Allen) - 8,5

História do Mundo - Parte 1 (Mel Brooks) - 7

Luzes da Cidade (Charles Chaplin) - 9

Magnum 44 (Ted Post) - 8

Meu Ódio Será Sua Herança (Sam Peckinpah) - 9,5

O Franco Atirador (Michael Cimino) - 5,5

O Inquilino (Roman Polanski) - 8,5

O Professor Aloprado (Jerry Lewis) - 9

O Selvagem da Motocicleta (Francis Ford Coppola) - 8

Sombras da Noite (Tim Burton) - 4

Tempos Modernos (Charles Chaplin) - 10

Um Dia de Cão (Sidney Lumet) - 8

Vampiros de Almas (Don Siegel) - 8,5

Viagem à Lua (Georges Meliès) - 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mutio obrigado pelas opiniões, gente.

 

Vi um dos filmes dessa lista: Um Dia de Cão. Realmente um ótimo filme. Interessante notar como desde a primeira cena depois dos créditos iniciais já se sabe que tudo vai dar errado, mas mesmo assim o filme é tenso, principalmente pela curiosidade de como todo o assalto deu errado. E que atuação do Al Pacino; virou um dos meus atores favoritos.

 

E sobre À Beira do Abismo, comentado no início da página, a trama rocambolesca é uma delícia de acompanhar, mas o que me interessou mais ainda foram os personagens. Aliás, uma das características do Hawks está presente em À Beira do Abismo: passamos a conhecer melhor os personagens a partir das várias situações-limite que ocorrem durante o filme. E outra coisa que eu gosto no filme são os diálogos entre o Bogart e a Lauren Bacall; diálogos carregados de uma tensão sexual interessantíssima. Ótimo filme, mesmo sendo o que menos gosto do Hawks.

 

Aliás, Jack, sugiro que você veja Jejum de Amor e Paraíso Infernal, os meus favoritos do Howard Hawks e dois dos filmes da minha vida.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pô, vcs querem mesmo que eu pare minha maratona de filmes de zumbi pra ver dramas clássicos? :D

 

Realmente, o Pacino destrói em Um Dia de Cão. Uma atuação ilimitada.O John Cazale tb muito bem. Aliás, o cara fez um monte de filmes respeitadíssimos em um período de poucos anos e foi lá e morreu.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...